História O alfa da casa ao lado - Capítulo 23


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Abo, Kookmin, Namjin, O Alfa Da Casa Ao Lado, Paumdonamjoon17, Taeyoonseok
Exibições 1.483
Palavras 1.258
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Cross-dresser, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá amores, desculpa pela demora, mas aqui estou eu ><

~Leiam com gosto~

Capítulo 23 - Nada aconteceu?


Fanfic / Fanfiction O alfa da casa ao lado - Capítulo 23 - Nada aconteceu?

Pov Autora

— Vamos Jimin, acorde, vamos! — Jungkook chamava pelo ômega depois do mesmo começar a delirar e a chorar.

Começou a sacudir o pequeno e Jimin chorava, aquilo não fazia sentido para Jungkook, será que ele estava tendo um pesadelo?

Depois de muito esforço Jimin acordou respirando fundo, como se o ar fosse lhe faltar a qualquer momento. Olhou para Jungkook assustado e o abraçou, é ele havia tido um pesadelo.

— O que houve amor, estar bem? — Jungkook pergunta mesmo sabendo que aparentemente o ômega não estava nem um pouco bem.

O ômega levou a mão direita até o peito e certificou-se que não havia levado um tiro, ele se sentia dolorido e com sede.

— C-Cadê o Lee? Onde ele está? — Jimin pergunta com um pouco de dificuldade, seu quadril doía e o mesmo gemeu de dor.

— Que Lee, Jimin? Amor, o que você sonhou? — Jeon se levanta e pega no rosto do ômega, para que esse o olhasse.

Jimin rapidamente olhou para o espelho atrás de Jungkook e viu que estava nu e com marcas por todo o corpo. Voltou o olhar para o alfa e viu que o mesmo estava sem roupa também.

— O-O que aconteceu aqui? — O ômega pergunta tentando entender o que aconteceu, mas nada o vinha na cabeça.

— Anjo, ontem foi o último dia do seu cio e hoje acabou de vez e quando voltei da cozinha, você estava delirando. — Jungkook diz e caminha para o banheiro, ele ainda estava cansado e Jimin seguiu atrás dele.

— Então tive um pesadelo é isso? Não morri e não havia Lee nenhum? — Jimin pergunta entrando no banheiro, ele não havia enlouquecido então.

— Sim, apenas um pesadelo e eu não sei quem é esse Lee. Anda tendo sonhos com outro homem, Jimin? — Jungkook arque-a a sobrancelha esquerda, causando um pequeno riso em Jimin.

— Com uma criança você quer dizer né? Poxa Jungkook aquele sonho/pesadelo parecia tão real, pensei que Hyerin havia mesmo me dado um tiro... — O ômega liga o chuveiro e começa a tomar banho, mas Jungkook estava paralisado com o nome que foi dito.

— O que v-você disse? — Jungkook pergunta para o ômega que não havia entendido.

— O que? — O ômega começa a se ensaboar, estava se achando estranho.

— Hyerin? Como soube desse nome? — Jungkook entra no box e olha Jimin com mais intensidade, o alfa estava com medo.

— Já disse, estava no meu pesadelo, acordei depois que ela me deu um tiro e em Lee. — Jimin diz por fim passando shampoo, ele estava dolorido e fazia poucos movimentos.

Jungkook olhou por alguns instantes o pequeno ômega e começou a tomar seu banho, ele precisava falar com Yoongi, será que era algum aviso?

— E quanto ao Jin hyung, ele não estar grávido? — Jimin pergunta e Jungkook sorri.

—Isso é verdade, o Namjoon ligou hoje pela manhã avisando da paternidade. — Jungkook pegou a toalha para se enxugar e a Jimin.

O ômega fez um bico adorável fazendo Jungkook morde-lo e dá um breve selar.

— Agora vamos nos vestir, que irei preparar algo para comermos, afinal seu cio me cansou e te cansou. — Jungkook tira a toalha e começa a se vestir, Jimin olhava de relance para a bunda bem redondinha e avantajada do alfa, cobriu o rosto para que Jungkook não visse seu rosto corado.

— Não fique com vergonha baby, afinal verá disso mais vezes. — Jungkook passa a mão pelo abdômen sarado e pisca fazendo o ômega corar mais e mais, se é que era possível.

Jimin tratou logo de vestir algo, pois sua barriga roncava mais do que ele poderia aguentar, além do mais estava se sentindo fraco e estranho.

