História O Assassino de Dragões - Capítulo 8


Escrita por: ~

Visualizações 512
Palavras 2.066
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Ecchi, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Romance e Novela, Shounen, Sobrenatural, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E então galera..... Eu disse que ia postar hoje e tá aí o cap... Bom, sem nada a declarar.

Vou fazer o Harem do loiro crescermos Ainda kkkkkk, vou adicionar a Irene, a Brandish e a Dimaria, isso são pedidos de um amigo meu então, ta ai seu merda depois diz que não faço nada por ti, cuzão!.

Desculpa os erros ortográficos!!
Eu tô fazendo o cap pelo word do cell.

Capítulo 8 - Informações! Missão Part 2


Naruto e Erza compraram suas passagens de trem e depois esperaram um pouco a grande máquina que iriam levá-los para Hargeon. Naruto estava completamente dormindo no ombro de Erza, a menina ruiva olhou para o loiro e sorriu achando ele bem fofo quando dormi, mas um grande apito ecoou de longe acordando o Uzumaki. Naruto mexeu um pouco a cabeça para o lado e abriu um pouco os olhos, o azul bebê do céu era a primeira coisa que ele viu, até que um certo cheiro de perfume adentrou suas narinas draconiana.

- Que perfume tão belo, tem cheiro de flores – Fala Naruto chegando perto do pescoço de Erza que se arrepiou um pouco.

- N-naruto-kun, o trem já chegou – Fala Erza maio corada. Naruto abre totalmente os olhos e seu rosto toma uma grande face vermelha. Ele se afasta de Erza enquanto gaguejava.

- M-me D-desculpe Er-chan – Fala Naruto sem perceber o apelido que deu a sua amiga. Erza sorriu e se tratou de acalmar o Uzumaki, bom, ela gostou do que ele estava fazendo.

- Bom, não importa, vamos? O nosso trem já chegou – Fala Erza sendo rígida entrando no trem.

- Ela se tornou bipolar? – Pergunta Naruto a si mesmo, ele olhou para “maquina mortífera” que quase o matou de enjoou.- Droga, dragões não foram feitos para andarem em trens – Fala entrando no trem.

5 minutos depois

Estava agora um Naruto no chão com o rosto inchado e verde. Erza estava em um assento do trem olhando para sua loira favorita enquanto tinha uma gota na cabeça, ela não sabia que ele ficava enjoado em trens. Naruto tentou se levantar, mas suas forças foram perdidas e o jovem Uzumaki caiu no chão de um jeito cômico, Erza riu um pouco e pegou o Uzumaki no chão. A jovem garota ruiva colocou ele deitado no seu assento com a cabeça em seu colo e começou a fazer cafuné para ver se ele se acalmaria.

- Er... Erza... – Fala Naruto pegando no sono não sentindo mais enjoou.

- Shhh, apenas durma Naruto-Kun – Fala a garota ruiva sorrindo para o Uzumaki, ela tinha que admitir que ele era bem fofinho quando dormia, principalmente quando tocava suavemente suas bochechas, pois Naruto fazia grunhidos bem fofinhos.

- Ehhh, olá – Fala uma voz masculina chamando a atenção de Erza, já que Naruto estava na terra do lámen.

- Olá – Fala Erza ainda acariciando o cabelo de Naruto enquanto olhava para o dono da voz.

O dono da voz era ninguém mais e ninguém menos do que um garoto de 12 anos de idade com cabelo preto, olhos Onix negros, pele branca e era quase da mesma altura que Erza. O garoto usava uma camisa branca de mangas curtas e por cima existia um tipo de casaco jeans azul com zíper aberto. Abaixo de sua cintura, o garoto usava um short branco que ia até seus joelhos e em seus pés, sapatos de cor azul. Erza viu que o garoto carregava um tipo de espada nas costas.

- Eu posso me sentar aqui? É que não tem muitas cabines – Fala o garoto coçando a cabeça meio com vergonha.

- Claro! – Fala Erza sorrindo, ela viu o garoto tropeçar um pouco e cair no assento do trem que estava a sua frente.

- Eh? – Fala Erza com a boca aberta e com a sobrancelha direita levantada vendo o moreno ficar verde.

- P-porque E-eu E-esta d-dessa forma? – Pergunta o Moreno enquanto segurava o enjoou que estava na sua boca.

- Você também é um Dragon Slayer?! – Pergunta Erza surpresa enquanto olhava para o garoto a sua frente.

- Como assim? Existe outros iguais a mim? – Pergunta o moreno quase desmaiando.

- Sim, ah! Quase esqueci, meu nome é Erza Scarlet e você? – Pergunta Erza olhando para o moreno sorrindo.

