História O Aluno e O Professor - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Agust D / Suga
Tags Bts, Jikook, Namjin, Taeyoonseok, Vhope
Visualizações 16
Palavras 6.043
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Ficção, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooii gente,
Então, sei que demorei mais que o esperado pra postar, mas tenho bons motivos e lá em baixo eu explico um pouquinho
Aproveitem o capítulo, tentei recompensar vocês pela demora
Então tomara que gostem
Leiam as notas finais!
E vamos ao capítulo!

Capítulo 8 - Um Complicado Triângulo Amoroso


TaeHyung POV

2 Semanas Antes

Eu havia acordado mais cedo que o normal naquele dia, teria que avisar Jimin-ah sobre o horário do treino, mesmo estando quase morrendo de sono por conta do horário. E também por ter aproveitado a noite inteira com Hoseok ontem por estarmos sempre ocupados com as coisas na BigHit. Então levantei, fiz minha higiene matinal, e fui comer alguma coisa enquanto tentava ligar para Jimin.

Disquei seu número e tocou uma, duas, três vezes e ninguém atendia. Liguei de novo e deu no mesmo. Esse menino ainda devia estar dormindo, já que ainda estava cedo. Ocorreu o mesmo quando liguei para Jin, chamou várias vezes, e novamente ninguém atendeu. então minha única solução era ligar para Yoongi, mas já esperava ficar na linha durante meia hora esperando ele atender, porque eu sabia que ele dormia que nem uma pedra. Mas então, não sei com que forças, ele conseguiu acordar cedo, e ainda foi o único que me atendeu. 

Ele me atendeu com uma voz rouca de sono, devia tê-lo acordado com a ligação. Ignorei suas reclamações e pedi para ele avisar Jimin qual seria o horários dos ensaios, depois deveria dizer mais coisas e explicar como seria, mas não conseguia me concentrar direito, tudo por conta daquela voz rouco de quem havia acabado de acordar, eu, por vezes, me perdia em sua voz. E, infelizmente, coisas como essa acontecia a alguns anos, pouco depois que o conheci, sentia algo estranho quando me aproximava dele, gostava de sua personalidade, sua aparência, sua voz. Mas o problema era: Eu tinha Hoseok.

Eu não sabia exatamente o que sentia com Yoongi. Apenas lembro, que quando o vi pela primeira vez, praticamente o fiquei secando com meu olhar por um bom tempo. Mas com Hoseok, eu senti algo um pouco mais forte. Eu o amava e sabia disso. Não suportaria perdê-lo de jeito nenhum, queria sempre acordar sentindo sua respiração em mim, sabendo que ele era meu. Mas estava começando a achar, que só talvez, poderia estar sentindo isso tudo com Min Yoongi também, mesmo sabendo que isso era extremamente errado e eu deveria ser capaz de controlar meus sentimentos, igual fiz durante muitos anos desde que conheci Yoongi e começei a namorar o Hobi. E eu não exporia de jeito nenhum meus sentimentos incertos por Yoongi.

Então sua voz, um pouco mais irritada agora, me despertou de meu transe. Ele estava reclamando que eu havia o acordado só pra falar aquilo, então resolvi somente desligar e ir tomar meu café, sabendo que ele me daria uma boa bronca mais tarde. Enquanto tomava meu café, senti Hoseok me abraçando por trás e invadindo a cozinha com aquele seu cheiro tão viciante.

JH: Bom dia amor - ele soltou aquela voz suave.

TY: Bom dia Hobi - respondi da mesma forma.

JH: A gente vai ter que ir para o estúdio hoje? Pra começar a arrumar as coisas da seletiva?

TY: É, a gente vai ter que ir sim - Ele soltou um suspiro de desapontamento e sentou na cadeira ao meu lado - Mas a gente ainda ta na fase de avaliar os candidatos. A gente vai começar a arrumar as coisas só quando faltar menos de uma semana pra seletiva

JH: Ahh, ta bom então. Você já ligou pro Jimin-ah avisando os horários do treino e explicou onde seria? - Só uma parte na verdade, estava ocupado me concentrando em outras coisa, mas dexei ele pensar que tinha falado tudo, Jin e Yoongi hyung dariam um jeito -  Nossa, como ele estava ansioso, mas tenho certeza que ele vai conseguir entrar, ele é muito esforçado. E, eu não sei o porque, estou achando que ele vai se dar bem com o JungKook.

TY: É, acho que sim. E fica até mais fácil por estar no grupo do Jin e do..Yoongi hyung, por eles serem da equipe - disse e não consegui disfarçar um sorriso falso que saiu inconscientemente

JH: O que foi isso Tae? Aconteceu alguma coisa com você?

