História O Amor Se Fez Presente - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Gustavo Stockler (Nomegusta), Kéfera Buchmann
Personagens Gustavo Stockler, Kéfera Buchmann
Tags Gustavo Stockler, Kéfera Buchmann
Exibições 33
Palavras 1.072
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ficção, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiii
Bom essa fic eu comecei a escrever de madrugada.
ai vc pergunta "Mas pq vc estava escrevendo outra fic e n postando Um Ano Inesquecível?"
eu vou explica. Kesta- Um Ano inesquecível é uma fic minha e da minha priminha linda, ela posta no insta(link nas notas finais) e eu aqui, enquanto ela n postar lá eu n posto aqui.
Espero que vcs gostem dessa fic
Bjs

Capítulo 1 - 45 Minutos


Kéfera ON

Chegou o dia da viajem. Eu e a Bruna planejamos essa viajem já faz muito tempo, queriamos um tempo só nosso. Não, nos não somos namoradas, só amigas. Meu telefone começa a tocar e adivinha é só pensar na peste que ela aparece

Ligação ON

Ké: Fala baleia.
Bruna: Ké meu amor você sabe que eu te amo muito, né?
Ké: Porra ai vem, fala logo oque você quer.
Bruna: Sabe aquele meu amigo Vitor Hugo?
Ké: Eu sei, aquele amigo que você da uns pegas de vez em sempre
Bruna: Esse mesmo, ele e mais um amigo também vão para ** e eu queria saber se...
Ké: Não, Bruna eu não quero ficar de vela
Bruna: Mas eu nem terminei
Ké: Deixa eu adivinhar você quer que ele vá com a gente?
Bruna: Isso, vai Kéfera eu nunca te pedi nada.
Ké: Mentira você me pediu brigadeiro semana passada.
Bruna: Ok, eu nunca te pedi nada desse tipo.
Ké: Você disse que ele vai com um amigo?
Bruna: Sim.
Ké: Que amigo é esse? Bonito pelo menos?
Bruna: O nome dele é Gustavo e ele é um gatinho.
Ké: Deixa o Vitor Hugo escutar isso...
Bruna: Ele sabe que esse corpinho é só dele.
Ké: Tudo bem vai, eles vem com a gente
Bruna: Obrigada amiga
Ké: Mas com uma condição.
Bruna: Tava bom de mais pra ser verdade.
Ké: Cala boca e me escuta, ele vão com a gente mas n vão ficar na nossa casa.
Bruna: Mas... Ok, melhor que nada.
Ké: Isso, agora beijos
Bruna: Te vejo em duas horas
Ké: Beijos.

Ligação OFF

Agora essa viajem não vai mais ser só nossa, vai ser nossa, do Vitor Hugo e desse tal de Gustavo, o que falta para ficar melhor?
   
2horas depois...

Eu estava atrasada, para variar. Bruna já tinha me ligado umas mil vezes e mandado mil mensagens me xingando por estar atrasada. Chego no local que marquei com ela, era uma rodoviária. Avisto ela de longe com dois homens que julguei ser o Vitor Hugo e o Gustavo.

Bruna: Custa quanto chegar na hora uma vez na sua vida?
Ké: Nossa se acalma, e eu nem me atrasei tanto assim.
Alguém: Só 45 minutos

Me viro e dou de cara com um homem alto e moreno, olhos castanhos e um sorriso irônico nos lábios.

Ké: E quem é você?
Alguém: Gustavo e você miss atraso?
Ké: Kéfera e eu não sou miss atraso.
Gusta: 45 minutos é pouco para você.
Ké: Foi o transito
Gusta: Ata...
Bruna: O casalzinho vamos logo ou vão querer terminar a DR de vocês?
Ké/Gusta: Não somos um casal

Olho para ele e poderia jurar que estava fuzilando cada pedaço daquele ser humano. O encaro mais um pouco mas desvio o olhar quando aquele mesmo sorriso começou a se formar, reviro os olhos e vou em direção a Bruna.

