História O Caminho - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Red Velvet
Personagens Irene, Wendy
Tags Irene, Wendy, Wenrene
Exibições 10
Palavras 369
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Fluffy, Shoujo-Ai, Universo Alternativo, Yuri
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Este capitulo está sendo postado hoje porque completa o outro
O conteúdo com as letras em itálico são as memórias

Capítulo 5 - Appa, Omma...Eu mudei


Fanfic / Fanfiction O Caminho - Capítulo 5 - Appa, Omma...Eu mudei

Já fazia um dia que havia chegado da viagem de dois dias para visitar seus pais, revendo finalmente aquela cidadezinha que ela esperava que algum dia sumisse, talvez algum dia alguém jogaria uma bomba naquele pedaço de nada, embora ela quisesse que seus pais não estivessem mais morando lá quando isso acontecesse.

Foi bem recebida por seus pais, mas não foi agradável rever todos aqueles vizinhos e conhecidos, afinal não era incrível conseguir ser odiada por uma cidade inteira? Antes isso machucaria ela, mas agora que já estava recuperada e com a consciência limpa, nada disso a atingiu e ela caminhou harmoniosa e sorridente por toda a cidade.

No entanto quando contou a seus pais sobre sua saúde eles não queriam deixar  ela voltar.

- Por que você insiste nesse sonho estupido?!-Seu pai gritava alterado

- Não vê que isso está te matando minha filha?-Sua mãe parecia preocupada.

- Aquela garotinha Wendy é má influencia, ela te colocou nessa, está tão sozinha que insiste em preencher seu vazio com esses sonhos bobos de criança!

-Esse sonho é o que me mantêm viva, se querem que eu viva me deixem segui-lo, não é porque ela quer, quando eu comecei a dançar e cantar acendeu algo aqui dentro- Ela colocou a mão sobre o coração – E Appa, Wendy não é mais uma criança.-Ela sorriu passando a mão pelos cabelos recentemente tingidos de laranja.

Correu para o quarto, e talvez eles tenham pensado que ela ia chorar, mas ela simplesmente colocou suas coisas dentro da bolsa, aproveitando para levar alguns retratos que deixou por ali quando fugiu e uma caixinha que encontrou debaixo da cama com coisinhas antigas. Em poucos minutos ela estava pronta, e diferente da sua primeira partida ela saiu notavelmente pela porta da frente, a fim de que todos vessem que ela não fugiria mais pela janela.

Viu sua mãe correndo para a porta assim que ela saiu, ela se virou para a mãe e com enorme sorriso disse:

-Tchau…- E saiu andando pela calçada coberta de folhas laranjas pelo outono.

Agora em casa, relembrando os acontecimentos na cidadezinha, ela olhava na tela do celular a lista de números, até que parou em um, clicando para fazer ligação:

Wendy


Notas Finais


Espero que tenham gostado
E mais uma vez obrigada aos que estão lendo e acompanhando


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...