História O balanço das flores - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Drama, Hentai, Naruto, Revelaçao, Romance
Exibições 78
Palavras 3.458
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Comédia, Hentai
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Ohayo minna :3
Eu não sei se está ou não Bom, mas, juro que estou tentando!

A fic será um tanto quanto... Safada!
Eu gosto de fics assim,com hentai pesado, apesar de tímida ><

Eu gostaria também de agradecer por favoritarem...
Arigato!
Ah, e obrigada pelo comentário, foi um ótimo incentivo...
Obrigada mesmo!❤

Capítulo 2 - Os casamentos- A decisão!


Fanfic / Fanfiction O balanço das flores - Capítulo 2 - Os casamentos- A decisão!

Quando Hiashi chegou ao escritório do Hokage, se deparou com Sasuke vestido de ANBU... Provavelmente ele que fora chamá-lo. Sakura, Naruto, e Gai.
Gai era o secretário do atual Hokage... Hatake Kakashi.

- Agora que já estão todos aqui... Podemos começar. - Kakashi se ajeitou.

- Precisamos fazer um tratado com os Hyuugas, os Uzumakis, e os Uchihas. - Hiashi já sabia onde Kakashi chegaria.

- O clã Uchiha será reconstruído em breve, e queremos que minis Uchihas tomem conta do clã. - Sakura corou, Sasuke se mantinha quieto, Hiashi arqueou as sobrancelhas, e Gai riu escandalosamente. - Um casamento deverá acontecer. Já que Sakura é sua namorada, pensamos que talvez, ela estivesse disposta ao cargo. - O Hatake ajeitou as mãos abaixo do queixo.

-  Nani????? - Sakura se espantou, finalmente entendendo a conversa.

- HAHAHA, KAKASHI-SENSEI QUE TECNICAMENTE FEZ O PEDIDO. TEME BAKA! - Naruto se divertia do embaraço dos amigos.
Óbvio, apanhou de Sakura. Um grande soco no topo de sua cabeça.

- Ou você se casa com a Haruno, ou escolheremos uma noiva para você, Sasuke. - Kakashi concluiu.
Sakura o encarou, aflita.

- Lie. Não será necessário. - Sasuke segurou de forma discreta a mão da Haruno, que corou, vendo os amigos abafarem a risada.

- E eu? O que é que eu tenho haver com isso?! - Naruto olhava desconfiado.

- Você se tornará Hokage daqui a alguns meses, precisa de uma noiva. Não pode ser um moça qualquer, Naruto. Tem que ser alguém que te ame, e você também ame. - O grisalho observavam Naruto confuso.

- Eu já tenho a Shion. - O loiro se encheu de orgulho.

- Sejamos francos, Naruto. A Shion é... Bem, a Shion. - Kakashi esperava que Naruto entendesse.

- Nani? Eu não quero me casar com outra. Quero me casar com a Shion. - O loiro bateu o pé.

- Lie. Shion não. - O Hatake juntou as sobrancelhas.

- Porque não?! - Naruto cruzou os braços.

- Porque você irá se casar com minha filha. - Hiashi interveio.

- EHHH? HINATA? - Naruto ficou tão vermelho quanto uma pimenta.

- Hai. - Kakashi agradeceu por Hiashi ter entendido.

- Lie. Hinata não. - Naruto cruzou os braços, girou o rosto, e bateu freneticamente o pé.

- Nani? Porque não, Uzumaki? É bom de mais para minha filha? - Hiashi deu passos a frente, ficando cara a cara com o mesmo.

- NANI? LIE! Não foi isso que eu quis dizer. - Naruto estava nervoso, e tentava se explicar. - Sua filha é... Ótima.

- Então porque não quer se casar com ela? - Hiashi apertou os olhos.

- Porque eu amo a Shion, e Hinata é só uma amiga. - Naruto encarou o chão.

- Hokage-sama, pode escolher qualquer noivo para minha filha. Ela está disposta a se casar com qualquer um. - O tom de voz de Hiashi era arrastado.