TY: Hã? Ah, não não, eu só..estou com sono sabe.- Sério? Com sono? Eu não podia inventar uma desculpa melhor?

JH: Uhum, sei, eu te conheço e você sabe - É, eu sabia - E eu sei quando você não ta bem

TY: Mas ta tudo bem, é sério. Vamos pra BigHit agora? - Disse lhe dando um beijo e já saindo de lá, mas ele logo segurou meu braço antes de eu sair

JH: Ei, você sabe que pode me contar qualquer coisa né? Sendo algo bom ou ruim, sempre vou te apoiar e estar do seu lado

TY: Ah como eu e amo - Lhe dei um selo demorado - Eu sei disso tudo

JH: Eu também te amo, agora vamos - Assenti e então saímos com o carro e fomos para a BigHit, com meus pensamentos um pouco longe dali...

TaeHyung POV off

* Quebra de Tempo *

Yoongi POV 

Após Taehyung ter desligado o telefone na minha cara, dei um breve suspiro e levantei. Aquele garoto mexia comigo. Mas, como sempre tem um porém, ele estava com Hoseok, e Hoseok estava com ele. Eu sempre me sinto estranho perto deles, e não de um só, mas dos dois. Algo como..aquelas malditas borboletas no estômago. Mas eles eram felizes juntos, e eu não iria chegar lá e ferrar tudo. Comecei, contra minha vontade, nutrir esse sentimento estranho, poucos anos depois que nos conhecemos. Mas nunca foi um só, sempre foram os dois. Jung Hoseok sempre com aquele seu jeito feliz que anima todo mundo, e sempre foi um grande amigo pra mim, me ajudando quando eu estava para baixo. Kim Taehyung também sempre foi um ótimo amigo, mas com aquele seu jeito carinhoso e cuidadoso, lembro de como sentia cíumes por conta da forte amizade de Jimin-ah com Tae, por eles terem crescido juntos. E a amizade deles é a mais forte que eu já vi.

Eu queria isso também, poder ter essa confiança e liberdade. As vezes me pegava pensando em como seria viver acordando com Tae dormindo do meu lado, ou quando fosse em direção á cozinha e visse Tae preparando café para nós. Não é uma coisa muito normal, nunca foi, Mas também nunca conseguia imaginar um só, eram sempre os dois juntos, me fazendo feliz por ter eles comigo, mas eles não poderiam saber disso, o relacionamento deles foi algo bem enrolado, foram meses para que os dois finalmente começassem a namorar, e eu não iria estragar aquilo, mas não é como se fosse algo fácil. Era algo dificíl. Era algo complicado. Era um triângulo amoroso complicado. 

Então eu dei uma bagunçada nos cabelos e fui me arrumar. Quando desci para cozinha vi Jimin-ah e Jin hyung na cozinha já tomando o café da manhã. Depois ficamos conversando um pouco e fomos para a BigHit.

2 Semanas Depois

É impressionante como as duas semanas passaram voando. Quando fui perceber, já tava rolando Jimin sendo levado no colo do JungKook, e depois todo aquele drama de um ignorar o outro. Tae e Hobi sempre juntos me fazendo rir e ficar triste ao mesmo tempo. Jin já tava até de conversinha com um tal de Namjoon que fazia parte de outra equipe da companhia. Esse povinho todo era meu grupo, até JungKook estava se juntando,depois que Jimin se mudou para Seoul, nós saiamos quase todo dia. O engraçado é como esse grupo se formou. Anos atrás nós nos encontramos em uma praça  onde Tae e Hoseok estavam dançando e um monte de gente aparecendo em volta daqueles dois, depois, não sei como, já estavamos nós cinco, Jimin, Jin, Tae, Hoseok e eu ,dançando juntos, acabamos juntando a maior grana, e fomos para uma cafeteria, foi aí que a nossa amizade se firmou.

A partir daí, quando dávamos um jeito e nos encontrávamos em Seoul, sempre íamos a essa cafeteria, tinha virado nosso lugar sagrado, onde tínhamos até feito um pacto, que sempre apoíariamos uns aos outros, não importava com que fosse ou o quão ridículo fosse. E sempre nos reuniríamos lá, acontecia algo bom ou ruim, sempre iamos para lá. Eu nunca fui de muito sentimental nem nada assim, mas quando estávamos juntos, o que importava era a nossa amizade, aqueles caras que me faziam querer continuar, e nós não iriamos conseguir nos separar tão cedo. E já que Jimin iria fazer parte da companhia, pelo menos eu esperava que isso ocorresse, íamos ficar juntos vinte e quatro horas por dia, até enjoarmos uns dos outros.

O ensaio já estava acabando, e aquele seria o último antes da seletiva, então decidimos que íamos para a famosa cafeteria para comemorar..não sei oque, mas iriamos lá depois do treino.

