História O anjo dos olhos azuis - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Kuroko no Basuke
Personagens Aomine Daiki, Kuroko Tetsuya
Tags Aokuro, Kuroko No Basket, Novela, Romance, Yaoi
Visualizações 23
Palavras 766
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Escolar, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Boa tarde mina-san, queria dizer qu essa é minha primeira história, e é uma oneshot, de KNB, espero muito que gostem desse pequeno capitúlo fofo, e com um pouquinho só de drama, hihi ♥

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction O anjo dos olhos azuis - Capítulo 1 - Capítulo Único

                                                                                                                        Seus olhos mostram a guerra que há dentro de você.


Pov Aomine

   É estranho sentir isso, mesmo que possa ser algo normal, é estranho sentir seu coração bater dentro de seu peito quando chega perto de alguém em especial, é estranho se sentir bem ao ver os lindos pares de olhos azuis olhando calmamente por entre a janela da grande sala, talvez isso possa ser algo passageiro que está dentro de mim, ou talvez eu esteja me apaixonando por você. 


                                                                                                                        Me deixe seguir com você para fora dessa guerra


Pov autora. 

   Aomine olhava discreto para aquele que era dono doa olhos azuis cor do céu claro, dono da pele branca e os lábios rosados, quem diria que um dia fosse se deixar levar por alguém tão simples assim. O moreno encarava aqueles olhos tristonhos que fitavam a janela da sala de aula, fazia um bom tempo desde que via aquele garoto assim, triste, sem nenhum brilho nos olhos, isso, mesmo não querendo o partia o coração, não sabia o porque exatamente, mas isso o incomodava de certa forma, um garoto que antes era tão sereno, agora tem dentro de si algo que tavez não tivesse coragem para compartilhar com alguém. Daiki o olhava, tentando prestar atenção em cada expressão facial, em cada gesto fora de seu comun, até que por fim aconteceu, viu ali os ohos azuis cor do céu se encherem de água, não queria adimitir, mas isso apertava seu peito de maneira que não conseguia explicar, era estranho, por que estava se preocupando com aquele garoto? Ele não é diferente, todos gardam alguma magoa dentro si, nada fora do comun, mas para Daiki ele era diferente, Tetsu era um garoto brilhante, sempre mantia um sorriso aberto em seu rosto, sempre estava conversando abertamente com seus amigos, sempre de cabeça erguida, e por que agora chorava? Era essa a pergunta que rodava a cabeça de Aomine.

                                                                                                                        Você é especial, mesmo que tenha seus pequenos defeitos.

   Daiki não conseguia tirar essa pergunta da cabeça, por que justo agora começou a se preocupar com aquele simples garoto, frustado com o fato de nunca fazer nada, se levantou da cadeira e andou lentamente até o dono dos olhos azuis, Aomine estava suando pela mão, estava nervoso? Tavez sim, afinal, nunca parou pra tentar conhecer o belo garoto, então era apenas um desconheido, por que iria falar com ele? Tetsu estava apenas chorando, todos choram, mas para Daiki, isso era raro, ver um pequeno garoto tão humilde, tão fofo e alegre chorando daquele jeito. Não demorou muito para o moreno se aproximar e ali se abaixar em frente a carteira do garoto com um leve suspiro.

                                                                                                                        Não deixe as pequenas magoas se tornaram grandes Tsunamis

- Tetsu? O que se passa? - Perguntou olhando aqueles belos olhos ainda transbordando em lágrimas. O garoto nada respondeu, apenas suspirou e secou rapidamente as lágrimas que ainda insistiam em cair, Aomine por sua vez levou uma de suas mãos até o rosto pálido do garoto, acariciando sua bochecha macia e rosada, tentando acalmar o pequeno garoto, o menor sorriu com aquele gesto e olhou para o lado, encarando o par de olhos azuis escuros cor do céu ao anoitecer, ao ver aqueles olhos, se lembrou de quando via com sua mãe as estrelas cobrindo todo o céu, foi mais um dos motivos para ter mais lágrimas em seus olhos, Daiki acabou por não aguentar, apenas puxou o garoto e em um gesto rápido o abraçou.

                                                                                                                        Me deixe ser a cura para cada uma de suas feridas.

   Daiki o cobria em um abraço quente e apertado, se sentia bem de fazer aquilo, mesmo que nunca tenha tomado coragem para conhecer o pequeno garoto, deu um leve sorriso, e ali sentiu as mãos do pequeno garoto apertando a camisa que usava, não sabia explicar aquilo, mas sentia uma enorme vontade de fazer aquele acolher sempre aquele garoto em seus braços de fazer aquele lindo sorriso voltar novamente, de fazer Kuroko Tetsuya voltar a ser o mesmo menino alegre de antes.
Antes que percebesse se viu selando o topo da cabeça do pequeno garoto, não se importou apenas continuou assim até que o menor parasse de chorar. Após isso, se afastou e sorriu para o pequeno que logo devolveu o sorriso sincero, que fez o coração de Daiki se derreter no mesmo momento.

 

Quem diria que Daiki se deixaria lvar por um garoto simples que precisava apenas de um abraço apertado, Aomine então prometeu pra si mesmo, que dali em diante, iria cuidar daquele pequeno ser frágio, o pequeno anjo. O anjo dos olhos azuis.


Notas Finais


É isso pessoal, obrigado por lerem, qualquer dúvida é só falar nos comentários, depois pretendo fazer uma fic emon desses dois, obrigado de novo, e até mais ^^


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...