História O Baile de Máscaras - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Baile De Máscaras, Bangtan Boys, Bts, Cute, Dorama, Funny, Hot, Imagine Com Taehyung, K-drama, Kim Taehyung, K-pop, Taetae
Exibições 66
Palavras 3.619
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Festa, Shoujo (Romântico)
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Divirtam-se e sintam-se [email protected] por Kim Taehyung...

Capítulo 1 - Capítulo Único


Fanfic / Fanfiction O Baile de Máscaras - Capítulo 1 - Capítulo Único

A minha carreira no mundo dos k-dramas estava começando, depois de tudo que passei com muito esforço e pressão finalmente consegui virar uma atriz de verdade, de figurante à protagonista foi um longo caminho, eu estava orgulhosa.
 Á uma semana atrás tínhamos terminado de gravar o drama “Hwarang”, eu fui bem, não poderia dispensar essa oportunidade por causa dele, por mais que tenha sido chocante e doloroso gravar toda semana com ele. O ver me lembrava bastante sobre o nosso passado.
Nós não nos víamos muito durante as filmagens mas tínhamos algumas cenas juntos, me enlouquecia falar com ele apenas pela atuação, como ele não demonstrava nada depois das gravações eu pensei que ele nem me reconhecia ou nem se lembrava, claro, nós mudamos e estamos aqui á trabalho, mas... Era horrível vê-lo depois de tanto tempo e não poder o abraçar, dizer que sentia sua falta, dizer que podemos finalmente ficar juntos já que nada nos impede... Eu tinha tanto para te perguntar,Kim Taehyung.”

   -Como vocês sabem estas são as estatísticas sobre o nosso novo drama...
Dizia o produtor, apresentando nessa reunião cansativa sobre o novo dorama que estava prestes a ser lançado.

Eu estava tão cansada, aquela sala, aqueles rostos desgastados, a palestra em si me deixava sonolenta, minhas pálpebras já estavam pesadas, mas eu não poderia adormecer, ainda mais agora que eu tinha conseguido entrar na indústria de entretenimento, de k-pop, de k-dramas... O mundo de atuação que eu sempre tinha sonhado, mas... Não era bem como nos meus sonhos.

-VAMOS PASSAR DAQUELES [email protected] DA PUTA! HHHAHAHA
O CEO da empresa disse em um tom berrante, se levantando da mesa rapidamente e gargalhando fazendo todos se assustarem. Inclusive eu... que tinha caído da cadeira.

-Aigoo, S/n você tá bem??

Disse Min Ha, minha melhor amiga e a minha staff pessoal.

-Aai... Acho que sim...

-Estão todos dispensados, e amanhã eu quero todos prontos bem cedo por que nós vamos viajar à Ilha de Jeju para um grande evento. E sem atrasos, CERTO NOVATA?
Disse o CEO elevando as palavras no final da frase, já me conhecendo bem. O desastre em pessoa. Eu praticamente tinha que ter uma máscara escondendo toda a minha imperfeição, esse infelizmente é a condição desse mundo. Depois todos nós saímos, eu e todo o resto já sabíamos para onde queríamos ir. Quarto, cama.

-S/n vê se não se atrasa amanhã em! Descanse por que não quero que você se dê mal de novo.

-Ok, Ok. Sem você não sou nada Unnie. Descanse também!

Depois de me despedir de Min Ha no corredor, entrei no quarto quase que me rastejando, tirei somente os sapatos e praticamente desmaiei na cama. Aquela cama nunca fora tão confortável como estava sendo naquele dia.
Eu tinha dormido tão bem que tinha perdido a hora, faltando 15 minutos para partirmos. Dei um pulo da cama, prendi o cabelo e peguei minhas coisas, antes de sair me olhei no espelho e francamente... Eu estava horrível, a maquiagem borrada disfarçava a minha cara inchada, ou piorava ela. Saí com escova de dentes na boca e com os tênis desamarrados, já imaginando o manager furioso me repreendendo e os zeros descontados do meu salário. Ótimo, os fotógrafos adorariam essa cena. Aish, eu sei que eu deveria ter mais responsabilidades agora, mas eu vou conseguir! Meu objetivo mais forte neste momento era chegar até a Van antes que o manager me visse.