E assim estávamos, sentados na nossa mesa exclusiva já com nossos pedidos na mesa. Quase todos os funcionários que trabalhavam lá conheciam a gente, de tanto que a gente ia lá, e pedíamos sempre a mesma coisa, capuccino e uns cupcakes, e sempre na mesma mesa. Era meio que um ritual nosso, e com isso, até alguns clientes eram nossos amigos. E o que fazíamos além de comer? Bom, as vezes a gente até parecia umas menininhas, a gente só reclamava de algo sem sentido ou importância alguma, contávamos novidades, fofocas, falavamos de alguns problemas e sempre conseguíamos resolver, e nada saia daquela mesa, oque acontecia lá, ficava lá. Nossos segredos, pensamentos, opiniões, era tudo guardado naquele grupinho.

Mas dessa vez havia algo diferente, não eram todos que participavam da bagunça. Jimin e Tae estavam mais quietos, soltavam um risinho de vez em quando, mas ainda não estavam normal. E hobi tava meio sério, mas continuava fazendo algumas palhaçadinhas, mas era óbivio que alguma coisa o incomodava e precisávamos resolver, na nossa reunião ninguém ficava para baixo

YG: Okay gente, já deu!  Oque ta acontecendo? - Eu falei enquanto dividia meu olhar entre os três - Saímos para comemorar eu não sei oque, se animem! Fala sério, vocês podem contar pra gente oque houve, é isso que fazemos aqui certo?

JH: Hã? Mas não tá acontecendo nada não hyung, pelo menos eu to bem - Deu um sorriso que era obviamente falso

JM: É.. tá tudo bem

TY: Não aconteceu nada.

Cada um com uma desculpa diferente, menos Tae, ele continuava calado, com a cabeça baixa sem dizer uma palavra

YG: Tae? - Ele olhou para mim - E você? Sem desculpas?

TY: Não, eu só...vou ao banheiro - e então ele seguiu para o local, ele não estava bem, e eu precisava resolver isso. Esperei ele entrar no banheiro e me pronunciei, fazendo todos olharem para mim:

YG: Okay então, Jimin e Hoseok, vocês vão conversar com o Jin e uns com os outros pra resolver o que ta acontecendo aí, e eu vou conversar com o Taehyung

Nem ouvi a resposta deles, apenas saí apressado em direção ao banheiro. Quando cheguei lá, via o Kim apoiado com as mãos na pia e a cabeça baixa. Enquanto os meninos se ajudavam lá fora, eu iria ajudar ele ali dentro mesmo. E ele parecia não ter me notado lá, porque quando o chamei, ele levou um pequeno susto 

YG:Tae..Você quer conversar? - Fui me aproximando devagar para ele não sair correndo de novo

TY: Ah, oi Yoongi, não,eu to bem...mais ou menos

YG: Vai logo TaeHyung desembucha, eu sei que aconteceu alguma coisa

TY: Ah, bem, é que..olha, imagina comigo: tem três pessoas que são muito amigos, duas dessas pessoas namoram, mas um dos namorados, acha que está gostando muito desse outro amigo, mas ele sabe que ama muito o seu namorado e não sabe o que faz, se você fosse essa pessoa, oque você faria?

Era só impressão minha, ou eu sabia exatamente quem eram essas pessoas?

YG: Bom, eu acho que um desses amigos, poderia gostar de um dos namorados também, ou até dos dois, mas deveria deixar os dois namorando em paz para não estragar o relacionamento deles e não quer acabar com a felicidade e amizade dos três. Então ele devia ficar quieto e deixa-los serem felizes, certo?

TY: É...certo.. - ele parecia pensativo - Ah! Quer saber? Na verdade não! Eu preciso te falar um negócio que tá preso faz tempo, e eu já cansei de guardar isso só pra mim!

YG: Mas.. do que você tá falando Tae? - Eu estava completamente confuso

TY: Só me escuta! Olha, desde que eu te conheci, senti algo estranho, mas não sabia como reagir, era algo completamente novo para mim, algo que eu não conhecia direito. Mas aí apareceu o Hoseok, e não sei com, me apaixonei perdidamente de um jeito tão rápido, se queria estar sempre lá ao seu lado quando ele precisasse, ele é tudo para mim. Mas..de uns anos para cá, eu acho.. que comecei a desenvolver esse mesmo sentimento..por você - Ele estava extremamente vermelho enquanto falava - Eu sei como isso soa estranho, eu também acho! Eu não entendo como eu consigo amar o Hobi, e  querer estar com você também, ao meu lado, me cuidando, me protegendo. Queria que quando acordasse, pudesse ver seu rosto todo amassado ao meu lado - Ele deu um pequeno risinho, mas algumas lágrimas já teimavam em sair, e eu não fazia ideia do que eu deveria fazer naquele momento - Mas quero hobi também entende? É algo estranho que não sei como explicar, mas eu não espero que você entenda, nem eu entendo isso tudo direito. Eu amo Jung Hoseok mais que tudo e não quero deixa-lo em hipótese alguma, mas eu também quero você, Min Yoongi, junto de mim, nós três juntos, e isso parece extremamente absurdo, mas eu não conseguia mais deixar isso preso em minha garganta por muito mais tempo e eu não sei oque fazer para resolver isso - Ele parecia ter perdido as forças, e se deixou cair de joelhos naquele piso frio

