História O Babá da pequena Sophie (VHope) - Capítulo 14


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Hopev, Hoseok, Otp Vhope, Seoktae, Taehyung, Taeseok, Vhope, Vhope Is Real
Visualizações 345
Palavras 1.032
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Fantasia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Slash, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


•》Bom gente olha eu aqui de novo então sem mais enrolação vamos pro capítulo.

Capítulo 14 - Tem vergonha de beijar um cara?


Fanfic / Fanfiction O Babá da pequena Sophie (VHope) - Capítulo 14 - Tem vergonha de beijar um cara?

Pov Taehyung:


Cont.

- Fiquei com medo e... Perai, o que você gostou? - Disse assustado com o que eu acabará de dizer.

- Eu gostei pra falar a verdade acho que a gente deveria terminar o que começamos mais cedo - falou se levantando da poltrona e me puxando pra me colocar em pé a sua frente

- O que vai fazer? - falei gaguejando ao vê-lo se aproximar

- Isso - Ele se aproximou um pouco acabando com a grande distância que havia entre nossos corpos, me envolveu em um abraço quente. Nossos olhos se cruzaram, até que numa fração de de segundos nossos lábios se encontraram. Foi como se meu corpo não me obedecesse mais, não resistia aquele encontro de desejos e aquele contato doce que os nós estavam envolvidos. Sua língua invediu minha boca e passamos a explorar cada canto de nossas bocas. O beijo estava fazendo meu coração saltar no peito, isso era mais forte que eu, era sem dúvidas o melhor beijo que eu já tinha dado em toda minha vida, eu acariciava sua cabeça enquanto sua mão passeava por todo meu corpo sem desmanchar o beijo, gemi baixo ao sentir sua mão apalpando minha bunda com força, nos separamos assim que o ar se fez ausente, ele sorriu safado lambendo os lábios e me puxando pra um breve selinho.

- Isso foi melhor do que eu imaginava, precisamos repetir isso mais vezes não acha? Quem sabe mais tarde - sorriu malicioso

- S-Sim - Respondi gaguejando ainda em êxtase do beijo

- Vou ver a Sophie Taehyung, te vejo lá - Falou e piscou pra mim e saiu da sala me deixando ali parado. Coloquei a mão em meus lábios tentando processar o que acabará de acontecer, sorri bobo outra vez, eu não podia conter a alegria de o beijar, antes eu estava realmente confuso sobre o que eu sentia de verdade mais depois desse beijo eu tive a completa certeza de que eu realmente havia me apaixonado perdidamente por Jung Hoseok, sentei novamente na cadeira peguei meu celular no bolso e liguei pros meninos, afinal só eles poderiam me dizer o que fazer.


Pov Hoseok:

A muito tempo eu não me sentia daquela forma, Taehyung me trazia sensações que até antes de o conhecer eram inexistente pra mim, me sentia quente por dentro e principalmente senti que eu havia apaixonado novamente, mais dessa vez era pra valer, eu sentia que ele era a pessoa certa pra mim, a pessoa com quem eu eu estaria disposto a construir uma família ao seu lado.

Sorri ao entrar no quarto e ver minha garotinha já sentada na cama sem o frasco de soro em suas veias, provavelmente o médico tinha tirado enquanto eu estava fora

- Demorou papai, aonde estava?

- Com o Taehyung meu amor - Sorri ao dizer seu nome

- Você deu um beijinho nele papai?

- Ei que isso? quem te ensina essas coisas?

- O titio Yoongi - respondeu simplista - Ele me disse que você um dia ainda ia dar um beijinho no papai Tae, porque ele sentia que vocês dois tem química, papai o que é ter química?

- Bom meu amor é quando duas pessoas tem uma ligação muito forte e são consideradas como pares perfeitos... mais espera seu Tio já falou de mim e do Tae pra você - Perguntei surpreso

- Sim, ele diz que o Papai Tae é a parte que falta em nossa família, mas e ai papai, deu um beijinho no papai Tae?

- Digamos que sim e que em breve vou te fazer uma surpresa, mas por enquanto vamos pra casa, afinal você já está de alta e ainda temos 2 dias de férias aqui e temos que aproveitar muito.

- Eba, vou poder pra casa com meus dois papais, mas espera ai, cadê o papai Tae? ele não está com aqui com você Papai?

- Ele está ali na sala ao lado. Vamos meu amor temos que ir pra casa agora - Falei pegando ela no colo, beijando sua testa e saindo da sala despedimos da enfermeira e fomos até a sala onde Taehyung estava falando ao celular, fiz um sinal pra ele avisando que era hora da gente ir ele assentiu e em seguida despediu-se da pessoa do telefone desligou. Então saimos do hospital, entramos no carro e partimos de volta pra casa na praia.

[...]

Chegamos Sophie desceu correndo, puxou Taehyung pelo braço e foram em direção da praia. Apesar dela ter que ficar um tempinho de repouso, a pequena insistiu que iria brincar um pouquinho na praia... eu deixei afinal faltava poucos dias pra gente voltar pra casa, e voltar pra rotina normal de antes, com muito trabalho e pouco tempo pra família. Mais eu iria tirar um tempo maior pra ficar com ela. Sentei na areia pra observar Sophie e Taehyung se divertindo na areia da praia, construindo castelos, brincando em frente a maré. Logo algumas crianças se juntam pra brincar com Sophie e Taehyung, veio se sentar ao meu lado.

- Ela é linda demais - Falei me referindo a minha garotinha, que estava com as bochechas coradas devido ao sol

- Puxou o pai - Falou sorrindo quadrado pra mim fazendo seus olhos sumirem e formarem um eye smile

- Taehyung sobre hoje eu realmente quero estar com você, acho que você transformou minha vida assim que você entrou nela e passou a fazer parte do meu dia a dia e... ele se aproximou de mim, e novamente acariciou meus cabelos e depositou um beijo em meus lábios, começou um pouco calmo mais aos poucos foi se intensificando cada vez mais com direito a mão boba e tudo, Mais do nada ele se separou dos meus lábios.

- Hoseok, a Sophie e as crianças vão ver - Falou apontando pra pequena que brincava junto com as outras crianças

- Tem vergonha de beijar um cara? - Perguntei direto.

- Não é isso, é que acho que a gente não vai conseguir se controlar e se... você sabe né - Sorri sacana ao ouvir isso

- Acho que tem razão temos que ir pra um lugar mais reservado, você não acha? - Falei mordendo os lábios e vi seu de olhar de malícia surgir junto com um sorriso sacana.


Notas Finais


Gente demorei mais estou aqui o importante é aparecer né kkkkk então até amanhã.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...