-Mas que porra! -Murmurei ainda com a escova de dentes enfiada na boca.
O manager estava chegando na Van mas todos nos ouvimos um estrondo quando Min Ha deixou uma caixa cheia de coisas cair no chão, quer dizer, ela jogou no chão para me salvar.De novo. Ela fez uma expressão demonstrando que se eu não andasse logo eu estaria ferrada,agradecida corri para Van o mais rápido e depois soltei o ar, aliviada. Pude ouvir de dentro do carro uma cantada do Manager para Min Ha, mas como sempre, ela dava um gelo nele, apesar de também gostar dele.

À caminho do aeroporto pude me arrumar direito e retocar a maquiagem. Nunca é tarde demais pra consertar as coisas, eu queria causar uma boa impressão, pelo menos no aeroporto.

Chegando lá fomos aguardar no portão de embarque e percebi que algumas fãs estavam lá em meio os fotógrafos, isso me animou muito, eu as amo. Cumprimentei-as e depois fomos para o avião, não seria nenhuma viagem de 10 horas, mas eu estava ansiosa. O avião era particular por que tínhamos muitas pessoas trabalhando para o k-drama, e não daria certo de outra forma.
Entrei no avião depois de despachar a bagagem e verifiquei a minha poltrona, quando percebi fiquei muito nervosa e surpresa. O meu lugar tinha sido marcado ao lado de Kim Taehyung. Eu tinha saído tão depressa e ainda meio perdida que não tinha lembrado que ele estaria lá. Meu coração bateu forte e depois de um tempo encarando ele dormir, me sentei suando frio. Ainda bem que ele estava dormindo, não queria que ele visse a minha reação, eu tinha certeza de que eu estava patética.

-Espero que tenham uma boa viagem, apertem os cintos...
A aeromoça avisava e dava as instruções para todos.
 Ainda sim eu estava sem reagir, eu sabia o que fazer, entretanto o meu corpo não obedecia, o meu cérebro comandava, mas o resto parecia estar congelado.
Prendi a respiração quando senti Taehyung se debruçar sobre mim enquanto seus dedos roçavam pela minha barriga e indo em direção ao cinto de segurança.

-Você não ouviu a aeromoça?
Disse, prendendo o cinto para mim.

Eu o olhei e seus olhos com cílios longos me olhavam esperando uma resposta, mas já sabendo que não teria apenas se virou a sua posição inicial. Suspirei ainda nervosa e a imagem de seus olhos me encarando passava repetidamente pela minha cabeça. Ele era realmente muito lindo.
Era incrível que depois de anos ele ainda me arrancava suspiros. Tivemos uma separação difícil, mas eu me perguntava por que ele iria querer alguém como eu? Senti-me uma tola por pensar que ele iria querer algo comigo de novo...

Finalmente tínhamos chegado, eu não tinha conseguido relaxar a viagem toda.
Descemos e cada um seguiu os planos de sua empresa.

Indo para o hotel, observei as montanhas e o clima refrescante daquele fim de tarde. O sentido do vento que influenciava as ondas, a areia e as árvores. Realmente aquele era um ótimo lugar para ficar. Chegamos ao hotel e ele era enorme e elegante, o manager nos juntou em uma parte do saguão e nos deu algumas instruções, ele tocou em um assunto que me deixou curiosa.

-Estamos aqui para promover o novo k-drama “Hwarang” e para apresentar o nosso elenco á mídia e a indústria coreana... A nossa empresa está em um projeto que pode render muito para nós e também á nossa mais nova parceria, BigHit. E por isso hoje terá um baile de máscaras. Aproveitem, se arrumem e também não deixem de interagir com o elenco das outras empresas.

