História O amor cura o trauma - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias B.A.P
Personagens Bang Yongguk, Daehyun, Himchan, Jongup, Youngjae, Zelo
Tags Banghim, Bap, Daejae, Jonglo, Trauma, Younglo
Exibições 38
Palavras 638
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Festa, Lemon, Romance e Novela, Yaoi
Avisos: Estupro, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Me perdoem por esse capítulo esta meio "curto". Pois eu acabei de terminar de escreve-lo e ja estava ficando meio "atrasada" para postar um novo capítulo. Mas espero que semana que vem o capitulo seja bem maior.. então aproveitem ><

Capítulo 7 - Seremos bons amigos


— Capitulo 7 

— Chegamos. — pararam em frente à uma cafeteria grande.

— Estou com fome. — riu baixo entrando no local junto ao outro — você vem sempre aqui?

— Somos dois então — riu junto procurando um lugar para se sentar — meu pais me traziam aqui quando eu era pequeno, então comecei a vir sozinho..

— Aqui é um ótimo lugar — sorriu se sentando num banco de uma das mesas.

— É sim, bem tranquilo não acha? — sorriu sentando na frente do outro. — o que quer pedir? 

— Concordo com você — riu baixo pegando o cardápio a mesa fazendo um bico pensativo — Hm, uma torta de morango? Ah, e um bubble tea.

— Então eu quero a mesma coisa, menos a torta que vou querer de limão — riu baixo, chamou um dos garçons e fez o pedido. — esta gostando de Seul?

— Estou sim, aqui é bom — sorriu abertamente enquanto passava a mão nos cabelos.

— Aqui é mesmo, gosto bastante daqui. — apoiou a cabeça nas mãos — você ja tem amigos aqui ne? Vi você com alguns meninos na hora da saída..

— Ah sim, tenho. Eu e Himchan eramos melhores amigos ate ele se mudar para cá. Dai quando eu cheguei nós nos encontramos e ele apresentou o Bang e o Daehyun. 

— Isso é bom, pelo menos não ficou sozinho. Agora além deles, você também me tem como amigo.

— Vamos ser bons amigos, não se preocupe. — sorriu animado ao ver os pedidos chegarem e agradeceu ao moço.

— Não vou esquecer disso hein — riu baixo ao ver a animação do outro — chegou bem na hora.

— Pode deixar anotado — pegou a colher, puxando o seu doce para perto e começou a comer — com certeza, estava com fome.

Os dois continuaram comendo e conversando, enquanto o tempo passava. Quando viram que horas eram, já se passavam das nove da noite. Decidiram se levantar, pagar a conta e se despedir.

— Que tal pagarmos um táxi? Assim fica mais fácil para nos. — Jongup perguntou sorrindo abertamente enquanto esperava a resposta do mais velho.

— Boa ideia. Eu também estou cansado para andar até minha casa. — Jae riu baixo e caminhou junto a Jongup até um táxi próximo.

— Deve ser meio longe, não? — abriu a porta esperando que o outro entrasse.

— É sim, mais só um pouco, nada que possa me incomodar. — agradeceu à gentileza do mais novo e entrou no carro.

— Melhor assim.. — entrou logo em seguida e fechou a porta, dando o endereço ao taxista.

— Sim, bem melhor.. Mas ainda pretendo comprar um carro, assim poderei descansar melhor. — riu sem graça enquanto descansava o corpo no banco.

— Carros são bem melhores mesmo, são práticos. Também pretendo comprar um para mim em breve. — olhou para a janela vendo os movimentos da rua.

Passaram o resto do caminho em silêncio, o assunto sumiu e nenhum dos dois tinha ao em mente. O trajeto todo passou e acabaram chegando em frente ao apartamento de Yoo, que logo saiu do táxi vindo atrás Jongup.

— Amanhã a gente se encontra na faculdade? — Jongup abriu um sorriso fofo enquanto olhava o maior.

— Claro! Vou ir sem falta. — sorriu de volta e abraçou o outro se despedindo — então até amanhã, Uppie.

— Até amanhã, Jae. — sorriu acenando para o mais velho enquanto o mesmo entrava no prédio.

Youngjae foi ate o elevador e entrou, esperando que chegasse ao seu andar percebendo que estava bastante cansando e que tomaria um banho para ir dormir. Quando o elevador se abriu deu de cara com um Daehyun sentando no meio das portas de seus apartamentos e suspirou.

— Jae? — olhou o mais novo e se levantou rapidamente.

— Ola, Dae.. — suspirou fundo e andou em direção a porta de seu apartamento abrindo a mesma.

— Aonde estava? Você não voltou aqui desde quando saiu da faculdade.

— Em algum lugar que não te interessa. — entrou em seu apartamento e fechou a porta sem esperar o mais velho falar algo.


Notas Finais


Jae realmente ta estressado com o Dae, mas coitado, ele acha que pode ser iludido. Então dêem uma chance a ele, okay? Espero que eles se resolvam logo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...