História O Acordo - Capítulo 32


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 105
Palavras 1.373
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Musical (Songfic), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Helo denovo ヽ(*≧ω≦)ノ

Capítulo 32 - Nossa Casa


Fanfic / Fanfiction O Acordo - Capítulo 32 - Nossa Casa

_Eu fiquei um bom tempo ali no portão tentando convencer o tio a me deixar entrar,
(Eu) - Quantas vezes tenho que dizer que eu sou namorada do Yoongi, Não na verdade...Noiva.
- Senhorita, eu a vi gritar com o Senhor Yoongi a pouco, como posso saber que você não quer fazer alguma coisa com ele.
(Eu) - Eu quero sim, eu quero pedir desculpas a ele, eu o tratei mal por causa do que a minha mãe fez...
- E serio? Eu também já briguei com a minha mae por causa da minha namorada.
(Eu) - Sério? Então você me entende
- Sim, agente terminou depois disso, ela fez igual o senhor Yoongi foi embora e depois eu a encontrei na rua para me desculpar, dai ele terminou
(Eu) - Oh isso não vai acontecer comigo.
- Eu tamben não esperava por isso, mais ela terminou mesmo assim eu sofro ate hoje.
(Eu) - Esta vendo, isso explica o porque preciso falar com ele, antes de nos encontrarmos na rua.
- Sinto muito, são ordens ne.
_Eu me sentei escorada no portão, determinada a não sair enquanto não falasse com Yoongi, para "melhorar" minha situação, começou a chover uma chuva fria e Forte
- Moça, você vai adoecer ai.
_Ele me disse de dentro da cabine.
(Eu) - Eu não ligo,
_Choveu por um longo tempo, a chuva parou e eu ainda estava ali perto do portão tremendo, o moço da cabine parecia encomodado, ele conversou Num telefone que tinha, arrependimento não descrevia o que eu estava realmente sentindo, eu comecei a torcer minha roupa e meu cabelo para ver se melhorava um pouco.
(Sg) - ....Eu vou ter que falar?...
_Eu ouvi a voz do suga e levantei a cabeça, ele estava com a mesma cara de sempre
(Eu) - Não...eu mesmo falo...Eu sou uma idiota.
(Sg) - Eu não ouvi..
(Eu) - Eu sou uma Idiota, idiota
(Sg) - Melhor, toma.
_Ele me deu uma blusa.
(Sg) - Estava descendo para ir...Ali, e alguém da produção pediu para min trazer isso, para uma pessoa que pegou toda essa chuva...eu chego aqui, e era você.
(Eu) - Não era, ainda sou eu Me Desculpe, eu descontei a raiva que minha mae me fez em você, e tamben estava chateada por tudo e...
(Sg) - Você não precisa explicar, eu já entendi..
_Ele se virou para sair, mais eu segurei seu braço
(Eu) - Suga e serio,não esta na hora de ser orgulhoso, eu confesso que agi errado como idiota, mais estou te pedindo desculpas, eu não quis te ouvir mais agora eu quero.
(Sg) - Mais eu não quero falar, talvez quando eu estiver com um humor melhor e não esteja indo para outro lugar.
(Eu) - Suga, não faça isso o que eu terei que fazer para te pedir desculpas, eu estou implorando eu sinto muito mesmo, mais ficar longe de você me faz ficar assim _Eu cai de joelho enquanto falava
(Eu) - Eu não ligo que demore, quer dizer não ligo mais, eu prometo que não vou falar desse jeito com você de novo.
_Ele me olhou e logo abaixou perto de min.
(Sg) - O que você e?
(Eu) - Uma idiota.
(Sg) - Isso mesmo, eu não quero que você repita isso de novo OK.
(Eu) - Eu já prometi que não vou mais.
(Sg) - Não estava falando disso idiota, estava falando sobre você ficar quase meia hora na chuva e ainda por cima se ajoelhar para mim te perdoar, eu posso não ser tao bonzinho mais você exagerou.
(Eu) - o que eu faria sem você?
_Ele me abraçou.
(Sg) - Eu também não sei o que eu faria sem você, por isso não quero que faça mais isso, agora vamos você precisa de um banho.
_Eu estava realmente fraca, eu pensei que tudo acabaria ali, suga pediu um carro que nos levou ate minha casa, eu tomei um banho e vesti uma roupa mais quente, eu sai do banheiro e fui arrumar meu cabelo quando suga entrou no quarto.
(Sg) - Ei sua mae pediu para te dar.
_Ele me deu um copo de chá,
(Eu) - Obrigado, eu vou beber assim que arrumar meu cabelo senão eu não vou conseguir depois.
(Sg) - Mais assim vai esfriar..