YG: Caramba Tae..eu não fazia ideia que isso tudo passava por essa sua cabecinha - fui me aproximando e o abracei ali mesmo, agachado no chão do banheiro - Mas..e se eu te disser..que eu também sinto o mesmo? Por você e Hoseok juntos? - Ele me olhou, claramente em choque pelo que eu havia falado - Eu comecei a gostar muito de você e do hobi a muito tempo, mas eu percebi que eu não só gostava de vocês, eu amavam os dois, juntos, na mesma proporção. Tinha vezes que até me dava uma vontade de sair agarrando vocês dois, e sequestrar vocês pra mim, porque eu não conseguia me manter longe, e já achava que não ia conseguir esconder isso tudo por muito tempo. Cara, isso é estranhamente ridículo! Mas eu amo você Tae, você e Hoseok. E isso já acontece a alguns anos...

Yoongi POV off

* *

Hoseok POV

Eu tinha escutado, desde do começo, tudo o que eles falavam através da porta do banheiro. Tinha estranhado a demora dos dois e fui averiguar, mas quando fui entrar, comecei a ouvir as palavras de Tae, o que me fez ficar ali, apenas ouvindo tudo. Minha cabeça estava uma bagunça. Isso tudo estava realmente acontecendo? Aliás, o que estava realmente acontecendo? Eles acabavam de dizer que um amava o outro, mas que dividiam o amor deles comigo? Oque era aquilo? Um triângulo amoroso por acaso? O que eu iria fazer agora? Eu nem sequer podia chegar lá e falar que fui traído como uma desculpa, pois eles deixaram bem claro que me amavam, e pelo o que eu sei, não houve beijo nenhum para ser considerado traição. Eu não aguentava mais aquilo, precisava tirar aquela história a limpo. E o que eu fiz? Simplesmente entrei no banheiro com direito a bater a porta e tudo, fazendo eles darem um salto e se levantarem de onde estavam para me olhar com uma cara assustada. Até que me vi no espelho, meu rosto estava vermelho e inchado, pelo jeito, havia chorado e nem percebido, mas agora não era hora para isso, íamos resolver aquele problema.

JH: Okay, a gente vai resolver tudo isso aqui, e agora!

Assim que entrei, fechei e tranquei a porta. Afinal, ficaríamos um bom tempo ali resolvendo aquilo tudo. Mas ao contrário do que parecia, eu não estava bravo, apenas confuso, e muito.

E como havia dito, ficamos muito tempo ali. Acredito que não tenham sido horas, apenas uns bons e longos minutos resolvendo aquilo, caso contrário, os meninos já estariam tentando arrombar a porta. Mas enfim, nesse tempo todo que ficamos ali, conseguimos chegar  em uma conclusão e resolver aquilo tudo, lógico que  depois de uns gritinhos e choros, mas no final , tudo deu muito certo. Resolvemos aquilo da forma mais estranha possível, e aproveitaríamos aquela situação que todos estavam unidos, para já explicar o que havia acontecido. Quando fomos sair, conseguimos ouvir passos apressados, como se estivessem correndo para longe. O que eu estava pensando? Era óbvio que aqueles meninos não iam sossegar e ficar quietos naquela mesa, com certeza iriam lá se intrometer e tentar saber o que acontecia. Apenas ignoramos aquilo e saímos dando um curto risinho.

Chegamos na mesa, e sabia que cada um de nós estava com um sorriso bobo no rosto, uma cara de quem havia aprontado. Então nos aproximamos de Jimin-ah e Jin hyung segurando a mão de Tae de um lado, e com Yoongi colado em mim no outro.

JH: Gente - eles olharam para mim, fingindo que não sabiam de nada, e que segundos atrás tentavam espionar a gente - Nós precisamos contar um negócio bem estranho....Nós estamos namorando!! - Disse com uma empolgação enorme, porém os meninos apenas me olharam com uma cara, como se eu fosse louco.