Depois o manager dividiu os quartos e eu fiquei junto á Min Ha.

Eu já estava arrumando maneiras de aliviar meu nervosismo. Mas desta vez eu estava realmente determinada a fazer tudo certo.

 

-Pode ir pro quarto que eu vou buscar a roupa que nós vamos vestir para o jantar de hoje á noite e o baile, e tente relaxar por que eu percebi a sua aflição depois de sentar ao lado do Kim Taehyung.
Ela falou caçoando de mim.

-Ei! Eu não estava aflita, quer dizer... Só um pouco, mas unnie você entende né?

-Ok, Ok. Ensaie um pouco a sua fala de hoje à noite por que alguns repórteres vão estar lá e você precisa passar uma boa impressão, aquelas apresentações de sempre para a mídia. Hoje eu que vou te arrumar então só relaxa.

-Tá, vou confiar em você! Te vejo mais tarde!

Peguei as chaves do quarto e subi com algumas malas, o quarto era lindo e tinha uma ótima vista. Tomei banho e enquanto eu esperava Min Ha pratiquei um pouco a minha apresentação. Fiquei satisfeita, apesar de desastrada e nervosa eu consigo lidar com isso bem. Um tempo depois Min Ha tinha chegado com as roupas.

-Este é o seu, não fui eu quem escolheu, mas acho que te cai bem, e essa máscara é ótima... O que achou?
Disse me mostrando um vestido dourado, longo, com as costas a mostra e uma máscara branca bem decorada combinando com o vestido cintilante. Eu tinha gostado do vestido, era um tanto sex, não era ruim.

-Uhh... É bonito, você achou certo! E o seu?

-Ah o meu não é tão elegante, mas é maravilhoso. Também tenho uma máscara, parece que é como um convite, todos vão usar... Acredito eu.
O vestido dela era tão lindo quanto o meu, preto, curto e brilhante e a máscara era cinza.

-Hora de nos arrumarmos mocinha.

Colocamos os vestidos e depois ela começou a fazer a maquiagem e o penteado em mim.

-Gostou?
Finalmente tinha acabado e me mostrou o penteado que fizera no meu cabelo.
Era um coque alto com algumas tiras soltas sobre o rosto, o coque tinha também alguns acessórios discretos. A maquiagem não era muito forte, ela sempre falava que a minha beleza natural era ótima o suficiente, era uma maquiagem de cores claras e escuras, um pouco degradê esfumaçado e o batom era um rosa avermelhado claro. Apesar de ser uma maquiagem leve tinha um lado ousado.

-Eu amei! Obrigada, você é ótima em tudo que faz Unnie.

-Eu sei, eu sei... Agora eu vou me arrumar rapidinho!

-Certo.

Eu a esperei e depois que ela tinha terminado nós pegamos nossas bolsas calçamos o salto e descemos para nos encontrar com o resto do elenco no saguão.

-Estão todos aqui?
Disse Min Ha perguntando para o manager.

-S-ssim estão...
Falou boquiaberto fitando-a.

-Iiih, agora sim o Manager-Oppa enlouquece.
Falei quebrando o clima entre eles... Por mais que eu apoiasse-os o que eu mais queria agora era ir logo. E desejo concedido. Nós fomos rapidinho depois que o manager ficou sem graça, senti muito por estragar esse clima entre eles mas era necessário, depois eu daria uma força de recompensa, sou ótima de cupido para os outros, já minha vida amorosa...

Chegando ao local do evento fiquei encantada. Eu sempre via de longe todos esses eventos e hoje eu estava participando de um, como protagonista.
Tinham muitos repórteres, fotógrafos e um tapete vermelho enorme que dava na entrada do baile. Estava tudo muito bonito e vendo isso me lembrei das palavras de Taehyung antes de ele partir.

