História O Amor Cura Tudo. - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Hinata Hyuuga, Itachi Uchiha, Naruto Uzumaki, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha
Tags A Vontade De Viver Renasce Por Conta Do Amor-sasuke, Sakura
Exibições 379
Palavras 1.193
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Obrigado a todos <3
Desculpes os erros que teve no decorrer da fic, somente quis passar algo que veio escrito do coração. Todas as minhas histórias, são criadas com carinho.
Algumas pessoas não entendem, como é escrever com sentimento, mas fico feliz com as pessoas que, sim, conseguiu sentir os meus sentimentos. :)
Ler é bom, difícil é você tentar passar para o autor, que realmente sentiu, os verdadeiros sentimentos verdadeiros, ao ler uma história escrita com amor =3

Capítulo 16 - Capitulo 16. Final.


Fanfic / Fanfiction O Amor Cura Tudo. - Capítulo 16 - Capitulo 16. Final.

Último Capítulo.

10 anos depois.

No cemitério.

Em frente ao túmulo; Sakura e Sarada choravam, enquanto conversavam com o Sasuke, que já não vivia mais entre os vivos.

-Mamãe...__Chamou-a com lágrimas nos olhos.__Eu gosto muito do papai, mas já se passaram 10 anos. Ele está em um lugar melhor e, talvez ele queira que a senhora seja feliz. Eu amo muito o tio Itachi, por que não dá uma chance pra ele? Quero muito que ele seja meu segundo pai.__Pegou na mão do tio.

Sakura olhou pra cima e corou, ao ver Itachi, em pé, olhando-as com carinho.

Itachi nunca deixara de amar Sakura, e nunca escondeu que gostava dela. E mesmo sabendo que, não tinha chance alguma com ela, sonhara diversas vezes que um dia, Sakura, aceitasse seu amor.

O Moreno sorriu, oferecendo-lhe a mão, e ela aceitou sua ajuda, logo ficando de pé, de frente para ele.

-Acho que já está na hora de você sair desse luto. Escute sua filha, e aceite a ser minha esposa. Sasuke queria isso para você...__Itachi se ajoelhou e não se importou em sujar suas roupas.

-Irmão, você me pediu para fazê-la feliz.__Olhou para o tumulo do irmão.__Porém, essa bobinha, não me deixa cumprir minha promessa...__Sorriu de lado.

-Peço que a faça entender, que eu sou o melhor para ela e para a Sarada; que necessita do amor de um pai. Eu sei que nunca chegarei aos seus pés, mas também sei que, irei fazê-las felizes como te prometi, se ela me aceitar como homem.__Enfiou a mão no bolso, da calça jeans preta e tirou uma caixinha aveludada de cor vermelha.

-Aceita se casar comigo, Sakura?__Perguntou esperançoso.

A rosada fitava o cunhado, com um olhar neutro.

-Diz que sim, meu anjo rosa?__Implorou.

-Diz que sim, mamãe.__Pediu ansiosa.

-Escute sua filha, me deixa te fazer feliz. Me deixa ser o seu homem? Case-se comigo?__Podia-se notar a empolgação em sua voz, pois ele desejava muito ter essa mulher para si.

-NÃO!__Soltou um grito estridente.

[...]

-NÃO!!! Já disse que não!!! Mil vezes não, Itachi!!!!__A rosada, nesse momento, se debatia por conta de um pesadelo.

Era noite, mas ou menos meia-noite e meia; ela dormiu cansada, após ter uma noite maravilhosa de amor, com seu marido.

-Sakura? Sakura meu amor, acorde.__O moreno somente de toalha, sacudia de leve, o corpo frágil, de sua esposa que repousava na cama.

-Não, me deixa em paz.__Gritava suplicante.

-Sakura? Acorde meu amor.__Chamou-a preocupado, enquanto tocava o rosto da amada.

-SASUKE!!!!!!__Abriu os olhos e com a testa suada, se jogou nos braços do moreno.

-O que foi amor?

-Tive um sonho tão ruim...__Começou a chorar.

-Que sonho?__Abraçou-a forte.

-Que ha 10 anos atrás, quando você fez o transplante...__Chorava desesperada.__Você havia morrido e...__Soluçou, tentando esquecer aquele maldito pesadelo.

-Calma, meu amor. Foi somente um sonho ruim, estou aqui. Eu sobrevivi.__Beijou os lábios dela.

Ouviram batidas, e Sasuke se soltou da esposa, indo abrir a porta do quarto.

-Ouvi os gritos da mamãe, papai. Está tudo bem?__Coçou os olhos.

Como ainda era noite; Sarada acordou por causa dos gritos, da sua mãe.

A menina, já tinha seus 10 anos de idade.

-Ela só teve um pesadelo, Sarada.__Beijou a testa da filha.__Vou me trocar, tente acalmar a sua mãe.

-Tá.__Bocejou.

