História O Amor Mora ao Lado Imagine Xiumin - Capítulo 19


Escrita por: ~

Postado
Categorias EXO
Tags Baekhyun, Chanyeol, Chen, Exo, Kai, Kris, Lay, Luhan, Sehun, Suho, Tao, Xiumin
Visualizações 67
Palavras 1.576
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Famí­lia, Festa, Ficção, Fluffy, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Consegui! Vamos ver no resto da semana se eu conseguir postar bom, se nao me aguardem. E talvez, talvez, eu comece a fazer outra fic, fiquem de olho. Bjo <3

Capítulo 19 - Bem-Vindo (a)!


Fanfic / Fanfiction O Amor Mora ao Lado Imagine Xiumin - Capítulo 19 - Bem-Vindo (a)!

Aqueles dois últimos dias foram maravilhosos apesar do tormento de xiumin, coitado dava pra ver que ele sofria com a falta de sexo. Calma amor, falta só um dia.

(...)

-enfim em casa!

-isso mesmo minha princesa.

E irrompeu um beijo tão gostoso com estalos, e mordidas, ele passava suas mãos por minhas laterais.

-hm, ainda não..

-merda! Quando vai acabar esse tormento?

-amanha ou depois.

-queria que fosse hoje.

-eu também. Bom preciso de um bom banho.

-ok, eu espero.

Dava pra perceber como ele queria e que também já fazia quase uma semana sem sexo. Pobre coitado.

(...)

-Voce demorou 1 hora!

-tinha que me desinfetar.

-é tão ruim assim?

-muito.

-ok, vou pro meu banho solitário.

-aguenta amor, tá perto.

-eu sei mas, parece uma eternidade.

Dei um selinho demorado nele e ele foi pro banheiro cantando Save me _ BTS. Decidi ligar pra Lena.

-Lena? Cheguei.

-voce pode sair?

-acho melhor não.

-por que?

-xiumin está carente.

-mar vermelho desceu?

-sim bem na noite do pedido, caralho, nós íamos matar saudades e acontece logo isso?

-que barra miga, ó vamos tomar um café e depois eu te deixo no prédio.

-ok, tá de carro?

-sim.

-precisamos mesmo conversar, você sumiu.

-tava exercendo profissão ne amore?

-ok, ok, que horas?

-15:50 na porta do prédio.

-bye.

Xiumin tava demorando, resolvi dar uma passada no apartamento ao lado, porra! Que isso?! Meu deus...um gambá...

-aaahhh! Dei um grito

-amor? Que foi? Tá tudo bem?

-um...um...tem um gambá na sua pia da cozinha.  Falei apontando pro apt dele

-eu disse.

-assado é uma delicia.  Lambi os lábios

-voces comem isso no brasil?  Fazia cara de surpreso e nojo

-sim.

-quer fazer pra mim não? 

-tem certeza? Prefiro capivara.

-pobre capivara. 

-vou chamar o exterminador agora.

Liguei pra 3 exterminadores e eles viriam no mesmo dia.

-pronto. Hoje mesmo vai ser resolvido.

-hm, que bom, mas eu vou continuar aqui.

-claro, a Emilly e o Baekhyun vão ficar ali.

-na minha casa? Minhas coisas?   Dizia ele reclamando de braços abertos só de toalha

-a gente traz pra cá.

-aish!  Fez bico

-a propósito, vou sair com a Lena daqui a pouco.

-o que? Mas a gente ia ficar vendo filme.

-e a gente vai, assim que eu voltar.

-promete?

-prometo.

Ele me deu um beijo e eu puxei a toalha dele.

-opa! A toalha caiu!

-qual é?! Vai ser assim?

-aham.

-depois não reclama.

-não vou, meu amor.

(...)

-xiumin, to indo.

-ok. Ou! Meu beijo.

-ok,ok seu carente.

Dei um beijo molhado com bastante estalos.

(...)

-essa cafeteria é realmente incrível.

-pena que a gente demorou.

-transito não colaborou né migah.

-eu sei, a gente demorou 15 min.

-vou chamar o rapaz, ei! Ah tá de brincadeira.

