História Um amor entre divindades (Gente esse titulo ta melhor?) - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Anjo, Romance
Exibições 18
Palavras 598
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - Uma mudança no visual


Fanfic / Fanfiction Um amor entre divindades (Gente esse titulo ta melhor?) - Capítulo 3 - Uma mudança no visual

     Quando acordei pela manhã, fui para o banheiro escovar os dentes e tomas banho. Havia algo de diferente em mim hoje, eu estava com vontade de vestir algo com cores mais vivas, menos preto e mais branco, mas no meu guarda-roupa não havia nada com cores claras, a dois anos atras, quando começei minha fase gotica, toquei todas minhas roupas no lixo, mas talvez minha mãe guardou alguma no sotão, pus um das minhas roupas e fui até o sotão, procurei dentro das caixas por alguma roupa que coubese em mim e que fose bunita, e eu achei (A roupa da foto), ela estava dentro de um armário onde tinham muitas roupas antigas minhas, e todas estavão cheirosas, minha mãe vem as lavando esse tempo todo? Algumas ainda estavam um pouco umidas, achei que minha mãe havia lidado bem com minha fase gotica, mas pelo visto não lidou tão bem quanto eu havia pensado. Voltando para meu quarto, e me troquei, me estranhei quando me olhei no espelho, eu estava parecendo a Sarah de dois anos atras, então peguei minha mochila e fui para o ponto de ônibus. Enquanto eu esperava olhei pela a janela da casa do David, dava pra ver ele sentado no sofa, logo depois um carro chegou e um homem e uma mulher sairam de dentro, eram seus pais? Parecem tão jovens, David saiu de casa e foi os abraçar, então o ônibus chegou, quando entrei já espera que todos me olhasem com cara feia, pela primeira vez em dois anos nimguem olhou para mim, apenas alguns garotos da minha escola.
     Chegando na escola fui para minha sala, lá Vitória veio até mim e falou.

     -Parece que aceitou meu conselho, mas ainda assim você é ridicula. -Ela falou me encarando.

     -Eu não segui seu conselho, apenas me vesti como tava afim.

     -Tá bom. -Logo depois o professor chegou na sala e nos mandou ficarmos quietos.

     Chegando em casa, fiquei observando pela janela da casa do David por um tempo. Eles sempre pareciam alertas esperando por alguma coisa. Em casa o cheiro do almoço era maravilhos.

     -Querida é você?! -Gritou minha mãe da cozinha.

     -Sim! -Respondi subindo as escadas para o meu quarto.

     Entrei no meu quarto e joguei minha bolsa na minha cama e desci para a cozinha.

     -Que cheiro bom mãe, o que ta fazendo? 

     -Eu to fazend... -Ela parou de falar quando me olhou, ela ficou boquiaberta. -Nossa querida, voltou ao seu velho estilo?

     -É hoje acordei com vontade de vestir algo mais leve. Ainda bem que você guardou algumas roupas minha.

     -É bom, não importa como se vista, ainda sera linda.

     -Brigada mãe. O pai vai vim comer em casa hoje?

     -Não, ele ta muito ocupado com o caso de um criente. Acusasão de assacinato, sabe como esses demoram.

     Almoçamos e fomos no centro comprar algumas roupas novas para mim, ficamos lá até as 19:00 da noite. Quando voltamos para casa, fiquei olhando denovo pelas janelas da casa do David, havia alguma coisa acontecendo lá, a casa estava cheia ds velas e os 3 centados no chão.

    -Acabou a luz sera? -Peguntei passando junto com minha mãe pela porta.

     -Não sei, vamos ver. -Ela foi até o interrupitor e ligou a luz da sala. -Pelo visto não querida, por que?

     -Na casa do David tá cheio de velas.

     -Deixa eu ve. -Ela foi até a porta para olhar. -É mesmo, não devem te ligado a energia da casa.

     -É, pose ser.

     Fui até meu banheiro tomei banho e fui para a cama, fiquei um tempo pensando no David e depois adormesi.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...