História Nunca vou deixar me fazerem de troxa,era o q eu dizia - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida, Melanie Martinez
Personagens Melanie Martinez, Personagens Originais
Exibições 6
Palavras 1.197
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Ficção, Yuri
Avisos: Álcool, Drogas, Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 7 - Conhecendo outras pessoas


            P.O.V Margô

         Eu n acredito q o Mário n aceita, pq existem pessoas q n aceitam a felicidade da outra por causa da sua opção sexual?

          -Margô, calma eu tô aqui, amor. Vamos sair de casa, vamos pra praia, vc vai ficar melhor, seus pais n vão se importar ~E

          -vamos sim amor, preciso sair daqui, esse lugar esta me sufocando, e lógico q eles nunca iriam se importar, vivem viajando, quase nunca ficam com a gente, sempre vivi com a minha avó ~Mrg

          -isso, vamos pra praia, coloca um biquíni, vai q vc quer ir na água, eu tb ja vou por o meu ~E

         Colocamos o nosso biquíni e saimos pela janela, eu n queria ver ninguém além da meu amor, mas isso n aconteceu

         No jardim, tava o Mário e o Felipe, tentei passar despercebida, o q faiô

         -por quê,Margô? ~Mr

         -pq eu sou assim, aceite ,quer q eu seja feliz, só aceite. Se n gosta, foda-se, é a minha vida, o problema é meu, na vdd nem é problema, eu a amo muito! Vc n tem noção de como eu tive medo de contar, foi mt difícil! Pensei q vc ia me apoiar, mas nãããão, vc teve aqueles seus ataques de raiva por eu gostar de garotas! Serio mesmo, vc n tem mais salvação! Até a Cry já sabe e super apóia, ja vc, q é cego, n consegue ver o q faz os outros felizes, e nem pensa neles, só se preocupa com vc mesmo ~Mrg, n chorava, pq n precisava

          -ok, se ela te faz feliz, eu apoio vc, pf me perdoa ~Mr

          -n sei, vou pensar, mas n segue nós, pf ~Mrg

         Fomos até a praia, estendemos as cangas na areia e sentamos

         -como eu te amo Esthela ~Mrg

         -eu te amo muito mais q 51930 universos vezes 2016 ~E

         -vc é mt fofa ~Mrg

         -vc tb é ~E

         Começamos a nos beijar, como era bom, até q paramos para respirar, e tb porque tinha uns dois garotos, pareciam ter a nossa idade, ficarem nos observando

         -o q foi? ~Mrg

         -vcs são bi? ~XX

         -n, somos lésbicas mesmo, pq? ~E

         -o droga! Vcs são mó gatas ~XX 2

         -e... ~Mrg

         -nada não, vcs moram aqui? ~XX

         -n, estamos aqui só durante o final de semana ~E

         -tb estamos, mas e ai? Como vai a vida de vcs? ~XX2

         -bem, e a de vcs? ~Mrg

         -bem tb, podemos sentar ao lado de vcs? Fiquem tranquilas, vamos ficar de boas. O meu nome é Lucas e o dele é Samuel ~L

         -eu sou a Esthela e ela é a Margô ~E

         -eu percebi q vc ficou meio tensa quando o Lucas perguntou se poderíamos sentar aqui, Margô, pq? ~S

         -é q eu ja fui sequestrada e estuprada quando mais nova, e era um grupo de meninos, por isso eu fico tensa ~Mrg

         -ata, sinto muito ~S

         -tranquilo, ja foi mas e ai? Vcs moram em q parte daqui? ~Mrg

         -moramos ali na frente- indicando uma casa qualquer- é q a minha mãe e a mãe dele são namoradas, ai quiseram vir pra ca ~L

         -nss, q legal, eu vim encontrar meus pais, mas eles n fazem a menor diferença para mim ~Mrg

         -eu nem tenho pais ~E, meio rindo, eu as vezes n entendo ela

         -nss, sinto muito ~S

         -tranquilo, eu odiava eles, eu moro sozinha, mas acho até melhor ~E

         -mas em q ano vc tá? ~L

         -no segundo do médio, na vdd, eu moro com a minha tia, mas ela quase nunca ta em casa, vive viajando por causa do trabalho ~E

