História O Amor Resisti A Tudo? - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Pretty Little Liars
Personagens Alison DiLaurentis, Aria Montgomery, Dr. Rollins, Emily Fields, Hanna Marin, Jessica DiLaurentis, Maya St. Germain, Paige McCullers, Pam Fields, Spencer Hastings, Wren Kingston
Tags Emison
Exibições 202
Palavras 1.831
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Romance e Novela, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oiii amorecos. Que saudade que eu tava de vcs!!

Capítulo 9 - Karaokê Part 2


"​Alison:-Oi.-Sorri e estendi a mão pra Paige na intensão de um comprimento mas ela n se mexeu."

Pov Alison

Pelo jeito ela não gostou de mim mesmo.

Emily:-Paige você prometeu lembra?

Mesmo depois do que a Emily disse ela não quis me cumprimentar.

Emily:-Desculpa Alicat.

Alison:-Tudo bem.-Sorri pra Emily e ela fez o mesmo , em seguida, sentei do lado da Hanna que foi até meu ouvido e sussurrou:

Hanna:-Não liga, a Paige é uma mala. Ela tem ciúmes de você e da Emily.

Alison:-Que? Por que?-Sussurrei de volta.

Hanna:-Alison você e a Emily tem uma química. Só vocês duas não enxergam isso. Até a Paige percebeu.

Nós ficamos alguns minutos que mais pareceram horas pra mim em silêncio. Até que finalmente quebrando o chato de silêncio total, a Vivi que estava sentada no colo da M disse:

Violet:-Tia Emily eu quero te falar uma coisa.-Disse tímida.

Emily:-O que é?

Violet:-Eu gosto muito de você e queria que você fosse minha mãe.

Eu fiquei surpresa com o que ela disse e confesso que com uma pitada de ciúmes. Minha própria filha queria me trocar pela Emily? Violet percebendo minha surpresa disse:

Violet:-Óbvio que eu também quero que minha mãe Alison continue sendo minha mãe. Eu queria que vocês duas se casassem porque daí eu ai ter duas mães.-Ela diz sorrindo.

Ok, se o clima já estava estranho, agora está mais ainda. Silêncio total de novo. Fiquei olhando a minha volta, o lugar não era tão grande e continha muita gente, todas as mesas estavam ocupadas, no mini palco todo iluminado com luzes coloridas estava um homem com aparência de 30 e poucos anos que eu imagino que seja o gerente do restaurante. Ele pegou um microfone com o DJ e começou a falar:

Gerente:-Olá a todos eu sou o gerente e dono do restaurante, meu nome é Caleb Rivens e espero que todos vocês estejam curtindo a noite. Queria agradecer a todos os comentários positivos, tanto pela comida quanto pela decoração do ambiente, o atendimento...enfim, por tudo em geral muito obrigado!

Todos aplaudiram o jovem que parecia estar super feliz e orgulhoso pelo sucesso do restaurante. Eu também ficaria se fosse ele. O local era lindo mesmo, a decoração tinha uma aparência alegre o que fez o local ficar bem mais agradável do que qualquer outro restaurante da cidade. Assim que todos terminaram de aplaudir ele falou novamente ao microfone:

Caleb:-Obrigado. Bom, o palco está disponível para karaokês, então abandonem a timidez e venham cantar. O karaokê vai estar aberto até o restaurante fechar. E aproveitem, porque é de graça.-Ele fala num tom simpático e sai do palco.

Um garçom foi até nossa mesa, nos cumprimentou e em seguida serviu um pouco de vinho tinto em nossas taças, menos na minha porque disse que não bebia, e em poucos minutos ele traz o cardápio e um suco de laranja pra mim, nos agradecemos e ele se retirou indo servir outra mesa. O atendimento aqui é ótimo.

Paige:-Então, Alison? O que você faz?-Perguntou tomando um gole do vinho.

Alison:-Eu, sou professora. Dou aula para o primeiro ano do ensino médio.

Paige:-Hm interessante. O que você ensina?

Alison:-Literatura.

Paige:-Você escrevi?

Alison:-Não profissionalmente. Só como rob.

