História O Amor Supera Tudo? - Capítulo 24


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Camilacabello, Camren, Fithharmony, Laurenjauregui, Romance, Shawnmendes
Exibições 103
Palavras 1.181
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


GENTENNNNNNN por favor não me xinguem!
Eu sei, demorei séculos para postar capítulo novo, mas acontece que eu estava super doente. Fiquei com febre alta durante vários dias, então eu não tinha cabeça para escrever. Me desculpem plixxxx.

Este capítulo é a introdução de uma nova fase na fic. Eu achei que não escrevi ele muito bem, mas quero ver o que vocês acham. Deixem nos comentários. Estou aberta a opiniões viu? Se vocês quiserem que algo aconteça na fic, deixem um comentário falando o que e eu penso com carinho se coloco na fic.

Mais uma vez, desculpa pelo atraso. Espero que curtam o capítulo.

Capítulo 24 - Por Enquanto


 

Alguma vez em sua vida você sentiu que faltava algo? Como se você não fosse completa, não fosse feliz por completo? Pois bem, tenho perdido muito tempo apenas tentando saber o que me falta. No fundo eu sei muito bem o que é, mas tudo tem estado tão diferente durante esse um ano e meio que se passou e eu estou mais confusa do que nunca. Estou em um voo voltando para Miami após dias e dias em Los Angeles e quando começo a pensar em todas as mudanças que venho acompanhando, meu peito se aperta em uma mistura de felicidade e tristeza. O casal Vercy já completou um ano de casamento, a minha afilhada filha de Ally e Troy já nasceu e completou seu primeiro ano. Dinah e Mani se casaram em uma linda cerimonia na praia, com direito a tombos dentro da água e uma divertida festa.

Eu agora faço diversos trabalhos para grandes artistas e logo terei meu próprio álbum, pois é eu disse que muitas coisas mudaram. E a Lauren, bem, ela desde que perdeu a mãe se perdeu também, exagera nas bebidas e deixou sua carreira um pouco de lado. Eu e seu pai já tentamos fazer com que ela fosse para uma clínica de reabilitação, mas ela não aceita, o que não nos deixa outra opção a não ser cuidar para que ela não acabe de vez com sua vida. Meu coração pesa tanto ao pensar nestas coisas, ver a pessoa que você mais ama no mundo se auto destruindo dói muito. Nosso namoro já não está mais o mesmo, eu virei uma espécie de "pessoa que a busca bêbada nos lugares", mas não perco a esperança que ela vai sair dessa e vencer de vez a perda da mãe.

Lauren já machucou meu coração diversas vezes, em sua maioria agindo de maneira grosseira e deixando nosso amor de lado. Apenas uma vez ela me apunhalou e foi a pior dor que senti.

 

*Flashback On*

Sexta feira a noite e eu em casa enquanto Lauren saiu com a Natalie. Eu não tenho ciúmes, sei que Natalie namora e elas viraram grandes amigas, mas o que me preocupa é a Lauren com bebidas. Estou exausta, trabalhei o dia inteiro sem uma pausa decente e agora meu relógio marca 23:27. Resolvo tomar um banho e preparar algo para comer enquanto passa qualquer coisa na tv. Estou na metade do meu prato quando escuto meu celular vibrar em cima da mesa de centro da sala. Corro para pegá-lo e vejo que era Natalie, meu coração gela.

 

— Alô...

— Camila ainda bem que você atendeu, achei que já estaria dormindo. — Disse afobada.

— Na verdade eu estava quase indo, mas aconteceu algo? Lauren está bem?

— Você pode vir buscá-la? Estamos em frente a boate Flame, aqui eu te explico o que aconteceu.

— Tudo bem, estou indo agora ai. Me esperem ai na frente ok? — Não esperei resposta e já desliguei.

 

Sai apressada pelo apartamento procurando as chaves do meu carro, quando encontro saio em disparada para a garagem e dirijo o mais rápido possível até a tal boate. Chegando lá, encontro Lauren sentada na calçada com a cabeça apoiada nas mãos, seus cabelos pretos faziam uma cortina em frente a seus olhos.

