História O amor é inexplicável... ❤😪 - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Amor, Bts
Exibições 7
Palavras 1.025
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Aventura, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Mutilação, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pesoas! Esse capítulo vai ser longo,eu juro. Então é isso aí leiam as notas finais!
Bay bay e boa leitura 💝

Capítulo 12 - Werewolf and Banshee


Fanfic / Fanfiction O amor é inexplicável... ❤😪 - Capítulo 12 - Werewolf and Banshee

Já era 7 horas da manhã de sábado e como sempre, minha mãe me chama. Mas porque me chamar? Era sábado meu Deus.

-Filha, acorda! Já são 7 horas. Você tem muito o que fazer hoje. 

-O que? Eu tenho muitas coisas a fazer? Hoje é sábado. Digo ainda sonolenta. 

-É hoje é sábado e hoje é sua prova de ciências mocinha.

-O QUE!!!!? Minha nossa minha prova! Mãe era sete horas. Agora são 7:15 eles não vão deixar entrar! 

-Ah vão sim. -Jimin. 

-Como Jimin???- Lari. 

-Se arruma que eu vou dar um jeito. Você não ficou a semana inteira estudando atoa né. Anda vamos. Jimin 

Me levanto depressa da cama, tomo um banho quentinho pois estava frio naquela manhã; saio do banho e me visto casualmente pois não era tão importante assim né. Nada Que um velho e bom crocks resolva. Desço as escadas prontissima. 

-Agora sim. Vamos - LR

-Vamos. -Tchau  Dona  [...]

-Tchau queridos, boa sorte.

Enfim montamos no carro, indo em direção à escola. Mas como o universo não colabora, no caminho encontramos Jung Kook,  que pede uma carona e como Jimin era seu irmão mais novo tinha que obedece lo. 

-Irmão querido. Está indo levar minha linda cunhadinha pra escola? Pra fazer sua prova de Ciências? Que bela conhecidencia, eu também estou indo fazer a mesma coisa. Pode me dar uma carona? - Jung Kook 

-Vai entra aí logo vai - Jimin 

Quando percebo que Jung Kook entra no carro, fico olhando para a janela, deixando um clima tenso ali para todos. Mas para estragar tudo Jung Kook quebra o silêncio dizendo:

-Jimin, parece que você não disse pra minha querida cunhada que logo você vai se alistar para o exército né? 

Na hora viro a cabeça e olho para os dois confusa e com os olhos cheios de lágrimas.

-Isso é mentira né Jimin? -Lari

-Lari.... -Jimin 

-Jimin por favor. . Diga que é mentira.. -Lari 

Como estava perto da escola, Jimin me diz:

-Não liga pro que ele fala okay?  Em casa a gente conversa sobre isso. Você tem que se concentrar na prova. Fica tranquila okay? -Jimin 

-Okay. Olho pra ele e respiro fundo. Mas espero que seja mentira isso. Bom agora tenho que ir. Tchau amor sorrio fraco e te dou um selinho entrando na escola pois eles acabaram me deixando entrar e Jung Kook também. 

Na sala de aula 

Estavam todos em seus lugares, tudo perfeito para iniciar a prova. Tá, Larissa dá pra ir rápido com isso? Pena que não. Estava quase dormindo na sala de aula porque o professor tava explicando sobre a ciência ou sei lá. Okay, acordei fiz a prova belezinha, até que peço pra ir ao banheiro, porque uma 1 hora seguida, sem ir ao banheiro, fazendo prova de  ciências, em pleno sábado não é fácil querido. Enfim, vou até o banheiro. Quando chego lá, vejo uma garota muito bonita até, só que estava de cabeça abaixada meio que rosnando sei lá. Ah amigo, a curiosidade bateu.

-Garota? Tá tudo bem? -Lari 

-O que você quer? -Mina estranha 

-Quero saber como se chama e se posso te ajudar. -Lari. 

-Me chamo Malia. E você deve ser a Larissa né? Bom, não precisa me ajudar, você que precisa de ajuda. -Malia

-Oque? Como você? Ajuda do que? Digo sem entender nada. 

-Disso aqui. -Malia

A Malia se aproxima de mim, abaixa a cabeça, e quando a ergue é transformada em uma espécie de lobo não sei. Sem ter o que fazer tento gritar mas ela ameniza meu grito. Derrepente ela fala: -Larissa você deverá desenvolver seus poderes e será agora. Em questão de segundos, ela ou aquilo me morde com força, que dou o grito mais alto da minha vida, que poderia até mesmo estourar um crânio  (não é brincadeira).

-Boa garota! Ela diz apenas isso e vai embora. 

Sem saber o que fazer saio dali as pressas, que acabo esbarrando em Jung Kook. 

-Ei calma! O que aconteceu? -Jung Kook. 

-Ela me mordeu! ! Aquela maluca! Jung Kook ela me mordeu! -Lari. 

-Malia.. Droga! Vem comigo vou te ensinar algumas coisas. -Jung Kook 

-Ensinar oque? Chega Não sou mais aquela garotinhha! Você não tá vendo meu braço sangrando? Me ajuda e não me ensine. Seja pelo menos uma vez na vida, gentil, seja normal, seja humano! -Lari 

-CHEGA AGORA GAROTA! OU VOCÊ VEM COMIGO OU VOCÊ DESCOBRE TUDO SOZINHA! -Jung Kook. 

-NÃO VOU IR COM VOCÊ! TALVEZ VOCÊ SÓ PIORE A SITUAÇÃO! -Lari 

-ENTÃO DESCUBRA SOZINHA CANSEI! -Jung Kook 

Ele vira as costas e vai embora, e eu? Dei um jeito naque braço, Se não Jimin ia pensar que tinha me cortado novamente mas que aquela história estava estranha estava.

De volta pra casa

Tantas confusões, tudo tão sei lá, essa é minha vida. Não há explicações nem pra vida e nem pro amor. Depois de um belo banho, me deito já quase dormindo, pensando que tudo aquilo fosse só um sonho, quem dera se fosse. Fecho meus olhos me virando para o lado direito da cama Onde acabo "caindo" numa floresta. Aquela floresta me parecia famíliar, mas de onde?

Vou caminhando até que vejo uma velha casa, como estava escuro decidi entrar. Derrepente vejo a tal garota, a Malia. Ela se aproxima diz

-Sabia que você viria até nós, você quer saber o que você é. Anda, fica avontade, temos muito o que conversar -Malia. 

-Você sabe que eu não acredito em você, porque eu me sentaria aqui? Olha só me diga o porque de me morder e eu sumo da vida de vocês. -Lari

-Ah Larissa, é simples, você é como nós, só que com um dom diferente.Malia 

-Como assim?? Lari

-Você é uma lobisomem como a gente. Só que você tem mais um dom, que é de uma Banshee. Por isso seu grito é alto. Você sente quando alguém está perto da morte e grita. Só isso. Agora pode ir amanhã temos muito o que fazer. 

Derrepente pulo da cama , vendo que isso foi só "um sonho" mas não, não era. É pois é, mais uma batalha pra vencer Larissa.

Acabo Esse capítulo  jogando minha cabeça na cama e olhando pra cima pensando em como acreditar e aceitar isso. 

Até amanhã tenho que Ir agora. 


Notas Finais


Estão gostando? Favorite, comente e compartilhe :) ❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...