História O Batman no ponto de vista de Bruce Wayne - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Batman
Personagens Alfred Pennyworth, Bruce Wayne (Batman), Comissário James "Jim" Gordon, Dr. Thomas Wayne, Martha Wayne, Personagens Originais
Tags Alfred, Batman, Bruce, Coringa, Gotham, Wayne
Exibições 10
Palavras 449
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Romance e Novela
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 2 - Iniciando o treinamento...


Fanfic / Fanfiction O Batman no ponto de vista de Bruce Wayne - Capítulo 2 - Iniciando o treinamento...

 Era frio, parecia inverno mas não era inverno, não sabia aonde estava mas sabia que talvez não deveria estar ali, e que também o fato de não saber onde estava era inconveniente, mas necessário, pois não sabia onde estava me metendo, e que isso fosse bom pelo simples fato de não querer voltar lá, e olha que o pior nem começou ainda.

 Quando saí, estava dormindo, me acordaram e me puseram para fora, vi alguns homens armados e outros não, estranho pois naquele lugar não se tinha necessidade de armamento, ate porque não tinha pessoas por perto para matar ou atirar. Então pensei logo em uma organização terrorista, considero eles assim, não sei você, mas a tal Liga das Sombras sempre me deu arrepios.

 Estava andando na mesma direção que todos, até que um homem me chamou e disse que “meu caminho era diferenciado” achei que iriam me matar por causa do meu eu, ou me dar algum tratamento privilégiado, sinceramente não queria nenhum dos dois. Cheguei logo dentro de um alojamento, onde tinha um homem meditando, os olhos deles se abriram com uma forte luz verde acompanhando, senti logo que estava diante de um poder que não conpreendia, até hoje não conpreendo.

 “Olha o que o vento trousse, está muito longe de casa, Senhor Wayne”

Ninguém não me chamava assim a muito tempo, senti medo pelo fato dele saber meu nome, mas fiquei feliz pois ele e apenas ele tivesse as respostas que tanto procuro, uma sensação que sinto até hoje cada vez que o vejo. Fiquei calado, não disse nada, esperei ou o rumo da minha vida ou o tiro da minha morte, “Ra’s Al Ghu é meu nome, muito prazer senhor Wayne” incrível, ele sabia que eu era eu, nunca soube como, mas considero que meu sobrenome possa ser reconhecido em qualquer lugar do mundo, pois meu pai tinha amigos, inimigos, e investidores por todo o mundo.

 “O que você espera achar nesse pequeno inferno?” disse o homem que se alto intitulava “Ra’s Al Ghu”  disse a verdade, disse que queria vencer a dor e o ódio. Ele me olhou meio sarcástico, e disse para “me levarem para a suíte de luxo” eu não queria isso mas naquele momento adoraria a minha cama.

 Eles me jogaram em uma cela completamente imunda, a coisa mais podre que eu já vi (vamos concordar que eu não tinha visto muita coisa podre até ali) mas por incrível que pareça, senti que aquilo era necessário. “A parti de hoje, Senhor Wayne, começa seu treinamento para vencer aquilo que mais te assombra, a parti de hoje esse será seu quarto, você só irá sair daqui quando eu disser que você deverá sair”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...