História O Amor Mora ao Lado Imagine Xiumin - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Kai, Kris, Lay, Luhan, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 64
Palavras 1.670
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Uhu! Mais um capítulo... tá difícil de terminar... espero que a parte final da conferência, saia hj a tarde.
TRETA kkkkkk

Capítulo 16 - A Conferencia pt.3


Fanfic / Fanfiction O Amor Mora ao Lado Imagine Xiumin - Capítulo 16 - A Conferencia pt.3

-Oi, minha antinha.

-Xiumin! O que aconteceu, seu idiota?! Voce sumiu o dia todo, eu...eu fiquei preocupada. E   não me chame de anta.

-Eu, tive que dar umas explicações o RH.

-ah, ok...estou com saudades.

-eu sabia que sentiria falta de tudo isso.

-palhaço! Aish.. você não tem jeito mesmo né.

-tente me “dar um jeito”

-talvez outro dia benzinho, agora tenho que ir, liga amanha! Bjo

-bjo.

Olhei para Suho e ele me encarava pensativo de olhos semicerrados.

-Benzinho?  Dizia ele sacana.

-é palhaçada minha, fofo.

Ele riu, voltamos a nos beijar e logo comecei a sentir seu membro enrijecer, seu corpo ficava mais quente a cada estalo de nossos beijos, suas mãos desciam por minhas laterais apertando minhas nádegas.

-acho que agora ninguém vai te atrapalhar.

Sorri e ele me beijava novamente, um beijo molhado e cheio de paixão, ele mordiscava de leve minha orelha e lambia meu pescoço. Ele me puxou e me levantou, tirou meu vestido. Ficava me observando soltar meu cabelo.

-Dança pra mim?  Ele pedia manhoso.

Eu comecei a mexer meus quadris e rodar no quarto, fazendo algo similar mas, não igual a Shakira. Ele me olhava com desejo, até que me puxou pro seu colo e me encaixou.

-voce é maravilhosa.

-talvez.

Tirei meu sutiã e ele ficava cada vez mais excitado, logo ele voltava a me beijar e em seguida sugava meus mamilos um de cada vez, eu me levantei e tirei a última peça que faltava. Olhei pro seu membro, que provavelmente estava completamente ereto dentro daquela calça social. Afrouxei sua gravata laranja e o puxei pela mesma, ele me olhava nos olhos e engoliu seco, desabotoei sua camisa e a joguei no chão, o olhei novamente, e mordi a ponta de sua orelha esquerda.

Que abs perfeito! Talvez Junmyeon tenha mesmo sido esculpido pelos deuses. Abri seu cinto enquanto ele mordia seu lábio e me encarava. Desci a calça e a boxer preta logo junto. Encarei seu membro e comecei a estimula-lo enquanto beijava Suho, que parecia estar febril.

Comecei a lamber seu cumprimento o fazendo gemer baixinho e tremer um pouco, logo em seguida o abocanhei e fiz movimentos circulares com minha língua.

-porra roxy...

-sshhh, aproveite.

Continuei sugando até colocar ele por completo em minha boca.

-isso é tortura.

Dizia ele enquanto me olhava. Logo ele me puxou pra cima e me colocou na cama, ele se posicionava por cima me beijando novamente. Ele me beijava desde a boca até chegar a minha intimidade, lambendo seus lábios e mordendo os mesmos em seguida.

-deve estar deliciosa.

Dizia ele erguendo uma sobrancelha e sorrindo sacana. Ele começava a me lamber enquanto meu corpo estremecia, ele continuava aumentando seu ritmo até lamber os lábios de novo e subir até minha boca.

-melhor do que imaginei.

Disse ele sussurrando em meu pescoço. Ele pincelava seu membro por minha intimidade, e roçava nossos sexos de leve causando um atrito tão gostoso.

Ele começou entrando devagar, mas logo quando a cabeça entrou ele foi com tudo me fazendo gritar.

-ai!

-desculpa.