- NANI? VOCÊ ESTA FALANDO PELA HINATA?! ELA TEM QUE ESCOLHER E...- Naruto foi cortado.

- Ela escolheu isso. - Hiashi olhava o chão.

- Nani? Impossível. - Os olhos de Naruto estavam arregalados.

- Bem que eu queria que fosse...

- Sasuke, chame Hinata. - Kakashi ordenou, e o moreno sumiu numa nuvem.

Segundos depois, Hinata e Sasuke estavam lá, de pé.

- Mandou me chamar, Hokage? - Hinata se curvou.

- Como chegou tão rápido? - Naruto olhava a morena, que trajava um kimono longo, os cabelos sempre soltos.

- Hai. Mandei. - Kakashi a respondeu. - Você em breve ae tornará líder do seu clã, não é?! 

- Hai. - Hinata estava estranha, não estava corando, e ignorou Naruto.
Estava fria, e firme nas palavras.

- Sabe que irá se casar, não é mesmo? - Kakashi voltou a perguntar.

- Onde quer chegar, Hokage-sama? - A Hyuuga parecia impaciente, e cheia de si. Tal como todos os Hyuugas.

- Já escolheu seu noivo? - O Hatake foi direto.

- Lie. Deixei isso nas mãos de Hiashi. 

Naruto observava a pequena Hyuuga.
Seria ela mesmo?

- Seu noivo será Uzumaki Naruto. - Hiashi disse.

Hinata olhou para todos, e por fim, para Naruto.

- Era apenas isso? - Sua pergunta foi direcionada a Kakashi.

- Hai. 
 
E após a resposta do Hokage, Hinata sumiu.

- Como ela faz isso?? - Naruto estava indignado.

- Como ela está Hiashi? - Kakashi perguntou.

- Mal. Se fechou, não a reconheço mais. -  Os olhos de Hiashi estavam distantes.

- Só tem mais uma delas. - Kakashi parecia preocupado.

- O corpo dela aguenta? - Hiashi estava horrorizado.

- Tsunade afirma que sim. Nenhum outro aguentou, ela é a primeira. 

- DO QUE VOCÊS ESTÃO FALANDO SEUS VELHOTES? O QUE ESTÃO FAZENDO COM A HINATA? - Naruto sabia que algo estava acontecendo.

- Não é da sua conta. - Hiashi disse entre dentes.

- É sim! Hinata é minha noiva. - Mesmo a contra gosto, Naruto retrucou.

- Então, você aceita? - Kakashi tinha os olhos arregalados.

- Hai...

Hiashi fez uma reverência a Kakashi, e saiu deixando a porta aberta.

- O que foi isso, Kakashi-sensei? - Naruto apontou para porta.

- É confidencial, Naruto. Se um dia Hinata quiser te contar... 

- Ah, ela vai dizer. 

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

Na manhã seguinte, Naruto se levantou, e esquentou um lamen instantâneo, feito no microondas.
Enquanto comia, tentava entender aquela conversa que ouvira na noite passada.

"Não interfira neste assunto, Naruto" -
Kurama avisou.

_Nani? Porque não?_ 

" Não importa! Essa Hyuuga... Gostaria de saber mais sobre ela..." - Naruto nunca havia visto Kurama curiosa.

_ Ehhh??? Para que quer saber sobre ela?_

O Uzumaki parecia emburrado.

" Hehehehe... Essa Hyuuga é mais interessante do que parece, Naruto."

Kurama não respondeu mais, e ele também não quis mais saber.
Comeu rapidamente o lamen, e saiu de casa, correndo pela cidade.

Enquanto pulava pelos telhados, não pode deixar de parar e encarar um grande clã, sendo reconstruído quase que ao lado dos Uchihas.
Seu clã estava se reerguendo, em breve, estaria tudo pronto, e ele poderia ter um clã.

Sorriu voltando a correr.

- O que quer aqui? - Um dos guardas Hyuugas o parou.

