História O Belo - Capítulo 9


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags A Fera, Bela, Roamnce Gay, Romance, Yaoi
Exibições 11
Palavras 1.960
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Romance e Novela, Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Bom gente quem ta com raiva do Julian diga eu (EUUUUUUUUUUUUUUU) bom a tendencia e piorar ja que ele e meio que chato pra cacete mais o amor pode superar tudo.

Capítulo 9 - Capitulo 9


 Belo

         As portas de carvalho se abrem dando certo frio no meu estomago, porque esse sentimento tomou conta de mim? Ando como se estivesse pronto para encarar a minha morte, não sei por que eu o temia, Julian podia ser uma boa pessoa não podia? Porque tantas duvidas tomavam conta do meu peito, eu tinha que aceitar que eu não tenho mais liberdade, pois ela pertence a aquele que por mais que eu tente não sai dos meus pensamentos.

         Assim que estou próximo da porta uma corneta anuncia a minha chegada, passo pela porta e logo vejo muitos olhares sobre mim, pessoas que nunca havia visto naquele palácio quando será que elas chegaram? Que vergonha todos olhando para mim como se eu fosse um príncipe, mas não sou assim que crio coragem sigo pela escada que dava em direção ao salão, todos estavam bem trajados e vestidos como se fosse um baile de gala, agradeço mentalmente a Julian por ter me emprestado essa roupa para eu utiliza-la, quando meus pés tocam o chão de mármore permito que meu corpo flutue em uma mistura de sensações diferentes, ate que minha visão foca somente em uma pessoa Julian.

         O mesmo com um terno preto com detalhes em dourado, em sua cabeça uma coroa, e seus olhos estavam em chamas a me ver como se algo em mim o consumisse por inteiro, ele vai se aproximando de mim aos poucos e aquilo foi me assustando de uma maneira surpreendente, assim que ele esta bem próximo a mim sinto um cheiro amadeirado como as arvores depois da chuva o cheiro inebriante me fazia perder os sentidos como nunca, Julian toca seu polegar em meu rosto e deixa um carinho que me faz flutuar, logo ele pega minha mão e deposita um beijo, e diz:

- Devo dizer que esta muito Belo esta noite. – Diz me fazendo soltar um sorriso sincero.

- Devo dizer o mesmo. – Digo apertando suas mãos e entrelaçando nossos dedos.

- Bom já que estamos de mãos dadas devo perguntar se gostaria de dançar comigo? – Pergunta com um sorriso ladino.

- E um convite? – Pergunto fazendo dar uma risada nasal.

- Claro que é. – Diz o mesmo me puxando para o centro do salão e uma doce melodia começou a tocar.

    Heart beats fast

Colors and promises

How to be brave

How can I love when I'm afraid to fall

But watching you stand alone

All of my doubt suddenly goes away somehow

One step close

O coração acelerado
Cores e promessas
Como ser corajoso
Como posso amar quando eu estou com medo de cair
Mas vendo você sozinho
Todas as minhas dúvidas de repente vão embora de alguma forma
Um passo mais perto

        

         Assim  que a musica começa meu coração da um pulo como se quisesse escapar de meu peito dando a ligeira impressão de medo, Julian me puxa para mais perto de seu corpo e logo começamos a dar passos leves pelo salão.

I have died everyday waiting for you

Darling don't be afraid I have loved you

For a thousand years

I'll love you for a thousand more

 

Eu tenho morrido todos os dias esperando por você
Meu amor não tenha medo eu tenho te amado
Por mil anos
Eu vou te amar por mais mil

         Meus sentidos vão se perdendo com o ritmo da musica me dando a sensação de alegria e paixão, damos um giro e logo meu corpo se choca com o dele dando um gostoso atrito que me faz suspirar.

