História O amor desses irmãos... - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Avatar: A Lenda de Korra
Personagens Asami Sato, Bolin, Korra, Mako, Tenzin
Exibições 6
Palavras 833
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Artes Marciais, Fantasia, Shoujo (Romântico)
Avisos: Adultério, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Hey amores!!

Capítulo 3 - Reconciliação...


Fanfic / Fanfiction O amor desses irmãos... - Capítulo 3 - Reconciliação...

Andamos um pouco pelos lugares, o Bolin me falava de suas decepções amorosas, eu escutava e ria com o jeito dele de falar as coisas, ele é uma gracinha. 

-Ei, que tal se marcamos um passeio, todos nós? 

-É,  mas...

-A Asami? Ela vai junto!  Aí vocês tentam fazer as pazes!

-Aiai, mas, você sabe que eu não quero voltar!

-So ao menos tentem voltar a ser como antes! Tipo quando vocês se conheceram!

-Hum.....

-Vamos Korra!

-Ok entao Bolin. 

-Sério?!

-Sim!

Abraço ele, ele depois de nos afastarmos andamos mais um pouco:

-Depois que você saiu da cidade, houve alguns ataques mas a Chinora e o Tenzin conseguiram segurar sozinhos.

-Que tipo de ataques?

-Alguns roubos.

-Ufffa, pensei que fosse aquela doida lá.

-Calma, ela está presa e não vai sair tão cedo.

-É mesmo.

-Enfim, agora que você voltou, espero que aqui continue como sempre 

-Concordo. 

Depois de andarmos um pouco, voltamos pra casa, eu fui pro templo do ar. 

Entrei no meu quarto, tantas lembranças vem átona, coisas tão alegres, e tristes ao mesmo tempo.

Eu me senti na cama, apoio minha mão nela,  me lembro da batalha contra o Amon, quando eu e o Mako entramos disfarçar na reunião, hum, ele até segurou minha mão quando tentaram nos barrar.

Meu coração aperta um pouco, é uma pena não ter ele comigo.

Eu arrumo algumas coisas, pego umas roupas e guardo.

Eu observo a janela, a Republic City, isso me fazia tanta falta.

Eu me pego pensando no Mako e no meu pensamento o Bolin. 

Tenho pensando muito no Bolin ultimamente, o que é estranho, não sei se é pelo fato dele já ter gostado de mim, e até se embriagou por isso, mas, algo me chama atenção. 

Eu me deito na cama e na minha mente o Mako, qual o meu problema?!  Ele não vai me notar nunca! Para de ser boba! Não! Não posso ser depressiva, eu sou o avatar, tenho que fazer o possível e o impossível por essas pessoas, o que inclui ele.

Eu pego a mesma roupa de sempre e vou até a casa do Bolin :

-Bolin! Bolin vice está aqui?-Eu entro 

O Mako aparece:

-K...Korra?!

-Hum?-Eu me viro e PAM!  Mako!  Sem camisa! 

-P...Perdão! -Eu viro o rosto -Eu tô procurando o Bolin. 

-Ele saiu ainda pouco, foi atrás da Asami. 

-Obrigada.

-De nada.

Eu saio correndo,  eu encosto na Naga que estava deitada, respirando fundo e ofegante, toda vermelha, eu ponho a mão no rosto e comeco a rir :

-Ai meu Ang hahahahaha, como eu sou boba.

Subo na Naga e saio a toda velocidade até a casa da Asami :

-Bolin?

-Korra!

-Bolin?

-Aqui. 

Eu ando um pouco e vejo ele, ele estava abaixado com a Asami nos braços, eu vejo largado no chão,  uma lâmina, não...o que deu nela pra fazer isso?!

-Korra! Não sei o que houve! Ela estáva aqui, caída e...

-Rápido aqui. -Deito ela no chão.

Eu comeco a dobrar água, eu encosto um pouco no pulso dela, fiz igual a uma vez que eu fiz com o Bolin.

Ela ainda estava desmaiada, eu encosto o ouvido no peito dela e esculto seus batimentos.

-Ela ainda está viva, só está desmaiada, o melhor é levar ela até um médico.

Eu pego ela nos braços e corro até a Naga, o Bolin vem logo atrás, corremos com ela até um curandeiro da cidade.

Ele faz alguns feitiços e logo libera ela, ela acorda:

-Korra?

-Eu mesma, porque fez isso em? Quase nos matou de susto!

-Porque veio?

-Eu que te trouxe aqui.

-E...Eu sou uma fraca não é? 

-O que? Claro que não! Não mesmo!

-Hum, não precisa sentir pena, eu que provoquei isso.

-Mas, você não devia ter feito isso, o que importa é que você está bem! Ei, estamos bem não é? 

-Sim, estamos.

Ela da um sorriso,  depois dela ser liberada,  fomos num passeio, andamos por um zoológico, animais grandes e doidos,  dos quais eu nunca vi.

Eu andava um pouco pelos lugares, tirava algumas fotos, eu virei de costas e andei um pouco de costas pra procurar o ângulo certo, até que esbarrei no Mako,  a câmera acaba caindo, ambos fomos pegar e nossas mãos se encontram, eu coro na hora, ele levanta junto comigo e me entrega a câmera. 

Continuamos o passeio, tirei várias fotos entre elas muitas minhas e da Asami 

O passeio acaba chegando no fim, saímos de lá e fomos andar um pouco pela praça .

Voltei pro templo da ilha, o Tenzin e a Chinora meditava, eu me sentei ao lado deles, e comecei a meditar, com um pouco de tempo já flutuava, eu meditava pra esquecer um pouco do mundo e dos meus problemas, depois fomos nós exercitar, aqueles exercícios de controle, dobrava água e mechia os braços com calma, isso me ajuda a relaxar.

Fui até meu quarto, me lancei na cama, exausta, observava Republic City,  ela é tão linda ainda mais de noite.

A estátua de Ang, perto do estádio onde eu lutei com eles, Aiai, que saudades, esse sentimento que não sei ao menos o que é, calma, leveza e alegria,  tudo junto, isso me acalma.

Tiro a roupa e coloco um short e uma blusa, solto o cabelo e me deito na cama e durmo. 


Notas Finais


Até a próxima!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...