História O amor desses irmãos... - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avatar: A Lenda de Korra
Personagens Asami Sato, Bolin, Korra, Mako, Tenzin
Exibições 8
Palavras 675
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Fantasia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Obg por lerem!!!

Capítulo 2 - Esse garoto...é um barato!


Fanfic / Fanfiction O amor desses irmãos... - Capítulo 2 - Esse garoto...é um barato!

Entramos num bar, o mesmo que eu e o Bolin nos encontramos uma vez, tipo aquele dia que...eu beijei o... Coro na hora na minha mente aparece a imagem, linda e ao mesmo tempo assustadora, eu queria ter voltado nesse dia, não ter largado ele, queria não ter terminado com ele...Não posso ficar assim pra sempre. 

Eu me sento na mesma mesa, a Asami então senta ao lado Do Mako:

-Ei Korra.

-Hum? 

-Lembra do Pabu? 

-É mesmo!  Onde ele está?

-Deixei ele em casa, ele estava na janela,  e ficava olhando o portal, acho que ele sentia sua falta.

-WOOOOOOOOOOON ele é tão fofo!

-Né? -Ele dá um sorriso.

Eu coro na hora, nunca tinha percebido que o sorriso dele e tão bonito. 

Depois de umas doses, ficávamos lembrando do passado, ríamos como doidos, a Asami apenas nos olhava, com uma cara nada legal.

Asami on.

Não suporto ver a Korra se divertir tanto com esse garoto! Ela não pode se apaixonar por ele! Nem por ninguém! Só por mim! Ela me pertence!

O Mako me olha:

-O que foi Asami? 

-Nada...

-Certeza? 

-Sim.

Eu me levanto e saio, a Korra está tão bêbada que nem percebe. 

Korra on.

O Bolin puxa uma cadeira e coloca o meu lado:

-Ei Mako! Senta aqui!

-Ok.

Ele se senta, estamos tão bêbados, ríamos atoa e abraçamos o Mako,  saímos do bar com os copos nas mãos, cantávamos e zuavamos com nossas dobras, jogávamos água um nos outros, eu joguei uma bem no rosto do Mako, ele veio correndo e jogou em mim, e eu joguei ele na mesma hora, isso fez com que caíssimos começamos a rir, não pensei que fosse ficar tão feliz com um tombo desses,  eu estava tão bêbada, que acabei beijando o Bolin depois o Mako, a minha sorte é que a Asami não estava lá.

Depois de tudo isso, acabamos dormindo encostados numa parede, acordei com umas lambidas :

-N..Naga?!-Eu abraço ela.-minha garota! 

O Mako e o Bolin acordam:

-Ai minha cabeça. -Disse o Bolin se levantando.

-Aí minhas costas. 

-Exageramos na bebida, vem.-Subo na Naga. -Vou levar vocês pra casa.

O Bolin se anima e pula na Naga, o Mako resisti,  mas logo sobe nela.

Eu levo eles até a casa deles, uma casa bonita e grande.

Me despeço deles é vou até o templo do ar, chego lá o Tenzin e a Chinora me recebem de braços abertos:

-Hey!

-Korra!

Eles me abraçam:

-Onde está sua mãe? E o bebê? Seu irmão. 

-Estão na casa da minha avó. 

-Casa da sogra em Tenzin. -Cutuco ele como cotovelo.

Sentia falta da expressão do Tenzin quando eu brincava com a cara dele:

-Korra, venha aqui um instante. 

Nossa, maus chego e PAM! Sermão :

-O que eu fiz?

-Korra, a Asami me falou sobre vocês, e me disse sobre o que você fez ontem.

-O que eu fiz ontem?! 

Eu me lembro dos beijos e da cara dela indo embora. 

-Eita.

-Ela chegou aqui inconsolável, pegou o carro e saiu.

-Pra onde ela foi?

-Pra antiga casa do pai dela.

-Entendi, valeu Tenzin! 

Eu subo na Naga e fomos até a casa dela. 

Chego lá ela estáva abaixada, com a mesma luva, sua linda e típica maquiagem toda borrada:

-A...Asami.

-Korra? Enjoou deles?

-Porque você é assim? Pra que tanto ciumes?! 

-Você não entendeu ainda?  Eu te amo! Não quero te perder!

-Mas não precisa me prender! Me isolar! Eu não vou te trair! 

-Não....-Ela seca as lágrimas. -Você já traiu!

Ela vem com tudo, ela ia me eletrocutar com aquela maldita luva, eu então lanco uma pedra na luva, que acaba quebrando:

-Entao e isso? Acabamos aqui por causa de uma briga boba?!

-Sim Korra...Acabamos aqui.-Ela recolhe alguns pedaços que estavam caídos no chão.

Eu subo na Naga e saio,  encontro o Bolin,  ele vê minha cara toda molhada de lágrimas, não são lágrimas de amor, e sim de tristeza,  pela Asami.

-Korra?  O que foi?

-Podemos conversar? 

-Claro.

Entramos em uma lanchonete e bebemos um pouco de refrigerante, eu expliquei pra ele sobre eu e a Asami, mas não contei sobre minha queda pelo Mako,  ele me ouvia com atenção,  e quando eu chorava ele enchugando minhas lágrimas, sempre tentando me alegrar, ele me abraçou,  e eu senti algo diferente, realmente,  esse garoto e um barato!



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...