Time stands still

Beauty in all she is

I will be brave

I will not let anything take away

What's standing in front of me

Every breath

Every hour has come to this

One step closer

O tempo para
Beleza em tudo o que ela é
Eu serei corajoso
Eu não deixarei nada tirar
O que está na minha frente
Cada respiração
Toda hora tem caminhado pra isso
Um passo mais perto

 

         Mais um giro e meu corpo pega o embalo dessa valsa que me faz flutuar como se estivesse nas nuvens, meus sentidos se tornaram mais sensíveis quando estão perto de Julian seu toque possessivo e de querer controlar tudo me da segurança em seus braços.

I have died everyday waiting for you

Darling don't be afraid I have loved you

For a thousand years

I'll love you for a thousand more

And all along I believed I would find you

Time has brought your heart to me

I have loved you for a thousand years

I love you for a thousand more

 

One step closer

One step closer

Eu tenho morrido todos os dias esperando por você
Querida não tenha medo eu tenho te amado
Por mil anos
Eu vou te amar por mais mil

E o tempo todo acreditei que te encontraria
O tempo trouxe o seu coração pra mim
Eu tenho te amado por mil anos
Eu vou te amar por mais mil

Um passo mais perto
Um passo mais perto

         Cada toque, cada gesto, cada movimento me fazia perder os sentidos e logo minha visão se torna turva e viaja em um mar de lembranças que não sabiam de onde era mais era sobre mim eu estava trajando essa mesma roupa so que estava com uma mascara prateada e Julian com dourada eu sorria para Julian e ele sorria para mim, e parecia que aquela era a ultima valsa que dançaríamos juntos e no embalo final dessa música meu coração pararia.

                           I have died everyday waiting for you

Darling don't be afraid I have loved you

For a thousand years

I'll love you for a thousand more

And all along I believed I would find you

Time has brought your heart to me

I have loved you for a thousand years

I'll love you for a thousand more

Eu tenho morrido todos os dias esperando por você
Querida não tenha medo eu tenho te amado
Por mil anos
Eu vou te amar por mais mil

E o tempo todo acreditei que te encontraria
O tempo trouxe o seu coração pra mim
Eu tenho te amado por mil anos
Eu vou te amar por mais mil

 

         Assim que a musica foi parando, meu coração começou a se acalmar, eu estava a milhão meu coração parecia querer sair pela boca, meus pés estavam bambos sinto que  cairia a qualquer momento, Julian me olhava como se estivesse com admiração ou orgulho ou os dois não sei so sei que me perdi em seu sorriso faceiro que estava estampado em seu rosto.

         Ao terminarmos a musica nos olhamos como dois amantes apaixonados, não havia mais ninguém somente nos dois naquele momento tão doce tão especial e calmo, a cada instante a cada segundo, um sentimento uma sensação tomava conta do meu corpo, juras pela musica foram deixadas as dores de um amor que nunca seria perfeito, mais que era imbatível.

         Curvamos-nos um para o outro e logo o mesmo repete a ação e beija minha mão me dando a sensação de carinho e felicidade, mas ainda assim não estávamos satisfeitos com isso, assim que sua mão soltou a minha me veio uma grande vontade de agarrar ela de novo e nunca mais soltar, será que eu estava dopado, minutos antes eu odiava aquele homem e depois dessa dança pareço uma menina virgem apaixonada, ta que eu sou virgem, mas o que acabou de acontecer foi mágico.

         Saio da frente de Julian indo em direção à mesa mais próxima que havia ali com a mão no peito e meu coração na boca a sensação de felicidade tomou conta de mim, e como um garoto apaixonado, me rendo a sensações que tomam conta do meu corpo o que será que eu tenho nunca me senti assim tão frágil, tão dependente, foi algo que me marcou e isso me da medo, medo de me entregar, medo de amar e não ser correspondido, tudo isso me faz tremer na base mais que culpa tenho algo me atrai nele com o se nossos corpos se conhecessem desde o inicio dos tempos.

