História Amor entre as trevas - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens David Nolan (Príncipe Encantado), Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Personagens Originais, Regina Mills (Rainha Malvada), Robin Hood, Roland, Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags O Amor Entre As Trevas, Once Upon A Time, Outlaw Queen, Outlawqueen, Rainha Má, Regina Mills, Robin Hood
Visualizações 82
Palavras 2.458
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Fantasia, Luta, Magia, Romance e Novela
Avisos: Insinuação de sexo, Sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Voltei ♥


Boa leitora.

Capítulo 13 - Coração


Fanfic / Fanfiction Amor entre as trevas - Capítulo 13 - Coração


Eu tive o coração dela nas minhas mãos, um simples ato ela morreria. Mas sabe? Não tive coragem de esmagar, sabe porque? Porque eu quis acreditar na bondade e no amor. E eu quebrei a cara. 

Não podem ama uma aberração dá natureza. E eu sou uma aberração dá natureza.


18 anos atrás, momentos antes de Regina chega no castelo( Se conferir o capítulo 10, entenderam) 

Regina voltando para o reino correndo, ela parou quando uma fumaça preta apareceu na sua frente. 

— Aonde vai com tanta pressa, queridinha? —Pergunta Rumplestiltskin. 

— Nao devo satisfações para o senhor das trevas. — Fala Regina e tenta passa por ele, mas ele a impedir dando um leve empurrão nela com a mão. — O que quer ?

— ajuda-la. O que mais podeira querer?  — Responder Rumplestiltskin, Regina levanta a sobrancelha. — Acredite ou não, tenho um certo carinho por sua família. Terrível o que aconteceu com vosso rei. Pobre criança perdeu o pai de uma forma tão bruta. 

Regina deu um passo para trás e engoliu o seco e perguntou. 

— O que sabes do meu pai? — Pergunta Regina e Rumplestiltskin rir. 

— Sei, que a rainha matou o rei, arracou o coração dele e esmagou na frente de duas filhas. — Fala Rumplestiltskin. — Posso ajuda-la, se quiser. Está com ódio, busca vingança. Posso ajuda e resolver todos seus problemas. 

Regina deu mais um passo para trás e pensou na morte de seu pai, na sua mãe no dia seguinte fingindo que nada aconteceu, em Robin. Robin, ele estava certo, não era certo busca vingança. E ela não iria busca vingança, ela esqueceria e seguiria em frente. 

Ela balançou a cabeça negando. 

— Nao, está errado. Não busco vingança. Eu estou bem e eu seguirei em frente. — Responder Regina firme. 

Rumplestiltskin se surpreende com a responda da Regina. Ele podia esperar qualquer coisa menos isso. Ele precisava apelar mais.

Regina passa por Rumplestiltskin e começa a anda.

— Mesmo que eu soubesse de algo que sua mãe está planejando fazer? — Pergunta Rumplestiltskin e ela parar e se vira para ele. 

Atualmente. 

Regina e Emma saíram para praticar magia, tudo ocorria normalmente na vila, a não se pela fumaça verde que aparaceu na vila e Zelena aparaceu nela.

ela ajeita seu vestido e abre um sorriso e vai caminhando pela vila, ela vê as pessoas correrem e ela soltou uma risada, típica dela. 

— Nao quero machuca-los, a menos que escondem a verdade de mim. — Fala Zelena com autoridade. — Eu sei que Regina Mills está nessa vila, cade ela?

Belle sai do meio da multidão e responder. 

— Vossa majestade, não sabemos quem é Regina Mills. — Responder belle. 

Zelena olhar para belle e com magia sufocar belle, belle fica de joelhos no chão.

— Quem é você? — Pergunta Zelena. 

— B-Be-lle. — Fala Belle com dificuldade. 

— Belle, aonde está Regina? Não venha querer mentir para mim, pois eu sei que ela está aqui. — Fala Zelena sufocou belle ainda mais.  — Quantos vou precisa mata até que me digam aonde ela está? 

Belle ia fechando os olhos quando uma pedra foi atirada em direção de  Zelena. A pedra caiu nos pés de Zelena e ela soltou belle. Belle respirou e se levantou. 

