História O acampamento dos sonhos - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bianca Tatto Marques (BIBI), Bruno "TotalCraft" Santana, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", Italo Matheus, Jean L. "JeanL", Jhennifer "Coelha" Angelina, Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens BIBI Tatto, Bruno "TotalCraft" Santana, Felipe "Febatista" Batista, Felps, Italo Matheus, Jean L. "JeanL", Jhennifer "Coelha" Angelina, Mike, Pac, Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Bianl, Bibidro, Bibievil, Bibitalo, Cellps, Mitw, Toelha
Exibições 68
Palavras 1.262
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá leitores da minha vidinha 💕

Eu ia postar essa cap mais cedo, mas eu fiquei com preguiça haha

Aproveitem!

Capítulo 22 - E o pai é...



~ POV'S BIBI ~

Jean, Pedro, Teddy, Luba e o médico estavam no quarto, até que uma enfermeira entra no quarto e fala rapidamente:

- Doutor, emergência no quarto 42!

- Eu já volto pessoal! - ele acena para nós

- Tchau! - digo sorridente 

Por um momento penso que estou drogada pelas anestesias, mas me lembro que não tomei anestesia nenhuma e rio do meu pensamento bobo. Os outros me encaram sem entender e apenas digo:

- Lembrei de uma coisa engraçada - dando de ombros

Ficamos conversando sobre como deve estar o acampamento e tudo mais, até que faço um pedido:

- Senhor Teddy, Luba, vocês podem nos dar licença, por favor? 

- Claro Bibi! - Teddy diz sorridente

- Já estamos saindo! - Luba fala

Quando eles saem do quarto, convido Jean para se sentar ao meu lado na cama. Pedro abaixa o olhar.

- Pedro, nós precisamos conversar! - falo 

- Também acho... - ele diz ainda de cabeça baixa

- Bem, você e eu já namoramos, eu sei. Mas me senti meio magoada pelas coisas que você disse, e quando eu estava triste, foi o Jean quem me acolheu...- começo a explicar

- Eu sei que eu... - Pedro tenta falar mas eu o interrompo

- Pedro, me deixa terminar de falar. Enfim... Não quero perder minha amizade com você, mas quero deixar claro que eu namoro o Jean, e isso não vai mudar só porque você voltou. Pode falar agora! 

Ele respira fundo e faz uma simples pergunta, ainda de cabeça baixa:

- Mas e se... O bebê for meu? 

Me sinto perdida por um momento, não tinha pensado nisso. 

No calor do momento, acabei não usando camisinhas com nenhum dos dois, e isso me deu um filho com apenas 16 anos, do qual não sei quem é o Pai! O que eu faço agora? 

Aborto? Não, eu não vou tirar a vida de uma pessoa, por menor que ela seja! Ainda é uma pessoa. Uma pessoinha...

- Ahn, eu... Não sei! - declaro finalmente

- Eu não teria uma chance? - Peppo me olha com certo brilho no olhar

Jean me encara, com medo da resposta, enfim eu falo:

- Desculpa... Eu...

- Não Bibi, você não tem que pedir desculpas por nada! Foi uma pergunta inconveniente, eu sei... Só quero deixar claro que mesmo que o bebê seja meu, não quero atrapalhar o relacionamento de vocês, mas vou ser um pai presente. Eu te prometo! 

- Obrigada Pe... Você não sabe o quanto é importante para mim! 

Ele abaixa a cabeça corado. Mas então termino o que eu estava pensando:

- Pe, você pode só me deixar conversar um pouquinho com o Jean? 

Ele faz que sim com a cabeça e sai do quarto. 

Jean me olha tenso e digo:

- Ta tudo bem, amor. Não vou te abandonar! 

- Eu também não Bi! - ele me beija apaixonadamente - e eu vou cuidar muito bem do meu bebê! 

Sorrio, mas não contenho a pergunta:

- Mas como você tem tanta certeza que o bebê é seu? 

- Bom, não tenho... Eu quero que seja! Mas se não for, vou cuidar dele mesmo assim! 

Dou mais um beijo nele, e começamos a esquentar o ritmo, mas de repente Pedro abre a porta:

- Desculpa atrapalhar, mas... O médico ta chamando o Jean pra fazermos os testes de DNA - ele fala vermelho como um tomate

Jean se separa de mim e me da um sorriso.