         Se eu pudesse nunca teria deixado minha mãe partir, me sinto tão patético ao falar assim mais o que posso fazer se meu coração não obedece, acho que estávamos predestinados a ficar juntos, onde estou com a abeca que ideia mais estúpida deixe de ser criança Belo isso não é um conto de fadas, olho para o lado e vejo Samantha ao meu lado com um sorriso ladino, a mesma trajava um belo vestido de renda e na cintura um detalhe em dourado pegava parte do corpete do vestido e em sua cabeça havia uma tiara de flores feita de ouro com uma esmeralda presa numa das flores maiores, dando a mesma um ar nobre, a mesma se curva diante de mim e imito seu gesto e logo Samantha fala:

- Tudo bem Belo? – Pergunta preocupada.

- Sim. – Digo me recompondo.

- Há muito tempo não vejo lorde Julian dançar assim desde... – Não consegue terminar.

- Desde o que. – Digo com certa amargura na voz.

- Nada deixa para lá temos que focar no agora certo. – Diz a mesma abrindo um sorriso.

- Certo. – Digo suspirando

- Agora volte para o lado de Julian ele já esta impaciente sem você. – Diz a mesma apontando para Julian que estava com uma cara fechada.

- Sim já estou voltando. – Digo dando um gole em uma taça de vinho tinto e logo me sinto leve.

         Bato em meu terno para tirar uma sujeira que ficou presa, me aproximo da roda dos lordes que logo abrem espaço me dando a visão do Julian que estava sentado com alguém em seu colo, aquela visão fez com que meu coração se partisse em mil pedaços, a mulher estava flertando e o mesmo esbanjando sorrisos para ela, sinto meu mundo cair todo aquele sentimento havia sido em vão, pois aquele monstro e incapaz de amar, saio do recinto magoado e logo que Julian percebe seu erro era tarde demais, pois meu coração já havia se ferido, agora entendo porque ate Felipe havia desistido de amar um monstro, uma hora cansa, saio correndo pelo salão escutando os gritos de Julian:

- BELO.

         Continuo a correr.

- BELO VOLTE AQUI. – Grita enfurecido.

- SAI DE PERTO DE MIM SEU MONSTRO. – Grito de volta vendo o mesmo ficar sem reação.

- EU DISSE PARA VOLTAR. – Grita se aproximando de mim.

         Sou mas rápido que Julian e consigo correr para o corredor dos quartos sorte a minha que havia decorado o caminho se não estaria ferrado, corro para meu quarto e lá me tranco e as lagrimas teimosas começam a correr pelo meu rosto me dando alivio em meu corpo, maldito seja Julian e suas mulheres, pois que ele fique com elas não me importo com elas, ou me importo? Não seja forte Belo ele não é um príncipe de verdade e so um monstro, continuo a chorar quando Samantha entra de sabe se deus onde e para ao meu lado:

- Oh Belo fique calmo. – Diz a mesma se aproximando de mim e deixando um carinho.

- Oh Samantha eu o odeio, como eu pude pensar que estava gostando dele. – Digo entre lagrimas.

- Você estava? – Perguntou com esperança nos olhos.

- Estava, pois tudo que sinto por ele agora e ódio por ele pensar que pode brincar assim com os outros, ele vai acabar ficando sozinho ele pode fazer o que quiser, me prende,r bater ou me deixar com fome, não ligo mais so quero que ele fique sozinho e sem amor, pois e isso que ele merece. – Digo pegando a coroa de prata da minha cabeça e atirando para longe.

         Estava na hora de Julian sofrer, foi tudo o que consegui pensar antes de ...    


Notas Finais


Bom quem sabia que o Julian ia foder com tudo euuuu mais agora isso esta para mudar pois.... não vou contar se não vocês não vão ler o próximo capitulo da novela então ate breve e ah quem gosta de lobisomens estou pensando em escrever uma yaoi assim bjsss de limão e ate o proximo capitulo.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...