História O amor? Nunca foi tão complicado! - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Romance Colegial / Drama
Visualizações 18
Palavras 610
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Romance e Novela
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Olaa leitores, minha segunda fanfic, porém a outra eu excluí por bloqueio de criatividade, mas espero que dessa vez, eu consiga ter, Boa leitura <3

Capítulo 1 - Cafe 100% natural


Fanfic / Fanfiction O amor? Nunca foi tão complicado! - Capítulo 1 - Cafe 100% natural

-VISÃO DE JADE-

Acordei cedo, era a mesma droga de escola todos os dias, mas hoje, hoje é pior, meu aniversário, completára 16 anos. 

Havia passado as semanas de provas, elas estavam bem difíceis por serem as últimas provas do ano letivo.

Levanto da cama, calço minhas pantufas de jacaré (Elas são verdes, com na parte dos dedinhos tem a boca dele, aberta com dentinhos muito fofinhos) vou ao banheiro, olho minha imagem no espelho, estava horrível, penteio meus cabelos negros, tiro a maquiagem borrada, (pois dormi com ela ontem) escovo os dentes, e vou para a cozinha.

Minha mãe sempre estára na cozinha (pois quando ela vai ao trabalho, ela me da carona para a escola) mas estranhei, essa manhã ela não estava. Procuro ela em todas as partes dos cômodos, mas ela não estava em casa. Deixá-ra um bilhete escrito que havia uma emergência e teve que sair ás pressas (Minha mae era médica, estava acostumada com isso)

Fiz meu café, três colheres de Café 100% natural, sem açúcar, sem leite, coloquei em um copo descartável de viagem, e fui ao meu quarto.

Enquanto tomá-ra meu café, tentava achar uma roupa legal, decido ir com uma camiseta G, da minha banda preferida Avenged Sevenfold, ela fica larga para mim, mas é assim que eu gosto, coloquei uma calça jeans preta, e meu tênis da Nike Preto.

Não estava em clima de aniversário, pois é um ano mais cedo que irei morrer, mas não me preocupei com isso, pois tenho apenas 16 anos. Preparei meus materiais, hoje teria aula de Português e Matemática, cansativo porém lucrativo, tirando o fato de ser minhas matérias favoritas, sao as que mais me importo, pois na minha opinião, elas fazem parte da nossa vida. Matemática está em todo lugar, fazer contas esta em nosso dia a dia, e português, como saberia falar?

Coloco os livros em minha mochila, pego meu copo de café e saio caminhando na rua. Atravesso a rua cautelosamente pois sou muito "cabeça ávoada" e acredito que não é nada bom ser atropelada ( Quem pensa que é bom????)

Era outono, as folhas secas, sendo levadas ao vento, tem coisa melhor?

Chego a escola, algumas pessoas me evitam, parecem que aconteceu algo com elas, ou pior, comigo

Chego em minha sala, e sento em minha carteira, percebo que o professor se atrasou, ele era mais pontual do que Helena (uma colega minha que se fosse o combinado 20:00 ela estaria aqui 19:30).

7:30 e nada de ninguém, estava somente eu da minha turma, estranhei e resolvi ir pedir a diretora, o que estava acontecendo

Bato uma vez, duas vezes, e nada... quando vou para bater a terceira...

-Ola diretora, estou atrapalhando?- Solto um sorriso discreto 

-seja rápida, estou em reunião, e o que mesmo a senhorita está fazendo no Colégio?- Ela fala intrigada 

-Voce sabe por que o sumiço de toda a minha sala? -falo fazendo tirando o sorriso do meu rosto 

-Por vocês terem se saído a melhor turma nas provas e área, vocês não tinham aula hoje, tenha um bom dia- Ela fala fechando a porta

Como ninguém poderia ter me avisado? Ah nao importa mesmo, todos são uns idiotas 

No Colégio que estudo, não tenho amigos, pois uma vez contei um segredo para uma pessoa, e saiu na capa do jornal da escola, os responsaveis são os alunos da minha turma, por isso não faço amigos

Resolvo matar aula, ja fiz tantas vezes que nem né lembro mais

Volto para casa para pegar um dinheiro, e vou a Praça, pego um sorvete de maracujá com limão (meus sabores favoritos), e sento em baixo de uma arvore do Parque, passo praticamente a tarde toda la no parque sentada olhando as folhas caírem.


Notas Finais


Espero que tenham gostado *-*
Até o próximo capítulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...