História O assassino moderno - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Assassin's Creed
Exibições 10
Palavras 709
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Drama (Tragédia)
Avisos: Adultério, Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Eu mexo nas gavetas de um homem


Fanfic / Fanfiction O assassino moderno - Capítulo 2 - Eu mexo nas gavetas de um homem

Assim que eram 10 da noite eu fui tomar banho e assim que voltei inha um bilhete escrito por victor dizendo que ele tinha ido trabalhar e voltava apenas de manhã, , não era pra mim abrir a porta pra ninguém. Eu analizei a situação. Que emprego ele tinha pra trabalhar essa hora?eu me troquei e fui assistir tv até que parei pra pensar.vou procurar o documento que ele tinha pegado de manhã sobre o prefeito que supostamente assasinou meu pai.fui até o quarto dele e abri a primeira gaveta tinha uma coleção de chaves que eu não entendi o porque de tanto.abri a segunda e encontrei oque eu temia encontrar.passei logo pra terceira gaveta lá tinha algo bem interessante.uma coisa que eu nunca tinha visto.era um par de braceletes de couro com um emblema estranho que eu nem sei identificar.eu coloquei um dos braceletes no meu braço era incrivelmente leve, nem parecia que tinha algo no braço. Eu apontei o braço pra frente e olhei pra ele coloquei a mão pra trás e de repente BUM. Uma lamina saiu do bracelete eu tomei um susto enorme, não esperava por aquilo.a lamina tinha um fio duplo e tinha uma ponta bem afiada.eu coloquei o braço pra trás denovo e ela voltou.foi ai que eu entendi como ela funcionava.era provavelmente uma lamina para combate cauteloso, a ideia dela não era matar com todos olhando e chamar atenção. A ideia dela era matar sem que ninguém pudesse ver quem matou.
Qual era o emprego do meu tio? Assassino de aluguel? Bandido?  Não fazia a menor idéia. Guardei tudo pra que ele nao visse que eu mexi.
Fui olhar na quarta e ultima gaveta, lá estavam os documentos.tinha um bocado de pastas cheias de folhas. Eu achei melhor nem mexer.vai que eu coloco na ordem errada e ele me descobre. Sai do quarto e fui para a sala o co putador estava ligado.tinha um mapa com alguns pontos marcados e umas radios policias.ele era policial? Detetive talvez?
Sentei no sofá e fiquei assistindo tv, até que fiquei com sono e fui dormir.
Naquele dia o sonho foi diferente.eu estava na mesma rua em que meus pais foram mortos, o carro de victor estava parado do meu lado dessa vez eu conseguia ver as coisas mas nao conseguia ouvir.tinha um homem dentro do carro mas não era victor, parecia eu.o carro acendeu os farois e eu acordei.
Assim que levantei fui até a cozinha victor estava lá.
-porque você mexeu nas minhas coisas!-disse victor.
-eu não mexi!
-foi um fantasma então? eu nunca deixo as laminas ocultas viradas uma do lado da outra sempre ficam uma atrás da outra!
-pode ter sido alguma coisa que bateu ali e caiu.-respondi.
-admita...Você mexeu nas minhas gavetas!
-tá eu admito eu fui procurar os documentos do assasino do meu pai Que você tinha pego ontem de manhã.
-nunca mais mexa nas minhas coisas sem a minha permissão!
-tudo bem... tudo bem... Você trabalha em que?
-você não precisa saber...
-eu preciso sim! Você é responsável por mim agora, quero saber quem você é, oque você faz.-ele deu um suspiro.
-tudo bem... Você já ouviu falar na ordem dos assassinos?
-Como assim?
-desde os tempos antigos os assassinos estão atrás dos templarios, normalmente pelo bem do povo. Eles começaram a perseguir os templarios desde as primeiras cruzadas. Os templarios só querem o poder, eles querem dominar as pessoas, antigamente eles faziam isso por meio da religião, mas hoje eles o fazem por meio do controle politico.Os assassinos se tornam assasinos alguns por certos motivos e outros por "linhagem familiar."eu e seu pai, nós somos assasinos... então sendo assim, você é um assasino por causa do seu sangue, por causa de seus ancestrais.
-na hora parei pra analisar a situação.isso significa que minha família matava pessoas a muito tempo.eu tinha o sangue dessas pessoas.eu era um assssino, deveria seguir essa linnhagem?
- me ensine.me ensine a matar quem matou a minha familia.-ele colocou café na xicara.
-não.
-mas porque...eu quero me vingar, não vou deixar isso passar.
-você ja parou pra pensar que isso é perigoso? Que você é só uma criança?
-eu sou uma criança mas eu sei oque eu quero!
-não dylan... Você é muito novo.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...