História O Cara da Biblioteca - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, J-hope, Jimin, Jungkook, V
Tags Abo, Jikook
Exibições 292
Palavras 1.042
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Crossover, Escolar, Fluffy, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Visual Novel, Yaoi
Avisos: Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá Marilene.

Znwkxjsix

EU VOLTEI PRA ENCHER O SACO DE VOCÊS. SEUS LINDOS. DNWJCAB ASHUASHUA.

Olha sério se eu não postasse esse capítulo hoje, eu não postava mais
Sério, meu sedentarismo ta foda.

Morrendo de sono, e agora é aula de matemática e talz.

É isso seus delícias.

Capítulo 4 - 04


Fanfic / Fanfiction O Cara da Biblioteca - Capítulo 4 - 04

Taehyung: Moça pelo amor de kami, não faz isso comigo. - O ômega praticamente gritava. - Desfaz essa Merda.

Soohyun: Se vocês tirarem a pulseira/algema, serão convidados a se retirar do parque.

Hoseok: O que? Mas eu paguei pra entrar aqui, não tem como trocar?

Sophyun: Não, é a política do parque. Por gentileza, se decidam. A fila está parada por conta de vocês dois.

Taehyung: Pera, pra entrar de novo vai ter que pagar?

Soohyun: Sim - A beta revirou os olhos entediada. - Vão querer tirar ou não?

Hoseok: Que Merda, eu não vou pagar outra entrada, a fila está dando a volta no parque.

Taehyung: Eu também não... - Suspirou. - Vamos ficar assim mesmo. - Saiu andando pouco se importando com Hoseok. - LuHan hyung, onde estão os outros?

LuHan: Eles decidiram sair quando a discussão de vocês com a moça da bilheteria durou quatro minutos. - Riu baixinho.

Taehyung: Só digo uma coisa, fi-

Hoseok: Filhos da puta. - Suspirou - Ok, obrigado por esperarem de qualquer maneira. - Sorriu e Taehyung se estapeou mentalmente por ter corado um pouco ao ver o sorriso do Alfa. - Eu e o Kim vamos tentar nos divertir.

Sehun: Certo. Sem brigas, eu não quero ter que separar vocês dois. - Riu acompanhado de LuHan. - Nos vemos mais tarde.

O casal se afastou acenando para Hoseok e Taehyung.

Hoseok: E... agora? - Perguntou meio incerto.

Taehyung: Agora? - Olhou para a pulseira/Algema no pulso - Agora que estamos presos a gente pelo menos se diverte.... Mas se tentar alguma coisa, eu te deixo estéril.. - O alfa engoliu seco e se afastou minimamente do ômega.

(... )

Taehyung: Para de ser cagão, Hoseok. - O ômega ria Alto do desespero do alfa. - É so uma casa.

Hoseok: NÃO É SO UMA CASA. É UMA CASA MAL ASSOMBRADA! - Gritou fazendo uso da voz de alfa mesmo sem querer, vendo Taehyung tentar se afastar - Desculpa. Eu só tenho medo...

Jiyoon: Vão entrar ou não?

Hoseok: Não

Taehyung: Sim. - Puxou Hoseok.

Hoseok: Por que não vamos ao carrossel, bate-bate, roda-gigante, ti-

Taehyung: Porque já fomos ao carrossel três vezes, cinco no bate-bate, uma na roda-gigante, já fomos mais de seis vezes na tirolesa, e nenhuma aqui. - respondeu sentando junto de Hoseok no carrinho e vendo Jiyoon fechar a trava. - Só relaxa, é tudo falso.

(... )

Até a metade do caminho eram apenas sustos básicos, bruxas, aranhas, Zombies, fantasmas.

As luzes começaram a piscar e algumas vozes distorcidas foram ouvidas.

Hoseok: AI MEU KAMI. TAEHYUNG - O alfa apertou a mão do ômega em puro desespero ao ver algo passar a mão em seu braço.