JM: Aham, a gente já sabe disso hyung, vocês namoram desde -

JH: Não! Você não entendeu! - Tive que corta-lo, senão não iria parar de falar. - NÓS - Segurei a mão de Yoongi do outro lado - estamos namorando.. Tipo, nós três.. - Agora sim, tinha certeza de que eles me levariam para o hospício 

JN: O-oque? Como assim gente? Podem explicar isso tudo direitinho

JM: É! Não deu pra ouvir nada pela porta

JN: Jimin! - ele deu uma pequena cotovelado no mais novo, como se já não soubéssemos disso

JM: Ai! Oque? Ah, só fala logo gente, explica isso

TY: Bom..é meio complicado, mas vamos lá..

E então nós três começamos a explicar toda a história, desde que Tae foi para o banheiro com Yoongi, até depois que eu entrei lá. E o que aconteceu depois que eu tranquei a porta? Foi tudo meio rápido, eu entrei lá e eles logo falaram que podiam explicar, mas eu disse que eles não tinham culpa de nada, afinal, nós não controlamos nossos sentimentos. E no final, descobri que sentia o mesmo, pelos dois!  Sempre amei meu pequeno E.T de sorriso quadrado, mas percebi, á pouco tempo, que eu também gostava muito de Yoongi, começei a me apaixonar por ele muito rápido, e achei que estava sendo precipitado, por já estar namorando com Taehyung. Já Yoongi parecia ser muito fechado para eu me aproximar, pensei que ele acharia estranho e se afastaria de mim se eu contasse o que estava sentindo. Mas percebemos que nós três nos amávamos, isso parece louco eu sei! Mas havia reciprocidade, e era aquilo que fazia um relacionamento dar certo.

Tentamos pensar em outro jeito de resolver aquilo, mas não tinha como. Não dava para apenas duas pessoas saírem felizes, e um outro sair triste e com coração partido, mas resumidamente, sair na merda, então partimos para algo diferente. Se prepare: tentaríamos namorar juntos, tipo, ter um relacionamento triplo. Eu sei como isso soa extremamente bizarro, não sabíamos como reagir aquilo também, era algo novo para os três. Nós nos amávamos, então não tinha o porque de não tentar certo? Não ia custar nada ver até onde esse namoro ia dar. E depois de explicar aquilo tudo, pudemos ver como os meninos ficaram pasmos, tava até difícil segurar o riso, mas depois de uma conversa mais clara, explicar direito o que cada um sentia, os meninos entenderam aquilo tudo, e nós sabíamos que eles fariam o máximo para nos apoiar e ajudar no que for. Eles perceberam o nosso amor, e então depois de alguns minutos, tudo voltou ao normal, como se nada demais tivesse acontecido, mas ainda precisamos resolver um assunto pendente ali.

JH: Okay gente, agora que já resolvemos isso, vamos para o outro caso aqui. Jimin-ah, nos conte, o que aconteceu com você?

JM: Hã? Mas não aconteceu nada comigo - ele seu um sorriso falso, fala sério eu conhecia meu mochi - Eu estou bem hyung, sério!

JN: Ah, fala sério Jiminie, é óbvio que aconteceu alguma coisa, você não consegue esconder essas coisas.

YG: Foi o JungKook  não foi? O que ele fez

TY: Ué, vocês brigaram? Da última vez que vi vocês juntos, ele tava carregando você no colo dele, parecendo uma princesa em apuros. E sempre que via ele lá no estúdio, ele sempre dava uma olhada pra você disfarçadamente. Sem contar, que toda hora ele inventava alguma desculpa para passar por aquela sala, só pra ver você, tava até cansando - Tae conseguiu arrancar um pequeno risinho dele, mas logo apareceu aquela carinha triste dele

JH: Ah mochi, não fica assim! O que aconteceu? - Ele deu um breve suspiro antes de começar a explicar a situação

JM: Okay hyung. É que..bom,então, assim que eu entrei na BigHit pela primeira vez, eu não tive como evitar, logo bati meus olhos em sua direção, ele parecia ser um cara legal por trás daquela cara séria, e eu tive certeza disso, como o Tae falou, depois de ele me levar para o hospital em seu colo, ele tinha sido tão atencioso e preocupado comigo. Antes disso, eu só havia trocado três ou quatro palavras com ele, por ter sido estabanado e caindo em bem em cima dele. No hospital, nós ficamos conversando um pouco quando eu acordei, e decidimos nos apresentar de uma forma mais correta, mas na hora em que tocamos nossas mãos, algo muito estranho aconteceu comigo, como se estivesse levado um choque talvez? - Ele descrevia, como se tivesse imaginando novamente o que aconteceu naquele dia - Acho que senti aquelas famosas borboletas no estômago e..ah não sei! Foi muito estranho, nunca tinha sentido isso antes. Mas acho que não fui o único a sentir algo, pois quando nos tocamos, nossos olhos se encontraram, e ficamos lá encarando um ao outro..

