História O amor renasce na escuridão - Dragonqueen/Dragon Queen - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), Cruella De Vil, Daniel, David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Henry Mills, Lacey (Belle), Malévola, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Peter Pan, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Ursúla (Bruxa do Mar), Vovó (Granny), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Captain Hook, Captain Swan, Captainswan, Charming, David, David Nolan, Dragon Queen, Dragonqueen, Emma, Emma Swan, Evil Queen, Evil Regal, Evilbeliever, Henry Mills, Kristin Bauer, Lana Parrilla, Maleficent, Malévola, Mary Margaret, Regalbeliever, Regina Mills, Reginamills, Rumpelstiltskin, Snow White, Wicked Wich, Zelena, Zelena Mills, Zelenamills
Visualizações 30
Palavras 1.056
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 8 - Capítulo 8


"Boa garota!"  diz passando o polegar no lábio inferior. Malévola se afasta pegando uma gravata cinza de seda prateada. "junte as mãos na frente do corpo"  ordena e eu a obedeço. Seus olhos brilharam de excitação, ela puxa o nó o apertando bem até esta firme. Minha pulsação está lá nas alturas meu coração palpitando em um ritmo frenético. "Ah Regina, o que eu devo fazer com você?" pergunta ela ao me deitar na cama, levantando os meus braços acima da cabeça. "Fique com as mãos nesta posição, sem abaixar, entendeu?" falou ríspida certamente não queria ser contrariada "Responda-me Regina!" exige. 

"Não irei mexer as mãos, mestre."  Mal consigo falar pela ansiedade, como eu gosto que Malévola me domine sinto seus olhos azuis me penetrando. 

"Vou beijar você todinha Srta. Mills" sussura pegando meu queixo o forçando para cima dando livre acesso ao meu pesqueço sinto seus beijos e algumas mordidas ela desse seus beijos para o meu abdômen, passando a língua pelo meu ventre, como eu queria mais contato instintivamente eu abaixei minhas mãos até seus cabelos e recebi um tapa na coxa e um olhar de reprova de Malévola. "O que eu falei para não abaixar as mãos Regina?" 

"Eu preciso de você, por favor!" disse implorando por seu toque. 

"Se abaixar de novo, eu te punirei!"  ela avisa beijando o local que deu o tapa o acariciando e em seguida ela abre minhas pernas. Comecei a sentir movimentos circulares na minha entrada subindo para o meu clitóris, notei seu dedo pressionando para entrar e senti ela enfiando dois dedos juntos Malévola começou um movimento de vem e vai aumentando a velocidade cada vez mais é claro que eu já estava gemendo senti ela apertando um dois meus seios e quamdo eu ia gozar acordo sentindo uma água fria em meu rosto era Malévola me olhando desacreditada.

"Estava tendo sonhos eróticos comigo." Ela diz sorrindo convencida. 

"A quanto tempo estava me olhando?"  pergundo me sentando na cama. 

"Ah já faz um tempo eu estava apreciando a vista sabe?" ela diz implicando. "Até que você começou a gemer bem alto e eu fui obrigada a te acordar senão os encantados e a filhinha deles iriam acabar te ouvindo."  a olho espantada e ao mesmo tempo com vergonha.

"Toda hora você fala dessa Emma." falo me levantando e Malévola revira os olhos.

"De novo com esse ciúmes, Regina. Eu já te disse que não tem nada entre ela e eu! 

"Eu irei até a cachoeira tomar um banho." 

"Tenho certeza que você precisará de um belo banho frio." Ela diz e eu jogo um travesseiro nela saindo da barraca. Ninguém havia acordado e o sol tinha acabado de se pôr, fui até a cachoeira tirando minhas roupas e dou um mergulho fico um longo tempo ali até que o meu estômago começa a reclamar volto para o acampamento vendo Malévola sentando comendo uma fruta, só a gente tinha acordado ainda, pego uma fruta me sentando longe dela. Eu estou com muita raiva dela, ficou de risadinhas com Emma a noite toda e depois veio de abraçinhos para cima de mim começo a comer com raiva relembrando da noite anterior. 

"Aí Malévola ah ah" Escuto Malévola imitando meu gemido olho para ela e de repente ela some sinto beijos em meus pescoço e suas mãos descendo até meus seios. "Seus seios são meus" ela sussura no meu ouvido e sai me deixando sozinha vejo Hook saindo da barraca pelo visto ele estava de ressaca me lembro de ver ele e David bebendo pareciam até grandes amigos. 

Pov Malévola 

Todos já tinham acordado, após uma grande discussão entre Emma e sua mãe ela conseguiu fazer o mapa funcionar começamos a seguir já estávamos a 30 minutos andando pela floresta quando Emma nos para e começa a andar em outra direção. 

"O Pam moveu o acampamento dele!"  ela diz desacreditada. 

"Aquele pirralho está brincando com a gente!" Rumple diz irritado. "Não devíamos ter confiado nele, Pam é traiçoeiro!"  

"Em uma coisa nós concordamos crocodilo." Kilian diz pegando o mapa de Emma. 

"E agora o que faremos?" pergunta Neal 

"Iremos até ele com mágia!" Rumple o responde. 

"Podemos cair em alguma armadilha!" Diz Kilian. 

"Se cairmos nós todos conseguiremos sair. Olhe para a gente, temos um pirata que sabe sobre toda a floresta temos uma arqueira" ele diz se referindo a Snow. "Temos a salvadora um fazendeiro com uma espada mais conhecido como Charming. E temos o casal sapatão poderoso e ciumento, Malévola e Regina e como vocês sabem ela pode se transformar em dragão!" Assim que termina de falar Rumpelstiltskin nos tele-transporta até o acampamento não vemos ninguém olho para Regina a alertando e ela cria uma bola de fogo todos se preparam e os meninos perdidos aparecem segurando flechas e alguns garoto vão em nossas direções começamos a nos defender deles o resto do pessoal começa a atirar as flechas com veneno me deixando preocupada com Regina, como eu era um dragão eu era a única que o veneno não pegava não penso duas vezes e a tiro de lá deixando o resto do pessoal sozinho logo atrás de nós vejo Rumple, Neal e Hook correndo e Emma e os encantados. 

"Ótimo Rumple sua tática não deu certo" Regina fala precipitada e logo em seguida eu mostro o coração de um menino perdido em minhas mãos. Ela sorriso me vendo segurar o coração e vejo Branca com uma cara de reprovação. 

"Não vamos matar nenhuma criança!" ela fala com a cara emburada e eu reviro os olhos. 

"Não iremos matá-la, nós iremos controlá-la!" Digo quebrando um mini espelho e entregando para a criança. "Ele entregará isso ao Henry e assim nós saberemos se ele está bem." falo e a criança saiu com o espelho na mão Snow se afasta de nós, e Rumple me elogia com o olhar se afastando também. 

"Agora está pronta para deixar o seu ciúme de lado?" a pergunto entregando o espelho a ela.  Regina simplesmente me ignora e se senta em uma árvore longe de mim. 

"Seu coração poderia ter escolhido alguém mais fácil!" Rumple diz rindo da minha cara. Depois de um tempo escuto Regina avisando sobre Henry todos nós nos aproximamos dela apra vê-lo ele está tão surpreso e feliz pena que dura pouco e Henry quebra o espelho para que Pam não percebesse. 







Notas Finais


Fico muito feliz com os comentários ❤❤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...