História O Amor Supera Tudo? - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Camilacabello, Camren, Fithharmony, Laurenjauregui, Romance, Shawnmendes
Exibições 176
Palavras 1.240
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura!

Capítulo 10 - O Beijo


 

Hoje acordei com o coração apertado, já tem uns dias que estou assim. Não contei a ninguém porque achariam que é besteira, mas eu sei que essa calmaria vai acabar só não sei como. É um sentimento como se tudo estivesse perfeito demais e isso não está certo. Segui com meu carro para o fórum, hoje teria o julgamento do caso da mãe de Natalie, estou confiante que iremos ganhar a causa, mas não se pode cantar vitória antes do tempo não é mesmo.

Entrei em um corredor que dava acesso a sala onde seria a audiência com o juiz, encontrei Natalie e sua mãe sentadas em um sofá de couro preto me aguardando. As duas pareciam muito nervosas, então tratei de acalmá-las.

Ficamos esperando por um tempo até que fomos chamadas para falarmos com o juiz. A audiência demorou bastante porque o ex padrasto de Natalie, se é que posso chamar assim, complicou muito e eu tive que recorrer algumas vezes.

Mas no fim deu tudo certo e conseguimos que ela pagasse apenas uma multa pequena por danos morais e nada mais.

 

— Obrigada Lauren! — Disse a mãe de Natalie

— Tudo bem, não fiz mais do que meu trabalho. Fico feliz em ter ajudado.

 

Me despedi das duas e segui em direção ao estacionamento do fórum. Quando escuto alguém me chamando. Era Natalie.

 

— Lauren! Lauren! — Me viro para trás. — Quero falar com você.

— Fala Nat.

— Que tal qualquer dia desses a gente sair pra tomar alguma coisa? Sem segundas intenções da minha parte, é só que agora nossas desavenças ficaram para trás então eu gostaria de ter uma amizade com você. — Pensei por uns instantes, realmente não tinha mal algum nisso.

— Tudo bem, eu pego seu número com minha secretária e qualquer dia te mando um convite pode ser?

— Claro. Mais uma vez obrigada Lauren. — Sorriu e voltou para onde estava sua mãe.

 

Não vejo problema em manter uma amizade com Natalie, ela está bem mudada e creio que Camila também não acharia ruim. Volto ao escritório e continuo a revisar alguns processos. Até que o dia estava passando rápido, só quero chegar em casa e falar com minha Camz.

 

POV Camila

 

 Acordei cedo, fiz minha higiene matinal e olhei para a janela. Vi Vancouver amanhecendo, seu céu com tons rosa e laranja me lembraram daquele dia no terraço de Lauren. Aquele dia foi perfeito. Sai dos meus devaneios quando o serviço de quarto veio entregar meu café da manhã. Pedi o típico canadense, waffles e maple syrup que é uma espécie de xarope que eles usam muito na comida aqui. Tudo era muito delicioso, eu me adaptaria fácil a essa cidade. Terminei de me arrumar e esperei um carro vir me pegar. Desci para o saguão quando me avisaram que estavam me esperando.

Seguimos caminho para o escritório de Sarah onde eu encontraria com Shawn. Chegando lá o avistei ao longe enquanto Sarah vinha em minha direção.

 

— Shawn essa é a talentosa Camila Cabello.

— Minha nossa, ela é mais bonita do que você falou Sarah. Prazer Camila, seja bem vinda. — Esticou a mão para que eu apertasse. Eu estava corada de vergonha.

—  Obrigada, é um prazer estar aqui.

 

Conversamos mais algumas amenidades, Shawn me passou algumas de suas ideias de música, eu fui anotando tudo e expondo minhas opiniões. Minha visita desta vez irá se resumir apenas em conhecer melhor seu trabalho e o jeito dele, para que eu possa produzir suas músicas da melhor maneira possível. Afirmo que foi um dia bem produtivo, já que nem vimos a hora passar e já era quase fim de tarde. Shawn partiu para viajar, ele tinha alguns show fora do Canadá essa semana e eu estava feliz por isso, sinal que eu poderia ir embora logo.