- EHHH, KO-SAN!!! - O guarda cujo nome era Ko se virou, olhando para um outro guarda que vinha correndo. Quando o mesmo se aproximou ofegante, disse:
- Este é o noivo da Hinata-sama.

O tal Ko se assustou, fez reverências e desculpou-se, milhares de vezes.

Naruto se encaminhou a casa principal, com vários olhos brancos sobre si.

- Onde está Hinata? - Naruto perguntou a uma menina muito parecida com ela... 
Hanabi.

- Quem quer saber? - A morena apertou os olhos.

- Nani? - O loiro se afastou. - Eu! - Naruto voltou a se aproximar, ficando cara a cara com ela.

- Não vou falar, não. - Hanabi cruzou os braços e virou o rosto, com um imenso bico.

- Ehhh? Porque não? - O Uzumaki se emburrou também.

- Você vai querer levar minha nee-chan. Todos eles querem. - Hanabi parecia triste.

- Hein? Quem? - Naruto se sentou no chão ao lado da menina.

- Todos já sabem que Hinata-chan está disposta a se casa com qualquer um. Vários clãs vêem aqui, pedi-la em casamento, e ela nao tem mais tempo pra mim... - A morena parecia triste, e mesmo que já fosse uma mocinha, sentia falta da irmã. - E agora, você veio aqui para levá-la, e assim, a fará se casar com alguém bem feio e malvado.

Naruto abafou a risada.

- Eu sou feio? - O loiro arqueou a sobrancelha.

Hanabi fez que não com cabeça, e corou.

- E mal? - O mesmo voltou a perguntar.

- Lie. - Hanabi o encarou, até que entendeu. - Você é o noivo da minha nee-chan? - Os olhos perolados estavam arregalados.

Naruto abafou a risada, e afirmou que sim.

Hanabi, animada, o levou até o escritório de Hinata, deixando-o na porta.
O escritório parecia triste e frio, o contrário do que era Hinata, ou o que costumava ser.

~ Que kami me ajude ~ 
O Uzumaki não pode deixar de apelar a uma prece.

- Entre. - Ouviu após bater na porta.

Hinata se surpreendeu ao ver Naruto, mas, logo retomou a postura fria e impotente.

Naruto não gostou, não era assim que ela era. 
O loiro se irritou. 

- O que quer? - A voz tão conhecida o tirou de seu transe revoltoso.

- Como assim o que eu quero, Hinata? - Naruto passou a andar de um lado pro outro, de forma histérica. Hinata o seguia com os olhos, com as sobrancelhas erguidas. - Você é minha noiva! Eu tenho que vir aqui te ver. 

Enquanto falava, Naruto ainda se locomovia de um lado para o outro. Estava irritado. Ela não estava preocupada com nada?! Ele iam se *CASAR*, e porque caralhos ela estava daquela forma?

- Não, não tem não. Você tem de ir ver sua namorada... Shion, não é? 

De repente o loiro parou de andar, e a encarou sério, estático.

- Você não está nem aí? É o seu casamento. Nosso casamento, Hinata! - Naruto a queria entender... Mas, não conseguia, não conseguia nem se aproximar dela. 
Ela havia se envolvido em um casulo de gelo.

- Você está aqui por obrigação, Naruto. E eu não quero obrigá-lo a nada. Você pode sair, e pode ficar com sua namorada. Eu não vou impedi-lo. - Hinata assinava intermináveis papeis, e apesar das frias palavras, ela queria que demonstrasse ao menos uma vez que gostava dela mais que uma amiga. 

- Então é isso? Você acha que você é um impedimento? - Pela primeira vez, o loiro foi sarcástico, frio.

Hinata confirmou com a cabeça.

- Mas, não é! Se eu quisesse, tinha dito não, mas eu quis. - Hinata pela primeira vez, o encarou. - Fico feliz em me casar com você... Uma amiga tão especial.

Naruto sorriu de forma dócil, tombando a cabeça para o lado.

A Hyuuga, por outro lado, desfez o olhar de surpresa. "AMIGA". Nada mais que isso.

