História O amor às vezes pega de surpresa - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Marco Pigossi, Paolla Oliveira
Tags Aforçadoquerer, Marco, Pagossi, Paolla
Visualizações 274
Palavras 1.263
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Finalmente postei o 5° capítulo!!! Desculpa a demora mas tive uma semana muito cheia, mas prometo compensar vocês nesse fim-de-semana!

Capítulo 5 - Flores, vinho e beijos


Tô um pouco nervosa porque estamos indo gravar agora a cena do primeiro beijo de jeizeca e eu combinei com o Pigossi de não darmos beijo técnico. O que será que os diretores vão achar? E um diretor em especial, o Papinha, apesar de não estarmos mais juntos, acabamos hoje e não sei como ele irá interpretar isso... 

-Paolla: Tô meio nervosa...
-Pigossi: Relaxa, Pah, vai ficar linda a cena! Ninguém sabe que a gente já ficou e vão pensar que a gente quer dar uma coisa mais verdadeira ao casal!
-Paolla: É, você tá certo! 

Gravamos a cena, ficou ótima! Todos elogiaram nossa química e ninguém ficou fazendo brincadeirinha de mau gosto por causa do beijo, pra minha sorte. Confesso que o beijo do Pigossi é maravilho e quando gritaram "corta" fiquei triste por ter que parar de beijar. 

-Pigossi: Eai, Paollinha, vai jantar comigo mesmo ou vai me dar um bolo?
-Paolla: Claro que eu vou, a não ser que você tenha desistido de cozinhar pra mim!
-Pigossi: Hahahaha, nunca que isso ia acontecer! Te busco em casa as 19h, ok?!
-Paolla: fechado! Vou contar os minutos.

Acabei de gravar minhas cenas e fui pra casa, queria ficar bem bonita pra ir nesse jantar. Decidi colocar um vestido azul soltinho e deixar o cabelo liso com uns cachinhos nas pontas. Fiz uma maquiagem leve, não queria exagerar porque é um jantar na casa dele, nada muito chique, e estava pronta meia hora antes. 20 minutos depois o Pigossi me ligou pra saber se eu já estava pronta para vir me buscar, não demorou mais de 10 minutos e ele chegou.

-Pigossi: Nossa, você tá mais linda que o normal.
-Paolla: Ai, Marco! Assim eu fico sem graça.
-Pigossi: Sem graça fica mais linda ainda!
-Paolla: Você também tá lindo, um gato!
-Pigossi: Eu não estou lindo, eu sou lindo!
-Paolla: E convencido também, né?!
-Pigossi: Hahaha, tô só brincando com você!
-Paolla: Bora logo que eu tô com fome!

Entramos no carro e seguimos o caminho, chegamos lá rapidinho, nem vi o tempo passar de tão boa que tava a conversa. Subimos no apartamento dele, é lindo, todo arrumadinho. A mesa do jantar tava toda feita, a coisa mais linda do mundo. Quem visse a arrumação, perceberia que ele tinha feito com muito carinho. Mais uma vez, o Marco me fez sentir especial, tô adorando esse homem.

-Paolla: Então isso tudo é pra mim?? Tá tudo tão lindo!
-Pigossi: Sim, uma mulher especial merece uma surpresa especial. E eu tentei fazer o mais especial possível!
-Paolla: Conseguiu, eu simplesmente amei!
-Pigossi: Ah, já ia esquecendo...

Ele saiu da sala e foi buscar alguma coisa, quando voltou estava segurando um buquê de flores. Como assim além de tudo isso, ele ainda comprou flores??

-Pigossi: Passei na frente da floricultura e lembrei de você quando vi esse buquê!
-Paolla: São lindas, obrigada!
-Pigossi: Igual a você!

Botei as flores no sofá e puxei o Pigossi pra junto de mim, ele pegou na minha cintura e me pressionou contra o corpo dele. Ficamos nos encarando até que ele começou a me beijar, ficamos dando alguns selinhos até que a língua dele passou pelos meus lábios e nós iniciamos um beijo bem apaixonado. Nosso beijo tem sincronia total, algo que eu jamais tinha tido com qualquer outra pessoa. Paramos de nos beijar e ficamos recuperando o fôlego.

-Pigossi: Fiquei muito feliz que você veio! Tava doido pra te dar esse beijo!
-Paolla: Eu que tava doida pra te beijar, você não sabe como seu beijo mexe comigo!
-Pigossi: Quer beber um vinho?
-Paolla: Claro! 

