História O Amor Da Bailarina - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Comedia, Hoseok, Idols, Imagine, J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Kpop, Namjoon, Rap Monster, Romance, Suga, Taehyung, Yoongi
Visualizações 20
Palavras 1.374
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Ooi gente voltei, mais um capítulo delicinha para vocês. Espero que gostem de frango . Beijos

Capítulo 4 - Quase um beijo!


Fanfic / Fanfiction O Amor Da Bailarina - Capítulo 4 - Quase um beijo!

S/n on


 -Prazer,sou Jung Hoseok.-disse o rapaz alto de sorriso contagiante.


 -S/n prazer.-estendo a mão e ele aperta firme.


 -Quer ir comer frango comigo? -olho pra ele assustada “tão rápido assim moço”-hummm….quer dizer….é um modo de eu pedir desculpa pelos garotos.-disse ele todo envergonhado “Ah querido eu conheço tantos modos de se pedir desculpa.Porra S/n foca no frango!!!!”.


 -Quero sim! Faz horas que eu não como.-”Mentira!! Mas quem se importa” ele carrega minhas coisas até o meu quarto, quando a Neko vê ele dá um sinal com o dedo como quem diz. 'Aprovado”. E eu fico tipo Aham Aham Aham fazendo dancinhas de acasalamento atrás dele, porque sou dessas. Estamos saindo do dormitório quando vejo Jimin vindo na nossa direção “Droga Jimin justo agora, se você fazer merda e atrapalhar eu de pegar esse Oppa eu juro que te faço um cuecão que vai fazer você deixa de ser asiático”.


 -Sunbae! -ele comprimento Hoseok- S/n? Vocês se conhecem?


 -Ah sim, acabei de conhecer S/n,atropelamos ela na saída do dormitório e me sinto muito mal,por isso vou levar ela para comer frango.-ele sorri pra mim e quase me faz surtar só com esse sorriso e eu só fico lá babando nele.


 -Legal! Posso ir? -Jimin pergunta animado.


 -NÃO!!-grito assustando os dois.-Quero dizer...han..Jimin você deve estar cansado depois de tanto treino certo? Já tá quase na hora da janta, não ia pra casa hoje?-falo rápido atropelando as palavras,Jimin ia estragar meu frango com o Hoseok.


 -Não, hoje foi bem tranquilo e faz tempo que não saio com meu sunbae.-ele diz tranquilo mas na minha cabeça ele tá morto no chão e eu ainda tô pisoteando seu rostinho bonito.


-Ótimo então vamos todos.-diz Hoseok todo sorridente “Ah sanidade querida amiga cadê você?! Esse homem me arrasa!!”


 Vamos todos né! Fazer oque? Seguimos para fora da faculdade até chegarmos em uma vila de restaurantes para todo lado, entramos em um onde dizia Chicken , já estava cheio de gente mas conseguimos uma mesa no canto,todos os outros dançarinos estavam lá comendo.


 -Então S/n qual é seu curso?-perguntou Hoseok.


 -Balé.-digo pegando uma coxinha passando no molho e comendo.


 -Nossa que legal, então isso explica sua delicadeza.-ele diz e eu engasgo e fico vermelha.


 -Delicada igual uma mula-diz Jimin que é chutado por mim logo em seguida.- Digo é muita delicadeza para alguém tão pequena .


 -Aqui Oppa..-pego uma coxa passo no molho e entrego pro Hoseok.-Ah você quer Jimin? Pode pegar então..-entrego a coxa para o Hoseok que fica vermelho quando chamo ele de Oppa​​ e Jimin quer me matar com os olhos porque eu nunca chamo ele de Oppa.


 Continuamos comendo e conversando muito, Hoseok é a pessoa mais alegre que você pode imaginar ele faz piada de tudo,mas não te deixa desconfortável apenas a vontade. Hoseok e Jimin são grandes amigos,e isso estava me dando nos nervos e se Jimin fizesse merda eu nunca ia conseguir esse Oppa sorridente.


 -Vou no banheiro porque bebi refrigerante demais.- Jimin sai em direção ao banheiros.


 -Ele tem bexiga apertada.-digo rindo pegou a última coxa e mergulho no molho quando vou comer noto que Hoseok não para de olhar. “Tô tentando comer porra,tu não me arrasa desgraça” dou uma mordida e ele continua me olhando.


-Algo errado?-perguntei


-É só... desculpa..-ele estende a mão e sinto seu dedo tocar o canto da minha boca, ele desliza o dedo e tira mão,sinto minhas bochechas esquentarem minhas mãos suarem e meu coração acelerar “Aaaaaaaaaaaaaaah caralho” eu apenas fico olhando pra ele.-Tinha molho no canto da sua boca.


-O.. obrigado..- “cara eu sou sensível, não me toca”.



       ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

Hoseok on


 -O.. obrigado..-ela diz sem jeito e só então percebi a merda que eu fiz. Tentei ajudar e acabei fazendo algo considerado sexy, mas eu nem pensei só reagi.