- S-Sasuke Uchiha – Fala o moreno denominado como Sasuke enquanto desmaiava no banco.

- Dragon Slayers e seu problema de enjoo... Eu me pergunto se Laxus também tem isso? – Pergunta a si mesma Erza enquanto tentava imaginar o neto de Maarov quase morrendo em um trem, ela começou a rir.- Iria ser engraçado! – Fala com um grande sorriso no rosto.

3 horas depois

Depois de três horas de viagem, Erza finalmente ver a cidade de Hargeon, era bem bonita, mas sua visão foi tomada por uma estação de trem. Erza viu várias pessoas com malas e com ternos enquanto olhavam para o relógio, quando o trem parou, a garota Scarlet decidiu que estava na hora de acordar o loiro que foi seu primeiro amigo na guilda Fairy Tail.

- Naruto-Kun, Naruto-Kun, Naruto-Kun – Fala Erza balançando o corpo do loiro adormecido.

Naruto começou a abrir os olhos calmamente e a primeira coisa que o loiro ver, é um belo par de olhos negros(ou castanhos, foda-se) olhando pra os seus azuis. Naruto fica com as bochechas um pouco vermelhas ao se lembra de como ele foi parar ali. Naruto se levanta e sai do colo de Erza ficando em pé logo após.

- Já chegamos? – Pergunta espreguiçando seu corpo, ele olha para o lado e ver Uchiha dormindo.- Quem é ele? – Pergunta Naruto enquanto olhava para Sasuke.

- Sasuke Uchiha, ele apareceu logo depois que você dormiu – Fala Erza olhando para o Uchiha.

- Devemos acorda-lo? – Fala Naruto com uma baita cara de tédio.

- Bom, eu acho que sim, ah! Ele também é um Dragon Slayer – Fala Erza deixando Naruto surpreso.

- Ei, acorda! – Fala Naruto para Sasuke que começou a abrir seus olhos. O Uchiha viu dois pares de olhos o observando.

- Onde estamos? – Pergunta Sasuke olhando para os dois jovens a sua frente.

- Estamos em Hargeon e você? Para aonde vai? – Pergunta Naruto olhando para o Uchiha.- Ah! Onde estão meus modos hahaha, meu nome é Naruto Uzumaki e o seu? – Pergunta Naruto sorrindo.

- Sasuke, Sasuke Uchiha – Fala Sasuke olhando sem expressão para o loiro.- Parece que eu cheguei onde queria – Fala olhando pela janela.

- Ehhh, não deveríamos sair daqui? – Pergunta Erza olhando para os dois.

- Porque? – Pergunta os dois Dragons Slayers em conjunto.

- Bom... – Só foi Erza dizer isso que o trem apitou, foi cômico ver a cara de desespero daqueles dois que corriam para fora do trem como se fosse a última coisa de sua vida.- Hahahaha- Ria Erza enquanto pegava a espada que o loiro tinha deixado e sua enorme bagagem.

Fora do trem

Naruto e Sasuke estavam beijando o chão enquanto desejavam nunca mais entrar naquele trem maldito. As pessoas passavam por essas duas crianças e começavam a dúvidar onde estava os pais destas crianças para lhe ensinarem modos? Erza saiu do trem e viu a cena cômica.

- Porque vocês estão beijando o chão? – Pergunta Erza com uma gota na cabeça.

- Porque essa máquina mortífera quase me matou – Fala Sasuke em desespero enquanto olhava para o trem.

- Concordo, dragões não foram feitos para andar em máquinas Dattebayo! – Fala Naruto, ele coloca a mão na boca pois nunca falou isso.

- Concordo plenamente – Fala Sasuke se levantando do chão junto com Naruto.- Bem, eu sei que não é da nossa conta mas... Vocês vieram fazer oque aqui? – Pergunta Sasuke olhando para o time de duas crianças.

- Ah! Viemos fazer uma missão da guilda – Fala Naruto sorrindo, ele estava louco para batalhar contra os bandidos.

- Missão? Aquela que deve abater 10 bandidos? – Pergunta Sasuke curioso.

- Sim, essa mesmo hahaha – Fala Naruto olhando para o Uchiha com um olhar de idiota, ele queria era dar uns k7 nos inimigos.

- Que engraçado, eu também recebi essa missão – Fala Sasuke olhando para o time de crianças.

- Você também é de uma guilda? – Pergunta Naruto olhando para o Uchiha menor.

- Bom, não exatamente, digamos que um velho pediu para eu fazer isso – Fala Sasuke se lembrando do velho que pediu para ele fazer essa missão.

- Bom, então vamos todos juntos para o homem que pediu a missão – Fala Naruto sorrindo levantando a mão.

- Oh!!!! – Grita os dois jovens animados.