-que foi?

-Boa tarde, o que desejam?

-amor?

-amor?

-como assim? Xiumin! Você ainda trabalha aqui?

-sim, essa cafeteria era do meu pai, mesmo sendo rico eu ainda trabalho aqui.

-ok, meu amorzão traz um nescafé expresso com chantilly sem nata por favor e um pao de cereja com creme.

-e você lena?

-an, um choco-menta  com nata e um pingo de conhaque por favor e um pao com queijo branco sem manteiga.

-ok, já volto.

Ele piscava usomente o olho direito pra mim e mandava beijo.

-ui que sexy.

-lena, respeito.

-aish! Desculpa...mas e ai, vai me ajudar com o Chanyeol?

-voce tá mesmo fissurada nesse médico, sabia que ele é irmão do xiumin?

-eu sei.

Ela virou os olhos.

-tá eu ajudo, até por que ele quer brigar com o xiumin por minha causa.

-que?!

-sério, ele tá ameaçando me roubar do próprio irmão.

-ai meu deus...

-ei... não fica assim, eu vou te ajudar.

-obrigado amiga.

-tenho esperanças que ele mude, ele tá o mesmo cabeça dura de sempre ou melhor desde a faculdade.

-sei que ele foi cruel.

-tenho esperanças no chanyeol, que ele mude sabe?

-eu concordo.

-ele é um ótimo médico, mas um péssimo irmão.

-Meninas, aqui o pedido de vocês.

-obrigado amor.

-obrigado xiumin.

-voltando ao assunto, Lena, o channie foi tão cara de pau que ele falou dos erros dele na festa da empresa há 3 semanas.

-serio?

-aham disse tomando um gole do meu café –e mais, assumiu na frente de todos a minha inteligência, e que ele foi um cretino comigo, mas ele é tão abusado que ele o xiumin brigaram no shopping.

-é, você me falou.

-mas mantenha as esperanças.

-ok, obrigado.

(...)

-Amor?

-oi xiumin.

-tudo bem com você e a lena?

-claro. Acredita que ela gosta do channie?

-sério?

-aham, vou ajudar ela, o chanyeol é um verdadeiro pé no saco.

Falei revirando os olhos.

-seria ótimo, vou ajudar também.

-obrigado.

-ah amor, lembrei que temos que buscar o Jongdae depois de amanha.

-uhum. Eu to com sonu.

-quando acaba o inferno?

-hoje é o último dia.

-uhu!

-palhaço.

-comemoração.

-não, eu quero dormir.

-ok, já estamos na cama mesmo.

(...)

Acordei no dia seguinte e tomei meu banho.

-ei! Acorda xiumin.

-naum.

-hoje tá liberado.

-o que que tá liberado?

-acabou o seu inferno.

-uhu.

Ele me jogou na cama com força.

-pera, calma, calma.

-não aguento mais!

-nem eu.

O puxei pela nuca e o beijei com vontade, passando nossas língua uma na do outro e sugando de vez em quando.

-tira essa toalha.

-tira pra mim.

Ele sorriu sacana e mordeu a ponta dos lábios. Começou a tirar sua roupa o mais rápido que podia e começou a beijar meu pescoço dando chupões bem intensos enquanto eu arfava.

-tava com saudades do seu cheiro.

-como assim xiumin?

-seu pescoço.

E continuou beijando até chegar a minha intimidade e começou a cupar e lamber.

-como você é deliciosa.

Eu gemia arrastado tapando minha boca pra não gritar, logo ele colocava seus dedos indicador e anelar enquanto lambia meu clitóris. Ele subiu até meus seios beijando cada um e chupando os bicos.

-agora você me paga!

-eu não fiz nada!

-to falando do tempo que o mar vermelho me fez esperar.

-não precisa destruir ela.

-eu não diria destruir, mas sim, arrombar.

-nuza.

-relaxe.

Ele começava me beijando devagar e logo em seguida me penetrando com força.

-aai!

-desculpa não tem como eu conter a força.