 

— Lauren você está bem? — Pergunto preocupada enquanto ergo seu queixo para que ela me olhasse, noto seu olho esquerdo roxo.

— Estou bem, não foi nada.

— Como não? Seu olho está roxo! Vamos lá pra casa, eu cuido disso. — Tentei a erguer, mas sem sucesso. — Nat me ajuda aqui, vamos levar ela pro meu carro.

 

Com Lauren já dentro do carro, Natalie me puxou para um canto afastado.

 

— Olha só Mila, você não vai gostar do que vou te contar, mas por favor deixa para vocês conversarem quando ela estiver sóbria...— Sinto meu coração pesar de um jeito que nunca senti antes. Eu sabia o que ela iria me contar. — Lauren beijou uma garota lá dentro, mas ela tinha namorada e ai então você pode imaginar o que aconteceu.

— Ela o que? — Meu peito martelava.

— Mila ela estava bêbada, acredito que para ela não significou nada...

— Como não Nat?! — Pergunto alterada, lágrimas já brotavam dos meus olhos.

— Mila, calma... — Ela me abraça apertado. — Todos nós sabemos como a Lauren é, ela é louca por você. Isso é só até ela cair na real. Olha eu vou conversar com ela, estou muito preocupada também, vou ver se ela muda de ideia e se interna naquela clinica.

— Obrigada Nat. — Não sei mais o que dizer, minha cabeça estava cheia e meu peito machucado. — Agora vou embora, obrigada mais uma vez.

 

Caminhei em direção ao carro com passos lentos e pesados. Eu não queria olhar para Lauren, eu não queria ver em seu rosto a expressão da culpa que provavelmente agora já batia a sua porta. Entro no carro, afivelo o cinto e dou partida. Fomos em silêncio o caminho todo, ela não ousou nem olhar para mim.

Chegamos em meu apartamento e a levei direto para o chuveiro, eu queria tirar todo aquele cheiro de bebida que estava impregnado em sua roupa. Com cuidado a ajudei a tirar as roupas e entrei no chuveiro junto, para assegurar que ela não iria cair. Deixei que a água que caia molhasse seu corpo por completo, ai então lavei seus cabelos e comecei a esfregar suas costas quando ouço um choro baixinho.

 

— Me perdoa... Me perdoa Camz... me perdoa... — Ela dizia entre soluços e eu não conseguia dizer uma palavra. Ela virou de frente para mim, seus olhos vermelhos denunciando ainda mais seu choro recente. — Por favor, fala alguma coisa... eu me arrependo Camz... eu sou idiota.

— Você é idiota mesmo, mas amanhã quando você estiver melhor nós conversamos. — Eu não conseguia expressar nenhum sentimento nesse momento.

*Flashback Off*

 

Pois é, quem disse que amar era fácil? Eu a perdoei, nós não devemos ser tão mesquinhos a ponto de desistir de algo na primeira vez que acontece algo errado e grave. Ninguém é perfeito, porém a deixei ciente de que fazer uma vez é um erro, mas fazer a segunda é burrice.

Sou forçada a sair de minhas lembranças quando o piloto anuncia que faremos o pouso, após pego minhas malas e vou em direção ao meu apartamento. Lauren não veio me buscar desta vez, o que estranhei porque apesar de tudo ela sempre fazia questão de me buscar. Peguei o primeiro táxi que vi, logo cheguei em casa, finalmente. Abri a porta e vi uma mesa cheia de comidas deliciosas e meus amigos ao redor dela.

 

— SURPRESA MILAAAA!!!!!

Saio em disparada e abraço cada um que estava ali, não era meu aniversário, mas sempre é bom notar o quão querida você é dentre seus amigos.

 

— Caramba eu não imaginava isso. — Falei enquanto abraçava Lauren de lado.

— Eu tive a ideia e Dinah me ajudou a preparar tudo. — Lauren pisca para a DJ.

— Verdade Mila, foi tudo ideia da gaspar. — DJ fala e todos caem na risada.

— E então, como estão indo seus trabalhos? — Ally pergunta.

— Estão indo bem. Tudo está indo bem, por enquanto. 


Notas Finais


Comentem!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...