História O Autor - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias As Provações de Apolo (The Trials of Apollo), Os Heróis do Olimpo, Percy Jackson & os Olimpianos
Personagens Annabeth Chase, Apollo, Hades, Jason Grace, Nico di Angelo, Percy Jackson, Perséfone, Piper Mclean, Will Solace
Tags Romance, Solangelo
Exibições 40
Palavras 939
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção, Poesias, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


esta estoria é baseada em jovens, na tortura que é a vida, no inicio .
duvidas todos nos temos, problemas,
temos de procurar ajuda, porem com quem
essas sempre foi minha vida
beijos

Capítulo 1 - Nico - Minha vida


 Acordo e sigo minha rotina, tomo banho, me visto checo meus e-mail, tomo meus remédios, desço encontro os meus pais, tomo café da manha e me despeço do meu pai e pego carona com minha madrasta para a universidade.

Ao tocar o meu celular vejo que é Reyna e coloco no viva voz.

_Nico é só uma entrevista – diz Reyna minha agente literária

_Pode ser via internet? - fala minha madrasta

_Sim pode! - Reyna

Pe, olha para mim e eu aceito, fico desconfortado ao falar com outras pessoas, não gosto de falar ao telefone, quanto mais ao vivo.

_Façamos o seguinte Reyna, avise que ele pode, se negar a responder algumas perguntas, criaremos uma conta via Skype e passaremos a você, esta será desativada após a entrevista. - Eu amo essa mulher.

Ao desligar com o telefone, Persefone me encara e diz _Um dia você tera de falar ao mundo quem é você!

_Sim eu, sei – já me encolhendo.

_Agora boa aula, quer que eu pague você a tarde? - perguntas

_Não, vou tentar voltar sozinho de metro -falo me despedindo

Entro no campus e dou de cara com meus dois seguranças, ter esses primos ninguém merece.

_Nico, Tudo bem! - Jason já me abraça e me leva junto ao Percy

_Vocês não deviam estar em aula?

_Tecnicamente – tenta explicar Percy _Eu vim trazer a Annabeth que estuda ali, e aproveitar pra ver você que estuda aqui. Ele – apontou para Jason _Me seguiu!

_Na verdade vim ver a Píper que está no seu campus. - diz Jason

_Jay, já se declarou pra ela? - pergunto

_To tentando, OK! - Jason

Nesse momento meu primo quase desmaia, porém para vergonha é maior, ele não fecha a boca.

Estacionando ali perto, o carro preto que conhecíamos pelo ronco, que pertence ao pai da talvez, se o meu priminho criar coragem, futura namorada dele. Píper é nativa americana, tipo Poncarontas, corpo, rosto coloração da pele, porem o melhor é o seu jeito meigo e carismático, porem durante o semestre passado aprendi que ela era muito durona.

Como conheci ela, bom quando entrei para a universidade Píper presenciou um dos meus piores ataque de pânico, chamaram Jason e Percy, porém foi ela que me ajudou, simplesmente foi fazendo eu me concentrar na sua voz e me focar nela e na minha respiração.

Jason se apaixonou neste dia.

_Oi meninos, Nico vamos entrar. - fala ela me puxando

_Píper, você gostaria de ir ao cinema com o Jay neste sábado? - falo

Jason congelado ainda de boca aberta.

_Claro – ela pega um papel do caderno anota e entrega ao Jason _Aqui está meu telefone, você pode me pegar as 7pm. - por sorte ele sorri.

_Até mais tarde primos. - falo, sei o que está pensando, cara ele é teu primo, porém, o garoto é bonito, alto, forte e bobo, tinha que dar uma força.

_Ele tá crescendo né! - fala Percy dando um tapa na cabeça do Jay para acordá-lo.

Sempre sento nas últimas cadeiras próximas a porta, isso uma via de escape, sempre com fones de ouvidos, gravo as aulas, acho melhor, mais fácil assim.

Ao término do dia reencontro meus primos, Annabeth que é namorada do Percy e Píper.

_Nico, você vem com a gente, estou de carro. -pergunta Percy

_Desafio, Percy hoje vou de metro. - falo

_Percy, então vou com nico.

_Não Jay, preciso fazer isso sozinho – coloco meus fones, respiro, e vou, sentido a rua Schwartz Plaza e em 15 minutos estou na West 4 St Station, Jason já fez este trajeto umas cem vezes comigo então não me sinto perdido, desço dois lances de escada passo a catraca embarco no metro, esta cheio as pessoas empurrão mais estou prestando atenção na musica alta, Panic! At The Disco I Write Sins Not Tragedies, New Perspective a musica acaba e começa Eminem Lose Yourself, Imagine Dragon Polaroid, quando chego já toca Coldplay – Paradise, Viva La Vida subo dois lances de escada estou saindo da 23 Street Station ando estou sorrindo consegui, entro no apartamento 776 6th Ave, comprimento o porteiro, subo o elevador até o 13º andar apto 113, entro tiro os sapatos, vou ate meu quarto coloco minhas coisas, ando ate a cozinha preparo algo pra comer bem saudável uma tigela grande de cereal com leite e marshmallow, umas frutas picadas e suco de laranja, volto para o quarto. Meus pais somente chegariam mais tarde, meu pai passaria na floricultura par pegar Perefone. Sento na minha cama, coloco a comida na mesinha de cabeceira, pego minhas anotações, e meu laptop, meus cadernos e começo a trabalhar.

Quando toca meu celular atendo é Persefone _Chegou bem, o metro estava cheio? -falo que sim _Nico, Reyna acabou de me avisar, que a repórter ira chamar você as 6 pm, fica tranquilo, qualquer coisa pede desculpas e encerrar a chamada. Ok. Estamos orgulhosos de você, filho. Beijos.

Olho no relógio e são 5:35 pm, vou ate o meu computador bloqueio a câmera, ativo a conta o_autor, coloco meu headset sem fio e volto a me sentar na cama.

Quando app toca, atendo, de repente escuto uma voz grossa _Boa Noite, Sr. Ângelo Salacin, meu nome é Will Solace, represento a revista Destak, sua agente Reyna agendou esta entrevista, tudo bem!

Demoro para atender e falar, vou ate a tela do computador e me deparo com um rapaz loiro de olhos azuis.

_Oi, estou aqui, desculpe é que me foi falado que seria entrevistado por uma menina. - falo

_Tem algum problema de ser eu, senhor. - fala ele

_Não, imagina, pode me chamar de você, não sou tao velho assim.


Notas Finais


espero que gostem, agora é tudo novo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...