História O Anjo Caçador. - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Alex Pettyfer, Booboo Stewart, Channing Tatum, Douglas Booth, Katherine McNamara, Nina Dobrev, Os Instrumentos Mortais
Personagens Alex Pettyfer, Booboo Stewart, Channing Tatum, Douglas Booth, Hodge Starkweather, Katherine McNamara, Nina Dobrev, Personagens Originais, Raziel, Valentim Morgenstern
Tags Amizade, Amor, Anjo, Fadas, Ficção, Gay, Lobisomem, Luta, Magia, Poder, Romance, Sexo, Vampiro
Exibições 10
Palavras 760
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sci-Fi, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Capítulo 3


Fanfic / Fanfiction O Anjo Caçador. - Capítulo 4 - Capítulo 3

Pov: Chris

 Hoje eu tive um sonho tão estranho, mas vocês devem tá se perguntando (Mais anjos não dormem) Pois é, mais eu durmo, pelo menos eu passei a dormir depois que fui expulso do Céu, eu passei a dormir como um mundano, e passei a sentir fome, frio, a sentir dor e a sangrar, entre muitas outras sensações mundanas. Mais esse sonho que eu tive, não foi como os outros que eu tenho toda noite, esse foi tão diferente e confuso... Eu sei que o mal me persegue, e que quer tirar meus poderes, mais só que dessa vez, apareceu uma garota no meu sonho, uma garota que eu nunca vi, mais pelo que eu percebi, ela era uma Caçadora. Mais quem é ela, porque ela apareceu no meu sonho, e porque aquele demônio queria levá-la também. Tanta coisa aconteceu na minha vida desde que eu fui expulso, ficar longe do Céu e do meu pai, e de tudo que eu fazia lá, se tornou uma tortura pra mim. Hoje eu me sinto um lixo, pois eu vivo no lugar do pecado, e também já cometi e cometo o pecado. Vontades mundanas, são difíceis de resistir. Nunca mais ouvir a voz do meu pai, desde da última vez que o vi... A muito tempo atrás, eu via o mundo cheio de trevas, e por mais que as pessoas fossem mau e merecia àquilo, também existia pessoas boas, que não merecia aquilo, e então quando um homem que eu sempre admirei no céu, por ser bom e leal e principalmente de nunca ter perdido sua fé, nesse dia ele orou a mim, e pediu minha ajuda, mais eu não podia interferir mais também não podia deixar pessoas boas pagar pelo erro dos outros, e então eu fui e o ajudei, dei poder a ele, poderes de anjos. E por ter feito isso, eu fui expulso de casa, mais graças à Deus eu ainda tenho minhas asas, e alguns poderes angelicais. Me tornei um anjo caído, e mais ou menos imortal, todos os dias eu luto sozinho contra demônios, alguns que fazem maldades, e outros que vem tentar me capturar. Desde quando vim pra terra, durante todos esses anos, eu não mudei, pelo menos eu não mudei no estado físico, mais por dentro eu mudei bastante, eu me tornei uma porcaria... Vivo fazendo merda, posso fazer cinquenta coisas certas, mais cem eu faço errado. Nunca mais usei minhas asas, e nem meus poderes de anjo, pois eu não mereço essas dádivas. Não me chamo mais Haziel, esse nome santo, eu não mereço mais. Me chamo agora de Christian, mais pra ficar mais fácil, me chamam de Chris. Vivo em um pequeno bairro em Washington, e todas as noites algum demônio vem atrás de mim, às vezes eu até penso em desistir, e deixarem me levar, mais algo não deixa eu me permitir a isso. Eu olho pros humanos, uns fazem tanta maldades, matam, roubam, abusam de crianças e mulheres, é tanta maldade que as vezes eu até queria que eles pagassem caro por essas atrocidades, mais aí vejo crianças e pessoas boas, que não merecem passar por isso, então sempre acabo ficando e lutando como sempre. Eu passei a beber, toda noite, mesmo que eu não sinta o efeito delas, mais mesmo assim faz eu esquecer o lixo que eu me tornei. Transo com mulheres sem amor, fumo, bebo, e matei humanos. É eu me tornei um monstro, matei humanos pensando que tava fezendo a coisa certa, nais não era. Naquela noite, eu tava saindo de casa quando ouço gritos em um beco próximo a minha casa, quando chego lá, vejo uma cena que me deixou com tanto ódio. Dois homens, abusando de uma adolescente, a garota tava sem roupa e eles tavam em cima dela, abusando e machucando ela. Não pensei duas vezes, partir pra cima deles e os matei facilmente. Olhei pra garota, e ela me olhou tão assustada, e foi aí que eu percebi que eu não era mais um anjo, eu tinha era me tornado um demônio. Por mais que eles mereciam, eu não tinha o dever de matar um humano, tirar a vida de alguém não era minha função. E desde aquele dia, nunca mais usei minhas asas e nem meus poderes, eu não merecia usá-los. Minha vida é essa agora, ser um Anjo idiota, um lixo. Eu entendo agora o porque de o meu pai não ter falado comigo até hoje. Não sou mais o Anjo Raziel, e sim um demônio caçador chamado Christian Smith


Notas Finais


Espero que gostem, pois ainda tem muito mais vindo por aí... Fiquem ligados aqui meu amores, até a próxima.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...