 -Será que o Jimin vai demorar?-perguntei tentando desviar o foco. Ela não para de me encarar e isso tá me deixando desconfortável, ela umedece os lábios com a ponta da língua “Porra”.


 -Acho que não...só as vezes ele demora.-agora eu tô encarando S/n ,ela é não sei explicar, tem olhos grandes e levemente puxados rosto redondo mas bem definido, mas o que mais me chama atenção é sua boca, seus lábios são cheios e rosados e para completar tem seu sorriso, tão doce quando seus lábios me pareciam… “Saia dessa Hoseok , ela é delicada e bonita demais para você” Não sou feio, mas nem sempre me acho bonito a ponto de me achar.


 -Eii vamos pagar e ir embora? - diz Jimin aparecendo do nada. Pagamos e voltamos para a faculdade antes que de o toque de recolher.


 Vamos indo devagar porque ainda estamos cheios de frango. Jimin deu sua blusa para a S/n e com aquela enorme blusa ela ficava ainda mais fofa que eu queria abraçar e proteger, uma pessoa que conheci em menos de 24h isso só me faz parecer um pervertido.


-Hoseok Oppa.-escuto S/n me chamar porém minha cabeça dá um giro de 360° graus e eu acabo tendo um pensamento pervertido quando ela me chamou de Oppa. “Hoseok não seja pervertido com algo fofo”


 -Ham? -resmungo.


 -Quer um sorvete? - vejo que tem uma sorveteria perto da entrada da faculdade.


 -Quero sim.-digo e vejo ela correr em direção da sorveteria, com a blusa do Jimin de longe parecia uma menininha. Ela voltou logo depois com três casquinha, a de morango era dela, peguei a de creme para mim e de chocolate para Jimin.


 -Vamos indo se não a gente se atrasa para o toque de recolher, que aliás bate que horas?-perguntou S/n lambendo seu sorvete que por sinal estava me fazendo ter uns pensamento pervertido de novo.Olho no relógio para ver a hora.


 -Corram…-pego na mão da S/n e puxo ela Jimin vem logo atrás.-Vai bater o sinal em 3 minutos.


 Corremos desesperados, se fossemos pegos seria o fim, os líder dos dormitórios eram o bicho em relação com regras, S/n já não tava mais com fôlego para correr por mais que eu estivesse puxando ela, foi quando Jimin segurou sua outra mão para tentar ajudar ela, praticamente arrastamos ela ladeira acima. Chegamos no dormitório e a porta está trancada.


 -E agora?-ela tá ofegante e com as bochechas vermelhas.


 -Vamos entrar pela lavanderia feminina, é o único jeito e vamos ter que escalar.-digo


 -Ok. Porque não? O que é um peido para quem já tá cagado.-dou risada da frase dela.


 Circulamos o dormitório e vamos na direção das janelas do andar das garotas, tem uma corda com gancho que deixo enroscada na árvore ao lado para casos de emergência. Peguei a corda jogo na varanda enroscando no ferro, quando vejo que está firme dou para Jimin subir, ele sobe com facilidade e logo depois ajudo S/n a subir e por fim eu subo. Quando entramos na lavanderia damos risadinhas de quem se deu bem cedo demais ,pois a inspetora da noite escutou a gente  e entrou na lavanderia foi uma loucura Jimin entrou no armário de roupas e eu agarrei a S/n e puxei ela para atrás das máquinas de lavar. A inspetora entrou e começou a vasculhar o local, mas por fim foi embora.


 -Oppa….-escuto S/n sussurrar e então percebo que tava abraçando ela pela cintura forte demais.-Você está me apertando..


 Fico sem graça e relaxo o abraço, ela olha para trás sorrindo,mas congela na hora o sorriso porque nossos lábios estão perto demais,nossos narizes e testas não estão se tocando por um fio,sinto sua mão aperta meu braço e vejo ela umedece os lábios com a língua “Puta merda como se controlar diante disso”, fecho os olhos e quando vou beijar ela,escuto Jimin chamando a gente. Olho para ela sem graça e vejo que ela está vermelha.


 -A barra tá limpa.Vamos.-Jimin chama a gente e ajuda S/n se levantar,mas minha vontade é puxar ela de volta.


 Saímos com cuidado quando chegamos no hall de separação dos dormitórios S/n se despede de Jimin eu já tava dando a mão para me despedir quando sinto seus lábios no meu rosto, ela me dá um beijo suave na bochecha. Depois disso nos separamos e eu nem sei como cheguei no quarto. Ainda tô sentindo seus lábios na minha bochecha.


     ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~

S/n on


  “A gente quase se beijou, a gente quase se beijou porraaaaaa!!!”


     ~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~~


Continua




 





Notas Finais


E aí gostaram? Sinto muito se não rolou beijo. Não me matem ok? Amo vocês e esperem por mais logo logo... Kissus!💙


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...