         -uau ~S

         -pois é, mas dps se acustuma ~E

         -vamos para a água? ~Mrg

         -vamos, vcs tão com calção? ~E

         -n, mas podemos ir até em casa pra por, vcs podem esperar aqui ou nos acompanhem ~L

         -ta, vamos la ~E

         Levantamos e pegamos as nossas coisas (só a canga e a toalha), a casa deles eram bem perto, ficamos no lado de fora da casa esperando eles ee trocarem

         -eles são até q legais, acho q vamos ser bons amigos ~Mrg

         -acho q vc ja está voltando a ter confiança em meninos ~E

         -eu quero muito, e sinto q eles vão me ajudar ~Mrg

         -q bom, ce sabe q horas são? ~E

         -n faço a mínima idéia, deixei o meu celular em casa ~Mrg

         -tb deixei lá, mas até que é bom ~E

         -pois é ~Mrg

         -ja estamos prontos, agr vamos? ~S

         -quem chegar primeiro na água ganha ~Mrg, sai correndo, a Estrela estava atrás de mim, o Lucas tava atrás dela e o Samuel tava correndo bem devagar e ja estava cansado

         -mas ja cansou, Samuel? Nem correu direito ~L

         -vcs sabe q eu canso rápido e n tenho esse pique todo de vcs ~S, arfando

         -quantos anos vc tem mesmo? ~Mrg

         -16 ~S

         -ta mais para 116 ~E, fazendo todo mundo rir

         -haha ~S

         -ganhei! ~E

         -n vale, vc correu mt rápido enquanto conversavamos ~L

         -mas mesmo assim eu ganhei! Senta e chora! ~E

        O Samuel sentou no chão e fingiu chorar, rimos

        -vc tinha falado para sentar e chorar, então, sentei e chorei ~S, rimos mais ainda

        Ficamos conversando e nadando, foi mt legal

        -ja ta bem tarde, temos q ir, amanhã podemos nos encontrar no shopping, na loja xxxxx, as 13h, pode ser? ~S

        -vamos sim, vcs são bem legais ~Mrg

        -vcs tb, bom, agora vamos se não n estaremos mais vivos amanhã, tchau, até amanhã ~L

        -Tchau ~Mrg

        -Tchau ~E

        -tchau meninas ~S

        Eles foram embora e nos tb, chegamos em casa, todo mundo tava dormindo, fui ver q hrs eram, CARACA! 2 da manhã!!! Fomos para o quarto, nos arrumamos e fomos dormir

             P.O.V. Mário

       Depois q elas sairam e foram pra praia, Felipe ficou mais triste do que ja estava

       -o amor da minha vida nunca vai ficar comigo pq n gosta do meu gênero, ai q saco! ~F, algumas lágrimas caíram de seus olhos

      -calma Fê, só temos q aceitar, ce sabe, ela n iria ficar tão feliz com vc do q a Esthela, vc sabe ~Mr

      -mas eu iria fazer de tudo para deixa-la feliz ~F

      -eu sei, mas ela n queria dormir e acordar com vc, ela n gostaria de ver vc como marido todos os dias, entenda, ela n gostaria de viver com vc como marido e mulher ~Mr

      -eu sei disso, mas e eu? ~F
  
      -vc gostaria de ver ela triste, mesmo sabendo o pq? ~Mr

      -n ~F

      -vai ser melhoe pra ela ser assim, vai q vc conhece alguém que vai te fazer feliz, pensa ~Mr

      -ta bom, tenho q pensar nela e em mim, n posso ser egoísta ~F

      -isso mesmo ~Mr

      Ficamos conversando até mais tarde, entramos em casa e os meus pais estavam vendo tv

      -mãe, pai, vamos dormir ~Mr
  
      -ok filho ~Mm (minha mãe)

      Meus pais nunca foram presentes na minha vida, nem na da Margô, fomos criados pela nossa avó, mas ela morreu ano passado, ai a tia Lola ficou com a gente, mas quase nunca falava com a gente, por isso somos mais independentes

       Eu e o Felipe fomos para o quarto, nos arrumamos para dormir e dormimos



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...