História O anjo da morte - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook Namjin Jinkook
Exibições 35
Palavras 582
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Yaoi
Avisos: Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Gente eu esqueci de falar no capítulo anterior que o assobio da morte é aquele assobio que aparece no começo do primeiro vídeo de Wings (begin) que o Jungkook canta sabe? Então aquele assobio mesmo!
É só isso mesmo
Boa leitura!

Capítulo 2 - Taehyung afogado


Fanfic / Fanfiction O anjo da morte - Capítulo 2 - Taehyung afogado

Capítulo - 02- Taehyung afogado...
     Como já disse não sou quem comanda meu corpo em quanto eu durmo e sim o anjo da morte, aquele que me faz matar todos, eu realmente nunca quis matar ninguém afinal porque eu iria querer isso? Não há motivos para mim querer a morte deles, mas aparentemente o anjo tem, ele deve ter ou não teria matado as pessoas tão friamente como fez... Ou teria?  Não sei, realmente não sei!
         Só sei que todas as mortes que ele causou eu sonhei com elas, eu me via matando a pessoa no sonho, eu assistia tudo sem poder fechar os olhos para não ver, como se algo me impedisse de não olhar e assim eu sempre acordava chorando em um hotel diferente da noite passada.
      Cada morte me marcou de um jeito que nunca nada me marcara, com a morte de Hoseok , por exemplo, foi ver como ele tomou os remédios sem expressão alguma no rosto, como se aquilo fosse normal ou como se ele quisesse mesmo morrer.
       Já com a morte de Taehyung o que me marcou foi como ele se afogava de baixo d'água...
      “ Eram uma da manhã e eu e Taehyung estávamos andando na beira do mar, ele me contava como e porque havia matado o pai e como estava arrependido e aliviado ao mesmo tempo.
       - Eu realmente queria muito livrar eu e minha irmã dele, mas agora eu vejo que fui egoísta com minha irmã,  ela o amava e estava disposta a aguenta lo e tentar fazer ele parar de beber, mas eu fui egoísta e tirei a vida dele, fui egoísta com meu pai e com minha irmã, com meu pai, pois, não o dei uma chance de mudar e tirei sua vida e com minha irmã, pois, tirei dela uma das pessoas que ela mais amava! -Ele dizia de cabeça baixa.
        - Você não acha que pessoas egoístas merecem morrer Kim Taehyung? -Perguntei parando no lugar que estava, o mesmo parou como se fosse um robô e levantou a cabeça olhando para frente fixamente- Eu acho que você deveria ir até aquela ponte ali -aponto para uma “ponte" (capa do capítulo) que dava para o mar e ele olhou sem expressão alguma no rosto- e se jogar dela para morrer afogado! -Digo e começo a assobiar a mesma melodia que usei para Hoseok, Taehyung me olhou uma última vez ainda sem expressão, então olhou para frente, se pós a andar em direção da ponte, dava passos leves e lentos até a ponte como se estivesse tentando aproveitar os últimos momentos de sua vida ou então querendo fugir de sua morte em quanto era seguido por mim, assim que chegamos perto da beirada Taehyung se afastou um pouco e assim pulo na água gelada, por conta de estar de manhã ainda, assim que caiu na água o mesmo não reagia, não se movia ou tentava se salvar, só ficava alo de baixo d'água como se fosse normal em quanto eu olhava aquela cena com um sorriso cínico no rosto em quanto isso eu sonhava com a morte de Namjoon.
    Logo saiu dalí e vou embora ainda sorrindo... No outro dia acordo em um hotel diferente da noite passada, dessa vez era um hotel perto da casa de Taehyung... "
      E assim no dia seguinte da morte de Hoseok eu matei Taehyung em quanto dormia e sonhava com a morte de Namjoon que com certeza séria o próximo a morrer...
       CONTINUA...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...