Ké: Já estou me arrependendo de ter concordado com isso
Bruna: Quero só ver quanto tempo esse arrependimento vai durar
Ké: Do que você esta falando Dona Bruna?
Bruna: Eu? Nada
Gusta: Vem cá as damas ainda vão querer viajar ou vão ficar de papo?
Ké: A gente já ta indo ser grosso.

Ele só sorri. Que vontade eu tive de ir para cima dele e acabar com aquele sorriso. Pego a minha mala e vou em direção ao carro.

Ké: Se der para abrir o porta-malas seriá muito bom
Gusta: Com prazer, miss atraso

Ele abre o Porta-malas e coloca minha mala, a da Bruna, a dele e a do Vitor Hugo.

Ké: Eu não sou miss atraso.
Gusta: Não, lógico que não é.

O tom de sarcasmo era mais que presente em sua voz, esse homem está me irritando de todas as maneiras possíveis. Depois de decidir quem iria dirigir primeiro entramos todos no carro, Bruna e Vitor Hugo na frente, já que ele quem iria dirigir, eu e o grosso, idiota e babaca do Gustavo atrás.

Sento o mais longe possível do Gustavo, não queria nenhum tipo de aproximação, o único problema é que ele percebeu isso e não parava de me olhar.

Ké: Olha também tem paisagem passando pelo outra janela.
Gusta: A dessa parece mais interessante.

Reviro os olhos e volto a minha atenção para paisagem. Como um único homem pode me irritar tanto em tão pouco tempo? Nem a Bruna me irrita tando assim e olha que essa baleia me irrita para um maravilhoso senhor caralho. 

Bruna: Jesus que tédio.
Ké: Nem me diga.
Bruna: Por acaso tem música aqui?

Ela perguntou olhando para o Vitor Hugo, bom acho que eu esqueci de falar que o carro era dele, é que eu já sabia que o Vitor Hugo tinha carro e preferi ir de táxi até a rodoviária.

Gusta: Eu tenho um pendrive aqui no bolso.
Bruna: Maravilha, que tipo de música?
Gusta: Todas possíveis.
Bruna: E por que esse pendrive ainda não está nas minha maravilhosas mãos?
Vitor H: Maravilhosas é pouco.

Ele falou mais para ele do que para nós e eu tinha certeza de que a Bruna tinha escutado e que estava toda corada e vermelha agora. 
Gustavo tirou o sinto de segurança e começou a procurar o pendrive no bolço esquerdo e nada.

Ké: Tem certeza que você trouxe esse pendrive?
Gusta: Certeza.

Então ele começa a procurar no direito e finalmente encontra, mas antes de entregar o pendrive nas mão "maravilhosas" da Bruna,  Vitor Hugo passa em um quebra-molas, o impacto do carro com o quebra-molas foi forte, tanto que o Gustavo se desequilibrou e caiu em cima de mim.

Gusta: Desculpa, miss atraso.
Ké: Já disse que meu nome é Kéfera.

Ele me encara, seu olhos castanhos penetram nos meus até o momento em que eles se desviam e vão para os meus lábios, prendi a respiração, e num ato involuntário acabei abrindo separando os meu lábios. O olhar dele era desejo, meu coração acelerou, os olhos dele voltaram para os meus, poucos centímetros nos separavam, dava para sentir a respiração um do outro.

Bruna: Gustavo vai me dar a porra do pendrive ou não?

Ele desviou o olhar e ajeitou na cadeira entregando o pendrive na mão da Bruna.

Gusta: Pronto

Soltei o ar que estava preso nos meu pulmões e esperei o ritmo do meu coração melhorar ate encara-lo mais uma vez. E lá estava ele, aquele sorriso chato que pela primeira vez achei até bonitinho.


Notas Finais


Me digam se gostaram.
Se sim, prometo tentar fazer cap maiores
https://www.instagram.com/kefera.minha.rainha/
BJS


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...