O Pigossi pegou o vinho e botou numa taça pra mim e outra pra ele, sentamos numa mesinha da sala que tinha alguns petiscos lá e tomamos vinho. Ficamos conversando sobre um monte de coisa da nossa infância, adolescência, dos nossos pais... Pude conhecer mais ele e ele à mim.  Bebemos quase a garrafa toda de vinho e eu nem vi o tempo passar.

-Pigossi: Acho que já tá na hora de jantar, né?! Nem vi o tempo passando...
-Paolla: Posso saber o que é o jantar?
-Pigossi: Risoto de camarão! Você gosta?
-Paolla: Hmm, adoro! 

Sentamos na mesa e o Pigossi serviu o jantar, realmente estava muito gosto e eu comi o prato inteiro.

-Pigossi: Acho que alguém gostou da minha comida, ein?!
-Paolla: Se você começar a cozinhar sempre assim pra mim, eu vou engordar muito! Sua comida é muito boa!
-Pigossi: Ainda bem que você gostou! Vem cá!

O Pigossi puxou minha cadeira pra junto dele e começou a me beijar, o beijo foi esquentando e ele me pegou no colo e me levou pro sofá, ficamos nos beijando.

-Pigossi: Dorme aqui comigo, não vou te pressionar a nada, só quero ficar te beijando e agarradinho com você! 

O Pigossi sabe que eu acabei um relacionamento agora e tá tomando todo cuidado com isso, sei que posso confiar nele, ele já provou isso! Não quero ir pra casa, quero ficar aqui, recebendo carinho e beijos a noite toda.

-Paolla: Eu fico sim! Se eu fosse pra casa ia ficar pensando em você de qualquer jeito e ia estar com vontade de tá aqui, então é melhor eu ficar, né?!
-Pigossi: É muito melhor você ficar!

Voltamos a nos beijar e ficamos assim a noite toda. Entre os beijos ele me olhava com cara de apaixonado e eu ficava toda arrepiada. Na hora que deu sono, ele me emprestou uma blusa folgada dele e a gente dormiu de conchinha. Foi maravilhoso sentir o Pigossi ali, tão juntinho de mim e tão carinhoso. Ele tá me fazendo tão bem, que nem imagina o quanto! Quando acordei o Pigossi não tava na cama, fui procurar ele pela casa.

-Pigossi: Acordou?? Tô preparando um café da manhã pra você!
-Paolla: Hmmm, tá com um cheirinho bom. Quero acordar assim todo dia!
-Pigossi: Vai me dar um beijo de bom dia não?

Ele me puxou pra perto dele e me deu um monte de beijinhos.

-Pigossi: O café tá pronto! Vai querer fazer alguma coisa hoje ou já enjoou de mim?
-Paolla: Quer fazer o que? Topo um cineminha! 
-Pigossi: Topo também, tem aquele filme da Ísis passando, amor.com o nome.
-Paolla: Ah, da Ísis é?!
-Pigossi: Aham, tem cara de ser bom demais, e ela atua super bem! 
-Paolla: Hm! Então pode ser esse filme aí! Mas você não acha que tá muito animado pra ver o filme da Ísis não?
-Pigossi: Você tá com ciúmes ou é impressão minha?
-Paolla: Só tô achando estranha essa vontade toda de ver o filme da Ísis! É só isso!
-Pigossi: Você fica linda com ciúmes!
Vem cá, vem!

E como sempre, ele começou a dar aqueles beijos em mim que eu esqueço de tudo e só me concentro naquilo. Não é que eu esteja com ciúmes da Ísis mas sei que ela também é par romântico dele na novela e não é a primeira novela que eles fazem juntos. Por um momento pensei que ele poderia estar com ela mas sei que são amigos. 

-Paolla: Vou pra casa agora, preciso trocar de roupa e à noite a gente vai pro cinema, tá?!
-Pigossi: Você já vai??
-Paolla: Já?! Era só um jantar, olha até que horas que fiquei! 
-Pigossi: Eu sei, tô brincando com você! Vem que eu te levo em casa!

O pigossi me levou em casa e quando chegamos ficamos nos beijando um pouco na garagem e eu subi! Estava mega ansiosa pra chegar a noite e ficar com ele de novo. 


Notas Finais


Espero que tenham gostado! Será que a Ísis e só uma amiga mesmo??? Acompanhem e descubram! Quando eu posto cap novo aviso no meu twitter! Segue lá pra saber @ma_malevola! Beijão


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...