Paige:-Fiquei curiosa pra ler alguma coisa sua.

Alison:-Eu não mostro minhas histórias pra ninguém. Eu...tenho vergonha.

Paige:-Hm eu sempre achei que vergonha fosse sinal de fraqueza e imaturidade.-Ela falava o tempo todo olhando pra mim e tomando goles enormes de vinho.

Emily:-Paige, já deu de beber né? Esse já é o seu terceiro copo.

Paige:-E daí?-Sua voz indicava que estava ficando meio bêbada.

Hanna:-Bom, eu vou cantar. Quem vai comigo?

Sparia:-Eu!-Elas falam juntas.

Alison:-Eu vou.

Quando terminei de falar nós quatro encarramos Emily na espera de um "Eu também".

Emily:-Não. Vocês sabem muito bem que eu não sei cantar.

Aria:-Ah por favor vai Emily. Como nós vamos cantar Fifth Harmony com apenas quatro pessoas?

Emily:-Gente...-Disse chorona e fazendo um biquinho que me fez sorrir feito boba. Meu sorriso era bem visível.

Depois de implorarmos muito, ela finalmente aceitou cantar com a gente. Hanna foi na frente, seguida por Spencer, Aria, eu e por último Emily. Spencer foi até o DJ do restaurante que ficava do lado palco e pediu a música.

Emily cantou as partes da Lauren, a Hanna as da Ally, Aria da Normani, Spencer da Dinah e eu da Camila.

 

Pov Emily

Eu estava tremendo por cantar na frente de centenas de pessoas que só estão esperando um deslize seu pra rir da sua cara. Quando começou a tocar a música, respirei fundo e esperei minha vez de cantar. A primeira a cantar foi a Aria. Ela canta super bem.

"Pick up The pen, put it on the paper"

Pegue uma caneta, coloque no papel

"Write on my skin, bring me to life"

Escreva em minha pele, traga-me á vida

"Can't start again, there ain't no eraser"

Você não pode começar de novo, não tem borracha

"All of my flaws, you got them so right"

Todas as minhas falhas, você as entendi muito bem

Em seguida, Alison olhou pra mim, sorriu e começou a cantar fazendo alguns movimentos com o corpo no ritmo da música. Parecia que ela estava super a vontade ali. Claro, a voz dela é linda. Eu não consegui ficar um segundo sem olhar pra ela enquanto a mesma cantava.

"Everything is black until you draw me"

Tudo é vazio até que você me desenhe

"Touching on my body like you know me"

Tocando em meu corpo Como se me conhecesse

Eu respirei fundi novamente e cantei minha parte ainda encarando a Ali.

"Write on me"

Escreva em mim

"Color outside The lines"

Colora fora das linhas

"Love the way you tear me up"

Adoro a forma como você me marca por completo

"Baby take your time"

Amor leve o tempo que precisar

 

"Write on me"

Escreva em mim

"Give me some wings, I'll fly"

Me dê assas, eu voarei

"Love the way you teat me up"

Adoro a forma como me marca por completo

" I'll never change my mind"

Eu nunca mudarei de ideia

Todas nós começamos a cantar o refrão da música juntas e eu já estava bem mais a vontade.

"Write on me, write on me"

Escreva em mim, escreva em mim

"Write on me, write on me"

Escreva em mim, escreva em mim

"(Write on me)"

"(Escreva em mim)"

"Write on me (Write on me)"

Escreva em mim (Escreva em mim)

"Write on me"

Escreva em mim

"Love the way you tear me up"

Adoro a forma como você me marca por completo

"Write on me"

Escreva em mim

A Hanna não sabia cantar assim como eu também não sabia mas mandou muito bem quando chegou a vez dela. Ela estava cantando e olhando pro tal do Caleb, gerente do restaurante. E eu posso até dizer que estava tomando um certo clima entre eles.

