História O Ato Mais Sombrio - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Poesias, Sawtheme, Terror
Visualizações 20
Palavras 235
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Drabble, Poesias, Terror e Horror
Avisos: Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Aproveite e tente haurir o tema!

Capítulo 1 - Capítulo único





O Ato Mais Sombrio




Em um lugar distante,

A escuridão é abundante,

Em uma pequena fazenda,

Uma criança se lamenta,


Pela falta de seus pais,

Que a deixaram por coisas banais,

Encolhida em um canto,

Observa o seu novo dono,


Este que é gordo e baixinho,

Usa um avental de açougueiro,

Bem desengonçado,

Grita com a pobre criança que está ao lado,


Em situações precárias,

A menina é levada,

Para dentro da terrível casa,

Os gritos ecoavam de dentro,

Pareciam de dor e sofrimento,


Depois de muito tempo,

O macabro silêncio,

O homem saira da casa,

Carregando consigo,

Um grandioso saco de lixo,


Porém o braço da criança,

Se estendera rasgando o saco,

Mas a mesma parecia morta,

Pois o sangue escorria,

Pelos dedos daquela pobre menina,


Uma semana depois,

Novamente outra criança é deixada,

Na porta daquele psicopata,

Então a cena se repetiu,


A criança encolhida,

O lamento pela ausência dos pais,

O homem bizarro levando ele para dentro,

Os últimos gritos e lamentos,


O que todas essas crianças tinham em comum,

Era a deformidade física,

Deformidade que seus pais tanto temia,


Agora perceba a ironia,

Quem realmente era o monstro,

O carrasco ou a família,

Creio que é você,

Que está lendo essa poesia,


Lendo ou assistindo,

Ficção ou realidade,

Somos espectadores,

De tanta maldade,


Fotos íntimas vazadas,

Pessoas que são assassinadas,

E tem sua morte gravada,


Graças às visualizações,

A disseminação é abundante,

Porém isso é um problema em meio a tantos outros,


Agora me questione por ter escrito algo tão horrível,

Mas antes de jugar lembre-se,

O aviso fora dado,

"Não leia para não ser responsabilizado!"


Mas não fique chateado,

Apenas leve como aprendizado,

Somos nós que damos audiência,

Para tantas coisas horrendas,


Espalhe a palavra,

Amor ao próximo é a nossa melhor dádiva!

 


Notas Finais


Obrigado por ler até aqui,
Como sempre, abraço, sucesso e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...