- Boa sorte meninos! - falo sorrindo e eles se encaram saindo do quarto

~ POV'S JEAN ~

Está na hora! Vou descobrir de vou ser pai ou não.

Eu simplesmente prometo que vou cuidar dessa criança com o maior amor possível, e do melhor jeito que eu conseguir! 

E agora você se pergunta: e os seus pais e da Bibi estão sabendo? 

Na verdade... Não.

Ainda não contamos, já que o pai da Bibi é muito rígido. Imagina ele descobrir que a filha de apenas 16 anos está gravida e não sabe nem ao menos que é o pai! Ele vai ficar uma fera! 

Decidimos esperar um pouco. Logo chego na sala de exames, e a enfermeira coleta meu sangue e depois o do Pedro. 

Ficamos na sala de espera, mexendo nos nossos celulares, até que falo:

- Ei cara, não quero que a gente fique tretado...

- Eu também não quero Jean. Antes éramos ótimos amigos... - Ele fala com um olhar triste

- Que tal voltarmos a ser amigos? Independente de quem seja o pai... - falo honestamente

- Feito! Amigos independente de quem seja o pai! 

Vou até ele e nos abraçamos. Me sento ao seu lado e começamos a relembrar nosso passado, quando gravávamos vídeos para o Youtube. 

Era muito legal!

- Posso te contar uma coisa bem séria? - ele fala coçando a nuca

- Pode sim cara! 

- Bem, na época que a gente gravava vídeos, eu... Meio que gostava de você. - ele fala feito um pimentão 

- Mas mano, também gosto de você. Você é um ótimo amigo! 

- Jean... Eu não gostava de você só como amigo. Você entendeu...

- Entendi... Posso te contar uma coisa ainda mais louca? - falo seriamente

- Fala! 

- Eu... Também gostava de você. Na verdade, acho que ainda gosto. - abaixo minha cabeça envergonhadamente. 

Sinto ele me encarar e me arrependo por ter dito aquilo, até que ele diz:

- Mas cara, você namora a Bibi... 

- Eu sei mas... Acho que sou Bi... 

Abaixo minha cabeça de novo e coloco minhas mãos sobre a nuca. De repente, Pedro tem uma reação que eu nunca poderia esperar: Ele me beija! Um beijo feroz! 

Nos afastamos sorrindo. Nunca tinha percebido o quanto ele é bonito! 

Ficamos em silêncio por alguns instantes até que o médico entra na sala e ficamos de pé, ouvindo ele falar:

- Bom garotos, o pai é o... Pedro! 

Pedro sorri por um instante. 

É claro que eu gostaria de ser o pai, mas fico feliz por ele e o abraço. 

- Jean, eu prometo cuidar muito bem dele e deixar você e a Bibi serem felizes... 

- Você quis dizer, nós três sermos muito felizes! 

Ele aponta para si mesmo e eu concordo com a cabeça. Ele entende e me beija mais uma vez, deixando o doutor assustado.

 ~ POV'S FELPS ~

Acordo sentindo um vazio ao meu lado. Percebo que Maria saiu da cama. Onde ela está? 

Estranho ela sair sem me avisar... Ela sempre avisa! 

Vasculho o meu chalé, com cuidado para não bagunçar as coisas do CellBit e da Lah, mas não encontro a Maria. 

Começo a correr pelo acampamento todo, e nenhum sinal dela. Já estou ficando desesperado! 

Até que logo encontro Pac e Mike conversando. 

Pac me vê assustado e pergunta:

- O que foi que aconteceu Felps? 

- A Maria desapareceu!

~ POV'S MARIA ~

Meus pulsos estão doendo... Minha visão está turva... Onde estou? 

Depois de um tempo, consigo focar a visão e percebo que estou em uma espécie de despensa de alimentos, só não sei aonde...

Tento me lembrar do que aconteceu, mas nada vem a minha mente. Apenas recordo de quando fui me deitar com Felps e dormi. 

Percebo que meus pulsos e tornozelos estão amarrados a uma cadeira e começo a me dar conta do que está acontecendo. 

Tento me soltar desesperadamente, mas não consigo de jeito nenhum. Felps...

De repente, as fracas luzes se apagam, e não consigo ver mais nada, apenas ouvir a voz:

- Maria...


Notas Finais


Onde vocês acham que a Maria esta?

De quem é a voz?

Beijuu tchauu 💛


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...