"You are my friend, straight and no chaser"

Você é meu amigo, como uma dose

"Burns going down but it keeps me alive"

Me queimo quando tomo, mas me mantém viva

"Tell me the truth, I like the danger"

Me diga a verdade, eu gosto do perigo

"Cause in the end you will be mine"

Porque no fim você será meu

 

"Everything is gray until you draw me"

Tudo é cinza até que você me desenhe

"Touching on my body like you know me"

Tocando em meu corpo como se me conhecesse

Eu e Alison estávamos super conectadas . Parecia que só nós duas estávamos ali.

"Write on me"

Escreva em mim

"Color outside the lines"

Colora para fora das linhas

"Love the way tear me up"

Adoro a forma como você me marca por completo

"Baby take your time"

Amor leve o tempo que precisar

 

"Write on me"

Escreva em mim

"Give me some wings, I'll fly"

Me dê assas, eu voarei

"Love the way you tear me up"

Adoro a forma como você me marca por completo

" I'll never change my mind"

Nunca mudarei de ideia

 

"Write on me, write on me"

Escreva em mim, escreva em mim

"Write on me, write on me"

Escreva em mim, escreva em mim

 

"I could see a city sleep"

Eu poderia ver uma cidade adormecer

"I could see an ocean wave"

Eu poderia ver uma onda no oceano

"Everything is changing and it's written on my face"

Tudo está mudando e está escroto em meu rosto

"I could see a city sleep"

Eu poderia ver uma cidade adormecer

"I could see an ocean wave"

Eu poderia ver uma onda no oceano

"Everything is changing and it's written on my face"

Tudo está mudando e está escrito no meu rosto

 

"Write on me"

Escreva em mim

"Color outside the lines"

Colora para fora das linhas

"Love the way you tear me up"

Adoro a forma Como você me marca por completo

"Baby take your time"

Amor demore o tempo que precisar

 

"Write on me"

Escreva em mim

"Give me some wings, I'll fly"

Me dê assas, eu voarei

"Love the way you tear me up"

Adoto a forma Como você me marca por completo

" I'll never change my mind"

Nunca mudarei de ideia

 

"(Write on me) (Write on me)"

(Escreva em mim) (Escreva em mim)

"Write on me, (Write on me)"

Escreva em mim, (Escreva em mim)

"Write on me, (Write on me)"

Escreva em mim, (Escreva em mim)

"Write on me, (Write on me)"

Escreva em mim, (Escreva em mim)

"Write on me, (Write on me)"

Escreva em mim, (Escreva em mim)

"(Won't you write on me yeah)"

(Você não vai escrever em mim, sim)

"(Write on me)"

"(Escreva em mim)"

"Love the way you tear me up"

Adoro a forma Como você me marca por completo

"Write on me"

Escreva em mim

"Write on me"

Escreva em mim

"Write on me"

Escreva em mim

"Write on me"

Escreva em mim

Quando a música acabou fomos aplaudidas por todos que estavam no local. Agradecemos os aplausos e seguimos até a mesa. Violet estava em cima da cadeira batendo palminha. Olhei pra onde Paige estava sentada e não a encontrei. Procurei ao meu redor e a vi no balcão do restaurante com um copo de vinho na mão e conversando com o balconista. Ela estava sorrindo e olhando pra ele enquanto o mesmo falava algo fazendo gestos com as mãos. Caminhei a té ela para chama-la para nós irmos embora porque ela estava bebendo demais, então chegando lá disse:

Emily:-Paige...-Ela me interrompeu assim que me viu.

Paige:-Emily esse é o Wren.

Wren:-Oi.

Emily:-Oi. Tudo bem?

Wren:-Tudo.

Emily:-Paige vamos embora?

Paige:-Por que? Você não está se divertindo, com a Alison?

Emily:-Do que você tá falando Paige?

Paige:-Eu vi o jeito que vocês se olharam no palco. Você acha que eu não percebi o seu sorrisinho quando ela chegou?

Emily:-Paige você está bêbada. Vamos embora.

Paige:-Eu não quero ir Emily. Eu tô cansada. Pra mim chega!

Emily:-O que você quer dizer?

Paige:-Eu tô terminando com você.


Notas Finais


E então? Como estamos?
A opinião de vocês é muito importante pra mim

Musica do karaokê: Write On Me- Fifth Harmony


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...