História O Acaso Mais belo De Minha Vida(imagine namjoon) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias AOA, Bangtan Boys (BTS), CL (Chaelin Lee), EXO
Exibições 104
Palavras 1.176
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


SIMBORA!❤️

Capítulo 7 - CAPÍTULO 7-Vida Nova


    *ANO SEGUINTE*

 

       *S\N ON*

 Tinha acabado de completar 18 anos,me sentia pronta pra seguir com meus planos e realizar meus projetos,já havia juntado bastante dinheiro e agora trabalhava na parte da manhã na loja que minha mão tinha acabado de abrir,já planejava me mudar pra Coréia mês que vem só faltava arrumar o lugar onde ficaria lá,os vistos e os documentos meus e de Haru.

 

    *1 MÊS DEPOIS*

 E aqui estou eu na casa de um dos meus tios pra minha última reunião de família,pela primeira vez senti algo por essas pestes existentes na minha família,acho que no fundo,bem no fundo eu os amo.Nunca vi tanta gente chorando junto,eu acabei entrando na onda também porque como era meu último dia com eles eu queria dar uma variada,meus tios fizeram discursos daqueles que dão sono e me deram mais grana pro caso de alguma emergência,AGORA EU CHORO!,logo meus tios que parecem o Julius de tanto que economizam me dando dinheiro?Mas falando sério agora,mesmo xingando eles e achando eles um tanto estranhos e verdadeiramente os amo,afinal são minha família.

 Depois da reunião acabar,fui pro mercado comprar leite condensado,achocolatado,enfim,tudo o que eu acho que não tem na Coréia,porque até parece que vou ficar sem meu brigadeiro.Ao chegar em casa terminei de arrumar as coisas que eu levaria comigo,peguei uma bolsa e coloquei todas as fotos que são importantes pra mim,deixando algumas minhas e de Haru pra minha mãe,não levarei os móveis pois consegui alugar um apartamento no centro de Seul já mobiliado.Enquanto arrumava minhas coisas lembrei de tudo que já passei e lembrei que em todos esses momentos minha mãe estava do meu lado e foi ela que não me deixou desistir de dos meus sonhos e,principalmente,do meu filho.Por um momento me senti tão egoísta por deixá-la aqui e ir embora,corri até a cozinha onde ela estava fazendo o jantar e lhe dei um abraço bem forte pra mostrar pra ela que mesmo que estivesse a deixando agora eu sempre voltaria para ela.

S\M:Vishii você tá ficando cada vez mais grudenta!É melhor você ir embora logo!-Ri com o que ela falou,mas no fundo sabia que ela também estava chorando por dentro.

S\N:VOCÊ ESTÁ TENTANDO SE LIVRAR DE MIM?LEMBRE-SE QUE SE EU FOR EU LEVO O HARU JUNTO!-Nós rimos enquanto nos apertávamos em um abraço,logo avistamos Haru entrar na sala com uma foto na mão,peço a foto pra ele e ele me entrega,quando olhei a foto senti lágrimas molharem minhas bochecha,era a foto que tiramos na sala de parto no dia que ele nasceu,nela minha mãe chorava,eu ria dela e Haru dava seu primeiro sorriso.Depois de todo aquele sentimento nostálgico fomos jantar.Antes de dormir eu e minha mãe nos sentamos no tapete da sala e ficamos olhando as fotos que eu havia colocado na bolsa enquanto relembrávamos cada momento juntas.

     *DIA SEGUINTE*

 Neste momento eu me encontro sentada ao lado de minha mãe enquanto Haru assiste um desenho qualquer no meu celular,são 6:30 da manhã e eu estou esperando meu voo ser chamado,enquanto isso não acontece fico pensando se estou fazendo o certo,com medo de nada dar certo lá e eu ter que voltar,mas também o que me preocupa é se vou conseguir ficar longe da minha família,sou tirada dos meus pensamentos ao sentir minha mãe me dar um tapa na coxa e sentir o ardor.

S\N:AI MÃE!

