História O Amor Supera Tudo? - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Fifth Harmony, Shawn Mendes
Personagens Ally Brooke, Camila Cabello, Dinah Jane Hansen, Lauren Jauregui, Normani Hamilton, Personagens Originais, Shawn Mendes
Tags Camilacabello, Camren, Fithharmony, Laurenjauregui, Romance, Shawnmendes
Exibições 176
Palavras 1.771
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Mais um!
Até agora a fic seguiu um ritmo mais calmo certo? Então, daqui pra frente algumas coisas vão acontecer aos poucos. Adianto que não planejo que a fic seja muito extensa e também não quis colocar nenhum "vilão" nela. Acredito que o que acontece em nossas vidas são por meio de escolhas nossas.

Boa leitura.

Capítulo 8 - Felicidade


 

3 dias depois.

Estou aqui reunida com meus melhores amigos para fazer o pronunciamento mais importante da minha vida. Pelo menos até o presente momento. Estou tão realizada que chego a me assustar. Trabalho em uma grande empresa, tenho minha casa mesmo que seja pequena e o mais importante, tenho minha morena do meu lado. Pego uma taça e bato de leve nela com uma faca para chamar a atenção de todos.

— Eu ia fazer uma piada agora, mas estou tão nervosa que estou com medo de desmaiar aqui e desperdiçar todo meu look. — Todos riram. — Estamos aqui eu e Normani para anunciar que estamos noivas. Eu não poderia estar mais feliz do que estou nesse momento. Meu amor eu amo você. — Todos me aplaudiam, escutei Vero dizer ao fundo um "arrasa"

— Eu amo você também meu amor. — Normani selou seus lábios nos meus.

— Bom agora é a vez do casal Camren a ficarem noivas não é gente? — Isso ai Vero.

— Quero ser a madrinha hein Mila. — Falou Ally.

— Ei baixinha nem vem, eu que vou ser né Mila? — Falei abraçando Camila de lado para provocar Ally.

— Garotas eu não vou ficar noiva tão cedo, então parem com isso.

— Ih Lauren, sentiu essa indireta? — Falou Troy rindo.

— Acho melhor apressar hein Laur, senão daqui a pouco vem uma canadense mais esperta e te passa a perna. — Ok, acho que Vero falou demais.

— Vero, fica quieta. — Lucy tentou amenizar.

 

POV Ally

Vero as vezes tem falta daquela coisa chamada "desconfiometro" porque não é possível. Já tentando amenizar a briga que poderia dar, resolvi fazer meu pronunciamento. Contar a todos que estou grávida.

— Antes que cabeças rolem, eu também tenho algo para falar com vocês. — Troy já sabendo do que se tratava, ficou ao meu lado.

— Então meninas, nós vamos ter um bebê. — Disse Troy e todos, menos Camila e Lauren ficaram perplexos. Elas já sabiam.

— Como assim baixinha? — Disse Dinah.

— DJ acho que não preciso te explicar como se faz um bebê né? — Brinquei com ela. — Estou grávida de 3 meses, descobri faz duas semanas, no próximo mês já poderei saber o sexo do baby.

— E quem serão as madrinhas? — Perguntou Mani empolgada.

— DJ e Mila, claro. Minhas melhores amigas. — As duas vieram me abraçar apertado.

— Ficarei muito feliz em ser madrinha desse menino ou menina que está por vir. — Camila estava quase chorando.

Expliquei a eles que agora eu e Troy estávamos procurando uma casa para comprar já que queremos espaço para que nossa criança brinque bastante. Vero contou que tem uma casa a venda no seu condomínio e que falaria com o dono para irmos visitar. Estou tão feliz com essa nova fase da minha vida, estou construindo uma família e não há nada mais importante que isso.

 

POV Lauren

Vero bem que podia ter ficado calada. Que brincadeira de mal gosto, até parece que vou deixar aquela loira canadense levar minha latina de mim. Mas preciso conversar com Vero sobre isso, me sinto tão insegura quando o assunto é Camila.

