História O Caos Eminente. - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Ação, Bts, Mortes, Zumbis
Exibições 47
Palavras 1.162
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Famí­lia, Hentai, Luta, Mistério, Romance e Novela, Saga, Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Necrofilia, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oiiiiieeeeeeeeee, como vão vocês? Eu estou bem, sei que demorei e peço imensas desculpas. Eu estava ocupada e sem imaginação :P Masss já voltei e há um personagem novo no cap de hj. hehe e.e <3
Vcs já ouviram Seventeen? Eu to amando essa banda <3

Capítulo 10 - Vernon.


Kassie.

Acordo com alguém mexendo em meus cabelos e abri os olhos lentamente dando de cara com Jimin e seu sorriso perfeito.

- Bom dia dorminhoca. – Ele diz e logo começa uma trilha de beijos da mandíbula até a parte de trás da minha orelha e logo sinto um arrepio passar pelo corpo todo.

- Bom dia. – Sorrio e logo o abraço passando minhas mãos em suas costas desnudas e másculas. Ele querendo mais proximidade se enfiou no meio das minhas pernas ficando por cima de mim e começando a me beijar lentamente. No meio do beijo dou um sorriso e logo o empurro para poder levantar e o mesmo me segue com o olhar pairando sobre a bunda. Sorrio e vou até o banheiro tomar um banho e logo sinto a água gelada cair sobre meu corpo e uma sensação de frio passar por meu corpo inteiro e me arrepio. Sinto mãos em minha cintura e me viro dando de cara com Jimin e o mesmo estava com um olhar cafajeste no rosto.

Ana.

Sinto uma mão pesando sobre minha cintura e levanto minha cabeça e vejo Suga dormir serenamente enquanto metade do seu corpo estava em cima de mim. Levanto lentamente para não acorda-lo e logo tomo um banho e visto minha roupa de sempre e quando estou saindo do meu quarto vejo Jin sair do dele e vejo vários roxos em seu pescoço e não pude evitar arregalar os olhos e o mesmo me vendo sorriu, mas logo mudou a expressão quando viu minhas feições um tanto surpresa.

- Ana, está tudo bem?

- A noite foi boa em. – Digo sorrindo e aponto para o seu pescoço e o mesmo ficou vermelho e eu apenas sorri maliciosamente e logo fui em direção ao quarto de Kim e Kassie e quando cheguei encontrei apenas a menor e a mesma dormia tranquilamente. Procurei índices da Kassie e não encontrei nada, ou seja, ela dormiu com o Jimin. “Parece que todo mundo transou nessa casa.” Pensei e logo ri e saio do quarto e dando de cara com Jimin que saía do quarto felizmente e logo minhas suspeitas foram confirmadas, pois Kassie veio logo atrás e quando me viu ficou vermelha. Kassie veio até mim e a puxei para um lugarzinho discreto.

- A noite foi boa né? – Perguntei e a mesma sorriu timidamente. – Sua safada. Já shippo Jassie– Digo fazendo coraçãozinho com a mão e a mesma me olha incrédula.

- Você não presta.

- Eu sei, mas mudando de assunto, tipo você não teria nenhum anticoncepcional aí contigo não né? – Perguntei tentando disfarçar, mas a mesma me olhou com um olhar de “o jogo virou”.

- E depois a safada sou eu né? – Ela fala e é a minha vez de ficar vermelha. – Foi com o Suga é? – Concordo com a cabeça. – Menina você é rápida. – Ela diz e não pude evitar gargalhar e ela faz o mesmo e tirando do seu bolso sua carteira e de lá tirou o anticoncepcional. – Toma, mas da próxima usa camisinha. – Ela diz me deixando da cor de um tomate, pois quando ela falou isso o Suga passou pela gente e ele sorriu para mim. Coro mais uma vez e logo vou em direção á minha bolsa que continha uma garrafa de água, mas a mesma já estava quente.

Kassie.

Andava até o quarto onde Kimberly estava e quando cheguei não a encontrei no mesmo.

- Kim? – Perguntei entrando no quarto e ouço sons vindos de dentro do banheiro. Abro a porta e encontro a Kim vomitando na privada. – Kim, meu deus, você está bem? – Perguntei me agachando e passando minhas mãos em suas costas, tentando assim ajuda-la.

- Eu não estou bem, minha cabeça dói. – Ela diz com os olhos semicerrados e eu toco sua testa a fim de ver sua temperatura e vejo que a mesma está ardendo em febre.

- Acho que você está com virose! – Digo a ajudando levantar. – Vem vou te colocar na cama. – Ela concorda e se levanta se apoiando em mim e logo saímos do banheiro indo em direção à cama. Kim se deitou lentamente, pois sentia dor. Não era a primeira vez que a via assim, por que ela pega doença fácil demais. – Você vai ficar de repouso até eu voltar com comida e o seu remédio, ok? – Digo passando a mão em sua testa e a mesma concordou maneando a cabeça. Beijo sua testa indo em direção ao primeiro andar e encontrando com os outros.

- Eu vou precisar sair. Vou procurar remédio para Kim. – Digo e eles me olham. – Se importam de ficarem com a Kim até eu voltar? – Pergunto e eles concordam menos Jimin.

- Eu vou com você. – Ele diz e eu nego, mas ele nem ligou e foi á busca das armas e logo voltou com duas e me entregou uma. – Vamos. – Ele diz indo até a porta e eu o sigo contragosto.

(...)

Andávamos por uma rua deserta, o tempo estava nublado. Eu olhava para todos os lados e Jimin fazia o mesmo. Vimos que havia uma pequena farmácia e logo entramos na mesma e eu fui à busca do remédio da Kim e Jimin foi para o outro lado. Procurava pelas prateleiras, mas não o encontrava e quando pensei em desistir o vi lá em cima no mais alto que podia haver. Fui até o Jimin para tentar pedir ajuda com o remédio e quando chego até ele vejo que o mesmo apontava a arma em direção à de um garoto e ele fazia o mesmo com Jimin.

- Wow, abaixem a arma vocês dois. – Digo e eles não fazem o que peço. – Olha, não estamos aqui para confusão. Eu apenas preciso de um remédio para a minha irmã mais nova. – Digo para o garoto e o mesmo cede e abaixa a arma lentamente e logo pude ver seu rosto. Cabelos loiros, olhos meios dourados e seu rosto tinha um formato um pouco quadrado, ele era bonito até.

- Que remédio veio buscar? – Ele perguntou e sua voz era rouca.

- Um para virose. – Jimin disse dessa vez encarando o garoto com olhar de ódio. O garoto então vai até a prateleira e esticou o braço e pegou o remédio que antes eu não consegui pegar e o entregou para mim.

- Esse aqui é bom também. – Ele diz me entregando outro também e o pego. – Agora que já têm o que querem, podem ir embora. – Ele disse curto e grosso.

- Você vai ficar aqui sozinho, por que não vem com a gente? – Perguntei, não sei por que, mas sentia que devia leva-lo conosco. Jimin me olha com um olhar “Está doida?”.

- Não acho que seja uma boa idéia. – Diz o garoto.

- Vamos, é melhor do que ficar por aqui. – Digo e pareço convencer o rapaz e ele concorda indo até uma bolsa e a pegando. – Como se chama?

- Vernon, eu me chamo Vernon.

(...)


Notas Finais


Obrigada por lerem até aqui.
Até a próxima...


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...