-meu deus, é maior do que eu pensava.

-maior do que do minseok?

-eu não disse isso. Mas; pode ter 3 cm a mais, porem a grossura do minseok é maior.

Ele riu e continuava em seu ritmo, de estocadas fortes e profundas, a cama batia com força na parede. Ele me colocou de lado mas dessa vez ele ia mais rápido e enquanto penetrava apertava meu seio esquerdo e me beijava.

-Junmyeon...eu estou cansada.

-Calma, to quase...

Meu corpo já havia se rendido completamente a Suho, eu sentia ainda mais intensamente o prazer que ele me proporcionava, ele me colocou por baixo novamente e foi mais rápido, depois de pouco tempo ele me preenchia com seu líquido, me fazendo gemer e deixar o meu ir ao encontro do dele. Ele se deitava sobre mim e me beijava antes de adormecermos.

“toc toc” – Tem alguém acordado aí?

Me levantei da cama e vesti uma camisa do Suho e fui ver quem batia na porta as 06:13 da manhã.

-Qu...Jongin?! Achei que já tivesse ido pra Alemanha.

-Meu voo sai 07:55, essa camisa é do Junmyeon?

-é..por que?

-meu deus, vocês já...

-até que demorou; eu enrolei bastante.

-e o Minseok?

-enquanto ele não me assumir eu não sou dele já deixei isso bem claro pra ele.

-será que eu tenho uma chance?

-talvez.

-voce fica muito sexy de camisa social. Disse ele mordendo o lábio

-obrigado. Mas afinal, o que você veio fazer aqui?

-vim avisar o Suho que o voo de vocês pra Londres sai as 15:00, e seu numero já foi passado ao seu amigo.

-ah, ok.. mas não era pra você estar na alemanha? O que veio fazer em Dubai?

-Eu to supervisionando cada um durante um dia.

-ta, o Suho tá deitado, quer falar com ele?

-an, não precisa, você pode só avisar ele por favor?

-claro, assim que ele acordar eu aviso sim. Mas ainda faltava mais um dia aqui em Dubai; porque vamos mais cedo?

-coisa do Kris e do Sehun.

-aish! Ok.

Fechei a porta e fiquei encostada nela olhando Suho dormindo.

-por que não volta pra cama?

-ué...voce já está acordado?

-só cochilando, e você tava falando com quem?

-o Kai, pediu pra avisar que nosso voo pra Londres sai 15:00.

-mas;um dia adiantado?

-tambem estranhei mas, ele disse que era coisa do Kris e do Sehun.

-aqueles dois..eu não entendo.

-muito menos eu.

Ri, e fui em sua direção, ele me puxou pela nuca e me beijou, um beijo estalado, molhado com leves mordidas no lábio inferior. Logo em seguida ele me puxou pra cima dele e continuamos a nos beijar.

-Fica por cima?

Logo me sentei por cima de seu membro já duro.

-eita! Mas já?

Ele riu e me beijou, logo depois voltei a me sentar. Comecei a fazer movimentos de vai e vem, roçando de leve, já estávamos sem roupas mesmo bom; eu estava só de camisa social e ele sem nada, só estava de coberta mesmo. Logo ele encaixava seu membro em minha entrada e eu entrava e saia fazendo ele começar a suar e gemer, enquanto ia mais fundo, logo ele segurou em minhas laterais e me fez quicar com força em seu membro.

-ai suho! Tá muito fundo...

-ah, caralho...

Ele ia cada vez mais forte até que eu senti uma dor e uma leve ardência pela sua força.

-Desculpa...to te machucando...

Eu mordia o dedo com força pra não gritar. Eu olhava pra baixo e via um fio de sangue escorrer.

-ai... falei com voz de choro.

-eu to te arrebentando...desculpa roxy...ah, eu...eu vou gozar...aah..

-aah...

E assim foi, ele soltou com força e eu logo senti seu líquido me preenchendo.

(...)