 

— Camila o que acha de irmos num barzinho hoje? Tem um bem legal próximo do seu hotel. — Sarah falou animada.

— Ah não sei, não costumo beber sem estar com Lauren. — Fiz cara de pensativa.

— Ah vamos lá, então eu bebo e você só observa. — Ela estava tão animada em me mostrar os lugares legais da cidade que não pude recusar.

— Tudo bem, vou para o hotel agora e me arrumo. Espero você lá.

 

(...)

 

O lugar era realmente bem bacana, cheio de pessoas jovens e bonitas, na decoração havia várias bandeiras canadenses. E eu que achava que os americanos eram patriotas. Enfim, eu bebia somente suco enquanto Sarah tomava cerveja, pedi alguns petiscos para que ela não bebesse de estomago vazio.

 

— Então o que está achando? — Falou no meu ouvido devido a música ao vivo que tocava no barzinho.

— Estou adorando, você sempre acerta nos lugares. — Sorri

— Deve ser porque temos os gostos parecidos. — Deu um beijo no meu rosto.

 

Caraca ela me deu um beijo no rosto? Ok agora isso ta ficando estranho, vou tentar continuar a noite como se nada tivesse acontecido. O cantor começou a introdução de Yellow do Colplay no violão e na hora me arrepiei.

 

— Adoro essa música. — Nós duas falamos juntas.

 

Pude notar o olhar penetrante que Sarah me deu ou eu estava vendo coisas. Continuamos o restante da noite sem nada demais, até que ela levantou para ir ao banheiro e tropeçou. Estava ligeiramente bêbada.

 

— Espera ai, deixa que te ajudo. — A levei até o banheiro.

 

A coloquei na cabine e esperei ela fazer o que tinha para fazer. Fiquei encostada na parede a olhando sair e ir lavar as mãos. Logo em seguida ela prendeu meu corpo na parede com o seu e eu fiquei assustada. Ela colocou suas mãos na parede na altura da minha cabeça e começou a falar.

 

— Camila eu não consigo mais aguentar, isso ta me sufocando. — A olhei confusa. — Camila eu estou gostando de você.

 

Não tive tempo de reação, ela me beijou. Eu não vou mentir e dizer que seus lábios não eram gostosos, mas eu não podia corresponder ao beijo, eu amo Lauren. A empurrei para conseguir sair do banheiro.

 

— Camila, espera! — Podia ouvir ela me chamando de longe enquanto eu andava para fora do barzinho.

 

Andei o mais rápido que pude, mas ela me alcançou.

 

— Camila me desculpa, fiz por impulso. — Eu podia sentir sinceridade na sua fala.

— Você não podia ter feito isso Sarah, você sabe de tudo. Você sabe que tenho a Lauren. — Comecei a chorar, como eu iria manter isso em segredo.

— Me desculpa, se quiser eu posso contar a ela e dizer que você não teve culpa.

— Não Sarah, ela é minha namorada e é meu dever contar a ela. Só me resta rezar para que ela não acabe com tudo. Agora eu vou embora.

— Camila você não precisa ir. Isso nunca mais vai acontecer.

— Não Sarah, eu vou voltar pra Miami amanhã mesmo.

 

Dito isso a deixei ali no meio da rua e segui para meu hotel. Eu iria comprar uma passagem pela internet e ia voltar amanhã mesmo. O que eu tinha para ver de trabalho já foi visto, então não tenho mais o que fazer aqui. Não depois do que Sarah fez, caramba, nossa amizade era tão boa. Eu não acredito que deixei isso acontecer, Lauren não merece, mesmo que eu não tenha correspondido, ela não merece.

Arrumei minhas coisas e liguei para Lauren, eu precisava falar com ela para me acalmar. Conversamos por um longo tempo, ainda bem que ela não percebeu nada. Eu não sei ainda como contar a ela o que aconteceu e nem sei se realmente devo contar.


Notas Finais


Comentem essa ousadia da Sarah.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...