- Que tal saírmos? Todos estarão lá. Ino, Sasuke, Sakura, Sai, Tenten, Lee, Shikamaru, Temari, Kiba, Shino... - O loiro ia contando nos dedos, enquanto olhava para cima. Hinata o observou, não segurando a risada, parecia tão despreocupado. Sempre tão sorridente.
Os cabelos bagunçados, os lábios brilhantes e róseos, os ombros largos, os lindos olhos azuis...

O Uzumaki ouviu uma risada, e parou de dizer os amigos que iam, para rir junto dela. Parecia que ele há ia quebrado a armadura Hyuuga. 

- Hai, nós vamos. Espere somente eu terminar isso, e tomar um rápido banho. - A azulada arrumou os papéis em uma só pilha, e bateu eles na mesa, fazendo todos se ajeitarem.

Foi a vez de Naruto a encarar, os cabelos longos presos em um coque mal feito... Shion sempre mantinha o coque no lugar, nenhum fio fora. Os lábios finos e cheios, vermelhos... Shion tinha os lábios grossos, uma boca bem carnuda. O pescoço alvo, da pele mais clara que ele já havia visto, ele podia ver todas as veia de Hinata, e até as via pulsar... Shion tinha a pele bronzeada, levemente alaranjada. Os kimono totalmente fechado, sem nenhuma abertura... Shion gostava de decotes, e apesar de ter os seios pequenos, eram bem chamativos.

A viu corar na intensidade de sua avaliação.
Sorriu de canto. Seria a Hyuuga tão fria assim?!

Hinata se levantou após fechar uma gaveta, o kimono ia até o joelho, deixando somente a panturrilha a mostra.
Eram bem torneadas, grossas.
Os pés descalços. 
Shion tinha pavor de estar com os pés em contato com o chão.

- Hm...- A Hyuuga encolheu os pés, esfregando um no outro. - Eu não gosto de usar sapato... Não muito. - Ela estava nervosa, tímida novamente.

- Eu também não gosto. - O loiro riu, e ela corou ainda mais.

Hinata passou a andar, indo em direção a um imenso e assustadora corredor.
Naruto estava em seu enlace.

Finalmente chegaram a última porta do corredor, e a mesma o adentrou, com Naruto atrás de si.

- Pode ficar aí sentado, vou tomar um rápido banho. 

O Uzumaki afirmou, e se sentou.

O cheiro dela era fresco, tinha cheiro de banho. 
Todo o quarto cheirava a ela.

Alguns poucos minutos depois, Hinata abriu a porta, botando só o rosto a mostra.

- Ehhh... Naruto-kun? - Ela não o chamava assim a muito tempo, o loiro a olhou rapidamente, surpreso pelo sufixo que a muito não ouvia vindo dela. Ela estava com o rosto corado, e os cabelos colados a face. - Poderia me dar isso em cima da cama? - A mesma ficou ainda mais escarlate.
Naruto olhou para onde ela indicava com o nariz, e viu que era para o conjunto de lingerie rendado, na cor laranja. 

- Kami. - Susurou baixinho para si, enquanto os olhos estavam arregalados.

O mesmo olhou Hinata novamente na porta, e para o conjunto, e um sorriso travesso brotou em seus lábios.

- Lie. Se quiser, venha pegar. 

Com os braços cruzados, Naruto se sentou na cama, sorrindo.

- NANIIII??? 

- Isso mesmo!

O loiro se apoiou em um cotovelo, enquanto estava de lado, a encarando.
Com a mão livre, pegou a calcinha fina e pequena, balançando a frente de seu rosto.

- ME DE ISSO AQUI AGORA, UZUMAKI! 

- Lie.

E olhando a azulada nos olhos, levou a calcinha até o rosto, cheirando-a.
Tinha cheiro de amaciante.

