História O Acordo. - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cara Delevingne, David Beckham, Ian Somerhalder, Jared Leto, Margot Robbie, Zayn Malik
Personagens Cara Delevingne, David Beckham, Ian Somerhalder, Jared Leto, Margot Robbie, Zayn Malik
Exibições 172
Palavras 1.994
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Violência
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá meninas , voltei e o capítulo tá bem grandinho porque eu só vou voltar a postar depois do dia 4 de novembro ! Motivo : Falta de tempo e criatividade. Enfim é isso amo vcs ♡

Capítulo 32 - A volta da vadia ! Última parte.


*** P.V.O MARGOT ON ***

- Oi meninos - Cara sorriu. - Quem pensaram que fosse ? A polícia ?

- Cara ! - Harry foi até ela e abraçou sua cintura. - Olha só você , há quanto tempo !

Todos foram abraçar ela menos Jared , que não se moveu nem um centímetro. Ela era mais bonita do que na foto , tudo aquilo foi como uma facada no meu estômag.

- Jared ? Não vai falar comigo ? - Encarou ele sorrindo.

- Oi - Disse sem um pingo de emoção na voz.

- Bobinho ! - Sorriu e se aproximou de nós.

Soltei Jared e ela abraçou ele , mas ele não se moveu. Imagino que ele ainda estava em estado de choque. - Quem é essa sua amiga ? Não vai me apresentar ? - Ela ainda sorria , revirei os olhos.

- Essa é Margot. E ela não é minha amiga , é minha namorada. - Senti um arrepio estranho e meu coração acelerou um pouco , fiquei feliz pelo jeito como ele falou de mim.  Era a primeira vez que ele dizia que eu era sua sua namorada.

- Namorada ? - Seu sorriso se desfez por um instante. Mais ela logo sorriu de novo.  Mulherzinha irritante já não gosto dela. - Humm... Legal ! - Eu sabia muito bem que ela não achava isso nada legal. Ela se aproximou de mim.- Muito prazer querida. - Me cumprimentou com um beijo em cada lado do rosto. Ao contrário de Jared consegui me mover. E a cumprimentei da mesma forma.

- Olá.. O prazer é todo meu querida. - Ela se virou de costas indo até David , Zayn e Harry.

- E então , o que andam aprontando ? - Arrumou a jaqueta de Harry sorrindo.

- Fizemos um assalto esses dias. - O mesmo respondeu.

- Ah.. Legal. Sabe isso é estranho. Antes eu era a única mulher no esquema de vocês. - Ela olhou para mim por cima do ombro.

- Eu não participo dos esquemas. - Disse seca.

- Ah sim.. - Ela riu. - Espera , onde estão os equipamentos de vocês ?

- Estamos levando tudo embora , vamos mudar de lugar. Descobriram nosso esconderijo então nossos planos não estão seguros aqui. - Harry respondeu.

- E pra onde estão indo agora ? - Cara perguntou.

- Pra minha casa , vamos fazer uma festinha particular. - Zayn disse.

- E eu posso ir ?

- É claro , por que não ? - Ele riu.

- Então sigo vocês de moto. - Piscou para Jared e dei um sorriso cínico para ela.

- Vamos amor ? - Disse e ela revirou os olhos.

- Vamos ! - Me puxou passando os braços por minha cintura e me levou para fora. Abriu a porta do carro para mim e eu me sentei. Não disse nada durante o caminho eu estava totalmente confusa com a volta repentina de Cara. O que ela podia querer aqui ? Eu só esperava que o que ela queria não fosse Jared. Ela não podia simplesmente aparecer e atrapalhar tudo agora que finalmente as coisas estavam se ajeitando. 

*** P.V.O JARED ON ***

Não consegui acreditar quando vi ela parada na porta. Das duas uma : Ou era uma piadinha de muito mal gosto , ou era um sonho. Logo vi que não era nenhuma das duas opções ela realmente estava ali. Enrijeci e apertei mais o corpo de Margot ao lado do meu. Não era possível , quando finalmente tudo estava se ajeitando essa garota aparece das cinzas do inferno para me perturbar ! Eu sonhei com esse momento diversas vezes durante um ano inteiro depois que ela foi embora , agora era a última coisa que eu queria.