“Eu sei que um dia você também vai conseguir realizar o seus sonhos meu amor, você nasceu para atuar, e eu para cantar, por mais que eu não esteja presente eu vou estar no seu coração. Nós estamos nos separando por que não quero machucar você, mas um dia eu ainda voltarei e vamos aproveitar tudo isso juntos.”

Eu tinha conseguido e ele não estava ao meu lado. Ele mudou tanto, eu queria ter iniciativa para falar com ele, mas tenho muito receio de que ele tenha deixado de me amar. Eu sei que um dia iria ter que enfrentar isso, mas não agora, não quando tenho tudo, mas ao mesmo tempo não tenho nada sem ele comigo.
Nós nos conhecemos à três anos atrás, morávamos em Daegu e ele estava prestes a debutar no mundo k-pop e iria me deixar, naquela época eu não entendia mas depois destes anos percebi que eu tinha sido egoísta a ponto de deixar ele mal também. Ele nasceu para criar música e mostrar seu talento para o mundo... Eu só queria me desculpar com ele e dizer que nós conseguimos e que ele é o homem que eu amo. Que eu ainda o amo.

O manager nós chamou me despertando de meus pensamentos. Era hora de caminhar pelo tapete vermelho, finalmente.

O flash das câmeras invadia o espaço, fotógrafos disputavam vários lugares para as melhores fotos e pessoas elegantes caminhavam suavemente pelo tapete. Consegui passar por isso sem nenhum tropeço, ainda bem. Menos uma barreira para derrubar.
Na porta de entrada havia alguns seguranças em volta do grande salão. O manager deu um papel para um dos seguranças e as portas se abriram vagarosamente.

O salão era enorme, havia atrizes, k-idols, apresentadores, cantores solo,CEOs de grandes empresas e até mesmo funcionários de pequenas empresas. Tudo e todos estavam em um tom harmonioso. Tinham muitas mesas, flores, um grande espaço para o baile e um Buffet enorme. Min Ha iria amar aquilo.
Vários famosos vieram nos cumprimentar e depois todos se sentaram por que alguns grupos de k-pop iriam se apresentar em um palco elevado que tinha no saguão.

Exo, Mamamoo,Got7, VIXX, BlackPink e outros grupos se apresentaram, o último grupo á se apresentar foi o Bangtan Sonyeondan, e Taehyung estava lá performando perfeitamente, eu estava muito feliz por ele e pelos outros integrantes, que eu havia conhecido á pouco tempo durante algumas gravações de “Hwarang”.
Meus olhos acompanhavam os movimentos que ele fazia. Ficamos separados por três anos, mas ainda sim eu me lembrava de tudo, inclusive suas manias.

Depois de algum tempo os responsáveis por promover o k-drama subiram no palco e deram um discurso, depois chamaram o elenco para a apresentação. Eu fiquei muito nervosa, mas consegui me apresentar bem. Depois de mim o resto do elenco, e Kim Taehyung se apresentaram, pude vê-lo melhor desta vez, ele estava elegante com um terno de gravata preta e tiras douradas, estava cada vez mais tentador não poder agarrá-lo e o beijar, eu estava prestes a enlouquecer com tudo aquilo. Depois descemos do palco recebendo as palmas.


Algum tempo depois todos jantaram e o CEO de nossa empresa subiu no palco avisando que o baile iria começar e para colocarmos nossas máscaras e aproveitar o resto da noite. Depois do aviso as luzes diminuíram de intensidade e muitas pessoas já estavam indo com seus pares para o espaço do baile. Inclusive percebi Min Ha e o doce manager se pegando em um canto mais escuro do salão, ele estava beijando ela intensamente. Fiquei feliz por eles e nem precisei gastar tanto esforço, parece que a noite vai ser ótima e quente para certas pessoas.
Aproveitei o meu momento de paz e individualidade e fui até a mesa de bebidas, eu realmente queria tomar algo forte, misturei o conhaque com algumas bebidas alcóolicas e fiz um drink que tinha aprendido com o irmão de Min Ha, sempre saíamos para beber com ele por que ele era divertido e sabia explicar bem o conteúdo das bebidas.