O alfa seguiu até o andar de baixo e começou a preparar a comida para os dois. Jungkook aprendera a cozinhar depois que seu appa faleceu, sua omma tinha que trabalhar e sustentar ele e a sua irmã, por mais que fossem tempos difíceis naquela época hoje já nem faz tanta diferença assim.

— Caralho Jungkook, não escutou que a campainha estava tocando não? — Yoongi diz assim que “invade” a casa de Jimin.

— Desculpa hyung, estou ocupado fazendo comida para eu e Jimin comermos, aish. — O alfa diz e vira para o fogão novamente.

— Eita que cheiro de foda, se deu bem em Kookie-ah! — Yoongi senta e logo começa a comer algumas frutas que ali haviam.

— Amor, isso lá são modos? — Tae entra na cozinha com Hobi logo atrás.

— Bom dia pessoal, cadê o Namjoon e o Jin? — JungKook pergunta colocando algumas comidas feita nos mantimentos.

— Daqui a pouco eles vem, foram deixar algumas coisas com o Mark, afinal a casa de praia é daqui a uma semana. — Hobi senta e beija Yoongi.

— Sim, cadê Jimin? Pensei que ele estivesse acordado. — Tae diz sentando também, o ômega estava cheio de chupões, fazendo Jungkook olhar incrédulo para os dois alfas a sua frente.

Ficaram conversando e rindo das palhaçadas que Hoseok fazia, sério que ele era um alfa? Por Jungkook ele era mais para um beta do que para um alfa.

— Bom dia hyungs! — Jimin cumprimenta os demais e beija Jungkook, Tae sorriu mínimo ao ver o estado do amigo.

— Dia bom não é Minnie?! — Tae fala sarcasticamente, o ômega até ali não havia entendido o tom sarcástico, mas aí percebeu que o cheiro de Jungkook estava nele.

— Aish TaeTae, não fale assim ok? — Jimin abraça Tae e beija o ômega, esse que sorriu quadrado com a atitude do outro.

— Olá pessoas, deem espaço para o ômega mais lindo de toda Seul. — Jin diz sorrindo, ele estava muito feliz e certamente mais lindo do que já era.

— Esse nosso hyung é muito convencido, não acha não Tae? — Jimin pergunta só para implicar com o outro, esses ômegas sei não viu.

— Podem achar o que quiser, estou feliz e ninguém pode estragar, não é Nammie? — Jin abraça o noivo e olha pidão para o outro confirmar.

— Sim princesa, você está lindo e é o mais lindo ômega que eu já conheci. — Nam diz e beija o ômega.

— Isso porque o Namjoon hyung só pegava despacho né, então é verdade! — Jungkook gargalha e todos fazem o mesmo, Namjoon só não bateu no alfa porque até Jin estava sorrindo também.

— Vocês viu, com pessoas como vocês do lado, quem precisa de inimigos? Vamos mudar de assunto e falar sobre a casa de praia e a nossa formatura? — Nam indaga e senta trazendo Jin para sentar em seu colo.

— Pelo que sei a casa de praia foi adiantada e a formatura será dois dias depois, acho que esse ano passou mais rápido do que todos. — Jungkook comenta com um pouco de macarrão na boca.

— Passou tão rápido que parece até surreal. — Hoseok completa meio triste, afinal dali teriam que ir para faculdade.

— Eu vou ficar na escola e Taehyung hyung também, mas vocês farão falta. — Jimin olha para os alfas e para Jin, ele estava visivelmente triste.

— Vamos fazer uma promessa? — Jin pergunta e olha para cada um que estava naquela mesa.

— E o que seria essa aposta? — Yoongi olha para Jin com a sobrancelha direita arqueada.

— Nunca vamos esquecer um do outro e fazer esse final de ano o mais memorável possível. — O ômega diz por fim e olha novamente para cada um.

— Por mim, aposta aceita, afinal é impossível esquecer de vocês! — Tae diz e abraça os seus alfas de lados.

E assim todos aceitaram, a verdade era que realmente seria impossível esquecer cada um que estava ali. Esses amigos mudaram mesmo que sem querer seus próprios rumos e suas próprias vidas.

Como esquecer quilo que seria para sempre?

 


Notas Finais


Foi isso, desculpa matar vocês de preocupação, era apenas um pesadelo e eu vi que quase me matavam ><

Ainda irei responder a todos e será agora. Obrigada a todos por me acompanharem e não desistirem de mim e nem da minha fanfic >< Ainda não é um adeus, calma aí galera kkkk

Beijão ^-^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...