História O beijo do vampiro - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Tags Gaaino, Naruhina, Narukasu, Nejiten, Romance, Sasuhina, Sasusaku, Shikatema
Exibições 49
Palavras 1.054
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Comédia, Ecchi, Escolar, Famí­lia, Fantasia, Festa, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Terror e Horror, Violência, Visual Novel
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


oi mais amores peço desculpas pelo super atraso me perdoem de verdade estou com uns problemas com o computador e estou dando de postar pelo telefone desculpa os erros e o cap curtinho era so para actualizar a fic a matar a curiosidade de vces... leiam as notas finais please Boa leitura

Capítulo 5 - Essa é a realidade


Fanfic / Fanfiction O beijo do vampiro - Capítulo 5 - Essa é a realidade

o que posso dizer o sasuke sumiu a eu n tinha como saber nada dele afinal os humanos n entram no mundo dos vampiros e a hina n queria nem me deixar saber nada dele e isso já faz 2 semanas estou ficando louca preciso vê-lo e não sei o que fazer.
- mae estou saindo
- não demora que estarei te esperando para o jantar
- tá bom - ficar em casa agora era chato,Boa e sábado e eu n sei nem o que fazer esta uma tarde linda e eu aqui sem ideia estou ficando arrependida de ter saído de casa. fui andando sem rumo até me aperceber que havia chegado na Praça perto do Colégio
- Sakura-chan estava indo te buscar vamos tomar um sorvete esta calor
- tá naruto mas você paga
- por que?
- vce convidou seu bobo paga você
- mas eu n te chamei aqui você veio por que quis
- é assim que você me trata agora naru-kun - e la vou eu a minha chantagem emocional o que n me olha assim não é sorvete quem não faria chantagem por um belo sorvete em um dia de calor?
- nem triste vce me facilita a o bolço na garota
- eu te amo loirinho agora vamos - passamos a tarde conversando a fundo feito loucos na pacinha acabei tendo de pagar uma tigela enorme de lamen para esse baka mas valeu a pena ele me fez esquecer que não faço a menos ideia do que se passa com o sasuke ai me lembrei
- naru vamos na casa da hina?
- por que?
- é que...- ele n vai acreditar mesmo
- estou afim de ver ela estou com muita saudade dela
- conta outra testas você viu ela ontem...- ele suspirou e me olhou - vce quer saber dele certo?
- naruto eu...- apenas baixei a cabeça e me encolhi um pouco eu ja sabia o que ele ia dizer a eu n queria ouvir aqui não dele
- ta se você vai ficar mais legal e relaxada então vamos
- sério - o olhei feliz -ai loirinho eu te amo - o abracei forte
tá chega coisa Rosa parece chiclete agora vamos que eu tenho um jantar para decorar - ele a levantou a saiu andando em direcção a casa da hina
- hiiiiii ja vi tudo a tia kushina viajou n foi - ele abanou a cabeça positivamente - é para quem vai sobrar dessa vez - o olhei receosa
- eu amo a comida da tia Mebuki então eu estava pensando que talvez
- a não não vem não - Era sempre assim quando a tia kushina mae do Naruto viajava ele ficava ao com o menma ou sozinho e quando isso acontecia ele n ficava em casa ele ia para a minha casa ou para casa de outra pessoa (isso so quando minha mãe n estava em casa e eu me recusava a cozinhar para ele) aí era maior bagunça e sobrava para mim por que ele ia embora e deixava a merda toda para eu resolver
- vai saky eu ja estou indo com você para casa da hina n custa nada vai
- chantagem barata essa sua em seu aproveitador barato da bom vamos vai - ele foi o caminho todo comemorando na havia os chegado na casa da hina eu ja tinha ligado para a minha mãe avisando que o marido ia jantar la em casa
- Sakura eu vou ali em casa pegar um casaco de encontro aqui fora ta
- tá ne - era estranho mas o naruto nunca entrou na casa da hina ele sempre inventa uma história diferente mas nunca entra la, vai saber ne um dia eu pergunto para ele. Entrei na casa dela mas a hina não estava e encontrei o neji na sala lendo um livro
- neji-kun
- pensei que não foce entrar mais
- eu estava com o naruto - sorri nervoso a parte mais erritante de conviver com vampiros é que você não pode surpriendelos
- não é bem assim rosada o seu cheiro é que lhe detona - em segundo ele ja estava bem perto do meu pescoço
- para com isso Rapunzel eu ja te avisei e não volto a repetir- vocês devem estar se perguntando o que foi isso... Bem o neji me mentes mas tem vezes que ele não consegue ler a minha isso so quando eu estou muito nervosa stressada ou estou confusa o mais estranho e que ele disse que so aconteceu comigo
- ta bom rosada mas a hinata-sama não está ela foi você sabe se alimentar
- eu sei a Dulce me disse eu estava querendo falar com você
- o que seria - ele me olhava de uma maneira confusa e isso me deixava assustada as vezes por que eu nunca sabia oque ele ia fazer de seguida
- eu... Bem... eu...
- eu não sei nada dele não rosada
- como - o olhei assustada - as vezes eu me esqueço que você lê mentes
- pois é... mas n se preocupe ele está bem mas não vai voltar para esse mundo tão cedo
- mas
- rosada isso nunca da certo e ele continua afim da hinata-sama
- eu só ...- baixei a cabeça olhando para os meus próprios pés - você tem razão neji obrigada o naruto esta me esperando acho melhor eu i- ele não não deu o trabalho de me responder a la fui eu embora para casa com o Naruto que só falava da comifa da minha mãe enquanto eu pensava nele. O jantar foi tranquilo o naruto acabou dando de ir para casa cedo por causa do menma a eu nem me lembro direito como fui parar no quarto a na cama deitada pronta para dormir
- eu preciso te esquecer princepe das trevas... eu vou te esquecer - dizia com os olhos feichados na escuridão do meu quarto tentando controlar as lágrimas que reinavam e rolar, até até senti mais gélidas enchugarem minhas lágrimas e um susuro no meu ouvido
- eu estou aprendendo a te amar
- tentei me mover mais estava tão cansada que vai no sono sem saber se era real ou algo da minha imaginação

Notas Finais


oi cerejados espero que tenham gostado... perdão pela demora e pelos erros é que estou escrevendo no celular beijos de cereja mua


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...