YG: Por quanto tempo ficaram lá se encarando que nem bobos?

JM: Não sei bem, apenas ficamos um bom tempo, com as mãos ainda juntas, nos encarando, sem mover um músculo sequer, como se estivéssemos conseguindo observar a alma só pelo brilho dos olhos..Mas aí eu voltei pro mundo real e soltei sua mão, ficamos sem saber o que fazer, até que uma enfermeira entrou com minhas roupas e eu soube que ele ficou lá ao meu lado a noite inteira. Mas então fui para o banheiro me arrumar, só que quando sai, ele se transformou em outra pessoa, começou a ser frio comigo, me responder curto e grosso - Ele já tinha soltado algumas lágrimas ao londo daquela história, depois dali, Jeon JungKook iria ouvir umas poucas e boas - Ele mau me olhou na cara, não sorriu mais. Depois desse dia, até na BigHit, ele simplesmente fingia que eu não existia, tinha acenado para ele quando o vi, mas ele virou o rosto e saiu andando, me ignorando completamente e eu não sabia o que eu tinha feito, só queria resolver aquilo tudo, saber o que eu tinha feito de errado. E isso me machucou muito, me magoou, só não entendi bem porque isso me afetou tanto assim..

JN: Isso te afetou, porque você se apaixonou por ele Jimin-ah!

JM: Mas eu não queria que isso tivesse acontecido, não se fosse para eu me magoar assim. Acho que esse foi o maior erro que eu cometi.. - E ele havia chorado ainda mais, seu pequeno rosto já ficava vermelho

TY: Calma mochi - Tae o abraçou para tentar conforta-lo - Olha, a gente vai falar com ele e resolver tudo isso, ou pelo menos descobrir o motivo dele começar a te ignorar, você não fez nada, a culpa não foi sua!

YG:  E se ele continuar com essa birra, ele vai ser um tremendo babaca e vai levar uns bons.- Jin o fitou, quase partindo pra cima - Vai levar..uns bons argumentos! Era isso que eu ia falar, sem socos!

JM: Obrigada gente, eu não seria nada sem vocês..

E então ficamos o confortando e conversando um pouco até a gente decidir ir embora, cada um foi para o lado e nos despedimos com um abraço. Mas Tae e eu não iriamos para casa, teríamos que passar em outro lugar antes para resolver algumas coisas..

Hoseok POV off

* *

JungKook POV

Eu estava em uma das salas de dança do estúdio, jogado no chão por conta do cansaço, estava dançando á algumas horas, fazia isso quando estava chateado ou precisava pensar. Havia ficado exausto, mas enquanto dançava, a cada passo dado, eu pensava no meu dia, cada momento que passei com Park Jimin, pensava em como havia sido estúpido pelo que eu havia feito. Sempre que fechava meus olhos, conseguia ver aquele pequeno rostinho triste, obviamente magoado. Estava no chão, cansado, enquanto pensava sobre como iria resolver aquilo tudo, quando ouvi a porta sendo aberta em um estrondo, indo logo de encontro com a parede num baque forte, e então apareceu um furioso Jung Hoseok e um preocupado Kim Taehyung logo atrás, eu logo me levantei, pensando que poderia levar um chute se não ficasse logo de pé

JK: Ei gente, o que vocês est - ele simplesmente me interrompeu na maior cara de pau

JH: Sem papo furado Jeon, pode começar a se explicar agora! O que aconteceu entre você e o mochi? - Mochi? Era assim que chamavam Jimin? Até que combinava - Por que você esta o magoando assim!? - Meu sorriso logo se desfez

TY: Ei hobi, calma aí, assim a gente não resolve nada - Então Tae apareceu para me salvar, bem, foi o que eu pensei - É o seguinte JungKook, Jimin-ah contou pra gente tudo o que aconteceu com vocês, e sabe o que a gente percebeu? Ele está apaixonado Jeon, por você! Cara, a gente nunca viu o mochi tão sensível assim, tão magoado! Você não sabe o tamanho do estrago que você fez naquele coraçãozinho quando ele começou a falar que você ignorou ele do nada, sem explicação nenhuma! E ele ta se culpando por tudo agora! Qual seu problema cara? - É, eu realmente pensei errado

