História Um amor entre divindades (Gente esse titulo ta melhor?) - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Anjo, Romance
Exibições 13
Palavras 505
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Fantasia, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 7 - O ataque dos demonios


     Quando acordei, eu estava virada para cama onde David deveria estar dormido, mas ele não estava ali, me sentei na cama aida com um pouco de sono e olhei evolta, vi ele com umclata de tinta e um pincel desenhando a parade, fui até ele e perguntei.

    -O que ta desenando? -Ele me olhou com uma cara de surpresa.

    -Isso são sigilos, os que tem atualmente aqui não são muito fortes.

    -E esses são?

    -Sim. Isso vai deixa os demonios longe.

    -Onde tem panheiro?

    -Ali atras daquela porta.

    -Obrigada.

    Fui até o banheiro fazer minha igiene. Eu estava um pouco brava com David, por disser que não sabia se nosso beijo significava alguma coisa, sera que ele me beijou apenas para poder ficar mais perto de mim pra me vigia? Espero que não, nunca ostei tanto de alguem quanto dele. Quando sai do banhei vi um coisa estranha nas portas do armazem, elas estavam se mexendo, bem devagar se não olhase bem quase dava pra nota, então gritei para o David.

    -Era pras portas estarem assim? -Gritei apontado para as portas.

    -Droga, tão tentando invadir. Vai Sarah corre, sai pela porta dos fudos! -Então me virei e sai correndo.

    Fiquei esperando o David, fiquei olhando tudo. Quando as portas abriram, 5 homens e uma mulher estavam do lado de fora, Daivid tentou lutar, mas não conseguil fazer nada, era 5 cotra um então ele sedeu, 4 homens ficaram segurando ele e um fez algumas perguntas para ele que eu não consegui ouvir, quando ele ameaçou esfaquear David com uma daquelas facas eu voltei para dento e gritei.

    -Não! -Quado gritei a sala ficou totalmente branca, com um brilho tão forte que presisei fechar os olhos, quando parou os cinco homens e a mulher estavam mortos no chão, e Daid intaquito.

    Corri até ele ajuando-o a levantar do chão, e o abraçei tão forte que pudi ouvir um estralo.

    -Fiquei com medo de te perder. -Falei enquanto estava abraçando ele, e ele me abraçando.

    Quando eu o soltei, fui ver os corpos, os olhos deles haviam desaparecidos, parecia que tinham queimado com a luz forte.

    -Eu fiz isso? -Perguntei para o David sem olhar para ele.

    -Sim.

     -Mas... como?

    -O seu poder divino lembra? Você tá aprendendo a ussalo.

    -Pelomenos uma coisa boa nisso tudo. -Falei parando em sua frente. -E para onde vamos agora?

    -Ela era uma bruxa. -Ele disse indo até a mulher.

    -Como sabe?

    -Mesmo morta, ainda posso sentir seu poder. Nós podemos tentar voltar para o parqje e ver se o feitiço acabou.

    -Claro. -Respondi com disanimo, porque se podesimos ir para o ceu, significaria que teriam mais anjos para me proteger, e David iria se afastar de mim e eu não quero isso.

    Deichamos o armazem e roubamos um caro que havia ali perto, o nosso tinha acabado a gasolina e estamos longe de um posto de gasolina. Iriamos levar 1 dia de viagem devolta para o parque, então descidi descansar um pouco, depois e tudo que aconteseu eu estava exausta.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...