História O amor de Kakashi Hatake - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Khaila
Exibições 59
Palavras 887
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Violência
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Existem poucas estórias em que que o Kakahi é o principal...então resolvi criar uma em que ele não é apaixonado pela sakura, mas sim por uma que ...bem, Voces só irão descobrir se lêem.
Espero que gostem...

Capítulo 1 - A missão


A manhã de konoha estava em um clima agrádavel. Estava me dirigindo ao prédio da hokage quando vejo Sakura e Ino em frente ao hospital, que é ao lado do prédio da hokage. Ela estavam conversando/ fofocando alguma coisa. Nos ultimos anos elas estavam bem unidas, o que era bom. Tinha deixado a rivalidade amorosa de lado.
Sakura quando me viu deu um sorriso semelhante ao do Gay e veio em minha direção.
-Oi Kakashi sensei!
-oi meninas,como estão? - perguntei e olhei o prédio a poucos metros.
-bem - as duas reponderam, voltei a olhar para as meninas a minha frente - mas voce não vai ficar nada legal quando atsunade-sama te esmurrar. - ino finalizou com um risinho
-é sensei. Tusanad te espera a um bom tempo... E voce sabe oque ela acha te atrasos... -sakura balançou a cabeça.
-u vou indo meninas... Me desejem boa sorte. -brinquei enquanto passava por elas.
-sabe sensei - parei e olhei a sakura - um dia vão te fazer chegar em um local na hora certa, ou até mesmo antes do horário previsto. - as duar riarm - e vai ser uma mulher.
Ri. Quem me faria chegar pontualmente, se nem mesmoa hokage consegue?
Me despedi das meninas e segui caminhando,quando cheguei á sala da hokage me esquivei rapidamente de duas garrafas de saquê, uma seguida da outra. Ambas vazias é claro. Tsunade não iria despiçar saquê. Jamais.
-atrasado! -ela gritou - atrasado denovo, seu ninja pervertido... Aposto que estava lendo aquele livro do Jiraya. - olhei os outros que estavam na sala... Gay, Yamato e Genma estavam um pouco a minha frente, shizune estava atras de tsunade com a tonton em seus braços - não vou te perguntar onde estava kakashi, porque porque já perdemos tempo demais te esperando - resmungou - vamos logo ao que interessa- ela se encostou mais a cadeira - preciso que vocês escoltem etágiarios medicos-nin, de suna pra cá. Preciso também que se informem sobre a akatsuke, se possível. Quero todos aqui em cinco dias, no maximo.
-quantos estagiário? - perguntei
-sete homens,três mulheres - ela olhou pra shizune - estou esquecendo de algo?
-uma das mulheres não tem habilidade ninja, o que quer dizer que precisa de um cuidado a mais - colocou a tonton no chão e pegou um dos papéis que estava sobre a mesa - o nome dela é... Aqui, Khaila nagasaua.
-como é que... - genma começou, mas foi cortado antes de concluir a pergunta.
-eu sei o que vai me perguntar- "como ela vai ser médica-nin se não sabe nem se se defender?" - genma assentiu - ela tem notas boas, é disciplinada, dedicada... e pontual - ri. O ultimo adjetivo foi uma indireta pra mim - os superiores dla nos disseream que ela não iria fazer corpo mole, pediu uma chance a ela... De qualqquer forma, suna tem poucou médicos capacidos, o que quer dizer que quanto mais se formarem, melhor.
-quando devemos partir - Gay resolveu abrir a boca
-o quanto antes - tsunade olhou para o Genma - o "amiginho" da Shizune vai também, e com o jutso dele chegarão mais rápido, creio que no mesmo dia.
-sou namorado hokage-sama - Genma a corrigiu e olhou para sua namorado - não é amor?
Ri. Shizune corou bastante e tsunade gargalhou.
- ah... Namorada,hum? - olhou para shizune zombateira - então quem era o rapaz que voce estava beijando ontem?
-MAS OQUE?! nao fala assim tsunade-sama, ele vai pensar que é verdade...- tsunade a cortou
-o rapaz que estava com voce era bem mais bonito que o seu "amiguino" aí- alfinetou. Gay qargalhor e eu tive que rir junto.
Shizune foi até o Genma,o abraçou meio receosa e deu um beijo na bochecha dele.
Ele não acreditou em nada doque tsunade disse.
- o que ela disse é verdade- shizune começou- tirando a parte do beijo...
-sei que o que diz é verdade. Não se preocupe.
Tsunade gargalhou alto.
Suspirei. Esse joguinho entre eles não vai acabar tão cedo...
-como voce sabe que ela não beijou o outro rapaza Genma?- tsunade perguntou - conte-me Genma estou curiosíssima.
Todos da sala o olhou, até mesmo Yamato que não gosta muito de fofocas...
-eu-eu... estava passando por perto e...- shizune cortou
-estava me seguindo? - perguntou furiosa, em seguida se afastou dele.
-bem... Vamos indo?- yamato perguntou.
-vamos... Quanto mais rapido irmor, mais cedo voltaremos...- comentei. Toquei o braço do genma, ele e shizune se encaravam, Ele um pedido mudo de desculpas, já o olhar dela era de decepção e raiva.
Genma suspirou e saimos. As mulheres nos olhavam como se fosse-mos pedaços de carne ambulante.
-nós partiremos antes do sol se pôr... Se preparem e descansem até lá. - falei
eles concordaram e partiram, menos Genma.
- vou esperar a Shizune - comentou - ela sai daqui a pouco
- boa sorte com ela - falei e sorriu.
Queria gostar de alguém assim, aponto de não conseguir passar uma hora sequer sem falar com esse alguém.
Fui para casa e me deitei. Queria dormir, mas não conseguia. Toda vez que dormia tinha pesadelos, memória que nunca fui capaz de esquecer. A morte do óbito, da rin e do sensei.
Eu poderia tê-los salvados, mas o que eu fiz? Nada. Não fui capaz de fazer nada.

Notas Finais


Então, gostaram??


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...