-Desde quando você bebe tão bem S/n?
Falou no meu ouvido me fazendo engasgar um pouco, surpresa.

-Taehyung?!

-Precisamos conversar.
Falou me puxando de leve, apressado, passamos dentre várias pessoas e fomos para uma porta dos fundos sem ele me explicar nada mais.

-Desculpa... Você está bem?
Disse Taehyung tirando sua máscara, depois que nos afastamos do salão e toda a barulheira tinha se distanciado.

-E-eu acho que sim...

-Quer ir caminhar pela praia? Não é muito longe.

-Sim, mas os fotógrafos e as outras pessoas...

-Relaxa, você confia em mim?
Disse, com calma e sorrindo docemente com o seu sorriso quadrado de sempre. O sorriso cujo eu sentia muita falta.

-Certo.

Tirei o salto e a máscara e assenti ainda sem saber como deveria reagir.
A noite estava diferente fora do salão, fora do mundo da fama, fora do mundo das empresas e longe do barulho que me deixava nervosa. Desta vez eu não estava com medo de errar, eu sentia humildade e confiança vinda de Tae. Depois de caminhar um pouco tínhamos chegado à praia, o céu escuro tinha uma tonalidade profunda de ameixa, e as cristas das ondas pareciam quase prateadas, cintilando. Ondas batiam nas margens, puxando conchas e algas marinhas ao recuarem e meu vestido arrastava de leve contra a areia. O ar estava mais fresco perto da água. Olhei para tae por um segundo e o vento batia seu cabelo contra o rosto, eu queria muito beijá-lo e dizer muitas coisas que estavam me dando um nó na garganta. Nós paramos e algo me disse que realmente tinha que desabafar agora. Ele precisava saber o que eu sentia.

-Taehyung. Eu sei que nós nos separamos á três anos, você não deve nem mais lembrar o porquê disso, eu fui uma tola, mas eu realmente quero me desculpar, eu entendo, fui imatura finalmente eu entendo, sinto muito se estou falando isso depois de muito tempo. Você já deve ter se apaixonado de novo e...

-S/n eu sempre vou amar você, não precisa se desculpar por nada, já passou. Eu só quero ficar com você agora, é... É isso que eu quero.

Ele balançou a cabeça assentindo, ele se aproximou e seus lábios estavam tão perto dos meus, seu olhar era tão encantador. Meu corpo se agitou quando fiquei na ponta dos pés, inclinando até ele.  Pousei minha mão em seu rosto e Taehyung piscou, sem se mover. Continuei lentamente cada segundo sentindo-me cada vez mais petrificada. E então, quando estávamos pertos o bastante, fechei os olhos e apertei meus lábios contra os dele.
O toque de seus lábios, suave e leve como uma pena era tudo que nos conectava, mas um fogo se espalhou por dentro de mim, e eu soube que precisava mais... Mais de Kim Taehyung. Era pedir demais que ele precisasse de mim da mesma maneira depois de anos, que me prendesse em seus braços como se fosse a última vez?
E foi isso que ele fez.
Seus braços envolveram a minha cintura. Ele me puxou para mais perto, e eu senti nossos corpos se encaixando perfeitamente. Nós deitamos no chão onde não havia muita areia. Então ele começou a realmente me beijar, com delicadeza a princípio, fazendo sons sutis e deliciosos em meu ouvido. Depois, longa, doce e ternamente, descendo pelo queixo e para o pescoço, fazendo me gemer e pender a cabeça para trás. Taehyung entrelaçou seus dedos em meu cabelo, desmanchando suavemente o meu coque. Finalmente, Tae voltou para minha boca, beijando-me com intensidade, sugando meu lábio inferior para depois pressionar a língua macia pelos meus dentes. Abri mais a boca, desesperada para deixá-lo entrar mais, finalmente sem medo de mostrar o quanto eu o queria. Havia areia em sua boca e entre os dedos dos pés, o vento salgado arrepiava a minha pele, e a sensação mais doce jorrava de meu coração.
Ele afastou seu rosto do meu e me encarou.