- Oi meninos - Cara sorriu. - Quem pensaram que fosse ? A polícia ? - Disse com a sua ironia de sempre.

Ela ainda era exatamente como eu me lembrava , só que um pouco mais bonita. Todos cumprimentaram ela e eu não me movi até ela vir até mim e me dar um abraço. Apresentei Margot como minha namorada e o sorriso de Cara se desfez por um segundo , mas depois ela fingiu que não ligava. Ela cumprimentou Margot com dois beijos no rosto e ao contrário de mim ela se mexeu e também comprimentou Cara.

Durante todo o caminho até a casa do Zayn Margot não disse nada. Logo ela que falava o tempo todo. Ela Estava pensativa , sem expressão , olhando pela janela. Eu fiquei atrás de todos na estrada dirigindo menos rápido do que eles. Chegamos na casa do Zayn e todos entraram. Estacionei o carro no jardim e olhei para ela.

- O que foi ? - Perguntei.

- O que ela tá fazendo aqui ? O que ela quer ? - Seus olhos estavam preocupados.

- Eu também não sei , to surpreso igual você. - Ela desviou o olhar novamente para a janela. Virei seu rosto para mim e olhei nos olhos dela. -  Não precisa ficar insegura. É com você que eu estou não é ? Você sabe bem que eu gosto de você.

- Não sei de nada não. Você nunca me disse.  - Mordeu o lábio inferior.

- Estou dizendo agora. Eu gosto de você e ela não me interessa mais. Ignora a presença dela , vamos fazer uma horinha aqui e depois se você quiser , vamos pra casa ok ? - Ela assentiu. - Então vamos !- Beijei seus lábios e ela agarrou meu cabelo.

Estavam felizes com a aparição de Cara ,  sempre gostaram dela. Isso me incomodou até parecia que esqueceram do que ela fez comigo.  Margot estava do meu lado quieta , enquanto Cara tentava puxar assunto comigo , mas eu não dava muita bola. Harry chamou a atenção dela para mostrar alguma coisa lá nos fundos. Dei um gole em meu whisky e puxei Margot para minha frente.

- Já conversei com você não foi ? - Selei meus lábios no dela rapidamente.

- Só tô quieta na minha Jared. Não preciso ficar sorrindo e mostrando os dentes o tempo todo pra provar que estou bem. - Eu ri e ela revirou os olhos.

Eu estava tentando dar o máximo de atenção para ela ,  para mostrar e provar que não tinha motivos de ficar insegura. Vi Cara voltando para perto de nós e beijei Margot para ver se ela se tocava e saía de perto de mim.

*** P.V.O MARGOT ON ***

Só me senti realmente bem quando Cara saiu de perto de mim e de Jared.

- Se cortou aonde ? - Ele pegou minha mão e viu um corte em meu dedo. Já tinha até esquecido disso.

- Ah , foi quando eu fui descascar uma fruta. Tinha até me esquecido. - Ri.

-Vai colocar um curativo então. Pergunta pro Zayn onde tem uma maleta de primeros socorros , te espero aqui. -  Sorriu.

Cara já não estava mais perto deles estava longe , falando no celular. Me aproximei de Zayn.

- Zayn você tem alguma maleta de primeiros socorros ? - Mordi o lábio.

- Claro , no banheiro aqui de baixo tem uma. Na primeira porta à direta do corredor. Não vai beber nada ? - Observou que eu não tinha nenhum copo nas mão.

- Talvez depois.

- Ok , quando quiser pode se servir.

- Tudo bem , obrigada. - Sorri.

Fui até o banheiro a casa dele também era grande , mas não foi difícil de achar. Coloquei um band - aid no corte e fui até a cozinha buscar alguma coisa para bebe. Botei um pouco de Whisky em um copo para mim e quando me virei vi Cara entrando na cozinha.

