História O Aluno Novo - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Personagens Originais, Rap Monster, Suga
Tags Bangtan Boy, Bts, Namjin, Suga, Yoongi
Visualizações 4
Palavras 1.168
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


OPAAAAAAAA, mais um cap no mesmo dia ou melhor na madrugada do mesmo dia kkkkk
esse cap teve um hot mas nn sei se ficou bom pois foi o meu primeiro...
espero que gostem hehe

Capítulo 5 - Primeira vez em muito tempo...


Fanfic / Fanfiction O Aluno Novo - Capítulo 5 - Primeira vez em muito tempo...

    Quando disse que precisávamos sair dali ele chamou um Uber e nós fomos espera-lo do lado de fora, esperamos uns 15 minutos e nesse tempo não paramos de nos agarrar, ele já estava com uma das mãos por baixo de meu vestido e sentiu que eu já estava molhada. 

    Entramos no carro e Hoseok informou ao motorista o endereço de sua casa, continuamos nos agarrando sem ligar para o senhor (quase um fóssil) que dirigia o carro, quando chegamos ele abriu a porta rapidamente e me puxou para dentro eu já conhecia a casa pois sempre ia lá quando éramos um casal.  

 

J-HOPE ON 

 

    Quando entramos em minha casa eu comecei a tirar a roupa de S/N, fazendo com que seu peito pulasse para fora, quase havia me esquecido de como seu corpo era perfeito, senti falta de seu corpo macio e de suas pelas curvas, ela tirou minha camisa e foi despejando beijos e chupões pelo meu abdômen, a peguei no colo e subi as escadas á levando para meu quarto a joguei na cama e antes de subir em cima dela tirei minha calça ficando apenas com minha cueca boxer preta deixando a mostra também meu pau já completamente ereto. Fiquei em cima dela fui enchendo seu corpo de chupões e mordidas, quando cheguei em sua calcinha á tirei com a boca e joguei no chão depois voltei minha atenção a S/N que estava de joelhos na cama fiquei em sua frente e ela me deitou rapidamente e tirou minha cueca deixando meu pau saltar para fora e ela me olhou e eu entendi o recado. 

Ela beijou minha glande e lambeu o resto de eu pênis ereto, até abocanha-lo por completo, começou com os movimentos lentos e foi aumentando a intensidade, até que peguei seus cabelos com força e fui ditando seus movimentos. 

-Oh S/N, sua boca... Ah. 

 

S/N ON 

 

    Ouvir ele gemer meu nome novamente vou ótimo, quando senti que ele estava perto de seu ápice parei, e o olhei, ele entendendo o recado pegou uma camisinha em seu criado mudo e não hesitou em coloca-la me jogou em sua cama e me penetrou sem aviso e com força, mais força que todas as nossas outras vezes juntos, eu senti mais dor do que o normal pelo fato de estar muito tempo sem ter tocada. 

-Aaah... Oppa, mais forte... -gemi alto quase gritando.  

   Ele riu malicioso e deixou seus movimentos lentos, aquilo era tortura, eu o empurrei e troquei nossas posições, assim ficando em cima dele e começando a cavalgar rapidamente. 

-S/N... -Arfou ele 

   Ele pegou em minha cintura e me conduziu mais rapidamente, eu estava quase em meu ápice até que ele me deitou novamente e beijou desde meu peito até minha intimidade onde colocou a língua lentamente o que me fez gemer alto, ele fazia um trabalho ótimo com a língua e seus movimentos me fizeram gozar em sua boca, ele parou e saboreou meu liquido. 

-Agora fique de quatro para o Oppa. 

   Eu quase obedeci mesmo com as pernas bambas, e sem aviso prévio Hope me penetrou novamente com força e rapidez em seus movimentos, ele logo chegou ao seu ápice também e nós nos deitamos mortos de cansaço em sua cama, fiquei deitada em cima dele ouvindo sua respiração ofegante e rápida em meu ouvido. 

-Eu te amo S/N... -disse ele tentando ainda regular sua respiração. 

