História O amor em minha vida - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags O Amor
Exibições 0
Palavras 958
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Sei que o primeiro cap num ta la essas coisas, mais ah historia vai ficando interessante com o tempo.
Espero que gostem :3

Capítulo 1 - Meu primeiro dia de aula.


-Alunos, essa e a nova colega de vocês! Se apresente por favor. – meu novo professor fala.

-M-meu Carolina Beatriz, espero me dar bem com todos! – falo sorrindo pra todos.

-Bem vinda Novata! – uma menina de cabelos loiros claros gritou pra mim la de trás.

-Sente-se ali – ele aponta para uma cadeira que esta no meio de dois garotos, o bom é que a menina que me deu boas vindas estava sentada atras de mim.

 

Sentei me acomodando na carteira.

 

-Olá, Carol, Guilherme mais pode me chamar de Gui – o garoto do lado esquerdo falou sorrindo para mim

-IAE GATINHA! PODE ME CHAMAR DE RODRIGO--

-Não precisa gritar Rodrigo, e seja mais educado! – todo mundo deu risos.

-Não liga esse cara ai é mulherengo que só – sussurrou pra mim a loirinha – Eu sou Amanda, esse e o allan – ela apontou pro cara sentado atras do Gui.

-Ahm… prazer para todos vocês! – falo sorrindo – aqui tem mais homens que meninas né…

-Uhum!, pode me chamar de amandinha se quiser, claro. – ela sorri e começa a conversar com o seu namorado.

-E vocês se esqueceram de mim… prazer pode me chamar de Leo!

-Esse ai que é mulherengo – Guilherme fala e eu solto uns sorrisos.

 

Eu já me enturmei com metade da sala, mais não sabia o que realmente estava por vim…

 

Capitulo 1

 

Quando bateu o sinal, todo mundo saiu correndo, fiquei pensando o por que… segui pra onde todos estavam indo, e quando eu vi tanta gente mutuado no mesmo lugar.

 

-Que cara é essa? – Gui fala e eu levo um susto – Aqui é assim, essa caçada pela comida.

-Eu percebi – nos rimos – você não vai compra?

 

Ele aponta para uma menina, que estava na multidão. Ela era baixinha e acabava facilitando para passar pela multidão. Não demora muito e ela sai de la com uma sacolinha na mão.

 

-Bia essa é a Mônica, Mônica essa e a novata Beatriz – O Gui me apresentou a baixinha de cabelos longos claros.

-Prazer – sorrio pra ela, ela fala o mesmo

-Gui! Aqui – ela entregou pra ele a sacolinha com comida.

-Obrigado, Mô você salvo minha vida!, posso te pagar um café depois? – ele ofereceu pra ela, esses dois parecem ser namorados!.

-Vocês… São namorados? – pergunto, a Mônica cora enquanto o Gui responde

-Eu tenho namorada – ele fala sorrindo, a Mônica faz uma cara triste e discreta para o garoto de cabelos castanhos não perceber o que ela sentia.

 

Deu pra perceber que ela gosta dele, mais sofre em silencio. Certamente ele é muito bonito, creio que muitas garotas gostam dele.

-Você não vai comer? – a Mônica pergunta pra mim.

- Não trouxe dinheiro hoje, esqueci em casa…

-Toma, um pedaço do meu – Guilherme compartilha o lanche dele comigo, sorrindo pra mim

-Obrigada… – olho pros olhos deles e sorrio

 

Acho que eu sei o motivo, pelo qual as garotas se apaixonam por ele…

-EU FINALMENTE CONSEGUI!! – o Rodrigo grita com uma sacolinha de lanche na mão -- Olha quem está aqui… Mô!!

-Não enche. – Rô tenta se aproximar para da um abraço

-SE APROXIMA MAIS E VOCÊ É UM HOMEM MORTO – mais para por que a Mônica ameaça ele

-Nossa que agressividade… – Ele faz uma carinha triste e ela vira a cara, todos soltam risos.

-Mônica, pode me mostra onde é o banheiro? – sussurro no ouvido dela, ela faz sinal que sim com a cabeça

Ela me leva ate o banheiro, a escola é bem grande, fiquei ate surpresa.

-Você… não gosta do Gui né? – ela fala sem me olhar nos olhos ainda na direção do banheiro

- N-não, claro que não! Pode ficar tranquila eu não vou rouba ele de você, mais você sabe que ele tem –

-Namorada? – ela me interrompe – Sim, eu sei, mais não basta esperar eles dois terminarem… além do mais a namorada dele é muito… -- ela demora um pouco pra falar 

-Chata? – completo a frase dela

-É… Digamos que ela… maltrate todos… – fiquei surpresa pelo que ela disse, não imaginaria que o Guilherme o garoto de sorriso tao doce, ficaria com uma menina assim… mais eu não posso confirma, já que nunca vi a menina – Chegamos, espero que tenha aprendido o caminho, e ter gostado da escola!, bom eu vou indo agora… bem vinda novamente.

 

Eu dei um sorriso bem grande pra ela e agradeci, ela sorriu de volta e tomou seu caminho. Entrei no banheiro e fiz minhas necessidades, lavei as mão e vi duas garotas pintando o espelho com batom, fazendo tipo uma carinha, eu rir e sai do banheiro.

Tentei fazer o mesmo percusso que a Mônica me ensino, mais acabei me perdendo. Por sorte eu vi o Rodrigo comprando suco nas maquinhas de comida.

-Oi, Rodrigo – ele vira pra mim e sorri – Estou salva

-O que foi? Se perdeu? – eu balancei a cabeça confirmando – Entendo, essa escola é grande mesmo tem razão em se perde, quer suco?

-Não obri…

-Que isso, você é a novata te trato com todo o respeito pode pegar – ele me corta, e insistindo para mim pegar o suco.

-Obrigada. – Eu acabo aceitando o suco.

-De nada, vamos volta para a sala.

 

No caminho ele me chama pra sair, e eu acabo aceitando, eu tenho um encontro!. Fiquei realmente animada. A aula acaba todo mundo se despede de mim e o Rô disse que ia me acompanhar pra aprender o caminho da minha casa, assim seria mais fácil de me busca para o encontro, ele realmente era um cavaleiro.

-Então, 20:00? – eu balanço a cabeça confirmando – Você não é de falar muito né?

-Eu falo, só tenho preguiça de gasta minha saliva – ele ri e se despede de mim

 

Eu entro, em casa cansada, e me jogo na cama, mais me levanto pra banhar, e me arrumo...

 

Continua...


Notas Finais


Comenta ai :33


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...