— Vero preciso conversar com você. — A puxei para um canto enquanto Camila conversava com Lucy sobre qualquer coisa.

— Ai o que foi? Me desculpa ter brincado com aquilo, foi sem querer. — Sorriu sem graça.

— Está tudo bem, só queria tua opinião pra uma coisa.

— Fala gaspar. — Revirei os olhos por causa do apelido.

— Estou pensando em pedir a Camz em casamento no final do ano o que você acha?

— Caraca eu acho ótimo Laur, faltam 4 meses pra isso, da tempo de você planejar tudo com calma e fazer algo decente né?

— Com certeza Vero. Você vai comigo comprar as alianças durante a semana que vem? — Falei ansiosa.

— Mas já? Tudo bem, eu vou sim.

Fiquei conversando com Vero e Troy enquanto o resto das meninas falavam sobre casamento e chá de bebê. Vero contou que Lucy demorou 3 horas para escolher um sofá, cai na gargalhada e levei um tapa no braço, segundo ela minha hora ainda vai chegar. O restante da noite foi agradável, meus amigos são loucos, mas são os melhores. Eles ajudaram eu e Camz a dar uma ajeitada no terraço e foram embora. Camz limpava uma mesa quando cheguei e a abracei por trás.

— Camz deixa isso ai, amanhã eu peço para alguém vir limpar. — Dei um beijo no seu ombro.

— Tudo bem amor, estou cansadinha mesmo. — Virou-se de frente para mim, olhei nos seus olhos cor de chocolate.

— Que tal darmos uma relaxada na banheira?

— Adoraria, mas você me levaria no colo Lolo? — Como resistir a uma Camila tão manhosa desse jeito.

A peguei no colo e levei até meu banheiro no quarto. A pus no chão e tirei suas roupas delicadamente e em seguida tirei as minhas. Liguei a banheira que rapidamente encheu, deitei encostada na sua borda e Camz sentou no meio de minhas pernas. Fiquei ali, a acariciando suavemente enquanto ela mexia nas espumas que se formavam por cima da água. Ela era linda e não precisava de nada para ser.

— Lolo, como vão as coisas com o divórcio dos seus pais? — Ela me perguntou preocupada.

— Ah amor, minha mãe não aceita muito bem e está dificultando o processo. — Suspirei triste ao lembrar. — Mas acredito que com o tempo tudo fique bem.

— Tomara Lolo, não quero ver vocês sofrendo. — Me deu um beijo no braço que a rodeava.

— Tamém espero Camz, também espero.

Ficamos conversando sobre nossos trabalhos, Camz estava indo muito bem em seu novo contrato. Parece que começou a produzir músicas novas que estão sendo bem aceitas.

— Lolo, vou precisar ir para Vancouver daqui duas semanas. — Suspirei.

— E vai ficar muito tempo lá pequena? Sabe que fico com saudades.

— Acho que uma semana só ou menos. Sarah me disse que lá é muito bonito, quem sabe se eu gostar mesmo na próxima vamos juntas o que acha?

— Vou adorar amor. — Falei dando um beijo em sua cabeça.Vou adorar ficar de olho nessa Sarah de perto.

 

(...)

POV Lucy

— Vero você é idiota mesmo né? — Falei enquanto dirigia para nossa casa após sair da festinha dos amigos.

— Ai o que eu fiz?

— Você ainda pergunta? — A olhei com cara incrédula. — Porque foi falar daquela tal de Sarah?

— Ai mor, foi só pra brincar com a palmita e ela nem ligou.

— E o que ela foi falar com você?

— Ela disse que está pensando em pedir Camila em casamento e quer que eu vá essa semana com ela no shopping ajudar escolher as alianças. — Fiquei surpresa.

— Isso é sério? Finalmente Lauren tomou coragem — Dei risada. — Eu estava conversando com a Mila, ela disse que queria mais atitudes assim da Lauren.

— Que bom que vai dar tudo certo né. Lauren quer pedir ela em casamento na virada do ano, que provavelmente vai ser na casa de praia dela como sempre.

— Tomara que dê certo.