JK: Calma gente! Eu vou explicar tudo, a culpa foi totalmente minha. É o seguinte, desde quando eu vi Jimin pela primeira vez..Ah, quer saber, vamos resumir logo! Eu acho, que pela primeira vez na minha vida, eu realmente me apaixonei, e foi por Park Jimin - Eu soltei tudo em um fôlego só - E vocês querem saber porque eu estou, pelo menos tentando, me fastar dele? Bom, eu explico. É que eu nunca me apaixonei antes, e vocês sabem disso, sempre fui difícil com relacionamentos. Já me envolvi com outros caras, mas foi coisa de dias, com Park, eu acho que quero passar semanas, meses, e até anos ao seu lado. A gente nunca ficou conversando por mais de vinte minutos, mas eu tenho vontade estar sempre com ele, sempre quando ele precisar eu quero estar ao seu lado, descobrir mais sobre ele. No primeiro dia que eu o vi aqui, já me senti preso á ele, de uma forma que nunca havia acontecido antes! E quando ele caiu em cima de mim no primeiro dia em que nos vimos - Soltei um pequeno risinho pela lembrança - Eu só tive vontade de ficar lá para sempre e não levantar mais, foi um sentimento novo, meio estranho. Mas eu tinha medo desse " novo", tinha medo desse sentimento crescer, e eu achava que ele não sentia o mesmo por mim, e que com isso, eu só me magoaria. E a unica solução que eu achei, foi me afastar dele, o que está sendo insuportavelmente difícil, e também só ta piorando as coisas entre nós. Estar afastado me fez pensar, e percebi que só fiquei ainda mais com vontade de me aproximar dele, descobrir mais sobre Park Jimin. Mas como sou um idiota imbecil, achei que não estava sendo correspondido, E eu até tentei consertar esse erro, ir atrás dele e resolver tudo, mas e o orgulho? E o medo de ser rejeitado? E agora a situação só piorou, ele deve estar me odiando no momento. Eu simplesmente não consigo chegar nele e falar a verdade - Dito isso, abaixei minha cabeça, na esperança de receber algum abraço ou algo assim, mas recebi bem o contrário disso.

JH: Aigoo JungKook, como você é tapado! Como você acha que essa ideia ia dar certo? Você não viu os milhares de olhares apaixonados que aquele garoto mandava em sua direção? Sem contar que ele não parava de falar de você um segundo sequer. Jin hyung me contou que ele sempre ficava olhando para porta, com esperanças de que você parecesse por lá e fosse falar com ele. Mas o que você fez? Apenas o ignorou! Por que você não tentou ir conversar com ele, para explicar o que você sente? Você não tem ideia de como ele chorou ao falar de você hoje. Eu acho.. que ele te ama mesmo cara! Mas agora tá magoada demais. Então amanhã, não como nem que horas, mas você vai falar com ele e resolver isso tudo, e não vai passar de amanhã! Não sei como, mas vocês vão se acertar amanhã.

TY: E como ele ta muito magoado, ele pode não te perdoar na hora, mas uma hora ou outra, ele vai entender o seu lado. Mas você não pode parar de tentar convencê-lo, por que, acredite, no final - ele disse pegando a mão de Hoseok - Vai valer muito a pena

E então eles apenas passaram pela porta, e aquelas palavras ficaram martelando na minha cabeça..

JungKook POV off

* *

Jimin POV

Eu já não aguentava mais de tanta ansiedade, amanhã já seria a seletiva, e depois da notícia que os meninos me deram, as coisas só pioraram, meu coração batia de um jeito incrivelmente acelerado, como eu conseguiria subir no palco, ainda mais depois do que eles me falaram?

Flashback ON

Assim que chegamos em casa, o celular do Jin tocou e ele foi para cozinha atender, ele voltou para a sala e chamou Tae, que havia acabado de chegar de sei lá aonde ele foi com Hoseok, e eles foram para a cozinha juntos e ficaram lá por um tempinho. Quando eles voltaram, me olharam com uma cara indecifrável, que parecia mais pena que outra coisa

JN: Jimin..a gente tem que te falar um negócio..

TY: Você..vai ter que..apresentar a dança amanhã..sozinho.. - ele disse pausadamente

JM: O-oque? Como assim? Eu vou ter que ir para lá sozinho? Por que vocês não vão junto??

JN: O organizador da seletiva ligou, e ele falou que como a gente já fazia parte de uma das equipes da companhia, outros competidores poderiam achar que seria uma vantagem para você

JM: O que? Mas que bobagem! Eu não vou conseguir ir para lá sozinho, vai ser muita pressão, sem contar que uma pessoa específica vai estra lá me observando, e só vai piorar as coisas

TY: Ei, eu e Hoseok também vamos estar lá, a gente vai te apoiar e tenho certeza que você vai conseguir. Sua dança está ótima, e você é um dançarino muito bom, vai dar tudo certo, você vai conseguir.

JN: Confie em você mesmo chim chim, agora vai dormir que você precisa de muita energia para amanhã.

