História The love reborn in the darkness - Dragonqueen/Dragon Queen - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Once Upon a Time
Personagens Capitão Killian "Gancho" Jones, Cora (Mills), Cruella De Vil, Daniel, David Nolan (Príncipe Encantado), Dr. Whale (Dr. Victor Frankenstein), Emma Swan, Henry Mills, Lacey (Belle), Malévola, Mary Margaret Blanchard (Branca de Neve), Neal Cassidy (Baelfire), Peter Pan, Regina Mills (Rainha Malvada), Ruby (Chapeuzinho Vermelho), Sr. Gold (Rumplestiltskin), Tinker Bell, Ursúla (Bruxa do Mar), Vovó (Granny), Zelena (Bruxa Má do Oeste)
Tags Captain Hook, Captain Swan, Captainswan, Charming, David, David Nolan, Dragon Queen, Dragonqueen, Emma, Emma Swan, Evil Queen, Evil Regal, Evilbeliever, Henry Mills, Kristin Bauer, Lana Parrilla, Maleficent, Malévola, Mary Margaret, Regalbeliever, Regina Mills, Reginamills, Rumpelstiltskin, Snow White, Wicked Wich, Zelena, Zelena Mills, Zelenamills
Visualizações 135
Palavras 998
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Magia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Homossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sadomasoquismo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - 1 chapter


Fanfic / Fanfiction The love reborn in the darkness - Dragonqueen/Dragon Queen - Capítulo 1 - 1 chapter

Desesperada, Regina acaba de sair do hospital e vai direto para sua casa. Agora todos se lembravam de quem ela era, ela tranca as portas e fecha as cortinas. Era uma mistura de medo e ódio, por um lado ela queria ter seu filho de volta por outro o que ela mais queria era sua vingança. 

Debaixo da torre do relógio malévola voltou seu estado normal, ela estava enfurecida com Regina e com aquela loira que ela não sabia o nome. Após algum tempo procurando uma saída ela encontra.

 Já do lado de fora malévola estranha o lugar "mas em que mundo eu vim parar" ela pensava até que escuta gritos e uma multidão de pessoas gritando o nome de Regina ferozmente. 

Essa era a hora perfeita para malévola, Regina estava em apuros e sozinha não tinha com o que se preucupar, ao seguir a multidão de pessoas ela usa um feitiço de invisibilidade e observa tudo o que acontece pelo visto a rainha estava sem magia. Regina sempre teve dificuldades com isso, e agora nesse novo mundo ela teria que se esforçar mais ainda. 

Enquanto observava as pessoas acusando Regina, malévola observa a loira que tinha a "matado" enquanto esteve de baixo da torre ela se enfurece ao vê-la mas prefere espersr a hora certa, malévola vê a loira defendendo Regina e entrando em um carro ela os seguem e quando percebe vê Regina presa.

Após algumas horas todos saem deixando Regina sozinha, malévola observa o rosto enfurecido da rainha, nem mesmo Regina sabia o que sentia ao certo, ela só queria seu filho de volta. 

Depois de um tempo a observando malévola desfaz seu feitiço e Regina a olha espantada. 

"Vejo que não esperava pela minha visita?" diz sarcasticamente 

"Achei que Emma tivesse te matado." 

"Então esse é o nome dela, Emma. A mulher que quase me matou."  

"Sim a mulher que te matou e também a mãe chata do meu filho" ela a responde "eu tinha colocado um feitiço em você para que ninguém conseguisse te matar, mas mesmo assim eu não tinha certeza se funcionária já que estávamos sem magia."  

"Quem trouxe a magia de volta?" perguntou malévola se aproximando. 

"Rumpelstiltskin." responde.

"É claro, aquele crocodilo!" fociferou " Em falar nisso como você se sente sendo usada por ele, já que ele te fez lançar a maldição por algum motivo e eu aposto que você não sabe qual motivo foi esse." Ela fala e Regina a encara. 

"o que está pensando em fazer?" pergunta "De uma coisa nós sabemos ele sempre consegue o que quer!" 

"Tem uma coisa que você não sabe, ele tem um filho chamado balfire, ele o ama e por isso te fez lançar a maldição.Acho que você sabe bem as consequências de amar alguém, não é Regina?" perguntou ironicamente. 

"Está pensando em nós nos juntarmos depois de tudo que eu fiz para você?" pergunta Regina "Eu sei muito bem que conseguir o seu perdão não é tão fácil assim!" 

"Se você me ajudar com isso, eu te perdoo. Você sabe que uma das coisas em que eu mais quero é me vingar e você Regina sabe o quão prazeroso isso é" ela responde "Você ainda é uma menina má, Regina?"

"Eu sou a pior" Regina responde e com magia malévola abre a cela de Regina a libertando. 

Enquanto isso no granny's, Emma e todos da cidade comemoravam o fim da maldição. Henry estava um pouco triste por sua mãe já que a última vez que a viu foi no hospital, ele se preucupava não demonstrava mais no fundo a amava. Emma que percebeu a tristeza do garoto resolveu se aproximar. 

"O que está acontecendo kid?" 

"Estou preucupado com a minha outra mãe. Eu quero que ela mude tenho esperança de que isso possa acontecer afinal o bem sempre vençe e os violões também podem ter seus finais felizes se mudarem." 

"É claro Henry, só não deixe de acreditar, nós mantemos sua mãe presa mas isso é para o bem dela e da cidade."  

Na cripta Malévola já estava vestida adequadamente, de início ela estranhou as vestes desse novo reino afinal era tudo diferente e ainda estava se acustumando. Enquanto estava se vestindo Regina tentava usar suas magia mas foi sem sucesso. 

"Você conseguirá com o tempo, mas sei de algo que faria você conseguir, o livro de sua mãe, ele te ajudará"  

"Procurei em todos os lugares provavelmente deve estar com o gold" 

Assim que terminou a festa no granny's Emma e David foram para delegacia mas quando chegaram se assustaram com o que viram, a cela estava vazia. 

"Será que ela conseguiu usar magia?" perguntou. 

"Não, Regina estava fraca demais já tinha a visto desse jeito, ela ficaria algumas semanas sem usar. Provavelmente alguém a ajudou, sabe de alguém que possa ter feito isso?"  

"Não me vem ninguém em mente, a única pessoa que poderia ajudá-la era malévola mas eu a matei não tem como ela estar viva e tem mais Regina a manteu presa malévola nunca a ajudaria."  Emma responde e logo se assusta ao saber que malévola estava em storybrooke o tempo todo. 

"Só se ela tiver mais a ganhar a ajudando, vamos até onde você a matou quem sabe nós encontramos algo." após algum tempo Emma e David chegam no local 

"Ela não está aqui."  

"Então ela está ajudando Regina o que faremos agora?" pergunta Emma 

"Vamos alertar a todos e amanhã resolvemos isso, já está tarde e se elas quiserem alguma coisa não descobriremos isso hoje."  

Já a noite Emma e Henry estavam dormindo enquanto David e branca conversavam. 

"O que você disse a Emma?"perguntou Snow 

"Eu disse que nós não sabemos o que Regina e malévola querem"  

"Mas nós sabemos muito bem, não devíamos ter mentido para Emma. Elas querem vingança eu fu ia culpada pela morte de Daniel e pela morte da filha da malévola. Elas virão atrás de nós, temos que alerta-la David."  

"Eu sei  faremos isso amanhã eu só não quis assusta-la"  se explica. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...