-Me deixa te fazer minha de novo, S/n... –Sussurrou ele.

-Eu já sou sua, eu quero ser sua, Tae.

Sorri para ele e o beijei levemente na boca, deixando meus lábios demorarem nos lábios dele. Não conhecia palavras, nenhum jeito melhor de comunicar o que estava sentindo, o que queria.
Taehyung abaixou o zíper de trás do meu vestido e começou a beijar meu ombro.
Por um momento olhei para o céu e vi as estrelas brilhando sobre nós. Senti suas mãos acariciarem minha pele enquanto eu tirava cuidadosamente seu terno todo, fazendo-o ficar completamente nu. Ele me despia enquanto minha mão acariciava seu pescoço e afagava seu cabelo. Passei a mão em seu membro o masturbando, percebendo-o já ereto e latejando de excitação o beijei e depois mordi suavemente seu lóbulo enquanto ele acariciava minha intimidade. Depois o observei enquanto eu ficava por cima de seu membro, ele mordia o lábio inferior maliciosamente, suas mãos me ajudavam a fazer os movimentos por cima dele, calmamente a princípio, e nós dois gemíamos. Depois ele me virou cuidadosamente contra a areia e foi estocando seu membro dentro de mim fazendo movimentos de vai e vem repetidamente.

-ah... Tae...
Gemi o nome dele enquanto arranhava suas costas.

Ele foi estocando mais e mais, gemendo com a respiração ofegante em meu ouvido, ele apertava de leve a minha perna mais perto de mim, pude sentir seu cheiro e passar a mão por toda a suas costas suada. Ele acariciava a minha intimidade procurando me dar mais prazer e depois chupava os meus seios. Nós gemíamos alto, naquela praia vazia, apenas nós dois matando a saudade que nos corroeu durante esses três anos. Gozamos juntos, chegando ao nosso êxito.

Taehyung se deitou ao meu lado colocando minha cabeça em seu peito e cobrindo nossos corpos com algumas roupas.

-Eu senti tanto a sua falta, que bom que está aqui comigo agora.
Disse me dando um beijo na testa.

-Por favor, não me deixe de novo Tae. Prometa pra mim.

-Eu prometo. Vamos eu vou te levar para o meu hotel. Ficaremos muito tempo juntos ainda. Eu te amo...

-Eu também te amo.

Nos levantamos, vestimos nossas roupas e tae pediu um Táxi.
Chegamos ao hotel onde ele estava, e com cuidado subimos e entramos no quarto.

-É uma boa ideia tomarmos banho juntos?
Propôs Tae sorrindo.

-Não é má ideia.
Falei assentindo.

Colocamos nossas coisas em cima de uma das poltronas do quarto e nós dois fomos tomar o banho.
Depois do banho Tae e eu brincamos muito, fizemos a festa literalmente. Ele me contava sobre os integrantes do BTS, dávamos muitas gargalhadas juntos, pulamos na cama enquanto cantávamos Karaokê etc...
Eu sinceramente aproveitei tudo como se fosse a última vez. Matei a saudade do sorriso dele, de seu lado ingênuo, seu lado engraçado, de seu cheiro e de me sentir amada tanto quanto eu o amava. Ele me aceitava mesmo eu sendo muito desastrada, ao lado dele eu podia ser eu mesma. É bom ter alguém assim.
Adormecemos abraçados depois de passar a madrugada toda conversando, se aquilo fosse um sonho eu nunca mais queria acordar.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...