Ele continuava enquanto eu sentia um desconforto evidente por passar tanto tempo sem fazer com ele, meu corpo estava desajustado ao do dele.

-voce não tá bem roxy, tá mais apertada que o normal.

-meu corpo se desajustou ao seu tamanho e apertou de novo.

-vamos resolver isso então.

Assenti com a cabeça enquanto ele ia mais devagar e meu corpo se costumava novamente.

-isso! Mais forte.

-tem certeza?

-vai xiumin...

-ah roxy, meu deus...tá muito quente aqui.

-isso é ruim?

-pelo contrário.

-eu te amo!

-eu também.

Ele me colocou de lado indo mais profundamente até seu líquido me preencher e dormirmos exaustos.

(...)

-bom dia princesa.

-tava me observando?

-amo ver você dormir.

-safado.

-e você adora.

Ele me puxou pra cima dele e eu sai e fui pro banho ele foi atrás e tomamos banho juntos.

-Hoje temos que buscar o Jongdae, xiumin.

-Eu sei...ontem o dia foi tão bom...

-verdade.

-vamos tomar café e ir lá.

-ok roxy.

(...)

-bom, pela sua ficha Chen, você esta em 98% curado, tem que apenas vir no hospital uma vez por semana e tomar os remédios que receitei.

-obrigado por tudo Roxy.

-não há de que.

-agora, chen, vamos.

-calma Minseok.

-Licença.

-channie! Disse chen feliz

-o que quer dele chanyeol?

-vim trazer pra você o Eco cardiograma dele.

-obrigado.

-já vou, até mais chen.

-bom, chen você vai com a gente pra sua casa agora.

(...)

-surpresaaa!

Todos presentes na festa surpresa pro chen gritaram.

-amigos! Jongin,Sehun,Junmyeon,Minseok,Chanyeol,Yifan,Zitao,Luhan,Yixing,Kyungsoo e óbvio roxy, muito obrigado!

-Seja bem-vindo a sua casa chen.

Eu falei com um sorriso que não cabia no rosto.

(...)

-Amor?

-hm..

-xiumin! Aocrda!

-que?! Eu, onde? Mata!

-hoje é dia de buscar a Emilly e o namorado idiota.

-ah,é...que horas?

-11:00 lá.

-mas, já são 10:00.

-merda, arruma a nossa casa que já tem gente arrumando a sua aqui do lado.

-minha casa, que saudades.

-quer mudar pra lá?

-não... prefiro ficar com você.

-ok, vai arrumando e faz o almoço.

-que?

-Tem coisa congelada e eu temperei o frango, faz o seguinte, faz um suco, pega um vinho e poe uma panela de agua no fogo,  que eu vou buscar eles.

-vai com que carro?

-porshe.

-ok, cuidado.

Fui o mais rápido que podia, eu e xiumin ficamos tão ocupados com a mudança dele pra cá que quase me esqueci. Ainda bem que deixei roupa pronta na cadeira do lado. Ah, vou acelerar mesmo, dane-se as multas de transito.

-Omma?  Omma!

Dizia Emilly me avistando enquanto baek trazia as malas

-oi bebê! Que saudade!

-também.

-coitado.

-é castigo.

-então de boa, oi baek!

-sogrinha!

-morzao, vamos logo!

-tá pesado bebê.

-alguém pode ajudar?

-claro srta Andrews.

Dizia dois carregadores de bagagens vindo em minha direção.

-obrigado rapazes.

No final dei uma bela gorjeta e entrei no carro. Acelerei com tudo o que podiae logo chegamos em casa.

-Bem vindos ao meu apartamento! O que vocês vão ficar é o do meu namorado aqui do lado.

-e cade ele omma?

-To procurando também

-nossa sogrinha seu apt e lindo!

-obrigado Baek, Xiumin? Amor?

-oi!

Ele veio correndo e me beijou sensualmente.

-hm, anjo..

-q...

Ele continuava o beijo.

-pera. Olha quem chegou.

Ele semicerrava os olhos.


Notas Finais


Mano, como será que o Xiumin vai reagir, o que será que ele vai falar? muahaha curiosidade pra voces.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...