-Nossa como Londres é bonita! Que saudades daqui.

-Voce já veio aqui?

-sim lay, vinha aqui direto comprar maquiagens.

-mas você podia comprar no Brasil ou nos EUA.

-não é a mesma coisa Suho.

(...)

-amor!

-Xiumin!

Fui correndo abraça-lo, pulei em seu colo e ele me beijou.

-sabia que você não ia aguentar de saudades de tudo isso.

-para de graça, cade os outros?

-tão lanchando.

-ah sim.

-transou com alguém?

-nossa que direto você. Falei virando os olhos

-tenho que saber. Disse ele erguendo uma sobrancelha

-com o Lay, antes de viajar e o Suho ontem e hoje uma rapidinha.

-hm, ok.

-não tá bravo?

-não. Eu não posso fazer nada...ainda.

-pois é.

Logo em seguida quando íamos nos beijar chega alguém pigarreando.

-roxy...e quem é esse?

-Emerson?

-Amor, quem é esse?

-amor? Roxy ele é seu namorado?

-an..Emerson esse é Kim-Minseok e Xiumin esse é o Emerson.

-Kim-Minseok? Dono da SC na China? Mas você é Coreano.

-não faz diferença, minha família herdou isso, e eu herdei quando meu pai morreu.

-hm, o que tem com a Roxy? É namorado dela?

-ainda não, mas ela é meu amor.

-não pode chamar ela de amor, se ela não for sua namorada.

-é mesmo?!

-vai encarar?

-pode vir brasileirinho ridículo.

-cai dentro.

-ou,ou,ou parem vocês dois, o Emerson é meu ex Xiumin, e Emerson, eu to querendo namorar o Xiumin peço que o respeite, pelo menos por mim.

-ok; por você eu faço.

-agora vai...eu tenho que conversar com ele.

-tchau.

-Vem Xiumin, vamos pro quarto.

(...)

-o que você e aquele coisinha, tiveram hein?

-quer mesmo saber?

-eu namorei ele quando era mais nova.

-e vocês transaram?

-sim...  suspirei e rolei os olhos

-q?!

-é verdade tá legal?

-ele tirou sua virgindade?

-não.

-o que você viu nesse cara?  Nesse almofadinha?

-não chama ele assim!

-não defenda ele Roxanne!

-não estou defendendo ele.

-está sim!

-não, eu não estou.

-depois de vocês namorarem o que rolou?

-eu assumi a tutoria da Emilly, ele me trocou pelo surf...

-eles são irmãos?

-sim..

-depois de uns 2 anos sem se ver, ele me pediu um financiamento pra estudar na australia com estadia total, com tudo pago, e ele surfar a vontade, eu impus a condição de que depois de se formar ele me pagasse metade do que investi nele.

-esperta, mas ele não usou você?

-ele só soube que eu era rica quando a gente foi se mudar pros EUA, que foi um mês depois de ele me trocar pelo surf.

-eu devia socar ele por isso.

-deixa quieto.

-ele fodia bem?

-aham...

-aish!

Ele se levantou nervoso  e ficou de frente pra janela, mordendo o polegar.

-não fique com ciúmes amor...ele podia ser bom, mas...você é o melhor.

-tá dizendo isso só pra me acalmar...

-eu falo sério...eles podem ser bons mas você...poxa amor...voce é o melhor!

-é mesmo?

-claro. Depois do Sehun, do Lay, D.O..

-eu entendi.

-que bom..

Eu o abracei por trás e o beijei na nuca. Ele me virou e me beijou.

-mas eu vou ficar de olho nisso...nao gostei dele.

-ok amor...olha só a gente tem um quarto só nosso...eu estou com saudades de você e temos 3 horas livres.

-tá, mas tenho um presente pra você antes.


Notas Finais


Tava pensando em criar um gp de whats quem apoiar comenta ai , se tiver apoio eu crio o gp e mando link por mensagem pra cada um. Bjo <3 amo vcs.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...