Hinata estava a ponto de explodir em vergonha.
Estava irritada e excitada! Ela podia ver o volume em suas calças, era bem desenhado. O sorriso canalha a deixava molhada. 
Estressada, Hinata fez alguns movimentos com as mãos, e um bushin apareceu, indo em direção ao loiro, que a observava calmamente, sorrindo.
O bushin estava tão envergonhado que chegava a ser engraçado.
Quando Hinata estava próximo ao conjunto, Naruto a agarrou, girando os corpos.
Hinata estava imóvel, presa pelos pulsos.

Querendo se desvencilhar de Naruto, a Hyuuga prendeu os joelhos na cintura do Uzumaki, e em uma girada de corpos, ela dominava. Estava por cima dele.
Com os cabelos jogados para o lado, a feição enraivecida, e... Sentada em cima de algo duro.
Hinata não entendeu, e deu alguns pulinhos.
Naruto gemeu alto.

Hinata finalmente entendeu, e quando ia sair de cima dele, Naruto a segurou pela bunda.

- Lie, Hime. Não me deixe assim, vou ficar com dor depois, rebole... Rebole. - A voz era rouca, maldosa. 
As mãos apertavam a pele alva da bunda de Hinata, que vez ou outra mordia os lábios afim de abafar os gemidos.

- Lie. - A Hyuuga pegou o conjunto, e saiu de cima do Uzumaki. - Peça a Shion!

O loiro somente viu a porta se fechar, se jogando na cama frustado.

Ouviu Kurama rir.

"Malditas!"

~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~×~

- Ohayo minna!!!! 

Ino acenava com as mãos, para que Naruto e Hinata os encontrassem.

Os dois seguiram lado a lado.
Naruto com dor nas bolas.
Hinata quente, molhada, e com um leve pulsar. O rosto estaca vermelho.

- Como demoraram. - Sakura reclamou.

- Sabe como é difícil para convencer Hinata-sama de sair de casa? - O Uzumaki devolveu azedo.
Hinata corou, e o acotovelou. 
Mas, ele se quer pareceu sentir.

Estava bravo! Suas bolas doíam. 
O loiro se serviu com sakê, e o tomou em segundos, mastigando no final os morangos.

- Senti sua falta. - Shion o seguro pelas bochechas e o selou.

Desta vez, Hinata que virou um copo de sakê.

O restaurante tinha várias mesinhas baixas, nas quais haviam uma churrasqueira no centro.
Onde se sentavam, era uma imensa "cobra" acolchoada.
Contornava a mesa toda, e com isso, todos cabiam na mesma.
Cada mesa era separada por uma "mini parede de madeira" fina.

Garçons saiam a todo momento com peixes, algas, arrozes, shoyos, entre outras coisas, da cozinha.

Sakura estava em uma ponta, de frente para Shion.
Sasuke ao lado de Sakura, de frente para Naruto.
Ino estava ao lado de Sakura, de frente para Hinata.
Kiba estava ao lado de Ino, de frente para Shino.
Shino estava ao lado de Sai, de frente pra Shikamaru.
Shikamaru estava ao lado de Temari.

- Como vai funcionar esse casamento de vocês? - Sakura virava um salmão na churrasqueira.

- Nani? - Naruto encarou a rosada.

- Quer dizer, você namora a Shion... - Ino completou.

Hinata virou uma garrafinha dessa vez de sakê.
Olhando o fundo de sua garrafinha de louça, constatou que não havia mais nenhuma gotinha cor de rosa.

- Onegai... Traga-me Shochu. - Hinata pediu segurando a mão do garçom, que prontamente afirmou e anotou em sua bloquinho, indo em direção a cozinha.

- Er... Não sei... - Naruto estava nervoso e sem graça.

- Não sabe Naruto? - Shion estava zangada.

- Não se preocupe, Shion. É somente fachada. Digamos que será a negócios. Você poderá ainda sim ter um relacionamento com Naruto. Mas, as escuras. O Hokage terá uma imagem a zelar, e a líder do clã Hyuuga, tem que se zelar. Não que eu me importe com o que vão falar, afinal, ja aceitei esse acordo sabendo que eu seria corna. - Hinata deu mais um longo gole na bebida. - O clã Uzumaki está praticamente reerguido, e você pode dormir todas as vezes que quiser com ele, eu vou ficar no escritório cuidando de negócios. - E mais um longo gole fora dado.

