História O cara certo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Bissexualidade, Escola, Sexo
Exibições 16
Palavras 353
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Festa
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Como tudo começou


Tudo começou em 2014, quando Jaqueline tinha apenas 13 anos de idade, ela era apaixonada por um menino chamado Otávio que por irônia do destino namorava uma de suas colegas. Sua melhor amiga Marta á incentivava a dar em cima do garoto por mais errado que isso fosse. Jaqueline então começou a conversar com Otávio que era um garoto muito bonito por sinal, ele á tratava super bem o que fazia a bobinha ficar cada vez mais apaixonada. Desde pequena adora chamar atenção de tudo e de todos. 

Um dia uma amiga (Stefany) dormiu em sua casa para segunda irem a escola de pirua. Sua cozinha era repleta de bebidas alcoólicas e ela como sempre malandra resolveu colocar em uma garrafinha de água para levar a escola e experimentar com Marta.... Chegando na escola me separei de Stefany e fui correndo encontrar Marta.

-amiga, peguei bebida da minha avó, experimenta- falou em um tom sacana

-mano, você é louca- disse Marta abrindo a garrafinha

Como disse sempre gostei de chamar atenção e nesse dia não foi diferente... O sinal tocou e vi que Otávio estava no banco do pátio com os amigos, peguei a garrafa da mão da Marta e sai quase gritando "EU JÁ TOMEI, AGORA É VOCÊ", pra falar a verdade nem olhei pra trás, fui direto para sala de informática onde aconteceria a primeira aula. Eu e Marta sentamos em dupla, ela parou de beber mas eu continuei mas logo o efeito da bebida surgiu, comecei a rir do vento, estava rindo muito e a Marta estava se divertindo e rindo da situação, ela então olhou pra mim e me empurrou me fazendo cair em baixo da mesa do computador, graças a Deus a professora não viu..

-você tá louca Marta?- falei com uma voz enrolada

-mano, você está muito louca- disse rindo

Então me levantei e sentei na cadeira novamente, o tempo passou rápido e o efeito também. Bateu o sinal da segunda aula que seria de Matemática, fomos para a sala mas logo a professora de informatica nos chamou com cara de brava.... Será que ela descobriu?

CONTINUA 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...