História O acidente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor, Estrelas, Misticismo, Shangrila, Vega
Exibições 2
Palavras 521
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Magia, Misticismo, Sobrenatural, Suspense
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olá, caros leitores! Venho apresentar-lhes uma fanfic que escrevi há alguns anos atrás. Espero que gostem!

Capítulo 1 - Capítulo 1 - A tempestade


Essa história começa em um lugar distantes, onde todas as coisas se tornam reais quando são feitas e desejadas com amor. Himalaia. 

Vega, uma garota de 16 anos, tem uma família perfeita. Seu irmão, Mike, tem 18 anos e ama sua irmã mais do que tudo. Os pais, Meredith e Bryan, são um exemplo perfeito e exemplar de um casal dos sonho.

Naquele dia saíram cedo para pegar estrada. Iriam para casa de Mônica, amiga de infância de Meredith e mãe do melhor amigo de Vega. Entraram no carro e também levaram Gips, o pequeno cachorro pequinês de Mike. Aquele dia estava chovendo mais que o normal e a família estava mais eufórica que costumam ficar. Não perceberam nem mesmo a tempestade chegando, e junto com ela barulhos de buzina, um farol e gritos. Só escutaram a batida.

Vega acordou em um lugar diferente, não lembrava direito o que tinha acontecido, lembrava de um som abafado, sobrepondo "Fix you" de Coldplay que tocava no rádio. Se levantou e tirou as folhas que estiveram grudadas em seu vestido.

- Mike?! - chamou, um pouco baixo demais. - MIKE? - gritou, dessa vez, mas não obteve resposta. 

Então a garota preferiu caminhar e achar um lugar mais alto, onde pudesse enxergar melhor onde estava seus pais e irmão. Andou até perceber que dava voltas no mesmo lugar.

- Procura algo, garota? - ouviu uma voz atrás de você. Teve medo de se virar e sentiu o frio que subia em sua espinha passar para sua pele. Virando, vagarosamente, tentou se controlar.

- Olá, você viu uma mulher loira, um homem alto, careca e um pouco gordo e um adolescente bonito por aí? - perguntou, tão rápido que até se assustou.

- Bom, o homem e a mulher infelizmente não vi, mas esse adolescente bonito... Esse eu vi sim! - disse o garoto, sorrindo e demonstrando diversão.

- Aí, eu sabia! - disse Vega, soltando um suspiro de alívio - pode me mostrar onde ele está?

- Sim, claro. - o garoto se aproximou mais de Vega - muito prazer, sou o adolescente bonito que está perdido. Como posso lhe ajudar? - ao terminar, o garoto riu, como uma criança.

- Isso não tem graça! - Vega disse é furiosa saiu, com os pés pesados, para longe do garoto.

- Ei! Como é o seu nome? - o garoto correu atrás da garota.

- Não lhe interessa! - disse a mesma, parando de andar e encarando profundamente o garoto.

- Bonito o nome! Eu me chamo Astaroth, mas sei que é difícil, então pode me chamar de Ast, se quiser. 

- Olha, garoto, para ser bem sincera eu não quero te chamar de nada, só quero achar minha família e ir embora desse lugar repugnante! 

Ast, com um semblante triste, não disse mais nada, apenas se sentou, encostando numa planta, e esperou a garota partir enquanto o mesmo brincava com os dedos das mãos, como se fossem minhocas em guerra. Mas Vega ao ver aquilo, pensou que o garoto poderia também estar perdido e, com sua imensa vulnerabilidade, sentou ao lado do garoto e lhe sorriu.

- Vega - disse, sem pestanejar - meu nome é Vega.



Notas Finais


O novo capítulo será postado quando atingir uma quantidade razoável de likes e comentários. Boa noite 💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...