Hinata encarava a luminária rechonchuda girar grudada ao teto.
Uma de suas garrafas já havia acabado, mais uma foi aberta. 

Sasuke pegou uma, Kiba outra, e Naruto a última.

- Está dizendo que eu lhe vou por chifres, Hinata? - Naruto parecia ofendido.

- Oras, e não vai? Shion vai continuar a ser sua namorada. - Um grande e pesado gole passou pela garganta de Hinata.

- Bem... É... Mas... - Naruto não sabia o que dizer, mas, não gostou de ser tachado como alguém que "bota chifres". Apesar de ser verdade, pois, ele não está a disposto a abrir mão de sua namorada.

- Não tem problema não. - Hinata deu a última golada na sua bebida, e logo, chamou um garçom novamente.

- Umeshu, Onegai... - O garçom anotou e se retirou.

- Quero que você tenha uma casa no clã Uzumaki, então, Hinata. - Hinata encarou Naruto surpresa, mas pensou um pouco.
Seria muito mais fácil de descobrirem a mentira que eles estariam vivendo se ela morasse em seu próprio clã, sem o marido.

- Que seja. - E dando de ombros, mais uma golada foi dada da bebida recém chegada.

- Conta testuda... - Ino olhou para Sakura, toda animada.

- Porca, não me chame de testuda! - A Haruno se irritou. - Sasuke e eu vamos nos casar, e Ino juntamente das meninas estavam pensando em fazer um casamento enorme, com todos nós que vamos nos casar. - Sakura sorriu de orelha a orelha.

Lee, Sasuke, Sai, e Shikamaru pegaram cada um uma garrafinha, dando um gole exatamente longo, com olhos arregalados.

- Queríamos saber se você quer entrar na nossa união "coletiva". - Sakura pegou a mão direita de Hinata, e Ino a esquerda, sorrindo um para outra.

Hinata arregalou os olhos, ficando ainda mais pálida.
Casamento...

- F-fale com Naruto-kun. - Sakura e Ino soltaram a mão de Hinata, e olharam para o Uzumaki.

Naruto olhava assustado para as duas meninas que sorriam de forma esquisita para ele.

- Ehhhh??? - O loiro realmente estava assutado. - Fale com a Hina-chan.

Sakura, Ino e Naruto olharam para Hinata que sorria conversando com Kiba e Shino, que estavam estranhamente vermelhos e sem graças. 

- Vamos Naruto!! Diga sim. 

Sakura apertou os punhos, e Ino o beliscava por debaixo da mesa.

- Hai? - Tudo que o loiro queria, era se livrar delas.

- EHHH! - Ambas comemoraram.

- Onde será? - Temari entrou na conversa.

- Tem muitos lugares. A floricultura da minha família, o clã do Sasuke, do Naruto, do Shikamaru, da Hina... - Ino ia dando os lugares.

- A cerimônia será aberta? - Tenten pareceu não gostar muito.

- Eu também não curto a ideia. - Ino fez careta.

- Nenhuma de nós curte. - Sakura disse, e as outras suspiraram, afirmando com a cabeça.

- Bom... Poderíamos fazer uma cerimônia na clareira Hyuuga. - Hinata interveio.

- Sua família tem uma clareira? - Ino pareceu horrorizada.

- Hai. - Hinata desviou o olhar corada.

- A gente podia ir até lá analisar. - Ino propôs.

- Poderia nos levar Hina-chan? - Os olhos esmeraldas brilharam.

- Hai. - Hinata sorriu se levantando, todas a seguiram, incluindo Shion.

- Depois nos vemos, benzinho. - Shion apertou suas bochechas, e saiu rebolando.


Notas Finais


Ohayo:3
Até o próximo capítulo, que será postado amanhã😂😂😂


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...