- Então você é a namoradinha do Jared né ? Margot.. Está aproveitando bem ? - Soltou uma risada irônica.

- Sim é claro. Aproveitando muito querida , porque a pergunta ? Que por sinal não é nada discreta. - Levantei uma sobrancelha.

- Por nada.. É que não se sabe o dia de amanhã né ? Tudo pode mudar.. - Piscou sorrindo.

- O que está querendo dizer com isso ? É uma ameaça ? - Sorri.

-  Nada ! - Riu. - Só tô comentando que isso.. Mas se você entendeu de outro jeito , já não é problema meu. - Deu um sorriso sínico.

- Margot ? - Era a voz de Jared.

- Aqui na cozinha !- Logo depois ele entrou.

- Vim ver porque estava demorando , pensei que você tinha se perdido aqui dentro. Encontrou o band - aid ?

- Sim só vim buscar algo para beber. - Ele olhou rápido para Cara depois olhou para mim.

- Tá tudo bem ?

- Sim tá tudo ótimo , Cara é muito simpática.   - Disse depressa e com ponta de irônia.  - Vamos lá pra fora ? - Ele assentiu e pegou minha mão. Passamos por ela e voltamos para o jardim.

Eu sabia que essa volta dela não ia prestar. Ela se mostrou toda simpática , e foi só todos virarem as costas que veio me atacar e me ameaçar. Se ela está com esperanças de ter Jared de volta , que tire o cavalinho da chuva. Sofri tanto passei por tanta coisa até conseguir finalmente ficar com ele e não vai ser ela que vai acabar com tudo. Se ela quiser começar com uma guerra , vou entrar nela e vou lutar com unhas e dentes.

Jared e eu estávamos abraçados sentados no da casa de Zayn enquanto Cara estava sentada de frente para nós bebendo uma dose de Jack Daniel's.  Seu olhar era desafiador e aquilo me deixava com raiva , sem querer apertei a mão de Jared com força.

- O que aconteceu ?  - Olhou para mim.

- Nada , desculpa.

Tudo estava indo bem entre Jared e eu , e aparece essa mulher para deixar tudo confuso.

- Você ainda usa Cara ? -Harry  mostrou dois saquinhos de maconha.

- Claro ! - Sorriu.

Ela usava drogas , era o tipo de garota que encantava Jared ao menos era o que eu achava.

- Vamos embora Margot. - Se levantou.

- Por que ? - Franzi a testa.

- Porque eles vão usar drogas e não quero que você chegue perto dessas coisas. - Bufou.

- Mais você usa não é ?

- Eu uso. Você não. - Revirou os olhos.

Me levantei para ir embora e Cara se levantou também.

- Tem onde ficar Cara ? - Harry perguntou.

- Tenho sim , um apartamento.

- Nossa , você chegou aqui hoje e já tem apartamento ?

- Pois é , eu já vim para cá preparada. - Ela me olhou rápido para mim e eu imediatamente compreendi o duplo sentido de suas palavras.

- Então você pretende ficar ? - Sorriu.

- Sim , por um longo tempo..

Saí andando e deixei Jared , os meninos e a Cara na sala. Enquanto Jared se despedia fui no jardim tentar entender as informações que eu recebi só hoje. Era muita coisa , muita novidade e não eram das boas. Ouvi passos vindo até mim e deveria ser Jared. Ele tocou meu ombro.

- Que bom que já vamos embora ! - Sorri.

Me virei e não era Jared , e sim Cara.

- Jared está com os meninos lá dentro se despedindo.

- Ah sim. - Disse seca .- E o que você quer ? Fala logo.

-Só te dar um aviso.

- Hum ! - Disse com deboche. - E qual seria esse aviso ? - Sorri , isso não era nada bom essa mulher não presta com toda certeza , r depois de tudo que eu passei também não sou flor que se cheire. Então se ela queria guerra , guerra ela teria.


Notas Finais


EU 👂 TRETA DA MARGOT E DA CARA ! 💥🔫💣🔪

Comentários são sempre bem vindos ! 💚


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...