O carrinho onde estavam parou e as luzes se acenderam. As vozes distorcidas logo recomeçaram, um barulho insuportável de unhas se arrastando sobre alguma coisa era horrível, uma música infantil foi ouvida juntamente das unhas se arrastando.

As luzes voltaram a piscar e os sons ficavam cada vez mais altos. O pânico de hoseok aumentou assim que as luzes se apagaram definitivamente.

Todos os sons pararam.

Lá la la la la la, la la la la....

A musiquinha era cantada de maneira assustadora.

A respiração de Hoseok falhou ao sentir um respiração rente a sua orelha.

Foi muito rápido, as luzes se acenderam, e os dois garotos puderam ver uma figura macabra parada em frente ao carrinho, segurando um ursinho totalmente sujo e rasgado.

O alfa não conseguiu gritar, apenas sentia muito medo, e Taehyung pode perceber isso pela respiração acelerada e a mão sendo apertada com força.

As luzes voltaram a piscar, e a figura se aproximava cada vez mais, até sumir completamente na escuridão.

Taehyung: Hoseok? Ei, hoseok? Tá tudo bem? - Logo o carrinho voltou a andar e o alfa não disse nada até o fim do percurso.

(... )

Hoseok: Já disse que estou bem  - Sorriu respondendo a pergunta de Taehyung pela milésima vez.

Taehyung: Tem certeza? Eu pensei que estivesse apenas brincando quando disse que tinha medo. A maquiagem daquele pessoal tava horrível....

Hoseok: Não, tudo bem, eu só tenho medo do escuro. - Disse baixo - Quando eu era pequeno, antes do meu Appa morrer, ele batia na minha Omma. E isso acontecia durante a noite, mesmo muito machucada, ela vinha me dava um beijo e saia do quarto. A gritaria do meu pai me deixava com muito medo. E desde de pequeno eu tenho esse trauma. Eu tenho pesadelos até hoje... É idiota ma-

Taehyung: Não é idiota!

Hoseok: Ok... e bom eu também tenho medo de filmes de terror...

Taehyung: Vem comigo - Arrastou Hoseok até uma barraquinha de tiro ao alvo - Escolhe. - Pediu pagando por três fichinhas.

O alfa encarou as pelúcias, viu uma pelúcia em forma de alien e sorriu apontando para ela.

Taehyung: Um alien? Ok né. - Mirou na primeira pilha de garrafas de vidro.

Hoseok: É que me lembra você. - Sorriu ao ver Taehyung derrubar a primeira pilha de garrafas. - E bom, mesmo você sendo um chato insuportável de primeira mão. - O ômega acertou a segunda - Você me fez rir bastante, e foi várias vezes no mesmo brinquedo - Acertou a terceira e viu o senhor de idade pegar a pelúcia - E eu queria agradecer.

Taehyung: Aqui - Entregou a pelúcia não encarando o alfa - Não diga besteiras seu insuportável. Eu sou obrigado a te aturar de qualquer maneira. - E as bochechas esquentaram ainda mais quando o senhorzinho disse para hoseok que o ômega "dele" era ótimo de mira. - Eu só te dei isso porque sou legal e não quero ouvir todos falando Merda  Depois. Fora que você vai me pagar doces como pagamento pelo seu alien.

Hoseok riu alto e pegou a pelúcia das mãos de Taehyung.

Hoseok: Certo, certo. Mas antes vamos na montanha russa e depois eu te pago o que quiser. - Segurou a mão do ômega sem perceber e foi andando/correndo até a fila da montanha russa. - Ah - Parou abruptamente - Obrigado pelo presente. Eu vou guarda-lo muito bem. - Sorriu e as bochechas do ômega ficaram em um tom avermelhado.

Taehyung: Aish! Só cala a boca e anda logo.


Notas Finais


Cnkwkcnqkf TA TA TA

SE ESTIVER RUIM ME FALEM OKA?

AKVMEKD.

É isso. Eu acho....

Até o próximo capítulo ^^



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...