História O amor não é um sonho-T3DDY - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Christian Figueiredo, Flavia Sayuri, Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Mauro Nakada, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Lucas Olioti
Exibições 92
Palavras 338
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


B
O
A

L
E
I
T
U
R
A
<3

Capítulo 12 - Obrigada mãe


Fanfic / Fanfiction O amor não é um sonho-T3DDY - Capítulo 12 - Obrigada mãe

Eu não aguentava mais sofrer tanto. Por que isso acontece comigo? Eu quero voltar pra minha casa, e voltar a ter a vida que eu tinha, sem esse amor platônico por ele! Antes eu só gostava muito dele, mas agora... Agora que eu vim notar uma coisa, cadê a Luiza? Agora que eu to precisando dela, ela não ta aqui. Vou ligar pra minha mãe.

                                                                                            *LIGAÇÃO ON*

M: Alô, Beatriz? 
              B: Mãe, eu quero voltar, o que eu faço, eu não tenho ninguém aqui!
             M: Calma minha filha, primeiro me explica o que está acontecendo.
             B: Antes de chegar aqui, eu gostava muito de um menino, o nome dele é Lucas. Quando eu cheguei aqui, felizmente, ou infelizmente, eu aluguei um apartamento no mesmo prédio que ele mora. Aí a gente foi virando amigo, e tudo mais...e eu fui gostando cada vez mais dele. Até que a duas semanas atrás, eu fui procurar ele no apartamento dele, e quando eu entrei, vi ele beijando uma garota no sofá. E-eu sei que eu não tinha o direito de ficar com raiva dele, muito menos magoada, mas depois ele veio me procurar, aqui no meu apartamento, e eu pedi pra ele me dizer quem era a garota que ele tava beijando naquele dia, e ele disse que não me interessava, e eu abri o jogo com ele, disse que amava-o...e eu acho que ele não sente o mesmo...
              M: Para início de conversa, ele tá certo. Vocês não têm nem uma relação para ele ficar te dizendo com quem ele estava ou não, mas o modo que ele te disse foi muito grosseiro, pelo que você me contou. Se você quiser voltar pra casa venha, a gente te recebe com o maior carinho, mas pensa bem antes disso filha, não seja muito impulsiva,você pode se arrepender.
             B: Obrigada mãe, você me ajudou mais do que imagina!
             M: Por nada, mas agora preciso ir, tchau!
             B: Tchau!

Minha mãe é psicóloga, por isso, sempre que tenho um problema, eu procuro-a.

                                  CONTINUA...


Notas Finais


me veio essa ideia e não pude desperdiçar, tinha que colocar pra fora, então desculpem-me se não tiverem gostado, mas né....
~BYE AND SEE YOU LATER~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...