— Quem ousa me desafiar? — Pergunta Zelena com raiva, ela olhar no meio da multidão e todos ficam calados.— Vocês querem do jeito difícil, então ai vai do jeito difícil. 

Zelena caminhou no meio da multidão e viu Isabel e se aproximou dela. Ela arracou o coração se Isabel. 

— Me digam, aonde está Regina Mills, AGORA. — Grita Zelena e aperta o coração. 

— PARE, ZELENA. — grita Regina e Zelena vira e vê a irmã, ela olha por coração e aperta mais. — Zelena, por favor. 

Ela sorri e esmagar o coração que vira pó. Isabel cai no chão morta. Regina aberta a boca assustada e as lágrimas cai pela sua bochecha. 

— Hora de resolver nossa dívida, Sis. — Fala Zelena e envolve Regina e ela em uma fumaça verde. 

A fumaça verde aparace em uma campo de flores. Regina olhar o local sem acredita. 

— Nada mais justo você se derrotada no local preferido do meu pai. — Fala zelena. 

Regina aberta a boca e fecha. 

— Entao, é isso sua vingança? Me mata ?— Fala Regina e rir. — sinto muito, Sis. Mas dessa vez não. 

Regina cria uma bola de jogo na mão e joga contra zelena. Zelena cai no chão e já se levanta com uma bola verde na mão e jogar contra Regina. A magia de Zelena da só um arrastão em Regina. 

Regina cria uma bola de fogo e jogar contra Zelena, antes que zelena pudesse se levanta, Regina jogar outra bola de jogo na irmã.

— Eu não quero machucar-la. Por favor, Zelena. Me escute, eu não tenho culpa da morte do Henry. Que culpa alguém? Culpa Cora. — Fala Regina. 

Zelena se levanta e preparar uma bola verde e diz.

— Cora matou meu pai por sua causa. Aquele maldito queria tanto sabe quem era a filha dele, que ele fez um acordo com Cora e BOW, Regina Mills é filha do Senhor das trevas. — Fala Zelens e jogar a bola verde na irmã.

Regina dessas vez cai no chão  e antes que ela pudesse se levanta, zelena jogar a irmã longe.

— Acabou, a nossa história acaba hoje, Sis. — Fala Zelena indo para cima da irmã.

Vila shinsis. 

Robin chegou na vila minutos depois e viu o desepero dê muitos. Roland correu até ele chorando. 

— Papai, a vovó morreu pela mão da rainha — Fala Roland.

Robin sente suas pernas ficarem bampas e bota o filho no chão, ele caminha até o a pequena multidão que tinha em volta de sua mãe. Ele caiu de joelho no chão e chorou em cima de Isabel. 

— Robin, sentimos muito. — Fala Emma e bota a mão no ombro do amigo.

— O que Zelena veio fazer aqui? — Pergunta Robin enquanto limpa o rosto. — Meu deus. Cade Regina? 

Emma respirou fundo e respondeu. 

— Ela veio aqui e machucou algumas pessoas e ela levou Regina junto com ela. — Responder Emma. — Sinto muito. Antes que eu pudesse fazer algo elas subiram em uma fumaça verde. 

— Ah, tem temos que fazer algo — Fala belle. — Sinto uma tragédia vindo ai. 

Cora aparaceu em uma fumaça roxa na vila. 

— Cade minha filha? — Cora exige assim que vê Emma e Robin. 

— Não sei onde está zelena. Ela levou Regina com ela. — Fala Emma com a voz de choro. — O que faz aqui? Veio rir ?

— Zelena levou a minha menina com ela? — Fala Cora. — Não, as duas não podem fazer isso. Elas são irmãs, se amavam. 

Emma  e Robin se olham e depois olham para cora sem entender. 

— Eu preciso de ajuda. Por favor, ajuda-me acha Regina e impedi que uma grande tragédia aconteça. — Pede Cora. — Eu não posso perde-las. Elas são as minhas garotinhas. 

— Tá, legal. Eu ajudo. Aonde zelena iria para ter sua vingança? — Pergunta Robin. 

— Ah, no campo. O local favorito de Henry. — Fala Cora. 

— Então, nos leve até lá. — Fala Emma. 

