História O anjo do mal Kim Taehyung - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens V
Tags Bts, Imagine V, Kim Taehyung
Exibições 70
Palavras 905
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Voltei como eu tinha dito antes....
Eba, eu n sei pq mais eu n tava feliz com a fic, mais ai eu comecei a escrever e Buh broto ideia até do útero hehehehe

Capítulo 7 - Taehyung é o Abraxas?!


Fanfic / Fanfiction O anjo do mal Kim Taehyung - Capítulo 7 - Taehyung é o Abraxas?!

Parece que o dia começou muito bem, era sábado e nós tinha que fazer algo, para que nada deixasse o Taehyung abalado, as vezes fico preocupada com ele, será que isso fez com que ele ficasse bem mau?

--PAIIIIIII!!!!!

--Oi ser

--Vamos para a casa da praia e se divertir?

--Filha, temos que ver se vai dar, sua mãe não está muito bem

--Como assim?

--Bom, ela estava com dores na barriga

--Poxa

--Eu vou!- minha madrasta brota na sala, aleluia ela concordou comigo

--Serio?

--Sim, vamos, temos que ser uma família unida, não é?- ela olha para mim como se me ameaça-se

Subi para falar com Taehyung, mais ele já tinha entrado no quarto dele

--Tae, posso entrar?- o silêncio me deixou com medo, ele não parecia estar lá --Tae, por favor, responde

--Que você quer?- eu abro a porta e me surpreendi com que vi

--MEU DEUS DO CÉU?!- fico parada na porta, ele me puxa e fecha a porta

--Fica quieta!- coloca a mão na minha boca

--O que é isso nas suas costas!

--Não sei, tava doendo, quando olhei no espelho, vi que parece que estou ficando puro de novo

--Quer dizer que suas asas estão nascendo de novo!

--Sim...mais não sei se isso é bom

--Por quê?

--Você quer mesmo ser só minha irmã, para sempre?- olho nos olhos dele, e pude ver que a uma diferença enorme, está dividido em vermelho e castanho, eu estava mudando ele

--Não...eu não quero, mais não temos escolhas

--A temos, quero ficar com você, para sempre...

--O que você vai fazer?

--Não, é o que eu já fiz!- já comecei a ficar preocupada

--O que você fez...

A meu deus, a madrasta!

(Horas antes-Kim Taehyung 3:00h.)

Acordei de novo com aquela sensação de querer matar alguém, mau pude falar tudo para ela, e seu eu contar, ela nunca mais vai olhar para mim! Fiquei a observando dormir, não parecia estar com medo de mim, estou sentindo uma dor nas costas, muita dor, quando me levantei para ir ao banheiro escutei o meu padrasto falando com a minha mãe

--Você viu eles no quarto?- ele fala como se não tivesse problema

--Sim, que absurdo, são irmãos, não eram para estarem assim!

--Amor, vamos separa-los?

--Sim, isso já aconteceu e não vai mais acontecer!

--O que já aconteceu?

--Nada! Vamos dormir, estou com sono

Tenho que fazer algo, não, vou voltar a dormir...A mais não vai não, está vendo o que a sua mãe está dizendo

--Para...sai!

Não, eu estou dentro de você, e vou fazer você fazer aquilo de novo!

--Não...por favor para!

Xiiii...calado...(entra no corpo do tae)

--Ok, vamos lá na cozinha- descendo as escadas e preparei um lanche para ela, essa vadia não vai estragar meus planos agora!

(Por favor não!)

--Vai deixar ela fazer isso com você Taehyung?

(Isso é problema meu, não seu, saia do meu corpo seu maldito)

--Isso eu já sabia que era desde que brotei no Egito

(O que quer comigo?)

--Não é com você, é com a garota!

(Não vai fazer nada com ela!)

--A se vou, vou a estrupar e depois usa-la! HAHAHAHA

(NÃO VAI NÃO!!)- consegui tirar ele, isso nunca aconteceu antes!

--Meu pai...o que está acontecendo comigo!- essa menina é a minha esperança de liberdade, vou protege-la!

O meu erro foi não ter jogado aquele lanche fora. Acordei primeiro que (S/N), mais quando desci, vi a culpa caindo cada vez mais nas minhas costas, eu vou matar minha própria mãe! Ela estava comendo aquilo, mais estava sorrindo, falando com o meu padrasto, aquilo tava doendo muito, como pude fazer isso! Tenho que contar a verdade para ela!

--Mãe!

--Oi filho...o que estava fazendo no quarto da sua irmã?

--Desculpa, estava falando da minha vida e acabei dormindo lá...isso já estava aí antes?

--Sim, mais esta ótimo..foi você quem fez?

--Mãe...sim- abaixo minha cabeça --Vou subir

--Ok...mamãe te ama tá?

--Ok, bom dia padrasto

--Bom dia filho- ele sorri para mim

Subi correndo para meu quarto e chorei muito, muito mesmo, como nunca tinha chorado, menos no dia que meu pai e meu irmão morreram por minha causa (vou contar depois😊) do nada minhas costas começaram a doer mais ainda e senti uma coisa sair de mim, era branca e meio preta, minhas asas?! (S/N) bate na porta, não podia a ignorar...

(Voltando para você- agora)

--Você fez o que com sua mãe?!

--Não fui eu!

--Então quem é Taehyung?! Quem?!- ele do nada mudou de expressão, e seus olhos ficaram vermelhos

--Eu!!!!- pula em cima de mim, e fica me encarando --Menina, você não sabe de nada não é?

--Quem é você?!- digo assustada

--Eu sou aquele que do medo se sustenta, que vai matar seja quem for, para ficar com você...eu sou Abraxas, seu ex-marido de outras vidas bem passadas!

--AAAAAAAAAAA, SOCORRO!!- começo a bater nele, até que Taehyung volta

--(S/N) me ajuda, por favor...ele matou minha mãe e meu irmão

--Taehyung por favor, para!

Meu pai entra no quarto

--Vocês não vão se arrumar... TAEHYUNG O QUE ACONTECEU?

--PAI...- saio de perto do Taehyung e abraço meu pai, assustada com o que ele disse, ele fica me assustando nem sei se devo ou não confiar nele!

--Por favor me ajuda..

Escuto lá de baixo, um barulho de alguém caindo, sai correndo para ver o que aconteceu e era a mãe do Taehyung, ela estava caída na frente da escada

--Meu deus...PAI!- meu pai vem correndo e vê ela caída no chão, ele vê se ela tem pulso, mais ela perdeu a vida, ali mesmo

--Filha, chama uma ambulância

--Mais pai..ela não tem pulso..

--Não é para ela, é para ele, esse monstro!- meu deus, Taehyung matou a mãe dele! Como ele pode?

(Taehyung- agora)

Eles não acreditam em mim, por quê? Eles tem que me ajudar, preciso da (S/N) mais o que está dentro de mim também precisa...tenho que ir embora..


Notas Finais


Espero que gostem muito!!! E obrigada por deixarem seu ❤ heheheh


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...