Flashback OFF

E agora onde eu estava? No carro de Jin indo em direção a Big Hit, eu não havia conseguido dormir, então fui para lá para ensaiar mais um pouco a dança, para ter mais confiança como Jin disse. Achei que não teria ninguém lá, mas quando cheguei, a última pessoa que queria ver estava lá. Jeon JungKook, estava jogado no chão, parecia bem suado, devia estar dançando pois havia uma música tocando ao fundo. E mesmo morrendo e todo suado, aquele canalha continuava lindo. Decidi que iria embora para eu não ter que ver ele me ignorando novamente, planejava sair de fininho, mas assim que me virei, tropecei e caí ali mesmo, fazendo um estrondo enorme, com certeza ele iria me ver alí do jeito que eu fui barulhento e estabanado. Boa Park Jimin! Agora eu teria que ver a ignorância em pessoa.

Jimin POV off

* *

JungKook POV

Após Hoseok e Taehyung saírem eu apenas me joguei naquele chão frio e sujo. Acho que acabei dormindo lá, pois de repente ouvi um estrondo enorme vindo em direção á porta, e vi justo aquela pessoa, Park Jimin, caído, paralisado e..olhando para mim. Eu queria conversar com ele e resolver aquilo tudo, só não esperava que teria que ser agora! Ele já se levantava para sair correndo, mame levantei em um pulo e agarrei seu braço antes dele sair pela porta

JK: Espera! Por favor - Ele tentava se soltar de mim - A gente precisa conversar!

JM: Ah m-mas não dá, e-eu tenho que..ir embora agora! É isso! Eu tenho que ir, com liçen..

JK: Jimin! Por favor! - Ele deu um longo suspiro

JM: O que foi? Decidiu parar de me ignorar agora? O que foi?

JK: Eu queria te explicar o que aconteceu, o porque de eu..

JM: O por que de ..Continua! O porque de você ter me ignorado do nada, depois de fazer eu me apai..aproximar de você? O porque de ter sido super cuidadoso comigo e depois simplesmente fingir que eu não existo? - Ele já deixava escapar algumas lágrimas- O porque de você e fazer chorar..e não fazer ideia do por que disso?

JK: Jimin, não chora por favor.Eu vou explicar tudo, é só me escutar

JM: Você não vai me soltar mesmo, fala logo.

JK: É que..olha, eu nunca me envolvi em nenhum relacionamento sério por muito tempo, eu sempre fui muito frio e afastava as pessoas de mim, mesmo que gostasse muito delas, eu não conseguia me manter preso a ninguém. E eu percebi, que queria estar com você, percebi que não me importaria de ficar preso, se fosse com você. Mas eu achava que você não gostasse de mim como eu gosto de você, achei que se eu tentasse me aproximar, no final, eu poderia te magoar ou me magoar. E quando te vi pela primeira vez, sabia que eu ia me apegar, mas tinha medo de te afastar e só piorar as coisas para você. Você virou uma pessoa muito importante para mim, de um jeito tão rápido, tinha medo de estragar isso, mas no final, foi isso que aconteceu. E você não faz ideia do quão dificil foi me afastar de você, como foi saber que tinha te magoado, mesmo tentando me afastar para evitar isso..

JM: Oque..eu não estou entendendo nada - É sério isso Park?

JK; Ah meu deus. Eu te amo Park Jimin, é isso, acho que realmente me apaixonei por você, me apaixonei de verdade

JM: Eu não acredito nisso, você não percebeu o quanto eu te amava, o quanto eu sofri por ver você assim comigo. O jeito que eu te olhava, era até obivio demais, mas a melhor solução que você encontrou foi me ignorar?Isso me magoou demais JungKook e você ainda fala que me ama assim do nada? Não dá, isso, é demais para mim, eu preciso ir e pensar direito - então ele simplesmente saiu correndo de mim, sumindo pelo corredor, droga o que eu havia feito, ele nunca me perdoaria, eu teria que resolver aquilo, e eu iria

Se prepara Park Jimin, eu ainda vou resolver isso tudo, e você vai ver o quanto eu te amo! Vou arrumar essa bagunça toda, você vai ver!

 


Notas Finais


Então gente,
Eu sei que fiquei bastante tempo sem postar, mas é que aconteceu algumas coisas não muito boas, eu cheguei a ficar insegura sobre a fanfic e até exclui ela por alguns dias, mas percebi que não podia deixar a história pela metade e abandonar vocês
Então eu vou continuar com ela, mas não pretendo deixar ela muito longa, acho que não passa de 20 capítulos, e a partir de agora, vou tentar postar todo sábado na parte da noite okay?
E para os que me acompanharam e me apoiaram até aqui, obrigada pela força 💕❤
Comentem oque vocês acharam okay?
Bjo Bjo 💓


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...