-Eu também te amo Hope-ssi... 

   Estávamos cansados então caímos no sono ali mesmo. 

 

<<QUEBRA DE TEMPO>> 

 

   Quando eu acordei já era de manhã e Hope já não estava mais na cama, olhei em meu celular e vi que já eram 6:30 levantei as presas peguei uma toalha e fui ao banheiro tomar um banho, foi o banho mais rápido de minha vida e assim que sai fiz minhas outras higienes e fui procurar algo para vestir, ainda havia umas roupas minhas lá, coloquei uma calça jeans preta e peguei uma camiseta de Hobi fiz um coque bagunçado e desci as escadas as presas quando cheguei lá em baixo vi Hope só de cueca colocando a mesa do café. 

-Já acordou pequena? Ainda está cedo, e porquê está arrumada assim? 

-Eu tenho aula amor, estou atrasada!  

-Ah eu tinha me esquecido, eu te levo para a escola. -falou ele sem graça. 

-Coloque uma roupa primeiro. 

    Ele riu e foi voando para seu quarto colocar uma roupa quando desceu trouxe meu celular, saímos rápido e passamos em minha casa, para que eu pegasse umas coisas que precisaria para a aula. 

   Quando abri a porta de casa minha família estava à mesa e me olharam surpresa, eu subi voando peguei minha bolsa e desci novamente. 

-S/N, onde dormiu? Por que não avisou? 

-Desculpe mãe estava muito tarde então dormi na casa de J-hope, não avisei porque não queria acorda-la. 

-Dormiu no Hoseok? Fiquei preocupada que tivesse dormido em algum zé droguinha qualquer, mais se foi nele tudo bem... 

-Desculpe ter te preocupado mãe. 

-Tudo bem filha. 

   Jimin estava rindo e eu mandei ele calar a boca, dei um beijo em minha mãe e um abraço em Park, não dirigi a palavra ao cretino que minha mãe chamava de marido e apenas sai. 

-Você vai com quem S/N? -perguntou Park curioso, ele sempre me levava e como eu estava extremamente atrasa não tinha tempo de espera-lo. 

-Hobi vai me levar ele está esperando lá fora. 

   Todos riram menos Yejun que estava muito sério, liguei o fds para ele peguei uma maçã e sai. 

-TCHAU GENTE AMOR VOCÊS, MENOS O YEJUN.  

   Falei ante de sair e pode ouvir Park rindo. Voltei para o carro e dei a maçã a Hoseok ele pegou e me agradeceu com um beijo. 

-Você ainda lembra onde é minha escola, certo? -ele concordou mordendo a maçã. 

    O caminho até minha escola foi "agitado", conversamos e cantamos as músicas que tocavam. Quando chegamos ele desceu do carro e abriu a porta para mim, nos beijamos intensamente antes de eu entrar na escola, sai correndo e antes de entrar na escola gritei: 

-Te amo Hope-ssi. 

-Também te amo pequena. 

  Cheguei na sala do professor Kwan e bati na porta, ele abriu com uma cara extremamente zangada. 

-Ah parece que a Senhorita S/N resolveu dar a nós o privilégio de sua companhia. -falou ele e me deu passagem para entrar. 

-Desculpe senhor, perdi a hora, mas lhe prometo que isso não acontecerá novamente. 

-Assim espero, vá para o seu lugar. 

   Me sentei ao lado de Yoongi que me olhou de um jeito estranho, parecia decepcionado. 

-Onde você estava S/N? 

-Já disse Min... Perdi hora... -falei gaguejando um pouco. 

-NÃO MINTA PARA MIM, -gritou ele sorte que o professor meio surdo não ouviu (impressionante não ouve um grito desse, mas ouve sussurros) -Com quem estava, não diga que não estava com ninguém porque estou vendo marcas em seu pescoço e tenho certeza que essa blusa não é sua.  

   Yoongi me deu medo estava com um olhar possessivo que nunca tinha visto antes. 

-Depois te explico... -falei meio receosa. 


Notas Finais


espero que tenham gostado ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...