Chegamos em casa, estacionei nosso carro. Porque agora é assim, é tudo nosso, não existe mais nada somente de uma só depois que se mora junto. Eu e Vero decidimos fazer um casamento na praia nesse final de ano e eu estou pirando em como organizar tudo até lá porque estou fazendo tudo sozinha, se dependesse da Vero nós casaríamos em casa.

 

POV Camila

Acordei com uma Lauren manhosa ao meu lado, pelo que percebi ela já havia acordado a algum tempo e estava ali me olhando dormir. Assim que ela me viu abrir os olhos me presenteou com o sorriso mais lindo do mundo. Acho que finalmente as coisas estão entrando nos eixos, não falamos mais sobre morarmos juntas ou casar, estou respeitando a opinião dela e ela a minha. Talvez tenha sido melhor mesmo, agora que estou produzindo Shawn estou sem tempo para muita coisa.

Lauren acaricia meu rosto, descendo sua mão pelo meu braço e chegando até minha mão direita que ela pega delicadamente e beija a aliança em meu dedo anelar.

— Você fica tão linda com essa carinha de sono Camz. — Já me derreti toda.

— E você fica linda me olhando toda boba desse jeito. — Me aproximei e me aconcheguei em seu peito.

— Camz, você pensa em ter filhos? — Ok, ela me surpreendeu agora.

— Quem é você e o que fez com a minha namorada? — Brinquei com ela e rimos juntas.

— Para de ser boba Camz, você pensa nisso? — Acariciava meus cabelos de forma carinhosa enquanto perguntava.

— Para ser sincera eu não penso muito em gerar, mas quero ter filhos.

— Então vai sobrar para mim gerar?

— Você ficará linda barrigudinha amor. — Rimos cúmplices.

Era tão bom estar perto assim de Lauren, eu me sentia tão protegida como se os braços dela fossem muralhas ao meu redor. Se eu pudesse ficaria ali para sempre.

— Camz, sua mãe ligou mais cedo e convidou para irmos almoçar lá com eles e bem, eu não recusei até porque comida da minha sogrinha não se recusa. — Sorriu sapeca.

— Para de ser gulosa Lolo. — Me joguei por cima do seu quadril e comecei a fazer cosquinhas nela. O som da risada dela era como de uma criança.

Parei as cosquinhas quando Lauren ameaçou fazer em mim também, então corri para o seu banheiro para tomar um banho. Como Lauren já estava arrumada, ficou me esperando na sala e assim que fiquei pronta partimos para a casa dos meus pais. Chegando lá minha irmã Sofi correu para Lauren, o que me deixou enciumada. Eu que era a irmã dela poxa. Lauren e Sofi se deram bem desde a primeira vez que Lolo pisou nessa casa, assim como meus pais também a adoraram.

— Bem vindas, vamos indo lá para a área da piscina vocês duas, tenho uma surpresa pra você filha. — Disse dona Sinu toda empolgada. Ela pirou mais do que eu quando lhe contei que consegui o contrato com Shawn.

Quando cheguei lá meus olhos se encheram de lágrimas. Era uma festa típica mexicana, com a decoração trazendo os temas de lá e todas as comidas eram típicas. Meu pai tinha um sombrero na cabeça, o que achei graça. Ela vinha em nossa direção.

— Oi filha, oi Lauren. — Nos abraçou. — Isso é para você querida. Vamos comemorar mais uma conquista em sua vida.

— Obrigada papa, estou tão feliz.

E realmente eu estava. Tudo estava muito colorido e alegre, as comidas deliciosas e o clima agradável. Me sentei em uma cadeira próxima a mesa e observei tudo ao meu redor. Meu pai e mãe dançando e sorrindo apaixonados um para o outro, do outro lado Lauren e Sofi brincando animadas. Lauren tinha o mais lindo sorriso no rosto enquanto rodava Sofi no ar. Nesse momento eu tenho certeza que se um dia eu tiver minha família quero que ela seja assim. 


Notas Finais


Não esqueçam de deixar suas opiniões ou perguntas. Mil beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...