S\M:FOI O ÚNICO JEITO DE TIRAR VOCÊ DESSE TRANSE ANTES QUE VOCÊ PERCA SEU VOO QUE JÁ FOI ANUNCIADO 2 VEZES!-Ao ouvir isso levanto de supetão arrumo Haru no meu colo,confiro as passagens e corro pro portão de embarque.Chegando lá me despeço da minha mãe aos prantos e Haru faz o mesmo.

HARU:Xau halmeoni!-Fala ele meio enrolado.

S\M:Tchau meu anjo,tchau filha!Que Deus proteja vocês!-Dou-lhe um último abraço e logo ouço a última chamada para o meu voo,saio correndo com as malas e Haru no colo,deixando minha mãe para trás.Entrego minhas malas pra que coloquem no bagageiro e embarco no avião,como seria uma longa viagem,arrumo Haru na poltrona,coloco o cinto nele e lhe entrego meu iPad onde eu tinha baixado desenhos e filmes pra ele ir assistindo,coloco meus fones de ouvido e ligo o aleatório do meu celular e pra acabar comigo de vez começa á tocar Same Mistake do James Blunt e me desabo mais uma vez em lágrimas.

HARU:Não chola omma!-Fala ele passando as mãozinhas no meu rosto tentando secar as lágrimas,nem parece que tem só 2 anos.

S\N:A omma vai tentar não chorar tá bom?-Ele assenti e volta á assistir seus desenhos,como eu amo esse garotinho!

    *HORAS DEPOIS*

 Desembarcamos em Dubai pra pegar o próximo voo mas ainda faltavam 4 horas pro avião decolar,então resolvi dar uma volta com Haru pelo shopping do aeroporto,ao passar pela frente de uma loja de pijamas,vejo um pijama de panda grande e outro pequeno.Entrei na loja e fui explorar mas no fim,acabei por comprar um pijama de panda pra mim e pra Haru que gostou bastante.Paramos pra comer algo e eu pedi um suco de maracujá e um sanduíche pra mim e meu filho,quando terminamos já era hora de embarcar no outro avião que teria como próxima parada a Coréia.Eu e Haru dormimos o resto da viagem pois estávamos exaustos.

 Acordei com a aeromoça me cutucando e falando que já havíamos chegado á Coréia e que todos já tinham desembarcado e que no dia seguinte minha malas chegariam e eu podia vir buscá-las,agradeci e peguei Haru que ainda dormia no colo e desci do avião,eu carregava a sacola da compra que fiz em Dubai e apenas uma mochila com todos os nossos documentos,os eletrônicos e um pouco de dinheiro.Acordei meu filho e entrei em uma cafeteria pra tomarmos café,fiz os pedidos e sentamos em uma das mesas.Estávamos comendo quando um senhor de mais ou menos 40 anos me perguntou se não me incomodaria se ele sentasse conosco já que as outras mesas estavam todas ocupadas,neguei então ele se sentou e fez seu pedido,estava terminando meu café quando ele disse:

XX:Sem querer me intrometer mas você é turista?

S\N:Não eu vim pra morar aqui!

XX:E você já conseguiu um emprego e um lugar pra ficar?

S\N:Eu já tenho um lugar pra ficar mas emprego eu ainda vou ter que procurar!-Falo sem entusiasmo só de pensar que vou ter que sair andando por aí caçando emprego.

XX:Eu estou precisando de uma pessoa pra trabalhar pra mim só que tem que ser uma pessoa muito discreta.-Quando ele falou isso comecei á ficar curiosa,vai que era um cargo bom!

S\N:E qual seria esse emprego?

XX:Staff de um grupo de k-pop.

S\N:E onde será a entrevista?-Vejo ele pegar um papel e uma caneta no bolso e anotar alguma coisa,

XX:Se estiver interessada me mande um nessa conta aqui.-Assenti e peguei o papel,saindo de lá logo em seguida.Peguei um táxi e dei o endereço da minha casa pro taxista,quando chegamos desci com Haru e paguei a corrida.Meu apartamento ficava no 10° andar,cheguei e coloquei o código que abria a porta,logo adentrando a casa.Como estava exausta eu e Haru tomamos banho e fomos dormir.Esse era o começo de uma nova vida!


Notas Finais


ESPERO QUE TENHAM GOSTADO!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...