(Eu) - Hu...e mesmo
(Sg) - *suspiro* OK deixa eu tentar fazer isso, você bebe o chá.
_Eu ri daquilo mais ele falava serio, ele pegou a escola e eu me sentei na cama, ele começou a pentear meu cabelo meio sem saber o que iria fazer.
(Eu) - Ei, desse jeito eu vou beber cabelo.
(Sg) - Não reclame dos meus serviços.
(Eu) - Ha ha serviços, você conseguiu pentear ate Minha sombracelha.
(Sg) - Isso não e verdade.
(Eu) - OK OK, já que insiste.....
_Eu bebia o chá enquanto não fazia ideia do que ele tava arrumando.
(Eu) - Suga, eu..te atrapalhei hoje a falar o que queria, o que era?
(Sg) - Hu...Eu perdi a graça de falar, você acabou comigo.
(Eu) - Me desculpe,
(Sg) - Vamos ver se eu entro no pic..Primeiro eu queria falar que, estava trabalhando assim porque eu achei uma casa, eu queria dar uma boa entrada nela, então tive que me esforçar.
(Eu) - Serio? Que bom.
(Sg) - Sim, e eu já fiz isso eu queria levar você lá quando te encontrei, mais eu me sinto bem cansado agora.
(Eu) - Me desculpe outra vez.
(Sg) - OK vamos fingir que nada aconteceu e eu estou te contando agora, Depois que eu descansar posso te levar lá, Depois eu queria dizer para...Você escolher a data...
(Eu) - Data?...
(Sg) - A data....do casamento...
(Eu) - Serio? Você não ten que trabalhar mais não?
(Sg) - Eu já avisei ao meu patrão, a casa que comprei e boa mais precisa de uma pintura nova, e eu pedi a ele um tempo pata ajeitar as coisas...
(Eu) - Por isso você trabalhou assim durante esses meses....e eu aqui brigando com você.
(Sg) - Ah eu desisto, seu cabelo esta molhado.
(Eu) - O que você fez?
_Eu me olhei no espelho.
(Eu) - Meu Deus o que e isso? Parece que acabei de sair da boca da vaca, não quer dizer a vaca lambeu minha cabeça, que horror.
_Eu comecei a rir.
(Sg) - Você deveria me agradecer, ficou lindo.
(Eu) - OK obrigada, posso casar assim?
(Sg) - E...Sabe, eu acho que e Obra muito original para ser mostrando, eles podem plagear ela...e melhor não
(Eu) - Serio, eu estou realmente bonita assim?
_Eu olhei para ele.
(Sg) - Vocês esta me assustando.
_Ele riu um pouco enquanto eu penteava direito, ele se deitou na minha cama, e eu sentei perto dele enquanto terminava de pentear.
(Eu) - Hum..Se eu soubesse fazer massagem eu te daria uma.
(Sg) - Nem tente, eu vi o jeito que chutou aquele portão, você vai quebrar meus ossos.
(Eu) - Só queria oferecer uma coisa...A então deixa.
(Sg) - Eu quero dormir..
(Eu) - Eu sei, Então eu vou descer para...
(Sg) - Não, fique ai.
_Ele segurou minha mao com o olho ainda fechado.
(Sg) - Eu tenho que me acostumar com isso.
_Eu o observei soltar as palavras num tom baixo enquanto caia no sono, eu o vi dormir rindo o tempo inteiro, eu não ele, Suga dormiu um bom tempo, eu sai de perto porque não ia conseguir ficar ali sentada, depois que ele acordou eu insiti para que ele me levasse ate a nossa casa, eu estava meio bobo por causa do sono mais aceitou, ele novamente pediu um carro e nos levou, era uma casa nem longe e nem perto da minha atual, a casa era realmente muito boa, e grande e não precisava de pintura eu acho que ele queria era mudar a cor mesmo, nos entramos na casa.
(Sg) - Entramos na cozinha, depois tem a sala ali, e por lá os outros cômodos, esta satisfeita? Podemos ir?
(Eu) - Isso e incrível,
_eu dei uma volta pelo lugar que ele disse que seria a cozinha.
(Sg) - O que foi?
(Eu) - eu tenho que fazer um Curso de culinária.
(Sg) - Ei, não se preocupe eu como fora.
(Eu) - Obrigada mais uma vez.
_Ele se aproximou de min.
(Sg) - Daqui uns dia, vamos estar aqui só nos dois....É....por algum tempo.
_Ele tirou uma caixinha de aliança.
(Eu) - (Meupaiamadoeunaocreio)
_Eu vi enquanto ele esfregava o olho segurando eu corri ate ele e o abracei forte.
(Eu) - Ah, que lindo! Eu não acredito! Quem ten um noivo assim? Ninguém não e ninguém!
_Foi perfeito, e ele escolheu bem o lugar para me mostrar, ou na verdade...ele não teve escolha depois do que eu fiz.


Notas Finais


Brigada por lerem (・∀・)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...