Cora com um movimento de mão envolver às três em uma fumaça roxa. 

*

Enquanto: 

Regina empurrou Zelena para longe com magia. Regina se levantou e jogou magia novamente contra Zelena. 

— Zelena, por favor. Pare de luta. — Fala Regina. 

Zelena jogou magia contra Regina, Regina se estressou e sufocou Zelena. 

— CHEGA, ZELENA. — Grita Regina. — Você quer me destruir ? Sinto muito, Sis. Mas hoje não. Se alguém vai se machuca hoje, é você. 

Regina se aproxima de Zelena ainda a sufocando e arraca o coração de Zelena. Ela parar de sufocar Zelena e admira o coração da irmã. 

— você nunca vai parar, não é? — Pergunta Regina. — Eu entender, você me odeia e que eu destruí sua família. Mas eu não sou culpada. Talvez, eu seja a mais inocente de todos envolvido nisso.

Zelena se levanta e tenta pegar seu coração de volta, mas Regina o aperta e Zelena cai no chão. Ela parar de aperta e pergunta. 

— Você disse que eu sou filha do Senhor das trevas, Rumplestiltskin? — Pergunta Regina e Zelena se recusa a responder, Regina aperta o coração da irmã. — Responder? 

Zelena gargalha. 

— Deve doe, não é mesmo? Sabe que é filha de um monstro e olhe o curioso, ele te vendeu. Ele deu a única coisa que pode prender a sua preciosa magia. — Fala Zelena e Regina fica com raiva e aperta o coração da irmã. — Vamos lá.. Você está doida para esmagar meu coração, cuide, acabe com isso logo. Pois só uma sobreviver hoje. Eu ou você.

Regina aperta ainda mais o coração de Zelena. Uma fumaça roxa aparace e Emma, Robin e cora vem Regina com o coração de Zelena na mão. 

— Regina, minha filha não faça isso — Fala Cora. 

— Oh, a mamãe veio salva a filhinha bastada das trevas. — Fala zelena e Regina aperta o coração dela. 

— Regina, querida. Não faça isso, ei. Regina, olhe para mim. — Fala Robin e Regina olhar para ele. — ela não vale a pena, deixe isso para trás. Por favor. 

— Ela matou Isabel. — Fala Regina. 

— Não destrua a sua vida desse jeito, Regina. — Fala Emma. 

Regina olhar para irmã e vê ela sofrendo no chão enquanto aperta o seu coração. Ela sente uma grande vontade de chora. 

— Filha, querem culpa alguém? Culpe a mim. Eu destruí tudo, eu matei Henry, eu separei vocês duas. — Fala Cora. 

Cora com o movimento de mão faz duas pedrinhas, uma roxa e outra verde. Ela se aproximou de Regina e Zelena. E entregou na mão de Regina a pedrinha roxa. Robin aproveitou essa deixa e pegou o coração de Zelena dss mãos de Regina. 

Quando zelena já estava de pé, cora entrou a outra pedrinha para a filha mais velha. 

Memórias. 

Uma mini Zelena entrou no quarto de irmã, e se aproximou do berço onde Regina estava chorando. 

— Oi, bebê. Eu sou zelena sua irmã mais velha. — fala zelena pegando o bebê no colo — Não chore, bebê. A maninha já está aqui. 

Zelena balançou o bebê no colo. 

**

Em uma salão grande tinha um monte de gente dançando e conversando. Todos viram para a escada quando viu Regina descer. 

— Feliz aniversário, princesa Regina. — Falam todos em uníssono. 

Regina sorrir e o Rei Henry pegar a mão da filha e deseja feliz aniversário para ela. Ela caminha até uma mesa com um bolo gigante. 

— Feliz aniversário, Regina. — Fala sua irmã no seu ouvido. 

Regina se vira e sorri para irmã. 

— Obrigada, Zel. — Responder Regina. — Me ajuda a pagar a vela? 

Zelena corconda e as duas se aproximam do bolo e apagam a vela. As duas se olham e se abraçam. 

**

Zelena estava montanda em um cavalo. 

— Não consigo, quero descer. — Fala Zelena para Henry. 

— Mas filha, você já tem idade o suficiente para não tem mais medo. — Fala Henry. 