Sasuke foi ate o guarda roupa, pegou um pijama, e voltou para o banheiro.

-Mamãe, está tudo bem?__Deitou ao lado da mulher, e a abraçou.

-Sim, minha filha, está tudo bem.__Beijou a testa da menina.

-Papai disse que teve um sonho ruim.__Falava manhosa, enquanto seu rosto estava enterrado, no pescoço da mãe.

-Tive sim, mas agora vejo que não passou somente de um pesadelo.

Sasuke já de pijama, voltou para o quarto e deitou ao lado, das mulheres da sua vida.

-Estou aqui meu amor, e nada de ruim, nunca mais irá me acontecer. Deus, naquele dia, salvou minha vida. Quando eu estava perto de morrer, ele me mostrou a luz no final do túnel... Eu não podia deixa-las. Vocês duas precisavam de mim, assim como eu precisava de vocês. Deus me deu uma segunda chance de vida e não irei desperdiça-la. Amo muito, vocês duas.

-Papai, eu também te amo muito.__Beijou o rosto do pai e o Sasuke a retribuiu com um beijo na testa.

-Minhas vidas.__Sakura disse, com a voz chorosa.

Sasuke abraçou as duas com toda a sua força.

-O amor cura tudo... Obrigado, Sakura. Você me curou e me deu essa linda menina, de lindos olhos e cabelos negros.

-Já que estamos felizes e, como não vou conseguir esperar ate semana que vem, para contar a novidade...__Sakura sorriu e Sasuke arqueou a sobrancelha.__Preciso dizer esta novidade, antes que eu me corroa de tanta ansiedade.

-Fala logo, mamãe!__Fez bico.

-Fala Sakura.__Pediu sereno.

-Estou grávida. Teremos outro bebê.__Disse sorridente.

Sasuke não soube o que dizer.

-Oba! Vou ganhar um irmãozinho.__Disse entusiasmada.

Sasuke abriu um largo sorriso e beijou os lábios de sua esposa.

-Estão me sufocando.__Gritou a menina, pois estava entre os dois, que agora se beijavam, impedindo-a de vê-los.

-Te amo.__Sasuke sussurrou, contra os lábios da sua esposa.

-Também te amo.__Sorriu meiga.

10 anos atrás.

-Tentamos de tudo. Houve várias paradas cardíacas, tentamos reanima-lo, porém, ele estava tão fraco, e não resistiu...__O médico disse triste.

-Não! Diz que é mentira.__Mikoto gritou desesperada.

-Sinto muito.__Sua voz saiu falha.

-DOUTOR!!!!! O paciente... E-Ele está reagindo! Vamos!!!!__Disse a enfermeira, ao encontrar o médico.

O médico correu em disparada para sala e, a família Uchiha começou a chorar ainda mais, porém, suas lágrimas agora, eram de esperanças.

-Vai ficar tudo bem, minha filha... Seu pai está tentando por nós.__Sakura tentava acalmar a bebê, em seus braços.

Minutos depois...

-Foi somente um susto. Sasuke está bem e, agora se recupera na UTI.__Disse sorridente, fazendo todos os outros suspirarem aliviados pela notícia boa.

-Podemos vê-los???__Mikoto perguntou, com o coração disparado.

-Ele precisa de descanso, está em observação agora. Só poderão vê-lo, amanhã, quando sua saúde estiver mais instabilizada.

E todos ficaram um pouco mais calmos, pela notícia boa, que receberam.

[...]

No dia seguinte; o jovem rapaz, já estava em um quarto mais confortável, recebendo todos os mimos da família, enquanto babava em sua menininha.

Ele não podia ficar tão exposto, mas tudo o que ele mais queria, naquele exato momento, era ver sua família.

Em sua quase morte, Sasuke lutara ate o último momento e, ao ver a imagem da sua filha e mulher, chorando em sua frente, algo dentro de si, o deu forças para tentar sair daquela situação.

Fora em seu último suspiro, que ele vira a imagem de Deus, diante dos seus olhos.

Deus tocou sua testa e sorriu, fazendo com ele ouvisse, suas palavras divinas em sua mente: Essa não é sua hora.

Foi ali então, que Sasuke soube, que Deus nunca havia o abandonado, pois o ser celestial mais poderoso de todo o universo, já havia traçado seu destino, mandando para ele, um anjo rosa.

Sua Sakura.

A menina que conseguiu tira-lo da escuridão.

Ela lhe deu amor, esperança e, por fim, uma linda filha.

Sakura, seu anjo rosa, o curou... Com amor.

Pois o amor...

...Cura tudo.

-Fim-

 

Nenhum desses personagens, me pertencem. Mas o conteúdo, é exclusivamente, da minha total autoria.


Notas Finais


Então? Gostaram?
Não terá segunda temporada, mas possa ser que, eu volte a escrever nessa categoria ;)
Bye. Nos vemos por ai <3
OBRIGADO.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...