- Naruto, toma – Fala Erza entregando a Naruto a espada que ele tinha deixado no trem.

- Ah! Minha espada, obrigado Erza-chan – Fala Naruto sorrindo constrangido, ele quase perdeu a espada que o velho deu a ele.

- Bom, vamos andando logo, não queria perder mais tempo – Fala Erza com um rosto sério.

- Ela é Bipolar? – Pergunta o Uchiha olhando para Naruto.

- Não sei, hoje mesmo ela estava carinhosa e depois ficou rígida do nada – Fala Naruto coçando a cabeça enquanto seguia a ruiva é do seu lado estava Sasuke.

Depois de um tempo

Depois de algum tempo andando, os jovenzinho chegaram a um enorme edifício, parecia que ele não parava nunca de crescer. As três crianças adentraram o edifício e viu um homem por volta dos 35 anos, barbudo e com o cabelo raspado dando bronca e várias pessoas.

- Não seus idiotas! É ali! – Fala apontando para um local cheio de madeira.

- Mas senhor... – Tentou falar o empregado, mas o homem apenas bufou de raiva e saiu dali.

- Ei senhor! – Fala Erza chegando perto do homem que a olhou com raiva.

- Oque é crianças? Não ver que estou ocupado? – Fala o homem parecendo estar apressado.

- Bom, nós viemos fazer a missão – Fala Naruto para o homem, ele não gostou nadinha dele, mas dinheiro é dinheiro.

- Vocês? Um bando de pirralhos? – Pergunta o homem com uma sobrancelha levantada, isso fez com que as três crianças fizessem uma cara de raiva.- Ah! Foda-se, apenas quero que vocês encontrem meu rubi logo – Fala o homem apressado.

- Certo, nós diga como eles são – Pergunta Sasuke olhando seriamente para o homem.

- Bom, eles usam roupas totalmente cobertas por uma capa negra e usam facas – Fala o homem dando uma resposta bem inútil fazendo os três jovens ficarem com uma gota na cabeça.

- Nós de alho que dê para identificar esses caras – Fala Naruto com uma gota na cabeça enquanto olhava para o homem. Ele viu o homem colocar a mão no queixo e pensar.

- Eles usavam um tipo de tatuagem no braço direito, bem no pulso – Fala o homem sorrindo.

- Que marca era essa? – Pergunta Erza olhando para o homem.

- Bom, eu não vi direito, mas parece ser um caixão preto com uma face branca sorrindo – Fala o homem, ninguém percebeu mas Sasuke arregalou um pouco os olhos, ele estava rezando para que não fosse a pessoa que ele estava pensando.

- Bom, essa foi Boa... Você notou mais algo neles? – Pergunta Naruto analisando a situação, ele agora mantinha um rosto bem sério, algo que assustou um pouco Erza é Sasuke pois não viram ele assim, principalmente Erza.

- Humm.... – Fala o homem tentando analisar a situação.

- Fala logo – Diz Naruto já no tédio.

- Bom, eles tinha algo que eu Realmente estou tentando me lembrar mas não consigo, era algo meio óbvio.

- Ele se esqueceu de uma informação tão boa? Esse cara é um lixo – Sussurra Sasuke para Naruto que balança a cabeça Concordando combo Uchiha.

- Ah! Me lembrei! Eles se chamavam Caixão sorridente e eles iriam atacar o prefeito hoje – Fala o homem sorrindo.

- Como você sabe disso? – Pergunta Naruto estranhando a ação do homem.

- Hum? Eu estava escondido quando eles roubaram – Fala o homem tremendo de medo.

- Bom, vamos logo, quero voltar para casa – Fala Erza saindo do local.

- Obrigado pela informação – Fala Sasuke seguindo Erza.

- Adeus... Senhor – Fala Naruto olhando seriamente para o homem que engoliu o seco.

O homem se virou e viu seus servos pegarem um piano com as duas mão, sua boca abriu em um perfeito "O" e ele gritou como se nunca tivesse mais fôlego na sua boca.

- Oque merda vocês estão fazendo?!!!! - Pergunta o homem olhando para os servos.

- Mas senhor... - Fala os servos suando frio.

- Não toquem no piano! - Diz o homem, nisso os servos soltaram o piano fazendo ele cair no chão e um belo batuque alto foi escutado.- Idiotas! Peguem o piano - Fala ao ver o piano quase quebrar.- Não! Agora soltem! - Fala ele se lembrando do piano cheio de marcas de dedo.

- Você quer que a gente solte ou pegue? - Fala um dos servos com medo.

- Ah! Que saber?... Foda-se - Fala o homem indo embora deixando os servos trabalharem.


Notas Finais


Cap pequeno da poha.... Gostaram?


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...