— Zel, não fique com medo. — Fala Regina no colo do Henry e pegar a mão de sua irmã. — Lembre que eu sempre estarei com você. 

Regina aperta a mão da irmã em forma de conforto. Zelena sorriu para irmã e apertou de volta de forma de agradecimento.  

Off memórias. 

Regina deixou as lágrimas caírem e olhou para Zelena que limpava as lágrimas que caia dos seus olhos. 

Regina pegar o coração de Zelena que estava na mão de Robin e se aproxima da irmã, ela coloca o coração de Zelena na lugar. Zelena sorri como resposta. 

— desculpe, desculpe por ter separando vocês duas. — Fala Cora estendedo a mão para Regina e depois para Zelena. — Me perdoe, podemos tenta ser uma família novamente, filhas. 

Regina sorri e pegar na mão da mãe. Zelena olhar para Regina e depois para mãe e sorri. Ela leva a mão de Cora, mas parar no meio do caminho. 

— Sinto muito, eu te amo, Regina. Mas não posso aceita a sua magia. — Fala Zelena e rapidamente coloca no braço da morena um bracelete dourado. 

Regina se afasta sem acredita. Ela tenta fazer magia e não consegue. 

— O que você fez, sua vadia miserável. — Fala Regina tentando tira o bracelete do braço.

— Qual é o seu problema, Zelena? — Pergunta Robin. 

— O que? Desculpe, mas não posso aceita a magia dela. Eu aceito ela como irmã, mas sem a magia. A magia dela é perigosa e pode sim destruí todos nos. — Fala Zelena. — Regina, sinto muito. 

— Não, não peça desculpas. Eu não quero suas desculpas, também sinto. Sinto por ser meia irmã de uma vadia. — Fala Regina. — Emma,por favor. Tire nos daqui. 

Emma com um movimento fez uma fumaça em envolver os três na fumaça branca. 

18 anos atrás 

— O que ela está planejando? — Pergunta Regina.

— Tira você daqui. Ela pensa que você é perigosa, afinal, você pode conta para alguém que viu ela matando o rei — Fala Rumplestiltskin. — Ela planeja envia você por um lugar onde finais felizes não existe.

Regina sente seus olhos marejados, ela engole o choro.

— Ela não fazeria isso, ela me ama. — Responder Regina com a voz falha.

Rumplestiltskin deu a volta pela Regina e abaixou na altura de Regina e falou no ouvido dela.

— Tem certeza que ela ama você? — Pergunta Rumplestiltskin. — Eu não contaria com isso, queridinha, afinal você é uma bastarda.

Regina se afastou do Rumplestiltskin e olhou sem acredita no que acabou de ouvir.

— Isso mesmo, queridinha. Você é uma bastarda. — Fala Rumplestiltskin. — E ela vai se livra de você agora.

Regina passou a mão nos olhos e sentiu as lágrimas caírem.

— Ela não fazeria isso. —Responder Regina novamente chorando.

Rumplestiltskin continuou a observando e percebeu a mudanda no olhar dela.

Regina limpou as lágrimas e o olhou friamente. Ele sentiu um arrepio passa por ele, ele já tinha visto aquele olhar... No deu menino, bae... Seu menino gostaria disso, ela era só uma criança inocente. 

Ele respirou fundo e decidiu ele deixaria ela ir, ele ainda teria uma chance no futuro. 

— Posso ajuda-la. — Fala Rumplestiltskin e um copo aparece nas suas mãos. — É só beber. 

Regina pegou nas mãos e tomou o líquido do copo. 

— O que é isso, tem um gosto estranho. — Fsla Regina.

— Uma poção de dor. Ela fazera você esqueceu sua dor. — Fala Rumplestiltskin. 






Notas Finais


Então???? Zelena foi uma verdadeira vadia, não é mesmo??? E Rumplestiltskin conseguiu o que queria??? Regina consiguira se livra do bracelete ???E como Robin irá superar a perca da mãe???

Continue lendo a história, ainda tem muito para rolar. Zelena é um dos pequenos problema,o verdadeiro problema logo, logo vai causa na floresta encantada.

Se vemos em breve...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...